Aula Pública Opera Mundi: como democratizar o livro na América Latina?

No novo episódio da Aula Pública, José Castilho Neto, doutor em Filosofia pela USP e ex-secretário do Plano Nacional do Livro, discute perspectivas para criação de políticas públicas para o incentivo à leitura

Opera Mundi TV

José Castilho Neto discute a democratização do livro na América Latina


No novo episódio da Aula Pública, José Castilho Neto, doutor em Filosofia pela USP e ex-secretário do Plano Nacional do Livro, discute perspectivas para a criação de um plano latino-americano para a democratização do livro. Para o especialista, é preciso desenvolver políticas de incentivo à leitura para favorecer a circulação de livros na região.

"O livro que chega aos leitores é um produto cultural que faz parte de uma cadeia criativa de autores, escritores e editoras. Não basta, portanto, ter apenas a publicação de um livro. O resultado da leitura acontece quando há pessoas envolvidas e relações entre humanos em desenvolvimento. São relações entre autores e editores com aqueles que irão ler e fazer a mediação da leitura", analisa Castilho Neto.
 

Assista ao primeiro bloco da Aula Pública com José Castilho Neto: como democratizar a leitura na América Latina?

No segundo bloco da Aula Pública, José Castilho Neto responde perguntas do público do Sarau do Perifatividade

Aula Pública Opera Mundi: a integração na América do Sul está em risco?

Livro sobre processo de impeachment de Dilma Rousseff será lançado na Argentina

TVT exibe nesta quinta, às 20h, Aula Pública Opera Mundi sobre literatura da periferia

 

Leia Mais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Cracolândia não acabou, apenas mudou de lugar, diz promotor

Para Arthur Pinto Filho, do Ministério Público de SP, ação de Alckmin e Dória não resolve problema da dependência de drogas e só faz com que usuários se espalhem pela região: 'como se fala que a Cracolândia acabou? É uma frase que não tem pé na realidade'