BRICS e demais emergentes aumentam sua participação no FMI

Fundo arrecada 430 bilhões de dólares pate serem usados em caso de emergência

O FMI (Fundo Monetário Internacional) anunciou nesta sexta-feira (20/04) ter chegado à soma de 430 bilhões de dólares em arrecadações de seus países-membros. A quantia ultrapassa a meta de 400 bilhões de dólares estabelecida pela diretora-gerente da instituição, Christine Lagarde, e aumenta poder de fogo do fundo para lidar, à sua maneira, com a crise econômica.

De acordo com um comunicado feito por Lagarde, o grupo dos principais países emergentes, o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), e outros como Indonésia, Malásia e Tailândia, indicaram que concederão 72 bilhões de dólares à instituição. Esses países, no entanto, ainda não divulgaram quanto vão colaborar individualmente. O total será somado aos 362 bilhões de dólares de 12 países e do grupo da zona do euro.

"Esses países precisam voltar para casa, negociar e voltar com um número", disse a diretora-gerente durante uma entrevista coletiva em Washington.

"Estes recursos estão sendo disponibilizados para a prevenção e a resolução da crise, e para preencher as potenciais necessidades de todos os membros do FMI. Eles serão retirados apenas se necessário, e, se forem usados, serão devolvidos com juros”, informou Lagarde, em nota.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje que o aporte financeiro do BRICS será conjunto e que só ocorrerá se o FMI der continuidade às reformas para ampliar o poder dos países emergentes na instituição.

O valor da contribuição de cada país ainda levará dois meses para ser definido. Dos países do Brics, apenas a Rússia decidiu o valor do repasse para o fundo: 10 bilhões de dólares.
 

FMI pede dinheiro para combater crise econômica

FMI destaca estabilidade da América Latina apesar de mencionar "protecionismo"

FMI e União Europeia crtiticam reestatização YPF e preveem instabilidade econômica

 

Leia Mais

PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

'Fatos alternativos' é a 'despalavra' de 2017

Termo estimula substituição de argumentos factuais por afirmações não comprovadas para manipular debate público, diz júri; iniciativa quer chamar atenção para palavras que ferem dignidade humana ou democracia

 

Sob a fumaça, a dependência

Não são apenas os fumantes que estão atrelados a um hábito do qual é difícil se livrar; o Brasil, líder global na exportação de tabaco, oculta sob os dados econômicos um quadro social de efeitos devastadores

 

Cientistas descobrem o que dizimou astecas

Após cinco séculos de mistério, equipe internacional de pesquisadores detecta bactéria, levada por europeus, que teria sido responsável pela morte de 15 milhões de pessoas em apenas cinco anos