Após discussão, garoto australiano foge com cartão dos pais para hotel de luxo em Bali

Depois de enganar a avó para conseguir pegar o passaporte, menino de 12 anos viajou de Sidney para Perth, e depois para Indonésia, onde se hospedou no hotel All Seasons

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Após uma discussão familiar, um garoto australiano de 12 anos roubou o cartão de crédito dos pais e viajou para Bali, na Indonésia, onde conseguiu se hospedar em um hotel de luxo, sem ser impedido em nenhum momento.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Segundo informações veiculadas neste sábado (21/04) pelo programa australiano A Current Affair, o menino, identificado apenas pelo pseudônimo Drew, conseguiu encontrar companhias aéreas que permitem que maiores de 12 anos voem desacompanhados. Depois disso, ele enganou a avó para que ela lhe desse seu passaporte e pegou o cartão de crédito dos pais para reservar as passagens.

Dizendo à sua família que iria para a escola, foi de patinete até a estação de trens, de onde se deslocou para o aeroporto de Sidney. Drew usou o serviço de autocheck-in e embarcou para cidade australiana de Perth, primeiro ponto de sua escala rumo à Indonésia.

Thomas Depenbusch/Flickr CC

Garoto australiano de 12 anos roubou o cartão de crédito de seus pais e viajou para Bali, na Indonésia

Austrália: O casamento gay e a tirania da maioria

Australianos votam "sim" ao casamento gay

Papa vai defender indígenas em sua 6ª viagem à América Latina

 

Durante todo o trajeto ele só foi parado uma vez, quando funcionários do aeroporto de Perth pediram seus documentos para confirmar sua idade. “Só me pediram a minha carteira de estudante e passaporte para provar que eu tinha mais de 12 anos e que estou na escola secundária”, explicou o garoto ao programa, admitindo que ficou surpreso por não ter sido perguntado pelo motivo de estar viajando sozinho. O jornal The Guardian afirma ter confirmado o acontecido no aeroporto de maneira independente. 

Ao chegar em Bali, conseguiu fazer o check-in no hotel de luxo All Seasons, dizendo aos funcionários que esperava a chegada da irmã.

Os país só souberam que a viagem estava acontecendo quando a escola ligou informando que o garoto não havia ido para a aula. Ao descobrir seu paradeiro, sua mãe, Emma, voou para a Indonésia para buscá-lo.

A mãe do menino afirmou ao A Current Affair ter ficado “chocada” com a viagem. “Não consigo dizer como nos sentimos quando descobrimos que ele tinha ido para Bali”, afirmou.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Irlandeses votam a favor da legalização do aborto

Maioria significativa respondeu com 'sim' em referendo sobre reforma da atual legislação do aborto na Irlanda, uma das mais restritivas da Europa; autoridades governamentais saúdam vitória da democracia em dia histórico

 

Philip Roth: um escritor aberto ao outro

Aos poucos, a geração de escritores que me formou e que foi decisiva na minha opção por estudar a literatura contemporânea vai terminando; e eu vou ficando cada vez menos contemporâneo