Lula se apresentará à PF depois de ato religioso em homenagem a Marisa Letícia, diz comitê

Advogados do ex-presidente passaram a madrugada em negociações com a Polícia Federal

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser conduzido à sede da Polícia Federal em São Paulo hoje (07/04), depois do ato religioso realizado a partir das 9h30 no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em homenagem aos 68 anos que sua mulher, Marisa Letícia, completaria hoje se estivesse viva.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Os advogados de defesa negociaram a condução de Lula com a Polícia Federal durante a madrugada deste sábado. A linha de negociação que se consolidou é que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não se apresenta à PF em Curitiba, nem se entrega, nem se rende, nem vai resistir à prisão.

Pesou na decisão de Lula, de sua assessoria jurídica e de seus familiares o risco de que fosse decretada uma prisão preventiva, o que implicaria em uma detenção por período imprevisível e prejudicaria o julgamento da inconstitucionalidade da prisão após segunda instância.
 
Mídia Ninja

O ex-presidente saiu do sindicato para o ato religioso em homenagem a Dona Marisa
 
Nas negociações, a PF não abriu mão de que a apresentação do ex-presidente fosse neste sábado. Apesar de não ter cumprido a ordem de apresentação à PF de Curitiba até às 17h desta sexta (06/04), como havia sido decretado pelo juiz Sergio Moro, Lula não é considerado foragido, visto que está desde quinta-feira na sede do sindicato, em local público, em ato de resistência e cercado de apoiadores.
 

Para Dilma, pedido de prisão de Lula é 'prenúncio' de que há quem não queira eleição em 2018; leia entrevista

STJ nega habeas corpus a ex-presidente Lula

Parlamentares ingleses dizem que 'destino de Lula é o mesmo da democracia brasileira'

 

O Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia divulgou nota na manhã deste sábado, em que apresenta detalhes da celebração no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC:

Boletim 4 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 07/04/2018 – 8h45

1. Lula novamente recebeu centenas de pessoas na noite de ontem. Companheiros e companheiras de todo país vieram prestar solidariedade. Hoje acordou disposto e tomou café da manhã com a família.

2. A partir das 9h30 será realizada uma missa em homenagem à companheira Marisa Letícia, a militante que fez a primeira bandeira do PT e que lutou ao lado de Lula por um Brasil e um mundo justos e igualitários durante 43 anos.

3. Após a missa teremos um espetáculo musical com grandes artistas que também são lutadores do povo brasileiro: Leci Brandão, Maria Gadú, Flávio Renegado, Tulipa Ruiz, Xênia França, Aíla, Thaíde, Rico Dalasam, Fioti, Eduardo Brechó e outros.

4. Ainda na sexta-feira (06/04), parlamentares e líderes políticos e sindicais argentinos cobraram do governo Maurício Macri a convocação extraordinária, em caráter de urgência, da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) para discutir a crise no Brasil, diante da ruptura da cláusula democrática do órgão com o pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva baseado em um processo fraudulento e sem que lhe seja garantido o amplo direito à defesa.

5. Uma delegação de parlamentares e dirigentes sindicais da Argentina chegará ainda nesta manhã a São Bernardo do Campo para prestar solidariedade e reforçar a defesa da democracia e de Lula.

6. A Rede Globo, maior inimiga da democracia brasileira desde que foi criada em 1965, embora fale sempre em legalidade como se fosse um bastião do respeito às leis, tem usado reiteradamente – sem autorização prévia e/ou sem dar os devidos créditos – em suas transmissões, especialmente no canal Globo News, imagens geradas pela TV dos Trabalhadores (TVT) e por veículos da imprensa alternativa, como Jornalistas Livres e Mídia Ninja.

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Análise de dentes desbanca de vez mito sobre Hitler

Análise de arcada dentária achada pelos russos em Berlim acaba de vez com a teoria conspiratória de que ditador nazista sobreviveu, uma lenda que diz muito sobre a propaganda soviética e a crueldade do pós-guerra