Empresa chinesa inaugura estação de energia solar em formato de panda

Usina ocupa uma área de 248 acres e tem capacidade de produção total de 100MW; projeto construído na cidade de Datong foi elaborado pela empresa Panda Green Energy Group após acordo com PNUD

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

A empresa chinesa China Merchants New Energy (CMNE), uma das principais investidoras em energia solar no país, inaugurou no dia 29 junho a primeira estação de energia solar do mundo no formato de um urso panda.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O projeto construído na cidade de Datong, na província chinesa de Shanxi, foi elaborado pela empresa Panda Green Energy Group após um acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), firmado em setembro de 2016.

Segundo dados da CMNE, a usina ocupa uma área de 248 acres e tem capacidade de produção total de 100MW (megawatt). Quando a estação estiver conectada 100% à rede, a empresa afirma que ela será capaz de gerar 3,2 bilhões de kWh (quilowatt-hora) de energia em 25 anos.

PNUD/Divulgação

Usina ocupa uma área de 248 acres e tem capacidade de produção total de 100MW

Ainda de acordo com a companhia, um dos benefícios que a usina pode trazer é a redução da emissão de poluentes. A CMNE diz que, com o funcionamento da estação, a China poderá reduzir em 2,74 milhões de toneladas a emissão de dióxido de carbono e em 1,056 milhão de toneladas, a de carvão.

Noruega anuncia corte de 50% em repasses contra desmatamento no Brasil em 1º dia de visita de Temer

Portugal lançou programa de 9 milhões de euros para eucaliptos uma semana antes de incêndio

Rússia e China apresentam plano conjunto para solucionar crise na península coreana

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias