PIB da Itália cresce 0,5% no terceiro trimestre de 2017

Resultado superou expectativas de analistas; número permite a país manter PIB dentro da previsão do governo, que acredita em uma alta de 1,5%

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O Produto Interno Bruto (PIB) italiano cresceu 0,5% no terceiro trimestre de 2017, na comparação com o trimestre anterior, informou hoje (14) o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat), em seu relatório preliminar.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Na base anual do tereiro trimestre de 2016, a alta foi de 1,8%.

Caso confirmados os dados até o fim do ano, o PIB ficará dentro da previsão do governo italiano, que acredita em uma alta de 1,5%. O PIB do terceiro trimestre da Itália apresentou um resultado igual ao da França e foi superior ao do Reino Unido.

Também foi melhor que o esperado por analistas, que falavam em alta de 0,4% a 0,6% entre julho e setembro.

Cidade italiana vai sediar Copa do Mundo de Gelaterias

Empresa dos EUA pode ganhar US$70 milhões se encontrar avião da Malaysia Airlines

Chef envia carta parabenizando comida de hospital na Itália

 

Luigi Rosa / Flickr CC

Praça Veneza, em Roma; Itália deve alcançar crescimento esperado pelo governo em 2017

Leia Mais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Rede de supermercados holandesa é acusada de racismo

Em material de curso para funcionários, empresa apresenta perfis de clientes, usando mulher e criança negras para representar os de menor poder aquisitivo; todas as demais categorias são associadas a pessoas brancas

 

Cidade italiana vai sediar Copa do Mundo de Gelaterias

Competição, que acontecerá durante o Salão Internacional de Sorveteria, Confeitaria e Panificação, reunirá confeiteiros de 12 países: Argentina, Austrália, Brasil, Coreia, França, Japão, Marrocos, Polônia, Espanha, Suíça, Ucrânia e Estados Unidos

 

Catherine Deneuve pede desculpas

Após manifesto polêmico, atriz afirma que abuso sexual é ato odioso e se desculpa a vítimas de assédio que possam ter se ofendido; ao mesmo tempo, critica 'efeito manada' na internet gerado por campanhas como #MeToo