Em prefácio de livro, papa Francisco pede perdão a vítimas de padres pedófilos

"Estas são monstruosidades absolutas, um terrível pecado que contradiz totalmente o que a Igreja ensina", afirmou pontífice em livro escrito por vítima

O papa Francisco pediu perdão às vítimas de padres pedófilos e condenou a "absoluta monstruosidade" e o "horrível pecado" no prefácio de um livro no qual o autor, Daniel Pittet, conta os abusos que viveu nas mãos de um religioso ao longo de quatro anos.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

"Estas são monstruosidades absolutas, um terrível pecado que contradiz totalmente o que a Igreja ensina", afirmou o pontífice na abertura do livro, segundo o divulgado pelo jornal alemão Bild.

"Como é possível que um padre, consagrado a Cristo e à sua Igreja, chegue ao ponto de causar tanto mal?", questionou o papa, que lembrou que muitas vítimas abusadas por religiosos durante a infância acabaram se suicidando.

Agência Efe

Papa Francisco pediu perdão a vítimas de padres pedófilos

Papa pede 'solução pacífica e democrática' para crise na Venezuela

Mais de 500 crianças foram vítimas de violência em catedral católica na Alemanha, aponta denúncia

Padres da Austrália dizem que preferem ir presos a denunciar abusos sexuais contra crianças

 

"Estes mortos pesam no meu coração, assim como na minha consciência e na de toda a Igreja. Quero expressar meu amor e minha dor às suas famílias e humildemente pedir perdão", escreveu.

Em 2015, o pontífice conheceu Daniel Pittet no Vaticano e, no texto, restou a importância de seu testemunho chegar a outras pessoas. "Eu gostaria de agradecer ao Daniel, por seu testemunho e por conseguir superar o silêncio em face de escândalos e sofrimento, pois traz luz para a escuridão terrível que se esconde na vida da Igreja", disse Francisco.

(*) Com Efe

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Inspirada pela Revolução Russa, a Alameda Casa Editorial fez uma seleção de 100 livros com desconto de 20% e frete grátis. São livros que tratam da sociedade capitalista, do mercado de trabalho, do racismo, do pensamento marxista, das grandes depressões econômicas, enfim: do pensamento social que, direta ou indiretamente, foi influenciado pela revolução dos trabalhadores de 1917. Aproveite.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias