Cientistas descobrem 'vazio' misterioso em pirâmide no Egito

Local ficou escondido por cerca de 4,5 mil anos; para pesquisadores, nova descoberta é 'emocionante'

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Um grupo de cientistas descobriu nesta quinta-feira (2) uma enorme "cavidade" no interior da pirâmide de Queóps, no Egito.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Os cientistas do projeto "Scan Pyramids" usaram uma técnica não invasiva que permite observar através das estruturas da pirâmide para descobrir possíveis espaços internos desconhecidos.

A cavidade descoberta foi chamada de 'grande vazio' e, de acordo com os cientistas, tem por volta de 30 metros de comprimento e é muito similar a grande galeria, a maior sala da pirâmide até hoje conhecida.

Foto: Ana Paula Hirama/Flickr

Local ficou escondido por cerca de 4,5 mil anos

Israel fecha fronteira com Egito após atentados em igrejas e reforça segurança para Páscoa judaica

Arábia Saudita, Bahrein, Líbia, Iêmen, Egito e Emirados Árabes Unidos cortam relações com Catar

Crise diplomática leva Qatar Airways a desviar voos para evitar sobrevoar Arábia Saudita

 

Um dos integrantes do grupo de cientistas, o japonês Kunihiro Morishima, comentou que é uma descoberta "emocionante", já que essa grande estrutura "nunca foi tocada desde a construção da pirâmide".

Já o pesquisador Mehdi Tayoubi, explicou que a descoberta é "impressionante" e que "não era prevista por nenhum tipo de teoria estabelecida até agora".

Os pesquisadores não sabem se tem alguma coisa dentro do "grande vazio", mas já estão estudando alguma possibilidade de explorar esse espaço sem usar nenhum recurso destrutivo.

Localizada no complexo de Gizé, próximo a Cairo, a pirâmide de Queóps possui 139 metros de altura e 230 de largura. O monumento está perto da Grande Esfinge e das pirâmides de Quéfren e Miquerinos.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias