Secretário-geral do Partido Comunista Português recebe Dilma e denuncia 'operação golpista' no Brasil

Jerónimo de Sousa criticou 'ofensiva contra direitos e democracia conduzida pelo governo golpista de Michel Temer'; ex-presidente participará de palestra em Lisboa

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP (Partido Comunista Português), recebeu a ex-presidente Dilma Rousseff durante sua visita a Portugal, divulgou nesta terça-feira (14/03) uma nota no site oficial do partido.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Durante o encontro, o líder do PCP reafirmou a “posição solidária do PCP para com a presidente eleita do Brasil, Dilma Roussef”, e denunciou o “autêntico golpe de Estado que representou a sua ilegítima destituição”. “Uma operação golpista dirigida contra o processo de sentido progressista e de afirmação soberana que teve lugar no Brasil desde 2003, com a eleição do presidente Lula da Silva e, posteriormente, com a eleição de Dilma Roussef”, destaca o texto.

Jerónimo de Sousa também reforçou a solidariedade dos “comunistas portugueses para com os comunistas e outros democratas, patriotas e progressistas brasileiros e a sua resistência face à ofensiva contra os direitos, a democracia e a afirmação soberana do Brasil conduzida pelo governo golpista de Michel Temer”.

Reprodução/Youtube PCP

Dilma se reuniu com Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, em visita a Portugal

Europa: a curiosa exceção portuguesa

Dilma Rousseff: A luta das mulheres

Na Suíça, Dilma Rousseff diz que 'há risco imenso' de se impedir candidatura de Lula e eleições em 2018

 

O secretário-geral também destacou também o apoio ao “prosseguimento do caminho das transformações políticas, econômicas e sociais que os trabalhadores e o povo brasileiro anseiam”.

A ex-presidente Dilma Rousseff fará uma palestra sobre neoliberalismo, desigualdade e democracia na quarta-feira (15/03) em Lisboa, conforme informou nesta segunda-feira a Fundação José Saramago, uma das associações que a convidaram para a ocasião.

Dilma abrirá o Ciclo de Conferências do Teatro da Trindade, no centro da capital portuguesa, com a conferência "Neoliberalismo, desigualdade, democracia sob ataque", segundo a nota da fundação. Os convites a Dilma para a visita a Portugal foram feitos por Fundação Inatel, Fundação José Saramago, Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e Casa do Brasil em Lisboa.



Uma vez que você chegou até aqui...


…temos algo a sugerir. Cada vez mais gente lê Opera Mundi, mas a publicidade dos governos, com o golpe, foi praticamente zerada para a imprensa crítica, e a publicidade privada não tem sido igualmente fácil de conseguir, apesar de nossa audiência e credibilidade. Ao contrário dos sites da mídia hegemônica, nós não estamos usando barreiras que limitam a quantidade de matérias que podem ser lidas gratuitamente por mês. Queremos manter o jornalismo acessível a todos. Produzir um jornalismo crítico e independente custa caro e dá trabalho. Mas nós acreditamos que o esforço vale a pena, pois um jornalismo desse tipo é essencial num mundo que preza a democracia. E temos certeza de que você concorda com isso.


Torne-se um assinante solidário ou faça uma contribuição única.




(Este anúncio é diretamente inspirado numa solicitação feita pelo jornal britânico ‘The Guardian’. A imprensa independente de todo o mundo está buscando nesse tipo de apoio uma forma de existir e persistir.)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

Diálogos do Sul

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Mais Lidas