Papa Francisco vai ao Chile para resgatar confiança na Igreja

Um dos povos menos católicos da América Latina, chilenos recebem o sumo pontífice com paróquias incendiadas, acusações de pedofilia e perda de prestígio da instituição