'Aquarius', cujo elenco denunciou golpe em Cannes, recebe prêmio de melhor filme no festival de Sydney

'Kleber criou um filme que é ao mesmo tempo político e pessoal, espirituoso, sexy e divertido. Um filme de verve e inteligência naturais. No coração dele está a performance impressionante de Sonia Braga', diz presidente do júri

Esteja sempre bem informado
Receba todos os dias as principais notícias de Opera Mundi

Receba informações de Opera Mundi

O filme "Aquarius", do diretor brasileiro Kleber Mendonça, foi premiado como melhor filme no Festival de Sydney. A decisão do júri, que foi unânime, ainda fez destacar que “Kleber criou um filme que é ao mesmo tempo, político e pessoal, espirituoso, sexy e divertido”. A obra de Kleber é um cenário do Brasil contemporâneo, ressaltaram os jurados.

Reprodução/ Facebook

O presidente do júri, Simon Field (produtor de Apichatpong Weerasetakul) afirmou que “o júri foi unânime em sua admiração de uma competição forte este ano, e deseja premiar Kleber Mendonça Filho como o merecedor do Prêmio de Melhor Filme pelo seu filme Aquarius, que é um atraente e relevante discurso sobre o Brasil contemporâneo, e a capacidade de uma pessoa defender o que ela acredita. Kleber criou um filme que é ao mesmo tempo político e pessoal, espirituoso, sexy e divertido. Um filme de verve e inteligência naturais. No coração do filme está a performance impressionante e destemida de Sonia Braga como uma personagem sem medo, resistindo à pressão da família e do mundo corporativo”.

Escritor brasileiro Raduan Nassar vence prêmio Camões 2016

Gastronomia contra o golpe: profissionais da área repudiam decisão de Temer de cortar verba para alimentação de Dilma

Havana é pop: Bon Jovi se rende aos encantos da ilha caribenha; veja fotos

 

Mês passado, durante sua exibição no Festival de Cannes, o elenco do filme fez um protesto contra o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Os atores seguraram cartazes onde afirmavam, entre outras coisas, que o Brasil vive golpe de Estado.

Aquarius não ganhou em Cannes, mas foi ovacionado pela plateia por mais de dez minutos. 

A atuação de Sônia Braga no longa tem sido muito elogiada.

Agência Efe

Equipe do filme "Aquarius" protestou netsta terça-feira contra golpe no Brasil no Festival de Cannes na França

* Publicado originalmente pela Revista Fórum


Outras Notícias

Receba informações de Opera Mundi

Destaques

Publicidade

Escravidão e Liberdade

Escravidão e Liberdade

A editora Alameda traz uma seleção especial de livros escravidão, abolição do trabalho escravo e sobre cultura negra. Conheça o trabalho de pesquisadores que se dedicaram profundamente a esses temas, centrais para o debate da questão racial e da história do Brasil. 

Leia Mais

A revista virtual
desnorteada

O melhor da imprensa independente

Mais Lidas

Últimas notícias

Irlandeses votam a favor da legalização do aborto

Maioria significativa respondeu com 'sim' em referendo sobre reforma da atual legislação do aborto na Irlanda, uma das mais restritivas da Europa; autoridades governamentais saúdam vitória da democracia em dia histórico

 

Philip Roth: um escritor aberto ao outro

Aos poucos, a geração de escritores que me formou e que foi decisiva na minha opção por estudar a literatura contemporânea vai terminando; e eu vou ficando cada vez menos contemporâneo