Manifestantes vão às ruas nos Estados Unidos contra separação de famílias imigrantes na fronteira

Cerca de 750 marchas estavam programadas por todo o território norte-americano; em Washington, protesto reuniu mais de 30 mil pessoas

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

Milhares de norte-americanos e imigrantes foram às ruas neste sábado (30/06), em várias cidades dos Estados Unidos, para protestar contra a política de Donald Trump de "tolerância zero" que separou mais de 2.000 crianças de seus familiares na fronteira com México.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Em Washington, o protesto reuniu mais de 30 mil pessoas. Ela foi uma das cerca de 750 marchas programadas por todo o território norte-americano.

Os protestos de hoje pressionam Trump a resolver a situação e colocar as crianças perto dos pais. Os manifestantes lançaram também uma campanha nas redes socais com a hashtag #familiesbelongtogether.

Entre 5 de maio e 9 de junho, ao menos 2,3 mil crianças foram separadas de seus pais, imigrantes ilegais detidos quando tentavam cruzar a fronteira dos EUA. Os menores de idade foram colocados em abrigos, com gaiolas de ferro e sem atendimento especializado.

O governo Trump alegou que a medida de "tolerância zero" serve para desencorajar imigrantes de tentarem entrar nos EUA sem documentação com seus filhos e para reduzir o número de "coiotes" que se aproveitam de crianças para imigrar.

Porém, a política de Trump foi duramente criticada dentro dos EUA e fora, levando o republicano a assinar uma ordem que impede novas separações. Ele prometeu manter as famílias unidas, nos mesmos centros de detenção.

Líderes europeus chegam a acordo sobre refugiados que prevê 'centros de controle' em países voluntários

Governos de Espanha e Grécia se comprometem a receber refugiados que estão na Alemanha

Susan Sarandon é detida em protesto contra Trump

 

onionio/FlickrCC

Nova York foi palco de marcha contra separação de famílias imigrantes

(*) Com Ansa

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

'Trump me disse para processar a UE', afirma May

Após presidente dos EUA declarar que primeira-ministra do Reino Unido ignorou conselho dele sobre o Brexit, líder britânica revela qual foi a sugestão do americano: não entrar em negociações com a União Europeia