Estados Unidos anunciam sua saída da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

País apontou decisão como parte de reflexões sobre a instituição e preocupação com contínua tendência anti-Israel do organismo

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (12/10) sua saída da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e mencionou como motivos a necessidade de uma reforma e uma suposta "tendência anti-Israel" do organismo.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

"Esta decisão não foi tomada de repente e reflete as preocupações dos Estados Unidos com a crescente demora nos pagamentos na Unesco, a necessidade de uma reforma fundamental na organização e a contínua tendência anti-Israel", assegurou a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.

O comunicado do Departamento de Estado não deu mais explicações sobre esses argumentos.

 

EUA: Milhares de imigrantes pedem renovação do DACA após Trump anunciar seu fim

EUA suspendem temporariamente emissão de vistos na Turquia por 'segurança'

Israel se junta aos Estados Unidos e anuncia saída da Unesco

 

Apesar de sua retirada como membro, o Governo americano expressou seu desejo de estabelecer uma missão permanente como país "observador" nesse organismo das Nações Unidas.

Agência Efe

Estados Unidos alegam que organização possue uma contínua tendência anti-Israel


A porta-voz detalhou no seu comunicado que a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, foi notificada hoje tanto da decisão dos EUA de se retirar como de sua intenção de estabelecer uma missão permanente de observação na entidade.

O Governo dos EUA também indicou a Bokova seu desejo de continuar colaborando como Estado observador e "levar opiniões, perspectivas e conhecimentos especializados" sobre questões como "a proteção do patrimônio mundial, defendendo a liberdade de imprensa e promovendo a colaboração científica e a educação".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Protesto anti-Trump acaba em confronto no Líbano

Violência segue intensa no Oriente Médio após decisão americana de reconhecer Jerusalém. Policiais reprimem manifestação perto da embaixada americana em Beirute e, na cidade disputada, oficial israelense é esfaqueado