Dialogando Com As Cidades

Fernando Haddad: A versão dos fatos

0

O longo artigo que o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, publicou na revista Piauí sob o título “Vivi na pele o que aprendi nos livros” (1) merece ser lido e comentado, pois suscita diversas questões. Ricardo Carlos Gaspar* Em primeiro lugar, pois Haddad figura entre as novas e promissoras – infelizmente escassas – lideranças do país. Sua postura pública tem se pautado pela seriedade, consistência e compromisso democrático. Em segundo…

Miguel Urbano Rodrigues: Istambul, cidade mágica

Tenho dificuldade em encontrar palavras para expressar o que senti ao chegar a Istambul pela primeira vez. A cidade, fundada há 25 séculos, fascinou-me. Transcorrido mais de sessenta anos, Istambul continua a ser para mim enfeitiçante. Miguel Urbano Rodrigues* Voltei agora em fevereiro para mais uma despedida. Passaram apenas cinco anos desde a última visita. A primeira surpresa foi rever Santa Sofia, hoje  museu. Tinha esquecido que, contempladas do exterior, duas…

A desconstrução da Regularização Fundiária no Brasil

Organizações e movimentos lançam carta para impedir retrocessos previstos pela MP 759, o novo marco legal da regularização fundiária Desde dezembro as conquistas dos últimos 30 anos relacionadas à regularização fundiária no Brasil estão sob risco de serem extintas. Isso porque no dia 22 de dezembro o governo federal editou a Medida Provisória 759 (MP 759), que viola os marcos legais  sobre a política urbana e a função social da…

Cidades debatem sobre a infraestrutura necessária

“Nós prefeitos temos que administrar as cidades médias como se fossem capitais”, afirmou Héctor Mantilla, prefeito de Floridablanca, a terceira cidade em importância do departamento de Santander, no norte da Colômbia. “Os cidadãos não querem apenas serviços públicos, mas também infraestrutura, e assim podem ser geradas obras sustentáveis”, ambiental e financeiramente, acrescentou. Emilio Godoy* Mantilla, que ocupa o cargo desde janeiro deste ano, participou da terceira Conferência das Nações Unidas…

Cidade para quem? Olho no seu voto!

O coletivo Olho no Voto convida a todos e todas a participarem nas atividades da campanha cidade para quem? olho no seu voto, cujo objetivo é desafiar os candidatos a cargos eletivos a se comprometerem a respeitar e realizar o Direito à Cidade. Na próxima sexta-feira (23/09), vamos organizar um projetaço pelo direito à cidade — projeções simultâneas de imagens e frases em paredes e muros da cidade, mais metralhadoras de luz –,…

Viagem à cidade mais violenta do planeta

Ximena Natera e Daniela Pastrana* Diferente da capital, Tegucigalpa, construída como uma incomoda manta cinzenta que cobre meia dúzia de cerros -“Cerrocigalpa” como é chamada- esta cidade hondurenha se estende sobre um vale de quase 800 quilômetros quadrados. A zona mais alta está sobre a cordilheira do Merendón. A vista do alto é propriedade das famílias mais endinheiradas do país, donas de bancos, televisões, times de futebol, lojas de roupa, fazendas…

Acelerada privatização das praias brasileiras

Raquel Rolnik* Novo retrocesso a enfrentar: sob as vistas grossas dos poderes locais e Judiciário, condomínios e comércios barram lazer de quem não tem propriedade ou poder de consumo Passou o carnaval, o verão vai terminando e com ele o frenesi dos brasileiros com nosso imenso litoral. Existe alguém que não gosta de passar férias de verão na praia, mergulhar no mar, caminhar pela areia, olhar o horizonte sem fim?…

Os bairros pobres são uma armadilha mortal para a infância

A brecha de sobrevivência urbana, alimentada pela crescente desigualdade entre ricos e pobres, tanto nos países do Norte industrial quanto do Sul em desenvolvimento, determina se milhões de meninos e meninas viverão ou morrerão antes de completarem cinco anos. O informe anual da organização internacional Save the Children intitulado Estado das mães do mundo 2015, analisou 179 países e concluiu que, no caso “dos bebês nascidos na grande cidade, sobrevivem…

Alma de Buenos Aires cada vez mais cinza

Fabiana Frayssinet* Se as cidades têm alma, a da capital da Argentina está cada dia mais cinza. A especulação imobiliária, parques com cimento e grades, e os bares das praças foram desbotando suas tonalidades. Buenos Aires era verde, e na primavera colorida, por suas árvores em flor. Assim a recordam fotos do século passado, em parques emblemáticos como El Rosedal e nas estrofes perdidas de tangos como o imortalizado por…

Cidades Digitais Livres

Este evento que acontecerá no próximo dia 1 de março é uma iniciativa para que os gestores públicos de todo o Brasil se comprometam com programas de Cidades Digitais Livres e Sustentáveis, principalmente vereadores e prefeitos. As Cidades Digitais se formam num conjunto de ferramentas capazes não só de melhorar a gestão pública como o desenvolvimento social de seus munícipes, promovendo a garantia de acesso à internet como direito. Permite…

O auge dos bairros náuticos agrava inundações

Fabiana Frayssinet* O fenômeno meteorológico da sudestada deixou sob as águas, na primeira semana de novembro, 19 municípios da planície de Buenos Aires, na Argentina, em inundações com efeitos dramáticos devido ao avanço imobiliário desenfreado. Nos anos 1990, começou um auge residencial que privatiza bairros sobre ecossistemas vitais e constrói muros socioeconômicos na Região Metropolitana de Buenos Aires, e agora também ambientais. A sudestada é um fenômeno próprio do rio…

Beijing das alturas

Ilsa Rodríguez* Outrora sede de dinastias assentadas em belos palácios e exuberantes jardins, Beijing é uma cidade cosmopolita em pleno desenvolvimento, cheia de arranha-céus e com poucas edificações que recordem seu passado imperial. Com uma população que já superiou os 22 milhões de habitantes, a capital da China extende sua área urbana cada dia mais e se repleta de circunvalações, vias expressas e estradas para interligar os diversos 16…

La Paz: Teleférico é sinônimo de agilidade e economia para bolivianos

Mônica Fonseca Severo e Lidyane Ponciano, de La Paz* A equipe do Comunicasul foi conferir a eficácia e agilidade do serviço. Tivemos a felicidade de constatar que, além da economia de tempo – que é vida – os moradores de El Alto, cidade vizinha a La Paz, economizam recursos e são brindados com uma bela vista. Em alguns momentos, o teleférico passa rente às casas, que se equilibram em uma gigantesca…

Brincando de stop nos campos das cidades

Marli Gonçalves* Os temas estão na ordem do dia, sustentabilidade, mobilidade, acessibilidade, não sei mais o que “idade”. Temo que, tal qual o horroroso gerúndio, o sufixo esteja sendo usado mais para não fazer nada sobre o assunto, só fazê-lo parecer importante. Estamos mesmo insustentáveis, inacessíveis e imóveis. Pelo menos nos grandes centros urbanos  Para um pouquinho. Anda um pouquinho. Verde, amarelo, vermelho. Desvio. Homens trabalhando à frente, desvio. Proibido…

O custo do privigélio do uso do automóvel

Alexandre Pelegi* Há alguns anos a ANTP realiza estudos e levantamentos para quantificar os custos envolvidos na mobilidade urbana. É o SIM – Sistema de Informações da Mobilidade, que faz a análise dos dados coletados em cidades com população acima de 60 mil habitantes. Este banco de dados permite o acompanhamento das várias facetas de caráter econômico e social envolvidas na dinâmica do transporte e trânsito urbanos das cidades brasileiras que, juntas,…

Povoado amazônico, Jepelacio melhora vida com muita criatividade

Milagros Salazar* Tem 33 anos e a imagem de rapper, mas José Antonio Bardález é o prefeito de Jepelacio, na Amazônia peruana, que, com muita criatividade, converteu o manejo ambiental do lixo em uma fonte de renda e tornou potável a água dos mananciais, entre outras inovações. “Sou engenheiro civil, mas pensam que sou engenheiro ambiental”, contou o prefeito ao Terramérica, enquanto dirigia sorridente sua caminhonete. No caminho, parava com…

O transporte público uruguaio se liga na tomada

Inés Acosta* Substituir pouco a pouco o petróleo pela energia elétrica no transporte público é a aposta do Uruguai que atualmente avalia o rendimento e os custos de incorporar essa tecnologia. As provas indicam que o ônibus elétrico pode diminuir entre seis e oito vezes o custo de funcionamento de um modelo a diesel. Há dois anos são analisados os benefícios dos veículos elétricos para somá-los à frota do transporte…

Por uma arquitetura sustentável

Arq. César Moncloa Guardia*  Este artigo está orientado a remarcar a importância que tem a arquitetura no ecossistema urbano e o impacto que gera no meio ambiente, adotando-a quase como um ente biológico que enriquece o meio no qual se encontra, ou destruindo-o. Para isso, é necessário aprender da natureza, conformada por Organismos Autrofos, que produzem seu próprio alimento absorvendo energia do sol (as plantas, por exemplo), e os Organismos…

Comunicação, Cultura de Paz e Direito à Cidade

O Pontão do Instituto Pólis convida a todas e todos para o debate Comunicação, Cultura de Paz e Direito à Cidade, que acontece no dia 20 de março, às 19h30, no auditório do Pólis. O encontro tem apoio e parceria do Le Monde Diplomatique Brasil, da ABONG (Associação Brasileira de Organizações não Governamentais) e da Rede Mundial de Artistas. E será mediado por Hamilton Faria, poeta e colaborador da Diálogos…

Pontos de Cultura de São Paulo

Cada Ponto de Cultura receberá R$ 160 mil para desenvolver atividades culturais por 2 anos. Foi prorrogado até 21 de março o prazo para as inscrições no Edital de Seleção de Rede de Pontos de Cultura da cidade de São Paulo. Serão selecionados 85 novos Pontos de Cultura na cidade. O edital é uma parceria entre a Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC) -…

Uma esquina sui generis em Caracas

Tentar cruzar a esquina da Avenida Urdaneta com Fuerza Armada, em Caracas, pareceria coisa simples; pelo menos é essa a primeira impressão que se tem; no entanto, a realidade é bem diferente e caso não se esteja equipado com certas qualidades, pode-se perecer na tentativa Simples assim. A anarquia do trânsito de veículos obriga a corrente de pedestres a buscar uma nesga por onde esgueirar-se para “torear” a impressionante maré…

Medellín restaura as gordas de Botero

Anubis Galardy* As célebres gordas e gordos do pintor colombiano Fernando Botero, que emprestam um brilho especial a sua Medellín natal, estão sendo submetidas a um processo de restauro e conservação para preservar sua condição de obras primas do patrimônio universal. As 23 estátuas situadas na praça que tem o nome do artista, as três que adornam o parque Santo Antonio e uma outra, a célebre gorda de Botero  -como é…

Interiorização do Desenvolvimento

0

Ladislau Dowbor* Já era tempo que tivéssemos boas cifras sobre como anda o Brasil na sua base territorial. O Atlas de Desenvolvimento Humano no Brasil 2013 apresenta a evolução dos indicadores nos 5.565 municípios do país. A confiabilidade é aqui muito importante. No caso, trata-se de um trabalho conjunto do PNUD, que tem anos de experiência internacional e nacional de elaboração de indicadores de desenvolvimento humanos do IPEA e da…

África em Montevidéu (bairro Capurro): novas descobertas

Susana Andrade*  Recentes descobertas arqueológicas na região do bairro Capurro, chamados El Caserío de Filipinas ou dos Negros, estão situados em Montevidéu, fora dos domínio da ANCAP (Administração Nacional de Combustíveis Álcool e Portland). Uma grande notícia para a cultura afro-uruguaia e para a humanidade. Informação inédita “com um alto grau de probabilidade” de confirmação, transpirou sobre onde teria estado o maior depósito de africanos em trânsito para serem vendidos…

IDEC lança plataforma #Chegadeaperto

A plataforma online #Chegadeaperto, desenvolvida com apoio da ClimateWorks Foundation, recebe relatos e apoio dos cidadãos à campanha e informa sobre os direitos dos passageiros O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), em parceria com a ClimateWorks Foundation, lança hoje a plataforma – http://chegadeaperto.org.br – disponível aos cidadãos para denunciarem problemas e absurdos que presenciam dia a dia nos serviços de transporte público no Brasil e para conhecerem e fazerem uso…

Montevidéu e a arte de bueiros

Jorge Luna* Em Montevidéu, as chamadas bocas de lobo, elementos fundamentais do sistema de escoamento e saneamento básico, foram transformadas em obras de arte por estudantes de vários países sul americanos. Do projeto, estimulado pela Prefeitura de Montevidéu, atualmente Capital Ibero-americana da Cultura, participaram 250 jovens da Argentina, Brasil e Uruguai, para embelezar os bueiros de vários bairros de Montevidéu. A iniciativa, que tem como antecedente uma ideia desenvolvida na…

O longo caminho por calçadas seguras

Raquel Rolnik* No Fórum de Mobilidade realizado pela Folha de São Paulo, Márcio Kogan exibiu imagens de calçadas de nossa cidade. Após a apresentação, o arquiteto concluiu afirmando que não tinha mais nada a dizer. Ninguém precisa ter visto os slides para imaginar o que foi mostrado. Basta ser pedestre. Ou pior, basta ter ou estar com mobilidade reduzida, ou simplesmente tentar empurrar um carrinho de bebê pela cidade… Estamos falando…

Insegurança e convivência em grandes cidades latino-americanas

 Jorge Luna* A segurança cidadã, tema de renovada preocupação nas grandes cidades latino-americanas, também se instalou em Montevidéu, uma cidade vista por muitos como alheia à violência, o delito e o crime. Autoridades e peritos da região participaram da Primeira Conferência sobre Cultura e Convivência nas cidades da América Latina e expuseram experiências de metrópoles do México, Colômbia, Brasil, Equador e Argentina. Inaugurada pelo ministro do Interior, Eduardo Bomoni, o evento se…

Caiena: Bela cidade de triste história

Caiena, capital do Departamento de Ultramar da Guiana Francesa (Guyane), é uma cidade de triste história, vinculada em suas origens às lutas entre potências coloniais e à construção de presídios (1848-1951). Está localizada na costa do Oceano Atlântico e foi erguida sobre uma ilha na desembocadura do rio Cayenne e hoje ocupa mais de 23 quilômetros quadrados e uma população de aproximadamente 58.000 habitantes, embora chegue aos 100.000 se contarmos…

Revisão do Plano Diretor: oportunidade para debater um novo modelo de desenvolvimento urbano em São Paulo

Nabil Bonduki*As manifestações de junho deixaram uma mensagem clara: apesar da redução da miséria e da ampliação no acesso aos bens de consumo para os mais pobres, entre outros avanços sociais dos últimos dez anos, segmentos expressivos da sociedade, sobretudo a juventude, defendem uma alteração mais profunda do modelo de desenvolvimento do país e a adoção de novos valores e postura dos agentes públicos. Em São Paulo, a revisão do…

Desafios e soluções em transporte unem as cidades latinoamericanas

Emilio Godoy* A cooperação é uma área que as grandes cidades latinoamericanas deveriam aproveitar melhor para enfrentar desafios compartilhados em matéria de transporte, como o de sua sustentabilidade e o de um desenvolvimento urbano mais humano, sustentam especialistas. “Os desafios das cidades são semelhantes. Privilegiou-se o uso do automóvel, conforme cresceram com deficiências em seu planejamento, e agora têm que priorizar o espaço público”, disse à IPS/Diálogos do Sul o…