A Divisão de População das Nações Unidas apresentou, no dia 21 de junho, na sede da entidade seu último relatório prospectivo sobre a evolução da população mundial.

populaçaomundialcapaO documento indica que a população mundial atual de 7 bilhões e 600 milhões de pessoas chegará a 8 bilhões 600 milhões no ano 2030. Além disso, chegará a 9 bilhões 800 milhões em 2050 e a 11 bilhões e 200 milhões para 2100.

O estudo indica que essa tendência de crescimento continuará a um ritmo de aproximadamente 83 milhões de pessoas a mais a cada ano, apesar da diminuição constante dos níveis de fertilidade.

As Perspectivas da População Mundial 2017, publicado pelo Departamento de Assuntos Sociais e Econômicos da ONU contém uma ampla análise das tendências demográficas.

A informação é essencial para orientar as políticas destinadas a cumprir com os objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que visa acabar com a pobreza e a fome além de conseguir a plena igualdade até 2030.

As novas projeções indicam, por exemplo, que a China e a Índia continuam sendo os países mais povoados, porém, perto do ano 2014, a Índia deverá superar a China.

Entre os dez países com mais gente, Nigéria é a que está crescendo com maior velocidade. Por isso, estima-se que Nigéria superará em população os Estados Unidos antes de 2050.

O relatório também mostra outras tendências como a concentração do crescimento nos países pobres, o que representa um enorme desafio para implementar o ODS.

Por outro lado, destaca-se uma redução nos níveis de fertilidade que desaceleraram o ritmo de crescimento, mas que, por sua vez, geram uma tendência ao envelhecimento da população.

Isso provocará profundo impacto nas sociedades, e colocará em evidência pressões para os serviços de saúde, dos sistemas de pensão e proteção social em muitos países.

A expectativa de vida também aumentou. Entre os anos 2.000 e 2005, foi de 65 homens para homens e 69 para mulheres. Entre 2010 e 2015 foi de 69 para os homens e 73 para as mulheres.

Fonte: Centro de Notícias ONU. Perspectivas da população mundial