'Saci urbano' aparece grafitado em cidade no norte da Áustria

Grafite faz parte do "Projeto Mural Harbor 2017", que transformou a região do porto de Linz (a cidade é banhada pelo rio Danúbio) em uma galeria de arte a céu aberto

Um 'saci urbano internacional' apareceu grafitado na cidade de Linz, cidade no norte da Áustria que fica a cerca de 180 km da capital Viena.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O grafite faz parte do "Projeto Mural Harbor 2017", que transformou a região do porto de Linz (a cidade é banhada pelo rio Danúbio) em uma galeria de arte a céu aberto.

Nesta terça-feira (31/10), é celebrado no Brasil o dia do Saci, personagem fundamental do folclore brasileiro. Em 2009, ele também apareceu em muros da região metropolitana de São Paulo.

Deutsche Bahn é criticada por batizar trem de Anne Frank

Corregedor da UFSC que entregou reitor da universidade à PF já foi condenado por calúnia e difamação

'É a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático', diz Caetano Veloso

 

Projeto Mural Harbor 2017

'Saci urbano internacional' foi grafitado em Linz, na Áustria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Promoção 100 livros para os 100 anos da Revolução

Inspirada pela Revolução Russa, a Alameda Casa Editorial fez uma seleção de 100 livros com desconto de 20% e frete grátis. São livros que tratam da sociedade capitalista, do mercado de trabalho, do racismo, do pensamento marxista, das grandes depressões econômicas, enfim: do pensamento social que, direta ou indiretamente, foi influenciado pela revolução dos trabalhadores de 1917. Aproveite.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Mugabe reaparece em público após intervenção militar

Oficialmente em prisão domiciliar, presidente do Zimbábue é visto em público pela primeira vez desde que Forças Armadas assumiram o controle do país; sua saída do poder, após quase quatro décadas, ainda é incerta.