Nicarágua

Nicarágua
0

Boaventura: o que aprender com a Nicarágua

Os democratas, em geral, e as forças políticas de esquerda, em especial, têm razões para estar perplexos. Mas têm sobretudo o dever de reexaminar as opções recentes de governos considerados de esquerda em muitos países do continente. Que lições se podem colher do que se passa na Nicarágua?

Nicarágua
1

Stella Calloni: Nicarágua é o alvo da vez da recolonização e do terror imperialista

Sob uma artilharia terrorista midiática, política e com violência mercenária, a mão imperialista tem instalado uma guerra contrainsurgente na Nicarágua, onde o governo do presidente Daniel Ortega tinha conseguido reconhecidos avanços nos âmbitos político, social e econômico, após ganhar pela terceira vez consecutiva as eleições de 2016, com mais de 72% dos votos, e manter o país como uma zona de paz em uma sub região cada vez mais violentada.

Nicarágua
4

Nicarágua: “Movimento que pede saída de Ortega é legítimo”, diz socióloga nicaraguense

Em meados de abril, começou uma onda de protestos na Nicarágua contra o governo do presidente Daniel Ortega, da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), no poder desde 2007. Desde então, já foram contabilizadas 212 mortes, de acordo com a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão autônomo vinculado à Organização dos Estados Americanos (OEA).

Nicarágua
0

“É preciso resgatar o sandinismo na Nicarágua”, diz a ex-comandante Baltodano

Os recentes protestos na Nicarágua são um divisor de águas dentro e fora do sandinismo, uma força política que derrubou o Ditador Anastasio Somoza, em 1979, e que teve Daniel Ortega como presidente, entre 1986 e 1990, da chamada “revolução sandinista”. Nesse ano, Ortega entregou o poder depois de perder as eleições gerais para Violeta Chamorro e retornou à presidência no ano de 2007.

Nicarágua
0

Mortes desnecessárias na Nicarágua

Afastados já há muitos anos de seus antigos companheiros da luta sandinista, Ortega formou alianças com empresários e com os setores conservadores da igreja católica. Agora, conseguiu debilitar essas alianças de forma severa e precária, apoiado no aparato político e administrativo do sandinismo desnaturalizado. E, o mais grave, dezenas de vidas perdidas a troco de nada.

Nicarágua
1

Nicarágua: protestos violentos seguem lógica de desestabilização de governos na A. Latina

Já se vão cinco dias de intensas batalhas nas ruas de várias cidades da Nicarágua por conta de um projeto do governo que propõe uma reforma na Previdência que, apesar de ter sido discutida com os sindicatos, propõe ao empresariado a parte mais gorda do sacrifício. O governo se diz aberto ao diálogo para realização de mudanças, mas os protestos seguem em todo o país.

Nicarágua
0

Daniel Ortega traiu a Revolução sandinista

A trajectória pessoal e política de Ortega, agora reeleito presidente da Nicarágua, é um caso de estudo. De dirigente da luta armada anti-somozista a possuidor de uma fortuna pessoal que supera a que o próprio Somoza extorquiu ao seu povo, de lutador pelo socialismo a patriarca de uma família de oligarcas, o sucesso de Ortega é o insucesso da libertação do seu povo. Miguel Urbano Rodrigues* Daniel Ortega foi reeleito presidente da Nicarágua. É o…

Nicarágua
0

Resplandece a figura de Sandino na Nicarágua

Gustavo Espinoza M. (*) Hoje, depois de 36 anos dos históricos acontecimentos de julho de 1979 que demoliram uma das ditaduras mais cruéis que existiram em nosso continente – a Dinastia dos Somoza – pode–se dizer que na Nicarágua resplandece a figura de Sandino. Desenhando sua imagem do alto de uma montanha, o perfil do combatente assassinado em 1934 pelos esbirros do Somozismo ilumina a cidade a cada noite e a projeta dia a dia.…

Nicarágua
0

Tomás Borge “Uma vida marcada pelo combate…”

Apresentação de livro de Tomas Borge Gustavo Espinoza m.* De Tomás Borge se poderia dizer muito, mas a natureza do evento e o fato de compartilhar com personalidades de tanto valor, permite-nos resumir ideias essenciais de seu pensamento e ação política. Tive oportunidade de estar próximo de Tomas em diferentes épocas e em muito diversas circunstâncias, que o que permite traçar um perfil de sua fida ligada à história de seu povo e do nosso.…

Nicarágua
0

Diálogos do Sul subscreve repudio ao massacre na Nicarágua

O Conselho de Educação Popular de América Latina e Caribe – Ceaal, através de seu coletivo Nicarágua, expressa solidariedade com as famílias das vítimas dos ataques criminosos de 19 de julho passado, perpetrados contra duas caravanas de ônibus que transportava pessoas que regressavam a seus lares depois de celebrar o 35 aniversário da caída da ditadura somozista. Repudiamos os dois atentados terroristas que causaram dor, sangue, morte, tristeza e luto nas famílias das vítimas e…

Nicarágua
0

Nicarágua põe em risco sua água doce

José Adán Silva* Faraônica obra do canal interoceânico da Nicarágua poderá acabar com a maior fonte de água doce desse país e de toda a América Central, afirmam seus críticos. A lei aprovada pelo governo da Nicarágua para entregar em concessão a uma empresa chinesa a construção e administração do canal interoceânico revogou o contexto jurídico que protege o Lago Cocibolca, o maior da América Central, suas bacias e seus afluentes. O alerta é das organizações…

Nicarágua
0

Movimentos sociais saúdam a Frente Sandinista chamam à reflexão e unidade

Declaração do VII Encontro de Movimentos Sociais Em comemoração ao 34o aniversário da Revolução Popular Sandinista, os participantes no Encontro de Movimentos Sociais das Américas e do Caribe, representantes de 28 organizações sociais de 12 países, reunidos em Manágua, Nicarágua Livre, nos dias 15, 16, e 17 de julho, imbuídos do espírito latino-americanista e caribenho da revolução, fizemos uma reflexão em torno de importantes temas como a disputa do poder da hegemonia do poder político,…

Nicarágua
0

Mulheres da Nicarágua: avanços contra a violência

Isabel Soto Mayedo* A Lei integral contra a violência à mulher que reforma a Lei 641 do Código Penal, a primeira na Nicarágua a tipificar o femicídio completou seu primeiro ano com passos para consolidar os objetivos do dispositivo legal. Em 22 de junho de 2012 este país foi o sétimo do continente –depois do México, Costa Rica, Guatemala, Chile, El Salvador e Peru- em definir e condenar esses crimes, mas também todas as outras…

Nicarágua
1

Maduro, Ortega e Moralez oferecem asilo à Edward Snowdem

Refugiado desde o dia 23 de junho, no aeroporto de Sheremetievo, em Moscou, o norte americano e ex-agente da CIA e da NSA, Edward Snowdem poderá escolher entre a Venezuela, Nicarágua e a Bolívia como destino final de sua saga de luta contra o imperialismo norte americano. Segundo o portal Wikileaks, Snowden teve negado pedidos de asilo por outros 21 países, entre os quais a Espanha, a Itália, a França e Portugal que nesta semana hostilizaram o…

Nicarágua
0

Entre o Pacífico e o Atlântico

Joaquín Roy* O presidente nicaraguense, Daniel Ortega, convidou seu colega norte-americano, Barack Obama, a desafiar os investidores de seu país a aderirem ao projeto de construir um novo canal que uniria as duas costas da América e competiria com o do Panamá, imerso em uma multimilionária ampliação. Por outro lado, quatro países com costas no Oceano Pacífico (Chile, Colômbia, Peru e México) reforçaram sua aliança, que já atrai a atenção da Costa Rica e do…

Nicarágua
0

Nicarágua dá passo decisivo para canal interoceânico

IPS* Cinco séculos de espera podem chegar ao fim a partir deste ano, quando o governo da Nicarágua entregar a uma empresa de capital chinês a concessão para construir um canal interoceânico que, entre protestos locais e ceticismo internacional, avança com rapidez. Ontem, a unicameral Assembleia Nacional legislativa aprovou em regime de urgência uma polêmica lei que prepara o caminho para que no próximo ano comece a construção da nova ligação entre os oceanos Pacífico…

Nicarágua
0

Indígenas da Nicarágua em luta de morte por sua última floresta

José Adán Silva* Comunidades aborígines do norte nicaraguense reclamam ações urgentes das autoridades para deter o ataque às suas vidas e ao habitat por parte de milhares de intrusos. Indígenas da etnia mayangna travam uma batalha crucial em defesa de seu ancestral assentamento na Reserva da Biosfera de Bosawas, no norte da Nicarágua, gravemente ameaçada pela depredação por colonos invasores. O presidente da nação indígena mayangna, Aricio Genaro, contou ao Terramérica que a luta dos…

Nicarágua
0

Nicarágua: Só a revolução pode mudar a vida dos povos indígenas

O presidente do Corpo Executivo do Conselho Regional Autônomo do Atlântico da Nicarágua, Carlos Alemán, afirmou que sem uma verdadeira revolução é difícil realizar as transformações que os povos indígenas do continente precisam. Entrevistado pela Prensa Latina durante um encontro latino-americano de governos locais para Viver Bem em Territórios Indígenas, Campesinos e Comunidades Interculturais, Alemán destacou a colaboração da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA) em saúde e educação para as comunidades…