Faixa de Gaza não tem mais fontes de água potável, dizem ONGs

Após 5 anos de bloqueio por Israel, 95% da água encanada no território ocupado está contaminada

Anne Paq/Activestills

Esgoto a céu aberto ao lado do muro que separa Israel da Cisjordânia, onde a situação se assemelha a de Gaza

No dia em que o bloqueio de Israel à Faixa de Gaza completa 5 anos, organizações não-governamentais asseguram que não existe mais fontes de água potável no território palestino ocupado.

O relatório divulgado pela Save the Children e pela Medical Aid for Palestinians, confirma o diagnóstico da ONU de que 95% da água encanada em Gaza é contaminada. Segundo as organizações, a água tem nível de contaminação dez vezes maior do que o aceitado para consumo.

Nem mesmo a água comercializada está livre dos poluentes, aponta o documento que estima o consumo de mais de 1 milhão de moradores de Gaza da água contaminada.

Abbas oferece diálogo a Israel em troca de libertação de prisioneiros e controle da polícia

Sul-sudaneses são alvo principal de política israelense de deportação em massa

Onda de xenofobia contra imigrantes africanos se espalha por Israel

 

A água possui alta concentração de dejetos, cloreto e nitrato, substância relacionada à ocorrência de anemia e de alguns tipos de câncer. Segundo a Medical Aid for Palestinians, a população de Gaza já enfrenta as consequências de consumir a água imprópria. As crianças são o grupo mais atingido e apresentam, cada vez mais, quadros de diarréia e intoxicação.

Keren Manor/Activestills

Tubulações de água saem da terra no Vale do rio Jordão; estrutura em Gaza foi destruída em 2009

As organizações responsabilizam o bloqueio de Israel à Faixa de Gaza pelo problema. Além de dificultar o acesso a medicamentos, o bloqueio impede a reconstrução do sistema de água e esgoto, danificado durante a guerra de 2009, por não permitir a entrada dos materiais necessários.

“Existe, hoje, uma nova geração de crianças em Gaza que não tem idéia de como é a vida além do bloqueio. Uma ação urgente é necessária para proteger sua saúde, agora e no futuro. Nós precisamos acabar com o bloqueio e assegurar que os projetos que promovem a água limpa e potável sejam implementados”, disse a porta-voz da Medical Aid, Aimee Shalan.Faixa de Gaza não tem mais fontes de água potável, dizem ONGs           

Leia Mais

PUBLICIDADE

Outras Notícias

PUBLICIDADE
X

Assine e receba as últimas notícias

Destaques

Publicidade

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Um livro fundamental para a luta das mulheres brasileiras

Este livro traz de volta, depois de anos esgotado, o texto "Breve Histórico do Feminismo no Brasil", da pesquisadora e militante Maria Amélia de Almeida Teles. E acrescenta seis ensaios da autora, que tratam de temas como o aborto, a luta pela creche, a violação dos direitos humanos das mulheres durante a ditadura militar, a repressão contra as crianças no período e ainda o feminicídio.

Leia Mais

O melhor da imprensa independente

PUBLICIDADE

A revista virtual
desnorteada

Mais Lidas

Últimas notícias

Meu primeiro festival pornô

No PopPorn, festival de pornografia alternativa que acontece todos os anos em São Paulo desde 2010, repórter aprende sobre shibari e BSDM, acompanha performances sexuais e aprende como fazer seu próprio pornô