Hoje na História: 1810 - Casamento real dá início à primeira Oktoberfest em Munique

O sucesso foi estrondoso, o povo pediu e a festa se renovava a cada ano; pouco a pouco, a Oktoberfest (Festival de Outubro) multiplicou suas atrações

Atualizada em 11/10/2017 às 11:27


Clique e faça agora uma assinatura solidária de Opera Mundi

Tudo começou como um conto de fadas: um príncipe e uma princesa, uma cerimônia de casamento sob o signo do fausto. Dia 12 de outubro de 1810, o príncipe herdeiro Ludwig, futuro rei Ludwig I e Teresa de Saxe-Hildburghausen celebram sua união com todos os cidadãos de Munique, convidados para assistir às festividades levadas a efeito nos campos em frente aos portões da cidade.

Os campos passaram a ser chamados oficialmente de Theresienwiese (Campos de Teresa) em homenagem à princesa herdeira, embora a população a conheça simplesmente como "Wies'n".
 
O sucesso foi estrondoso, o povo pediu e a festa se renovava a cada ano. Pouco a pouco, a Oktoberfest (Festival de Outubro) multiplicou suas atrações: feira de artesanato, corrida de cavalo na presença da família real, entre outras. O evento era celebrado como uma festa para toda a Bavária.

A decisão de repetir a corrida de cavalos nos anos subseqüentes deu origem à tradição da Oktoberfest. Em 1811, outra atração se somou à corrida de cavalos: a primeira exposição agrícola destinada a estimular a produção rural bávara.

Wikicommons

Oktoberfest realizada em Munique em 2003

Idosos podem decidir eleição na Alemanha

Merkel e Putin apostam em solução pacífica para conflito norte-coreano

Chanceller alemã rejeita ameaças de Trump a Coréia do Norte e fala em solução diplomática

 

A corrida de cavalos, que era o mais antigo e ao mesmo tempo o mais popular acontecimento do festival, hoje já não existe mais.Todavia, a exposição agrícola acontece a cada três anos durante a Oktoberfest num dos locais da grande área do festival.
 
Porém, a marca universal do evento foi a venda de cerveja em pequenos quiosques. Afinal de contas, os noivos viveram felizes e beberam bastante ... cerveja! Hoje em dia, esta festa popular tem caráter internacional e atrai mais de 6 milhões de visitantes durante duas semanas.
 
Nas primeiras décadas eram escassas as possibilidades de divertimento. O primeiro carrossel e duas balanças foram montados em 1818. Os visitantes poderiam saciar a sede em pequenos quiosques que ofereciam cerveja e que cresceram rapidamente em número. Em 1896 os balcões foram substituídos por tendas e salões foram erguidos por empresários com apoio das grandes cervejarias.
 
O restante do espaço do festival foi ocupado por uma feira de variedades. As instalações do parque de diversões cresceram rapidamente nos anos 1870 à medida que a venda de cerveja crescia e se desenvolvia na Alemanha.
 
Como parte da tradição, a maior festa da cerveja do mundo termina no primeiro final de semana de outubro, sendo que exatos 16 dias antes tem inícioas comemorações. O consumo é a mais importante parte da moderna festa da cerveja. Mais de 4 milhões de litros são consumidos anualmente na Oktoberfest.

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

O livro que você quer!

O livro que você quer!

A Editora Alameda selecionou 31 títulos especialmente para você, leitor de Opera Mundi. Alguns destaques: Vila Buarque, o caldo da regressão, de Marcos Gama; Autoritarismo e golpes na América Latina, de Pedro Estevam Serrano; Machado de Assis - a Poesia Completa; A formação do mercado de trabalho no Brasil, de Alexandre de Freitas Barbosa; Nós que amamos a revolução, de Américo Antunes; Jorge Amado na Hora da Guerra, de Benedito Veiga; Da Pizza ao Impeachment, de Roberto Grün; Tsimane, de Aline Vieira, e Casa da Vovó, de Marcelo Godoy. A lista é incrível, aproveite. Tem alguns descontos convidativos e o frete é grátis para todo o Brasil.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias