Chavismo é 'força real' e 'merece respeito', diz Maduro

Após vitória nas eleições presidenciais, mandatário venezuelano afirmou que a força do chavismo merece reconhecimento

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Após vencer as eleições presidenciais na Venezuela, Nicolás Maduro discursou para diante de seus eleitores na noite deste domingo (20/05), onde afirmou que o chavismo é um força que "merece respeito".


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

"O chavismo é uma força real, o bolivarianismo do século 21. Somos uma força real, que merece respeito, reconhecimento. O chavismo escreveu uma grande história", afimou Maduro, eleito para o segundo mandato com 68% dos votos.

Ainda em seu discurso, o presidente afirmou que é "impressionante, com tanta guerra e tanta campanha, nosso povo nunca se rende", e que a vitória nas urnas "foi o dia da vitórica heróica, da vitória popular".

Nicolás Maduro é reeleito para segundo mandato como presidente da Venezuela

Com vitória de Maduro, Venezuela triunfou ante o império norte-americano, diz Evo

Reeleição de Maduro, o triunfo de uma revolução popular

 

Assista um trecho do discurso do presidente Nicolás Maduro:

 

*Com TeleSur

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Mulheres começam a dirigir na Arábia Saudita

Abertura é reflexo de uma mobilização de quase três décadas em defesa dos direitos das mulheres sauditas; as primeiras campanhas pelo direito a dirigir ocorreram nos anos 1990