Cuba finaliza construção do primeiro hotel de luxo de categoria cinco estrelas plus do país; veja fotos

Hotel com 246 quartos será inaugurado em março; prédio histórico de 1910 foi restaurado e mantém fachada original e diversos aspectos arquitetônicos, como pé-direito alto em quartos e suítes

O hotel de luxo Gran Hotel Manzana Kempinski La Habana será inaugurado neste mês em Cuba, divulgou a ACN (Agência Cubana de Notícias) nesta semana. A instalação turística, primeira da categoria cinco estrelas plus no país, foi construída com capital 100% cubano, segundo a agência.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O hotel, que conta com 246 quartos, funcionará em um prédio histórico, no centro antigo de Havana. O edifício La Manzana de Gómez começou a ser construído em 1890 e só foi concluído na década de 1910, quando se tornou o primeiro centro comercial do país, com mais de 500 lojas e escritórios espalhados por cinco pavimentos. O processo de restauração, iniciado em 2014, manteve a fachada original e diversos aspectos arquitetônicos do prédio, como o pé-direito alto nos quartos e suítes.

Na cobertura, um terraço e uma piscina terão vista para La Habana Vieja, o centro histórico e colonial da cidade. Além disso, o hotel também conta com um spa, restaurante panorâmico e salas de reuniões. Entre os marcos nos arredores estão o Edifício Bacardi, o Museu Nacional de Belas Artes e o bar La Floridita, um dos mais famosos da capital cubana. O Capitólio, O Grande Teatro de Havana e o Paseo del Prado também ficam por perto.

 

O dia em que Fidel Castro mobilizou o New York Times

Revolução Cubana é solidária com Dilma, Lula e Cristina Kirchner, diz Raúl Castro; veja vídeo do discurso

Cuba desenvolve aplicativo de celular sobre sistemas eleitoral e político do país

 

O grupo suíço Kempinski gestionará o hotel, através de um contrato de administração hoteleira com a empresa estatal Gaviota. A construção do hotel foi realizada pela empresa imobiliária Almest e pela associação econômica internacional UCM (União de Construções Militares) – Bouygyes, com projeto pela Restaura, empresa da Oficina do Historiador de Havana, máxima autoridade para a restauração do centro histórico.

Veja algumas fotos do hotel:

Reprodução/Kempinski Hotels



Uma vez que você chegou até aqui...


…temos algo a sugerir. Cada vez mais gente lê Opera Mundi, mas a publicidade dos governos, com o golpe, foi praticamente zerada para a imprensa crítica, e a publicidade privada não tem sido igualmente fácil de conseguir, apesar de nossa audiência e credibilidade. Ao contrário dos sites da mídia hegemônica, nós não estamos usando barreiras que limitam a quantidade de matérias que podem ser lidas gratuitamente por mês. Queremos manter o jornalismo acessível a todos. Produzir um jornalismo crítico e independente custa caro e dá trabalho. Mas nós acreditamos que o esforço vale a pena, pois um jornalismo desse tipo é essencial num mundo que preza a democracia. E temos certeza de que você concorda com isso.


Torne-se um assinante solidário ou faça uma contribuição única.




(Este anúncio é diretamente inspirado numa solicitação feita pelo jornal britânico ‘The Guardian’. A imprensa independente de todo o mundo está buscando nesse tipo de apoio uma forma de existir e persistir.)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

Diálogos do Sul

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Mais Lidas