Brasileiro é rejeitado em emprego na Itália por ser negro

'Lamento, mas não posso colocar rapazes de cor na recepção', escreveu dono de hotel a Paolo, de 29 anos; sindicato prepara ação judicial e entidade hoteleira diz que outros estabelecimentos querem empregar Paolo

Um homem nascido no Brasil, mas que vive na Itália desde os três anos e meio de idade, foi recusado para uma vaga de emprego em um hotel em Cervia, cidade de quase 30 mil habitantes situada no litoral da região da Emília-Romana, por ter a pele negra.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

A denúncia foi feita nesta quinta-feira (03/08) pela Confederação Geral Italiana do Trabalho (Cgil), que está preparando uma ação judicial para ajudar a vítima, identificada apenas como Paolo, 29 anos, morador de Milão, a pouco mais de 300 km de Cervia.

O fato ocorreu no último dia 18 de junho, quando o homem enviou por email uma cópia de seu documento de identidade para o hotel redigir o contrato. Anteriormente, Paolo já havia mandado seu currículo e conversado por telefone com o empregador, com quem entrara em acordo para trabalhar até setembro.

No entanto, via SMS, o dono do estabelecimento respondeu que não podia mais contratá-lo. "Lamento, Paolo, mas não posso colocar rapazes de cor na recepção, aqui na Romana as pessoas têm a mentalidade muito atrasada. Me desculpe, mas não posso fazer você descer, tchau", diz a mensagem do empregador.

Paolo, que tem experiência no setor hoteleiro, inclusive na Emília-Romana, havia entrado em contato após ter visto um anúncio para trabalhar no hotel entre junho e setembro, período de alta temporada na Itália por causa do verão europeu.

Reprodução

Mensagem de texto do dono do hotel a Paolo: 'não posso colocar rapazes de cor na recepção'

Número de turistas em Cuba cresce 23,2% nos primeiros meses de 2017

Sardenha, na Itália, vai multar quem 'roubar' areia ou conchas de praias

Itália: Homem ejacula em mulher em ônibus e Justiça decide que masturbação em público não é crime

 

"O único problema verdadeiro, é evidente, é a cor da pele de meu filho, que o dono do hotel só viu quando ele mandou o documento de identidade", afirmou a mãe da vítima, Paola, em entrevista ao jornal La Repubblica. Foi ela quem acionou a Cgil após o episódio.

"A quantas pessoas isso não terá acontecido? Assim podemos dar voz também a elas", acrescentou a genitora, explicando que Paolo é nascido no Brasil, mas vive na Itália desde os três anos e meio de idade.

"Estamos frente a um evidente caso de discriminação racial. Ao dano patrimonial por ter perdido a alta temporada, se somam a humilhação e a profunda injustiça das quais foi vítima. Estamos certos de que a Romana saberá se distinguir da inaceitável conotação reservada a ele pelo proprietário do hotel", afirmou a Cgil.

Também ao jornal La Repubblica, a Federalberghi, entidade que representa o setor hoteleiro italiano, disse que o empregador está empenhado em "remediar o ocorrido". "Mais de um dono de hotel se propôs a oferecer a Paolo uma oportunidade de trabalho", garantiu a associação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera

Destaques

Publicidade

2018 vem aí!

2018 vem aí!

São centenas de títulos, todos com desconto de 18% e Frete Grátis. Alguns destaques: "Vila Buarque, o caldo da regressão", de Marcos Gama; "Autoritarismo e golpes na América Latina", de Pedro Estevam Serrano; "Machado de Assis - a Poesia Completa"; "A formação do mercado de trabalho no Brasil", de Alexandre de Freitas Barbosa; "A ideia de história na Antiguidade Clássica", de Glaydson José da Silva e Maria Aparecida de Oliveira Silva (org.); "Os leitores de Machado de Assis", de Hélio de Seixas Guimarães; "Nós que amamos a revolução", de Américo Antunes; "Machado de Assil - Lido e Relido", de João Cezar de Castro Rocha (org.); "Jorge Amado na Hora da Guerra", de Benedito Veiga. A lista é incrível: aproveite a reta final de ano, conheça nosso catálogo. Boas festas e um 2018 muito melhor, por 2017 foi osso, né?

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias