PUC-SP oferece curso de extensão sobre Oriente Médio e política internacional a partir de agosto

Curso abordará temas fundamentais para a compreensão política e histórica da região; serão 15 aulas presenciais que contabilizarão 60 horas no Campus Perdizes, zona oeste de São Paulo

A PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica - São Paulo) oferece a partir do dia 19 de agosto o curso de extensão “Oriente Médio e Política Internacional”, que tratará de temas fundamentais para a compreensão da região. O curso se divide em 15 aulas presenciais no Campus Perdizes e tem como público-alvo estudantes de Relações Internacionais, Ciências Sociais, Economia, História e Jornalismo.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Organizado por integrantes do GECI (Grupo de Estudos sobre Conflitos Internacionais) da PUC-SP e do INEU (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos), o curso abordará questões relevantes acerca do Oriente Médio unindo história, cultura e política.

“As revoltas árabes, a guerra da Síria, a ascensão do Estado Islâmico, a questão Palestina/Israel, a disputa entre Turquia, Arábia Saudita e Irã pela hegemonia regional e os interesses de EUA e Rússia, tudo isso vamos procurar abordar por meio de uma perspectiva histórica e contemporânea no âmbito das relações internacionais”, afirmou Reginaldo Nasser, professor de Relações Internacionais da PUC-SP e coordenador do curso, ao blog Terra em Transe, do GECI.

O curso tem duração total de 60 horas e as aulas acontecem aos sábados das 9h às 13h, tendo início no dia 19 de agosto e encerramento no dia 25 de novembro. As inscrições já estão abertas e são realizadas pelo site da PUC-SP. O investimento total do curso é de seis parcelas de R$450,00.

Wikicommons

Na foto, Jerusalém, entre Israel e Palestina; curso na PUC-SP abordará temas fundamentais para a compreensão política e histórica do Oriente Médio

Combate ao terrorismo é 'batalha do bem contra o mal', diz Trump a líderes muçulmanos

'Efeitos da Guerra dos Seis Dias perduram 50 anos depois'

Homem iraquiano abre loja de bebidas em Mossul 'só para encher o saco do Estado Islâmico'

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Este livro traz de volta, depois de anos esgotado, o texto "Breve Histórico do Feminismo no Brasil", da pesquisadora e militante Maria Amélia de Almeida Teles. E acrescenta seis ensaios da autora, que tratam de temas como o aborto, a luta pela creche, a violação dos direitos humanos das mulheres durante a ditadura militar, a repressão contra as crianças no período e ainda o feminicídio.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Deputados barram lei de aborto aprovada pelo Senado no Chile

Projeto que autoriza aborto nos casos de risco de vida para a gestante, estupro ou má formação do feto vai a comissão mista para ser reavaliado; Michelle Bachelet criticou oposição por votar por 'ideologia ou religião' contra a lei

 

Notas sobre Marco Aurélio Garcia, um grande camarada

MAG combinou interesses econômicos e políticos com uma visão anti-hegemônica clara e firmou-se como leme de uma diplomacia que tinha o desenvolvimento e a construção de novas parcerias Sul-Sul como meta