Lula se manteve firme em depoimento a Sérgio Moro, diz jornal argentino Página/12; veja repercussão

Audiência com juiz federal, ocorrida na quarta-feira (10/05) foi destaque em periódicos de países como Argentina, Venezuela, França, Reino Unido e Espanha

O depoimento do ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva foi destaque na imprensa internacional, que trouxe relatos ainda na noite de quarta (10/05) e na manhã desta quinta (11/05) sobre como foi a audiência com o juiz federal Sérgio Moro. Veja a repercussão:


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Página/12 – Argentina

Segundo o jornal argentino Página 12, o ex-presidente “se manteve firme” frente aos questionamentos do magistrado. “O ex-presidente se manteve firme e, em mais de uma ocasião, confrontou de maneira contundente as perguntas do mediático magistrado. Também o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, o confrontou várias vezes, em especial quando Moro tentou mesclar outros processos a que Lula responde em condição de imputado”, diz a reportagem.

“Sérgio Moro se mostrou um tanto inseguro no começo do interrogatório, em contraste com um Lula firme e incisivo. ‘Gostaria de assegurar que o senhor será tratado com todo o respeito’, disse Moro”, de acordo com o texto.

teleSUR – Venezuela

A emissora multiestatal citou declarações do advogado do ex-presidente. Para o defensor, Lula “demonstrou sua inocência” e “mostrou que nunca soube e nunca participou em qualquer ato ilícito relacionado com a Petrobras”.

O canal destacou o aparato de segurança montado em Curitiba para o depoimento do ex-mandatário brasileiro, lembrando que a audiência durou quase cinco horas.  Além disso, citou que Lula foi ao centro de Curitiba para discursar para mais de 4.000 apoiadores.

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Lula chegou ao juizado em Curitiba apoiado por manifestantes que se concentravam no local

Para entidades, relatório sobre direitos humanos apresentado por Brasil à ONU está distante da realidade

À espera de depoimento de Lula, movimentos sociais fazem vigília pela democracia em Curitiba

Depoimento de Lula a Moro marca 'grande dia da verdade' no Brasil, diz La Repubblica; veja repercussão

 

El País – Espanha

Para o jornal espanhol, Lula converteu sua declaração a Moro em uma exibição de poder político e conseguiu exibir um tom triunfal em uma ocasião que deveria resultar em impressão contrária.

“Lula, o animal político mais inesgotável do Brasil, decidiu jogar outro jogo, que nunca falhou para ele: o de reunir massas, se colocar em frente a um holofote e mostrar como sua sombra é alargada”, afirma o periódico.

Le Monde – França

O jornal francês chamou o depoimento de “show de Lula frente à Justiça”. “Foi o que aconteceu sob vaias e aplausos, e seguido por um enxame de câmeras. Estrela acusada, adorado por uns, odiados por outros, Luiz Inacio Lula da Silva, presidente do Brasil de 2003 a 2010, enfrentou o juiz Sérgio Moro em um depoimento em ritmo de show”, diz o periódico.

The Guardian – Reino Unido

“Por quase cinco horas, dois dos homens mais poderosos do Brasil se enfrentaram em um tribunal de Curitiba em um encontro judicial dramático que dividiu o país e deixou os brasileiros tensos sobre o que poderia acontecer depois”, diz o jornal britânico The Guardian no início de sua reportagem.

Em discurso após o depoimento, diz o Guardian, Lula atacou a parcialidade da imprensa brasileira contra ele. “Nunca antes na história do Brasil alguém foi tão perseguido e massacrado como estou sendo nos últimos anos”, disse o ex-presidente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

História Agrária da Revolução Cubana

História Agrária da Revolução Cubana
Este livro é um estudo sobre a saga da reforma agrária numa sociedade de origem colonial presa ao círculo vicioso do subdesenvolvimento. Fundamentado em farta documentação e entrevistas com técnicos e lideranças que participaram diretamente do processo histórico cubano, o trabalho reconstitui as barreiras encontradas pela revolução liderada por Fidel Castro para superar as estruturas materiais de uma economia de tipo colonial.
Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias