Popularidade de Stálin triplicou na Rússia desde 1990, mostra pesquisa

49% das pessoas entrevistadas afirmam que a Revolução de Outubro - que completa 100 anos em 2017 - desempenhou um papel positivo na história do país

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Uma pesquisa do instituto independente Levada mostra que a popularidade do líder soviético Josef Stálin triplicou em 27 anos na Rússia. De acordo com o levantamento, 24% dos russos dizem gostar de Stálin, contra 8% em 1990.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Por outro lado, a popularidade de Vladmir Lenin caiu de 67% no começo dos anos 90 para 26%. Ao mesmo tempo, 49% das pessoas entrevistadas afirmam que a Revolução de Outubro – que completa 100 anos em 2017 – desempenhou um papel positivo na história.

A pesquisa, feita em março e divulgada no começo de abril, mostra que 36% das pessoas acreditam que a revolução bolchevique deu um “ímpeto” ao desenvolvimento social e econômico do país. No entanto, apenas 28% dizem que uma nova revolução socialista, aos moldes do que aconteceu em 1917, é possível de acontecer novamente. Quase 60% afirmam que esse cenário é improvável.

Pré-venda da moeda digital venezuelana Petro rendeu US$ 735 milhões, afirma Maduro

Tribunal peruano ordena que Fujimori seja processado por crimes de lesa-humanidade

Governo venezuelano inicia pré-venda da moeda digital Petro

 

Reprodução/Bundesarchiv

Popularidade de Stálin triplicou desde 1990, diz pesquisa

Stálin

Em 2016, o mesmo instituto fez uma pesquisa específica sobre a figura de Stálin. Os resultados mostraram que 54% das pessoas viam as atitudes do soviético como positivas; 17%, negativas; 32% eram indiferentes.

Ainda de acordo com a pesquisa do ano passado, 26% das pessoas disseram que os expurgos de Stálin aconteceram por questões políticas e devem ser analisados por uma perspectiva histórica.

Sob a liderança de Stálin, a União Soviética assegurou a vitória em cima da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. O líder soviético comandou o país entre 1922 e 1953, ano de sua morte.

Leia Mais

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

O livro que você quer!

O livro que você quer!

A Editora Alameda selecionou 31 títulos especialmente para você, leitor de Opera Mundi. Alguns destaques: Vila Buarque, o caldo da regressão, de Marcos Gama; Autoritarismo e golpes na América Latina, de Pedro Estevam Serrano; Machado de Assis - a Poesia Completa; A formação do mercado de trabalho no Brasil, de Alexandre de Freitas Barbosa; Nós que amamos a revolução, de Américo Antunes; Jorge Amado na Hora da Guerra, de Benedito Veiga; Da Pizza ao Impeachment, de Roberto Grün; Tsimane, de Aline Vieira, e Casa da Vovó, de Marcelo Godoy. A lista é incrível, aproveite. Tem alguns descontos convidativos e o frete é grátis para todo o Brasil.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

'The Post': a história não foi bem assim

Jornalista Ben H. Bagdikian, personagem coadjuvante em The Post, tem uma versão diferente da contada no filme; Bagdikian é autor do livro O Monopólio da Mídia, que será lançado em abril pela editora Veneta