Governos de Espanha e Grécia se comprometem a receber refugiados que estão na Alemanha

Após cúpula com chanceler alemã, Pedro Sánchez e Alexis Tsipras não especificaram quantidade de pessoas que seus países irão acolher; detalhes do acordo devem ser divulgados nas próximas semanas

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Após cúpula realizada nesta sexta-feira (29/06) entre a chanceler alemã, Angela Merkel, o premiê espanhol, Pedro Sánchez, e o premiê da Grécia, Alexis Tsipras, os governos de Madri e Atenas se comprometeram em receber parte dos refugiados que estão na  Alemanha.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Em coletiva de imprensa realizada após o encontro, Sánchez não especificou a quantidade de pessoas que serão acolhidas pelo governo espanhol, mas apenas classificou o número como “equilibrado e admissível”.

Para o premiê, a atitude de seu governo pode ser encarada como “uma mensagem que a Espanha é responsável e solidária”. Sanchez ainda destacou a importância do pacto para as relações entre Madri e Berlim, afirmando que seu governo busca “reforçar seus vínculos políticos e empáticos com a Alemanha”.

Sanchez também afirmou que “tudo que está relacionado com uma política integral de imigração, a Espanha já tem”.

Segundo Tsipras, o número de imigrantes que serão acolhidos pela Grécia não é grande e afirmou que o país está disposto a reagrupar cerca de 950 pessoas que estão separados de seus familiares em acampamentos. O premiê grego acrescentou que existem 2.500 imigrantes no país cujos familiares estão em outras partes da Europa.

Foto: La Moncloa

Sánchez não especificou a quantidade de pessoas que serão acolhidas pelo governo espanhol, mas apenas classificou o número como “equilibrado e admissível”

Ameaça terrorista é usada para recusar migrantes na França, denuncia ONG

Donald Trump e Vladmir Putin terão encontro oficial dia 16, na Finlândia

Líderes europeus chegam a acordo sobre refugiados que prevê 'centros de controle' em países voluntários

 

Os detalhes do acordo firmado entre os países devem ser divulgados nas próximas semanas antes de entrar em vigor.

Em comunicado divulgado no Twitter, o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, afirmou que o acordo deve ser tratado de acordo com o princípio da solidariedade.

“Alemanha, Grécia e Espanha reafirmaram seu apoio à conclusão da reforma do Sistema Europeu Comum de Asilo de 2018, com o qual o princípio da partilha equitativa das responsabilidades deve ser equilibrado com o princípio da solidariedade”, disse Seibert.

De acordo com o governo alemão, esses imigrantes já estão registrados na Grécia e na Espanha no arquivo do registro europeu Eurodac, sistema identificação de imigração no continente.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Os supersalários das Forças Armadas

Nossa reportagem levantou todos os salários de militares e encontrou centenas acima do teto, indenizações de mais de R$ 100 mil e valores milionários pagos no exterior