Justiça alemã autoriza extradição de Puigdemont à Espanha

Deutsche Welle
Tribunal concorda com extradição por malversação de recursos, mas não por rebelião; promotoria afirma que vai encaminhar em breve entrega do líder separatista catalão à Espanha

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O Tribunal Superior de Justiça de Schleswig-Holstein autorizou nesta quinta-feira (12/07) a extradição do líder separatista catalão Carles Puigdemont, que está na Alemanha.


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Segundo o tribunal, Puigdemont pode ser extraditado pela acusação de malversação de recursos públicos, mas não por rebelião ou perturbação da ordem pública. Ele pode permanecer em liberdade enquanto estiver na Alemanha.

Pouco depois, a promotoria pública do estado no norte da Alemanha afirmou que vai encaminhar em breve a extradição.

Com seu veredito, o tribunal alemão foi ao encontro do pedido da Justiça espanhola, ainda que apenas em parte. Os promotores espanhóis haviam solicitado em junho, pela segunda vez, tanto o retorno à prisão do político separatista como sua extradição às autoridades em Madri.

Espanha e Alemanha discutirão extradição de Puigdemont

Novo governo da Espanha suspende controles orçamentários sobre Catalunha

Supremo Tribunal da Espanha retira direitos políticos de líder separatista catalão Carles Puigdemont

 

picture-alliance/dpa/B. Pedersen

Carles Puigdemont foi detido em 25 de março no norte da Alemanha devido a uma ordem de prisão europeia

O ex-chefe de governo da Catalunha, destituído do cargo por Madri em outubro, foi detido em 25 de março no norte da Alemanha devido a uma ordem de prisão europeia emitida dias antes pela Justiça espanhola.

Depois de passar dois dias na cadeia, Puigdemont foi libertado pela justiça alemã sob fiança. Ele aguarda uma decisão sobre sua possível extradição para a Espanha, onde responde processo por rebelião e malversação de recursos públicos, utilizados no referendo para a independência da região.

Na Alemanha, o líder catalão morou inicialmente em Berlim e depois se mudou para Schleswig-Holstein.

AS/dpa/afp

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

'Trump me disse para processar a UE', afirma May

Após presidente dos EUA declarar que primeira-ministra do Reino Unido ignorou conselho dele sobre o Brexit, líder britânica revela qual foi a sugestão do americano: não entrar em negociações com a União Europeia