Imprensa internacional questiona futuro de agronegócio brasileiro após escândalo de Operação Carne Fraca

Esquema de corrupção envolve mais de 30 empresas, entre elas a JBS e a BRF, principais produtoras e exportadoras de carne; jornais levantam dúvidas sobre futuro econômico do país

Os principais jornais do mundo inteiro repercutiram a operação Carne Fraca, que revelaram um escândalo de corrupção envolvendo mais de 30 empresas alimentícias. A investigação da Polícia Federal divulgada nesta sexta-feira (17/03) acusou frigoríficos de mudarem a data de vencimento de carnes estragadas, além de alterarem o aspecto e mau cheiro com produtos químicos.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O jornal norte-americano The New York Times afirmou que o caso “lança dúvidas sobre a indústria do agronegócio no Brasil, um pilar relativamente firme na fraca economia do país”. O jornal ainda lembra outros casos como o da Petrobrás e da Odebrecht, que abalaram a economia nacional.

A operação atingei duas das maiores exportadoras nacoionais e distribuidoras de carne mundiais, a JBS, dona das marcas Big Frango e Seara Alimentos, e a BRF, dona da Sadia e Perdigão. A JBS é “uma das maiores produtoras de carne do mundo” e a BRF é “uma grande exportadora de carne para o Oriente Médio e Ásia”, segundo a publicação.

O jornal britânico Financial Times também levantou dúvidas sobre o futuro econômico do Brasil após o escândalo. "A investigação - que a polícia afirma ter envolvimento de fiscais da saúde e políticos do Partido do Movimento Democrático Brasileiro recebendo propina das empresas - vai levantar preocupações sobre a indústria da carne brasileira, que ascendeu na última década para se tornar uma das mais importantes do mundo", afirmou o jornal.

O Financial Tijmes também informou que carregamentos de carne contaminada por salmonela podem ter sido enviados à Europa.

Agência Efe

Operação Carne Fraca da Polícia Federal revelou escândalo de corrupção em indústria de carne

'Brasileiros se uniram em grande greve nacional' contra reforma da previdência, diz Telesur; veja repercussão

Estrangeiros levam quatro aeroportos por R$ 3,7 bilhões

Charge do Carvall: A carne

 

As autoridades alegam que as ações fraudulentas incluíam alterar os rótulos e as datas de vencimento dos produtos, injetar água na carne para aumentar seu peso e tratar as carnes com ácido ascórbico, uma substância potencialmente cancerígena. Alguns desses produtos, inclusive, teriam sido vendidos para fabricação de merenda escolar de colégios públicos no Paraná.

A agência internacional Bloomberg relembrou as quedas na Bolsa das ações da JBS desde 2015, destacando os recuos que ocorreram quando a empresa foi citada em escândalos políticos.

O argentino Clarín destaca o envolvimento do "partido de Michel Temer" no recebimento de propinas. Na França, o Le Figaro afirmou que a operação era descrita pela Polícia Federal como "a mais importante da história".

O espanhol El País, ainda destacou a informação de que o atual ministro da Justiça, Osmar Serraglio, foi citado em uma conversa grampeada pela Polícia Federal. "A notícia de que mais um ministro de Michel Temer se vê envolvido em um escândalo de corrupção pode complicar a estratégia do Planalto de não falar sobre os aliados implicados em investigações", afirmou.



Uma vez que você chegou até aqui...


…temos algo a sugerir. Cada vez mais gente lê Opera Mundi, mas a publicidade dos governos, com o golpe, foi praticamente zerada para a imprensa crítica, e a publicidade privada não tem sido igualmente fácil de conseguir, apesar de nossa audiência e credibilidade. Ao contrário dos sites da mídia hegemônica, nós não estamos usando barreiras que limitam a quantidade de matérias que podem ser lidas gratuitamente por mês. Queremos manter o jornalismo acessível a todos. Produzir um jornalismo crítico e independente custa caro e dá trabalho. Mas nós acreditamos que o esforço vale a pena, pois um jornalismo desse tipo é essencial num mundo que preza a democracia. E temos certeza de que você concorda com isso.


Torne-se um assinante solidário ou faça uma contribuição única.




(Este anúncio é diretamente inspirado numa solicitação feita pelo jornal britânico ‘The Guardian’. A imprensa independente de todo o mundo está buscando nesse tipo de apoio uma forma de existir e persistir.)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

Diálogos do Sul

PUBLICIDADE

Últimas notícias

Mais Lidas