Movimentos sociais convocam manifestação na Argentina contra pedido de prisão de Lula

Protesto irá ocorrer às 17h em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires; ato foi organizado por sindicatos e organizações políticas

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Organizações sociais, políticas e sindicais da Argentina marcaram para esta sexta-feira (06/04) uma manifestação em frente à embaixada do Brasil na cidade de Buenos Aires em protesto contra o pedido de prisão do ex-presidente Lula.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Segundo comunicado das organizações, a concentração irá começar às 17h em frente à embaixada brasileira, Rua Arroyo, 1130, bairro Retiro.

A Central de Trabalhadores da Argentina, a Corrente Classista e Combativa, os Libres del Sur, o Movimento Evita, Unidade Popular e Barrios de Pie são algumas da organizações que participarão do ato.

Fotos Públicas/Ricardo Stuckert

Protesto irá ocorrer às 17h em frente à embaixada do Brasil em Buenos Aires

MST bloqueia rodovias pelo Brasil em protesto contra pedido de prisão de Lula

Siga cobertura sobre pedido de prisão do ex-presidente Lula

Velocidade em ordem de prisão de Lula comprova perseguição de Moro, afirma Serrano

 

A direção da Confederação Geral do Trabalho da Argentina repudiou a decisão do juiz Sergio Moro de emitir pedido de prisão de Lula. Em comunicado oficial, a organização rechaçou a “violação do direito a liberdade até que não haja sentença definitiva” e ainda classificou a realidade brasileira como “um verdadeiro golpe institucional”.

Após votação do HC de Lula no STF, a Central de Trabalhadores da Argentina emitiu uma nota dizendo que se destaca “a estratégia que a direita golpista vem desenvolvendo no Brasil”.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Os supersalários das Forças Armadas

Nossa reportagem levantou todos os salários de militares e encontrou centenas acima do teto, indenizações de mais de R$ 100 mil e valores milionários pagos no exterior