Eleições nos EUA: Newt Gingrich promete 'colonizar' a Lua até 2020

Republicano também prometeu ampliar exploração de Marte

 

O pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos Newt Gingrich afirmou esta semana que, caso seja eleito presidente, pretende instalar uma base norte-americana na Lua e colonizar o satélite até o ano 2020.

O projeto, segundo ele, seria uma estratégia para desenvolver um "robusto comércio" sobre o espaço, tal qual os avanços que, na década de 1930, geraram o boom da indústria de aviação civil dos EUA.

Ainda que o programa espacial norte-americano tenha sofrido cortes em seu orçamento, ele prometeu fortalecer inclusive as explorações do país em Marte. Frente a cerca de 700 pessoas reunidas na costa espacial do estado da Flórida, assegurou que, ao oferecer preços especiais, pode estimular o setor privado a financiar o projeto.

Efe

Esta não é a primeira vez que o pré-candidato manifesta seu interesse no “mercado espacial”. Em um debate republicano do dia 23 de janeiro, ele disse que adoraria mudar-se para a Lua permanentemente e viajar para Marte “o mais rápido possível, por meio da construção de estações espaciais"

Na ocasião, questionado sobre a forma como bancaria sua proposta, Gingrich declarou que não vê um incompatibilidade entre capital privado e público. “Eu gostaria de ver muito mais dinheiro gasto em estímulos sobre o setor privado dentro de uma experiência mais agressiva. Eu gostaria de uma NASA mais esbelta”, acrescentou.

“Há todos os motivos para se acreditar que existe gente nos EUA e pelo mundo que iria pagar valores incríveis e tornar a costa espacial, literalmente, um grande negócio”, concluiu. 

Republicanos atacam Cuba e desejam morte de Fidel em debate na Flórida

Após vitória na Carolina do Sul, Newt Gingrich lidera pesquisas na Flórida

Pré-candidato republicano defende solução para imigrantes ilegais nos EUA

 

Leia Mais

Outras Notícias

X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Faça uma pós agora!

Faça uma pós agora!

A leitura literária é um fator importante na construção de relações humanas mais justas. Do mesmo modo, a formação de leitores críticos é imprescindível para a constituição de uma sociedade democrática.

Por isso, torna-se cada vez mais urgente a abertura de novos e arejados espaços de interlocução qualificada entre os sujeitos que atuam nesse processo, em diversos contextos sociais.

A proposta do curso é proporcionar, por meio de discussões abrangentes e aprofundadas sobre a formação do leitor literário, uma reflexão ancorada principalmente em três áreas do conhecimento: a teoria literária, a mediação da leitura e a crítica especializada.

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias