Israel intercepta drone do Irã e tem caça abatido pela Síria

Episódio é um dos mais graves desde o início da guerra civil

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

As forças militares de Israel interceptaram neste sábado (10/02) um drone iraniano lançado da Síria e que estava infiltrado no espaço aéreo israelense, informaram as autoridades locais.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Em resposta, Israel lançou uma operação contra alvos iranianos na Síria, mas um caça F-16 foi abatido pelo regime sírio e dois pilotos ficaram feridos, um deles em estado grave.

Segundo Tel Aviv, o drone partiu da base de Tadmor, em Palmira, no deserto sírio, e representou uma "grave violação da soberania israelense".

O equipamento foi abatido por volta das 4h30 locais, próximo à cidade de Bet Shean. Cerca de uma hora depois, a aviação israelense atingiu ao menos 12 alvos sírios e iranianos em território da Síria, inclusive a base de onde partira o drone.

"Foram ataques contra baterias antiaéreas sírias e quatro alvos irianos que fazem parte da rede militar de Teerã em Damasco", disse um porta-voz. Durante o ataque, mísseis sírios também foram lançados contra Israel, o que ativou as sirenes e alarmes no norte do país.

Reprodução/Twitter/@avianalysiswing

Destroços de aeronave israelense que caiu neste sábado (10/02)

Um dos caças F-16 envolvidos na ofensiva para Israel foi atingido pela Síria e os pilotos precisaram se ejetar, caindo no norte de Israel. Um dos pilotos está em condições graves. 

Controvérsias 

O comando militar conjunto do Irã, do movimento Hezbolllah e da Síria disse que o drone interceptado por Israel não invadiu o espaço aéreo do país. Acusando Tel Aviv de divulgar notícias falsas, a coalizão alegou que o drone estava em Homs, na Síria.

De acordo com eles, o drone "tinha partido da base aérea de Tayfur, perto de Homs, e estava à procura de células terroristas do Estado Islâmico".

Putin ordena retirada de tropas russas da Síria

Irã: protestos sem liderança levantam suspeitas de manipulação das redes

Israel aprova, em 1ª votação, texto de ultraconservadores que adota pena de morte para 'terroristas'

 

O embaixador de Israel em Moscou, Gay Koren, disse que seu país está pronto para adotar "medidas mais extremas", a fim de "evitar que a Síria e o Líbano se transformem em um posto militar do Irã".

Este é um dos incidentes mais graves envolvendo israel, Irã e Síria desde o início da guerra civil síria, há quase oito anos. O Irã e a milícia libanesa Hezbollah são alguns dos atores do conflito e apoiam o regime do ditador Bashar al-Assad. 

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Irlandeses votam a favor da legalização do aborto

Maioria significativa respondeu com 'sim' em referendo sobre reforma da atual legislação do aborto na Irlanda, uma das mais restritivas da Europa; autoridades governamentais saúdam vitória da democracia em dia histórico

 

Philip Roth: um escritor aberto ao outro

Aos poucos, a geração de escritores que me formou e que foi decisiva na minha opção por estudar a literatura contemporânea vai terminando; e eu vou ficando cada vez menos contemporâneo