OMS retira transexualidade da categoria de distúrbios mentais

Decisão histórica acontece 28 anos depois de organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990; identidades transexuais ocupavam lugar ao lado de pedófilos e cleptomaníacos

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta segunda-feira (18/06) a atualização da Classificação Internacional de Doenças, na qual retirou oficialmente a transexualidade da lista de distúrbios mentais.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

A decisão histórica acontece 28 anos depois de a organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990. As identidades transsexuais ocupavam lugar na lista ao lado de pedófilos e cleptomaníacos.

“Não há evidências de que uma pessoa com outra identidade de gênero deva ter automaticamente, ao mesmo tempo, um distúrbio mental”, afirmou o diretor do departamento de Saúde Mental e Abusos de Substâncias da OMS, Shekhar Saxena.

Foreign and Commonwealth Office

Decisão histórica acontece 28 anos depois de organização ter retirado a homossexualidade da categoria de transtornos psicológicos, em 1990

União Europeia garante direito de residência a casais homossexuais

Cuba registra menor taxa de mortalidade infantil da história do país nos primeiros 5 meses de 2018

Luta argentina pela descriminalização do aborto se reflete em outros países da América Latina

 

Entretanto, a transexualidade permanece no documento, na categoria de “condição relativa à saúde sexual”, o que garante que alguns países continuem a oferecer suporte público de saúde para essa população.

“Se as pessoas com outra identidade de gênero são identificadas automaticamente como alguém com distúrbio mental, em muitos países elas são estigmatizadas pode ser que se reduzam as oportunidades de auxílio”, disse Saxena.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

'Trump me disse para processar a UE', afirma May

Após presidente dos EUA declarar que primeira-ministra do Reino Unido ignorou conselho dele sobre o Brexit, líder britânica revela qual foi a sugestão do americano: não entrar em negociações com a União Europeia