Merkel e Putin apostam em solução pacífica para conflito norte-coreano

Comunicado do governo alemão informou que acredita em solução para conflito norte-coreano por 'vias pacíficas'; chanceler alemã já estabeleceu contato com outras lideranças mundiais a respeito do tema

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, analisou nesta segunda-feira (11/09) com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o conflito nuclear norte-coreano e ambos concordaram em uma solução através de "vias pacíficas", informou o governo alemão em um comunicado.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Segundo a nota, Merkel e Putin conversaram hoje por telefone e a chanceler mostrou seu apoio aos esforços do Conselho de Segurança das Nações Unidas para aprovar com urgência novas sanções a fim de pressionar o regime de Pyongyang.

A conversa com Putin se soma às que a chanceler teve com os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, da França, Emmanuel Macron, da Coreia do Sul, Moon Jae-in e com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, em defesa de uma saída diplomática para crise, agravada pelo sexto teste nuclear norte-coreano.

Agência Efe

Chanceler alemã já estabeleceu contato com outras lideranças mundiais para tratar do tema

Presidente russo diz que sanções contra Pyongyang não resolverão problemas na região

A vida dos norte-coreanos que os meios de comunicação não mostram

China anuncia que apoiará novas medidas contra Coreia do Norte

 

A tensão voltou a aumentar nesta segunda-feira após a Coreia do Norte ameaçar causar "a maior dor e sofrimento" aos EUA por impulsionarem novas sanções contra Pyongyang na reunião do Conselho de Segurança da ONU realizada a pedido de Washington.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

A XV Semana de Relações Internacionais da PUC-SP se propõe a debater diversos temas de suma importância no mundo global, diverso, construído por múltiplas interseccionalidades e difíceis obstáculos que emergem em tempos nebulosos, incertos e de repressão e transgressão. Assim, o Centro Acadêmico de Relações Internacionais da PUC-SP convida todos a participarem de uma semana repleta de debates, circunscrevendo: a Segurança Pública e Internacional; aos desafios da migração num mundo de muros e fronteiras; aos direitos em oposição com a determinação neoliberal; aos discursos de resistência e política do Sul outrora colonizado; a inserção internacional brasileira pela política externa e comercial; aos desafios da saúde num mundo global e capitalista. Mini-cursos sobre desenvolvimento da África e narrativas alternativas ao desenvolvimento progressivista na América Latina e um workshop com a Professora Dra. Mônica Hirst serão oferecidos
Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias