Moeda digital da Venezuela arrecadou US$ 1 bilhão, diz Maduro

Petro foi lançado após sanções econômicas dos Estados Unidos; 'nós já temos ofertas e negociações que excedem 1 bilhão de dólares', disse Nicolás Maduro

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta quinta-feira (22/02) que o país arrecadou US$ 1 bilhão nos dois primeiros dias de circulação da criptomoeda venezuelana, o Petro.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

A moeda digital foi lançada após sanções econômicas dos Estados Unidos e é lastreada por cinco milhões de barris de petróleo. 

"Nós já temos ofertas e negociações que excedem 1 bilhão de dólares. Com apenas dois dias, [as negociações] superam 1 bilhão aqui na mão", disse Maduro em vídeo ao vivo no Facebook.

Reprodução
Criação da criptomoeda foi anunciada por Maduro em dezembro do ano passado

Governo venezuelano inicia pré-venda da moeda digital Petro

Pré-venda da moeda digital venezuelana Petro rendeu US$ 735 milhões, afirma Maduro

Não há crise humanitária na Venezuela, diz especialista em direitos humanos da ONU

 

O mandatário venezuelano também afirmou que os recursos vão "crescer". "São bilhões de dólares (..) que vão diretamente aos recursos da República". O Petro ainda é visto com desconfiança por alguns setores da economia. 

Segundo Maduro, foram realizadas 292 mil ofertas de opção de compra do petro: 36% delas foram feitas em dólares, 15% em euro, 18% com a criptomoeda Ethereum e 31% com a mais famosa das moedas digitais, o Bitcoin. 

(*) Com Sputnik

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Mulheres começam a dirigir na Arábia Saudita

Abertura é reflexo de uma mobilização de quase três décadas em defesa dos direitos das mulheres sauditas; as primeiras campanhas pelo direito a dirigir ocorreram nos anos 1990