EUA aprovam primeira pílula digital rastreável

Droga permitirá que médicos saibam se os pacientes estão tomando seus remédios de maneira correta; parentes poderão acompanhar dosagens por meio de aplicativo

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

A Administração de Remédios e Alimentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos aprovou, pela primeira vez na história, uma pílula digital rastreável nesta terça-feira (14/11).


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

O medicamento conta com um sensor interno que permite aos médicos controlarem se os pacientes tomam seus remédios de maneira correta. Através de um aplicativo, parentes também poderão acompanhar como está sendo administrada a posologia.

O rastreamento é feito por uma espécie de adesivo, que é colado no corpo, e que detecta a ingestão da pílula - que conta com um sensor feito de materiais encontrados em uma comida "normal". De lá, os dados vão para o app, como o horário e data em que foi tomado e algumas informações sobre a atividade fisiológica.

Wikimedia Commons

Droga permitirá que médicos saibam se os pacientes estão tomando seus remédios de maneira correta

Lagerfeld evoca Holocausto para criticar Merkel

Porto Rico diz que precisa de US$ 95 bilhões para se recuperar da passagem dos furacões

Primeiro-ministro promete voltar ao Líbano em '2 dias'

 

A liberação do primeiro remédio aplica-se ao aripiprazol, um antipsicótico usado no tratamento de distúrbios mentais, como transtornos de personalidade, depressão e esquizofrenia.

No entanto, a autorização está levantando um debate ético nos EUA, já que pode invadir a privacidade e o direito que as pessoas têm de optar ou não por um tratamento. A FDA alega que a medida vai economizar milhões de dólares por ano com pessoas que precisam de um tratamento extra para compensar as falhas ao tomar os medicamentos. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

'Fatos alternativos' é a 'despalavra' de 2017

Termo estimula substituição de argumentos factuais por afirmações não comprovadas para manipular debate público, diz júri; iniciativa quer chamar atenção para palavras que ferem dignidade humana ou democracia

 

Sob a fumaça, a dependência

Não são apenas os fumantes que estão atrelados a um hábito do qual é difícil se livrar; o Brasil, líder global na exportação de tabaco, oculta sob os dados econômicos um quadro social de efeitos devastadores

 

Cientistas descobrem o que dizimou astecas

Após cinco séculos de mistério, equipe internacional de pesquisadores detecta bactéria, levada por europeus, que teria sido responsável pela morte de 15 milhões de pessoas em apenas cinco anos