Jamaica inicia processo para tornar reggae patrimônio cultural intangível da Unesco

‘Temos que proteger a história distintiva do reggae como um patrimônio intangível e devemos fazê-lo antes que alguém o faça’, diz ministra da Cultura

Atualizada em 29.03, às 12h49 para correção de informação 

O Ministério de Cultura da Jamaica iniciou o processo para inscrever o reggae na lista de patrimônio cultural intangível da Unesco, onde pode figurar como um bem jamaicano, informou nesta terça-feira (09/02) o governo da ilha caribenha em sua conta no Twitter.

Wikicommons

Bob Marley é o maior expoente do reggae mundialmente

A diretora da Divisão de Indústrias Culturais e Criativas do Ministério, Janice Lindsay, explicou que a ideia é designar um comitê que preparará a proposta com o objetivo de apresentá-la em março de 2017.

Leia também: Conheça sete fatos sobre Bob Marley

"Temos que proteger a história distintiva do reggae como um patrimônio intangível e devemos fazê-lo antes que alguém mais apresente elementos desta proposta como sua", disse Lindsay em comunicado.

Para além de Palmira: conheça seis sítios arqueológicos afetados pela guerra na Síria

David Bowie em 30 canções essenciais para conhecer e relembrar obra de um dos maiores ídolos do rock

Na Armênia, 'Pelé' joga xadrez e principal símbolo nacional fica no país vizinho: escritora revela curiosidades da ex-república soviética

 

A funcionária ressaltou a importância que esta designação teria para as futuras gerações, já que serão elas as que "não nos perdoarão se tiverem que ler ou escutar trechos de obras musicais de nosso país porque o resto foi se perdendo com o passar do tempo".

Além disso, assegurou que a inscrição como patrimônio cultural intangível da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) será vista como evidência da "origem e distinção do que é ser um jamaicano".

ERRAMOS

O Opera Mundi publicou, em fevereiro deste ano, como forma de ilustrar este texto, uma foto do artista jamaicano Priest Tiger. Ao contrário do que poderia sugerir a imagem de Tiger no texto, ele não representa o gênero musical reggae e sim uma Ordem Nyabinghi. Por esta razão, inserimos uma foto do cantor Bob Marley, este sim representante do genero musical.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Justiça da UE condena Alemanha por poluição da água

Tribunal de Justiça da União Europeia considera que Berlim não fez o suficiente para deter contaminação de águas subterrâneas por nitrato; índices continuam altos apesar de leis mais severas para fertilizantes agrícolas