Em vídeo, Lula faz exercícios e sugere a prática para todos

Em vídeo, Lula faz exercícios e sugere a prática para todos

lula faz exercicios mostrando boa forma após tratamento contra câncer

 

Em vídeo divulgado em sua página no Facebook, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realiza uma série de exercícios e sugere que todos devem praticá-lo. Segundo Lula, a gravação é uma contribuição para estimular quem o assiste a fazer o mesmo.

 

Os 2 minutos e meio do vídeo foram exibidos para quase 600 mil usuários do Facebook (às 19h50 desta sexta-feira) em pouco mais de duas horas após a postagem. Nesse tempo, Lula caminha na esteira, levanta pesos e faz movimentos que estimulam a musculatura para as pernas.

 

“Comecei andando a um por hora, hoje já ando uma hora quase todo dia. Estou andando três minutos e andando um minuto a 10 km/h durante uma hora. Parece pouco, mas para um velhinho como eu está de bom tamanho”, diz Lula.

 

Lula afirma que “não tem horário para andar”: “Cria coragem, levanta. Eu sei que às vezes é mais fácil ficar em casa ficar em casa vendo televisão. Todo mundo tem dor no joelho. Ah, subi a escada, o joelho doeu… Então, é o seguinte, não tem outro jeito, se não tentar fazer exercício.”

 

Veja abaixo o vídeo:

Uma mensagem do ex-presidente Lula para você: Vídeo: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Posted by Lula on Sexta, 24 de abril de 2015

 

Sem mencionar o tratamento contra o câncer de laringe diagnosticado em 2011, Lula fala no vídeo de um dos efeitos colaterais da quimioterapia. “Não só perdi muito peso como também não conseguia levantar o pé”, conta Lula. Um dos treinadores que o acompanham (um fisioterapeuta e dois preparadores físicos, funcionários do São Bernardo Futebol Clube, na região do ABC, região metropolitana de São Paulo) diz que Lula ganhou confiança na passada.

 

Um outro treinador indica as séries de musculação que Lula faz e diz quais são os objetivos. Segundo esse mesmo treinador, “o mais importante” do treinamento de Lula é a “assiduidade”.

 

O vídeo termina com Lula tendo sua pressão medida por esse treinador: “12 por 7″.