Brasil

José Dirceu: Subestimamos a direita e politizamos pouco a sociedade

0

Apesar da convicção de que seria preso em breve, José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil no governo Lula e um dos principais formuladores políticos do Partido dos Trabalhadores (PT), se mantinha calmo quando recebeu o Brasil de Fato, na segunda-feira (14), para a última entrevista formal que daria antes de ter sua prisão determinada pela segunda vez

Privatizar Eletrobras é mau negócio: perde a engenharia nacional e a sociedade em geral

0

Fracassada a intenção de aprovar a reforma da Previdência, sob o argumento de necessidade de fazer caixa, o governo federal agora tenta emplacar a privatização da Eletrobras. “Frustrada aquela tentativa, [o governo] voltou suas metralhadoras para o grupo”, atesta José Antonio Latrônico Filho, representante da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) nas negociações coletivas com a holding e presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (Abee). Para tanto, aparentemente, vale tudo: conforme divulgado pela Agência Sportlight, a atual gestão da Eletrobras contratou sem licitação assessoria de comunicação por R$1,8 milhão para…

História do Brasil é marcada por laços entre Justiça e donos do dinheiro

0

Se aprofundássemos mais nossa própria história, a História do Brasil, e citássemos menos os autores estrangeiros, talvez pudéssemos estar mais preparados para as desventuras que nos perseguem através de tribunais e de representantes de um poder judiciário sob controle de centros imperiais. Ceci Juruá* Laços entre juristas e a gente do ouro e da moeda -a banca- são antigos, formam pilares históricos do capitalismo e constituem um elemento que lhe é consubstancial. Quando o Brasil foi ocupado, as três Américas (então designadas “Novo Mundo”) eram territórios onde a lei era…

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade

2

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade. A irresponsabilidade na administração pública levou à quebra o Tesouro Nacional, ou seja, as contas a receber e a pagar do governo. Em termos empresariais, isso significa que o Estado faliu e deve mais de R$ 4 trilhões, quase 80% do PIB.

130 anos de uma abolição inacabada: Lei Áurea libertou, mas abandonou as pessoas

0

Conservadora e curta, com pouco mais de duas linhas, a Lei nº 3.353, a chamada Lei Áurea, decretou, no dia 13 de maio de 1888, o fim legal da escravidão no Brasil. Mas se a escravidão teve seu fim do ponto de vista formal e legal há 130 anos, a dimensão social e política está inacabada até os dias atuais. Essa é a principal crítica de estudiosos e militantes dos movimentos negros à celebração do 13 de maio como o dia do fim da escravatura.

Ano eleitoral: vamos debater a corrupção e os maus costumes

0

Ano eleitoral. Moralidade, a corrupção, é tema principal, dizem pesquisas. E repetem candidatos a presidente, governos, legislativos. E juízes, procuradores… Bob Fernandes* Muitos recebem auxílio-moradia mesmo morando na cidade onde trabalham… Enquanto punem a imoralidade alheia. O que é certo ou errado, correto ou não? O que deve ou não ser respeitado em nome do bem comum? Esse debate deve mirar autoridades, obviamente. Mas não só. E não só, no topo dos maus costumes, a corrupção mias óbvia. Na Avenida Paulista, por exemplo. A metros da Justiça Federal, da Procuradoria,…

Comparato: “Temos duas Constituições e uma democracia incompleta no Brasil”

0

Desde 1824, pouco depois que se instaura a independência do Brasil, o país passa a ser regido por duas Constituições e isso atravessa toda a monarquia e os períodos de regime republicano, chegando aos dias de hoje. É o que acredita o jurista Fábio Konder Comparato.

50 anos depois, “1968 operário” é lembrado em Sábado Resistente

0

O evento que faz parte dos eventos programados na cidade de Osasco denominados “Osasco 1968+50” será às 14h00, e tratará sobre os acontecimentos que marcaram o ano de 1968 para a classe operária, especialmente as primeiras greves nas cidades de Contagem (MG) e de Osasco (SP). Divulgação* No dia 12 de maio, o Memorial da Resistência, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, realizará mais uma edição do Sábado Resistente, projeto realizado em parceria com o Núcleo de Preservação da Memória Política. Com o golpe militar de 1964 no Brasil, principalmente…

Todos querem morar bem: da tragédia em São Paulo à especulação imobiliária

0

Ninguém quer morar nas encostas de morros, à beira de esgotos, no meio dos ratos e baratas, rodeados de mal cheiro por todos os lados. As pessoas só habitam esses lugares por falta de alternativa. Roberto Malvezzi (Gogó), no Pravda Ninguém quer morar em espeluncas, em prédios deteriorados, sujeitos a incêndios e desabamentos a todo o instante. Mas, morar bem precisa de dinheiro. Os muito ricos fazem suas mansões e escolhem o lugar, muitas vezes em condomínios construídos em áreas de preservação ambiental, como é o caso de tantos ao…

“Intolerância religiosa é perversa, é o povo preto atacando a si mesmo”, diz socióloga

0

“A população das igrejas evangélicas (e grande parte dos católicos, também) é de pessoas pretas, pobres e periféricas. Assim, o que vemos é muito perverso, pois se trata do povo preto atacando o próprio povo preto”. O questionamento é feito pela socióloga Simony dos Anjos em entrevista.

O crime do padre Amaro: Defender a vida e o direito à terra para os camponeses

0

Já se vão trinta dias de mais uma prisão injusta no Brasil. Seria apenas uma estatística, afinal, isso é mais regra que exceção. Mas, para os lutadores sociais do Pará e de toda a região Norte, o preso em questão não é só um número. Ele tem nome, sobrenome e trabalho junto aos empobrecidos. É o padre Amaro, cujo pecado cometido não tem nada a ver com o do romance do Eça de Queirós.

É possível superar o discurso de ódio na sociedade brasileira ?

0

O ódio tem uma “função” de detectarmos que não estamos sozinhos no mundo. Por ser constitutivo, o ódio não tem cura — no sentido de doença ou espírito maléfico. Agora, o que fazemos com o ódio, o modo como ele é manuseado na cultura, é de outra ordem.

Os impactos iniciais dos primeiros seis meses da reforma trabalhista

0

Em mais um 1º de Maio, o trabalhador tem pouco ou quase nada a comemorar – e muito ou por quase tudo a lutar. Seja pelo persistente flagelo do desemprego, que voltou a crescer em plena “recuperação”(sic) econômica, como anunciou o IBGE no dia 27/04/2018[i]– e com ele a dura realidade da miséria, que só aumenta e se consolida[ii]. Seja, para aqueles que possuem a estranha sorte de estar na máquina de moer do capital, pelas condições precárias de trabalho e o cotidiano de exploração, aguçados e ainda mais legitimados…

Política de Temer faz trabalhador trocar direitos por emprego de baixa remuneração

0

O aumento de empregos com baixa remuneração aprofunda o cenário de precarização enfrentado pelo trabalhador brasileiro no governo de Michel Temer. Segundo o Cadastro de Emprego e Desemprego do Ministério do Trabalho (Caged), as vagas formais que cresceram foram aquelas com remunerações de até dois salários mínimos.

Marcia Tiburi: Delírio nacional, uma reflexão sobre a irracionalidade e a loucura

0

Discursos irracionais por todo lado. Ideias estapafúrdias provenientes dos mais diversos personagens na cena pública. Mentiras deslavadas nos meios de comunicação de massa. Fundamentalistas religiosos a dominar o poder político e econômico com posturas e falas cínicas. Tribunais em gambiarras teóricas a rasgar pomposamente a Constituição. Marcia Tiburi* Falas sem sentido, jargões e clichês de cidadãos comuns que seguem a opinião dos personagens políticos e midiáticos e se expressam pateticamente no cenário das redes sociais, nas ruas, nos mais diversos ambientes. Juras de morte. Apologia do ódio, proposições de caos…

Memória, verdade e justiça ou as homenagens indevidas

0

Enquanto na Europa as cidades revogam leis que prestam “indevidas homenagens” à civis e militares que atentaram contra as liberdades democráticas, no Brasil, justiça gaúcha considera inválida lei aprovada pela Câmara Municipal de Porto Alegre e Avenida da Legalidade e Democracia volta a ser denominada como Avenida Castelo Branco, homenageando um dos Generais que lideraram o Golpe Civil-Militar de 1964, impondo ao país 21 anos de Ditadura.

Atitude da senadora Ana Amélia foi racista e islamofóbica, diz instituto árabe

0

O Instituto de Cultura Árabe soltou nota de repúdio às declarações da senadora Ana Amélia (PP – RS), que na tentativa de mais um passo em direção à criminalização do PT e da presidente do partido e senadora Gleisi Hoffmann (PT – PR), acabou por demonstrar um posicionamento errôneo e eivado de desrespeito. O ataque feriu um povo, uma cultura.

“Empresários não querem extinção do SUS, querem SUS conveniente com seus interesses”

0

Em meio a um cenário de desmonte das políticas sociais como um todo, e às políticas de saúde especificamente, a proposta de construção de um “Novo Sistema Nacional de Saúde”, ainda mais partindo de uma entidade representativa do setor empresarial, foi vista como um ataque direto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Movimentos sociais lançam campanha pela revogação do teto dos gastos, a “EC da morte”

0

A Campanha é promovida pela Coalizão Anti-austeridade e pela revogação da Emenda Constitucional 95 e visa estimular o debate público sobre os impactos negativos da chamada política econômica de austeridade no cotidiano da população e articular um conjunto de ações destinadas a dar fim a Emenda do Teto dos Gastos Sociais.

Presente de Grego? Estados Unidos doam Tanques de Guerra ao Brasil

10

O Brasil já foi, na década de 1980, um dos três maiores produtores de tanques no mundo. A Engesa desenvolveu os tanques blindados nacionais Cascavel e o Urutu, que foram exportados para América Latina, África e Oriente Médio. A doação recente dos EUA leva o Brasil à dependência estadunidense quanto à reposição de equipamentos e peças, fator intolerável em tempos de guerra.

Por que governo Temer tenta vender a Eletrobras a galope?

2

A privatização do setor elétrico no Brasil, encaminhada de forma apressada pelo governo golpista, será útil para ajudar a resolver os problemas das multinacionais do setor e dos grupos que vão ganhar dinheiro com a privataria, que caracteriza sempre os processos de privatização em todo o mundo. Pretendem privatizar o sistema elétrico brasileiro porque ele é filé mignon e proporcionará muitos lucros aos grupos econômicos que o arrematarem a preço de banana.

Ato contra prisão de Lula lota teatro em Lisboa; Boaventura fala em fascismo

1

A manifestação internacional de solidariedade organizada pela Fundação José Saramago, nesta quinta-feira (12), pede a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ato contou com a presença de Boaventura de Sousa Santos, Guilherme Boulos (PSOL), Tarso Genro (PT), Pablo Iglesias, entre outros

USP colaborou com ditadura militar para assassinato e tortura, diz estudo

0

O período da história da USP que vai de 1964 a 1985 é marcado por graves violações de direitos humanos, que atingiram duramente docentes, funcionários e alunos. Esta é a conclusão do relatório da Comissão da Verdade da USP, entregue no final de março ao reitor Vahan Agopyan. Composto de dez volumes, o material traz relatos e documentos que tentam esclarecer os fatos ocorridos na época.

Mulheres pretas, como Marielle, são menos de 1% nas Câmaras de Vereadores do Brasil

0

O gargalo para a participação delas na política já pode ser percebido na entrada para a disputa, quando se observa o números de candidatas. Nas eleições municipais de 2016, quando Marielle se saiu vitoriosa, como a quinta mais votada, apenas 14,5% do total de candidatos para inscritos para os cargos de vereador, prefeito ou vice-prefeito eram mulheres eram negras. Dessas, menos de 3% eram pretas.

Na América Latina, floresce uma primavera de milhões de Lulas 

4

Lula se encontra nos braços queimados dos que cortam cana de sol a sol, no lombo partido dos que carregam sacos nos mercados, nas mãos gretadas dos pedreiros, nas palavras dos diaristas. Nas mãos criadoras dos artistas de rua.

Stella Calloni: O assassinato da Justiça no Brasil. Um golpe no golpe?

1

Pode um Tribunal Superior Federal (STF) num país como o Brasil funcionar e julgar como se nada tivesse acontecido, depois de que pelo menos três generais, um deles o atual chefe do Exército, advertissem publicamente que se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não fosse preso, se veriam “obrigados” a dar um golpe militar?

Do que vi, vivi e senti no Sindicato dos Metalúrgicos, na resistência de Lula à prisão

1

Nos últimos dias, estive imersa numa realidade vivida no quarteirão do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. O debate em torno da arbitrariedade da decisão de Moro, sobre a seletividade da justiça e a necessidade de ampliar o ato em solidariedade a Lula eram temas comuns. Bons companheiros e companheiras se abraçavam a quase todo instante, palavras de ordem eram entoadas aos berros, almas eram lavadas a cada hora que passava.

Prisão de Lula visa reverter progressos e conquistas sociais, afirma governo de Cuba

0

O governo ministério das Relações Exteriores de Cuba lançou, na noite deste sábado (7), uma nota em que “reitera apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”. O texto ressalta que é um fato “gravíssimo tentar impedir o líder mais popular do Brasil de ser candidato à presidência do país”.

Paulo Cannabrava Filho: Lula preso. E agora???

3

E agora? É o que todos perguntamos… Reagirá esse povo?
Vi esse povo chorar pelo Chico Viola (em 1952), vi esse povo chorar por Getúlio Vargas (em 1954) e não demorou muito para eu ver esse povo chorar por Tancredo Neves (1985). Agora, de novo, vejo esse povo chorar por Lula (e Lula não está morto) Será essa a sina de nosso povo: chorar por seus ídolos mortos, por presidentes mortos ou depostos?

Moro: O tiro pela culatra

0

Em seu despacho, Moro que a princípio tece considerações e parece benevolente, ao dar ao réu a opção de apresentar-se por sua própria vontade até as 17 hs, em Curitiba, não é o que parece. Outrossim diz ter preparado uma cela do “Estado Maior” (literalmente verborragia da caserna) e, vejam só, veta terminantemente o uso de algemas, tem de ter um motivo. Benevolente, né?

Diálogo para deter a violência política

0

A escalada de violência política, deflagrada desde as jornadas pela deposição da presidenta Dilma Rousseff, tem se intensificado progressivamente no país e chegou ao seu ápice nas últimas semanas, com as execuções da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, em plena vigência da intervenção militar no Rio de Janeiro.

“Elites da América Latina não querem democracia”, diz Lula em entrevista a Correa

0

Na nova edição do programa de entrevista “Conversando com Correa”, no canal RT en Español, o ex-presidente do Equador dialoga com Lula da Silva, o ex-presidente progressista do Brasil e principal líder do Partido dos Trabalhadores. A conversa entre ambos aborda as dificuldades históricas e políticas que afetaram a América Latina — especialmente em sua relação com os Estados Unidos — e sua necessidade de seguir lutando para manter a dignidade social diante de qualquer tentativa de submissão.

Decisão do STF desta quinta não impede candidatura de Lula, mesmo na cadeia

1

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta quarta-feira (04), o pedido de Habeas Corpus (HC) preventivo feito pela defesa do ex-presidente Lula. Com a medida, ele poderá ser preso a partir do pedido de execução provisória da pena que será definida pelo TRF4 e pelo juiz Sérgio Moro.

Desmonte do setor nuclear é irresponsável e prejudica defesa estratégica do Brasil

2

O Brasil — junto com os Estados Unidos e a Rússia — é parte do seleto grupo de nações que possui em seu território minérios nucleares, geradores de energia e domina o ciclo do combustível nuclear de modo autossuficiente para a geração de energia elétrica.

O golpe no Brasil como elemento da Guerra Híbrida

1

Estava, desde o início, nos manuais de “conflitos irregulares” dos EUA. Foi por petróleo, é claro! Mas também por água, estatais rentáveis e estratégicas, a riqueza da Amazônia, a aproximação com Rússia e China

Os juízes da Corte, a ditadura judicial e as eleições de 2018

2

Alguns vão dizer que o Toffoli, por ter sido nomeado por Lula, absolverá o réu. Outros dirão que é o plano estratégico da República de Curitiba para tomar o poder e transformar o país na primeira república causídica. Poderosos magistrados governando e legislando em causa própria. Uma ditadura judicial.

Fórum Social: entidades e movimentos sociais reafirmam que água é direito, não mercadoria

0

O Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), que reuniu cerca de 7 mil pessoas por cinco dias em Brasília (DF),foi realizado como contraponto ao fórum das corporações – Fórum Mundial da Água. Compreendendo o FAMA como algo maior que um evento, as organizações que convergiram na construção da luta pela água divulgam esta declaração final. O compromisso fundamental é de se manter em luta, enraizar os processos de construção até aqui realizados e manter a mobilização viva. O documento reafirma a luta contra qualquer privatização e o estabelecimento de propriedade…

Mães encarceradas: relatos de violações e dificuldades vividas por essas mulheres

2

“Fui presa no sábado, grávida ainda. Quando cheguei na delegacia, já estava com dor. Dormi lá no chão. Com o nervosismo por estar naquele lugar, no fedor, com bichos, só piorou. Acabei entrando em trabalho de parto com ele. Pediram para eu ter calma, não ter filho naquela hora”. Por Julia Dolce, texto e fotos, no Brasil de Fato Essa é a história de Jéssica Monteiro, de 24 anos. Acusada de tráfico de drogas, após a Polícia Militar invadir a ocupação onde vivia e encontrar 90g de maconha, foi detida…

Rastro das notícias falsas contra Marielle leva ao MBL, diz estudo

1

O rastro da campanha difamatória nas redes sociais contra Marielle Franco, assassinada na semana passada, aponta que um site de opinião política ampliou de forma decisiva a repetição de falsas acusações contra a vereadora do Psol.

Após manobra em edital, Temer entrega satélite de defesa aos EUA

2

Os operadores de telecomunicações no Brasil decidiram ir à Justiça contra a parceria entre a Telebras e a estadunidense ViaSat. O contrato estratégico firmado prevê que a Viasat leve internet de alta velocidade a regiões não atendidas em cinturões urbanos, áreas rurais e remotas de todo o país, como parte do programa Internet para Todos, do governo federal.

Delfim Netto, o queridinho da direita e da pseudoesquerda

0

Antonio Delfim Netto é um sedutor. Dom nato. E conseguiu com isso se transformar, ao mesmo tempo, no queridinho da direita e da pseudo-esquerda. Com espaço na revista Carta Capital e na Folha de S. Paulo. A primeira vinculada ao lulismo. A segunda, que foi diário oficial da ditadura, e aderiu à abertura democrática quando percebeu que o regime militar tinha fracassado e estava com seus dias contados

Luis Nassif desvenda a Guerra psicológica contra o Brasil

2

Foto: Mídia Ninja O jornalista Luis Nassif analisa, em artigo, a sucessão de fatos que vem ocorrendo, principalmente na área política, dada a proximidade de eleições gerais, e conclui que são ações de uma guerra de quarta-geração. São fatos que vimos denunciando, aqui na revista Diálogos do Sul, desde a posse de Lula em seu primeiro mandato. Estamos sendo vítimas de uma guerra cuja finalidade é de recolonização do país. Sentaram no trono e nada fizeram para deter essa ofensiva, que é feita sob aplauso da mídia e do capital…

É pela vida das Mulheres: Marielle Franco, Ahed Tamimi e todas nós

0

Marielle Franco e Ahed Tamimi: quem pode dormir vendo professoras do Estado apanhando da polícia em São Paulo? São histórias diferentes? Não! São histórias de mulheres que morrem e estão morrendo e nós continuamos silenciando suas vozes, suas lutas, suas histórias.

“Marielle foi a primeira execução política da intervenção militar”, diz Tortura Nunca Mais

1

a brutal execução da vereadora de apenas 38 anos não entrará só para as estatísticas da violência. Ela havia ousado chegar ao Parlamento municipal carioca, com mais de 40 mil votos, sendo a quinta mais votada nas últimas eleições. O crime teve forte repercussão na mídia nacional e internacional, além de grandes mobilizações pelo país.

Após defender fim de universidades públicas, Banco Mundial quer reduzir salário no Brasil

2

Depois de ter sugerido o fim do ensino superior gratuito, o Banco Mundial agora defende a redução dos salários no Brasil e a abertura ainda maior da economia do país para o capital e o comércio internacionais. De acordo com a entidade, o salário mínimo brasileiro é “alto” e incentiva a informalidade.

Cortes de Temer comprometem vida das mulheres; verba caiu 63% desde gestão Dilma

0

Os cortes no Orçamento realizados desde 2015, mas muito aprofundados na gestão Michel Temer, atingiram em especial as mulheres. Em condição de maior vulnerabilidade que os homens, elas são as mais afetadas com a redução de verbas para políticas públicas em qualquer área

21 fatos que provam a ocupação colonial das escolas brasileiras

1

Em complementação dos artigos anteriores sobre a recolonização do Brasil através dos grandes monopólios transnacionais, com a transformação da educação em mercadoria, aqui apontamos alguns exemplos de como se dá a ocupação das escolas pelos grandes monopólios e pelo capital estrangeiro

Ministério da Justiça cassa anistia político de sacerdote belga preso na ditadura

0

Segundo decisão inédita do ministro Torquato Jardim, Jan Honoré Talpe não tem direito ao benefício por ser estrangeiro. Por Nocaute O sacerdote belga Jan Honoré Talpe, preso no DOPS/SP por seis meses e depois expulso do Brasil durante a ditadura militar, teve a anistia política cassada pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim. Na época, Jan era militante da Ação Popular e professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. A decisão inédita, que foi publicada no Diário Oficial do dia 8 de fevereiro, se baseia em uma lei feita…

No Brasil, educação virou balcão de negócios com orientação do Banco Mundial e do BID

2

Educação deixou de ser direito humano e obrigação do Estado para ser negócio com objetivo de lucro. Esse novo mercado de educação básica, segundo o estudo da revista Época Negócios, “movimenta cerca de R$ 67 bilhões por ano, valor que ultrapassa a renda líquida do ensino superior, de R$ 55 bilhões.

Venezuela e intervenção no Rio: estratégias para uma unidade nacional forjada

0

As classes dirigentes vão novamente mobilizar as massas a se unirem contra um mal maior para, assim, controlar a indignação popular. Como o desejo de “pureza” que tocou a população alemã nos pródomos da Segunda Guerra Mundial, estamos mais uma vez submersos em uma situação que nos impele (de forma manipulada) a negar a liberdade em prol da segurança. Por Raphael Silva Fagundes, no Le Monde Diplomatique “A maioria dos especialistas deu pouca atenção para os efeitos homogeneizantes da guerra”,[1] escreve a bióloga Barbara Ehrenreich, em sua obra que pretende encontrar as…

Leonardo Boff: a crise capitalista e o golpe

0

Há uma crise sistêmica em todo o mundo. A crise brasileira tem um componente geopolítico. Nós somos a sétima economia do mundo, um país populoso e líder da América Latina. É óbvio que houve interesses do capital e do governo estadunidense no golpe perpetrado.

Morre, aos 81 anos, Theotônio dos Santos, um dos criadores da Teoria da Dependência

0

O economista político e sociólogo brasileiro Theotônio dos Santos morreu nesta terça-feira (27), aos 81 anos, vítima de um câncer no pâncreas. Foi um dos formuladores da Teoria da Dependência, e um dos principais formuladores da Teoria do Sistema Mundo. Redação Natural de Carangola, interior de Minas Gerais, militou na Polop (Organização Revolucionária Marxista Política Operária). Foi um dos fundadores da Revista Diálogos do Sul e colaborou com a publicação até o fim de sua vida. (Leia aqui os artigos de Theotônio). Escreveu 38 livros, foi co-autor ou colaborador de 78 livros.…

Brasil supera imperialismo dos EUA e volta a ser colônia – dos EUA

11

Já não se trata mais de ser contra o imperialismo ianque. Já foi ultrapassada essa fase. Agora, se trata de lutar contra uma ocupação colonial. Se trata, portanto, de desencadear uma luta de Libertação Nacional para conquistar uma verdadeira independência. Paulo Cannabrava Filho* Como ocorreu e, como ocorre, essa ocupação? É mesmo uma colonização? Foi um processo longo e paciente. Começou em 1964 com a captura do Estado pelo capital transnacional, seguido a partir dos anos 1980 pela implantação do poder do capital financeiro e dos monopólios até chegar à…

Claudia Andujar, fotógrafa que dedicou 40 anos da vida à causa indígena, alerta: “só vai piorar”

0

Claudia Andujar denuncia ameaças de garimpeiros à Terra Indígena dos Yanomamis e ressalta importância da pressão popular Por Júlia Dolce, no Brasil de Fato Aos 86 anos, a fotógrafa e ativista Claudia Andujar continua engajada na luta pelos direitos das populações indígenas no Brasil. Com movimentos já debilitados e fala lenta que ainda guarda resquícios do sotaque suíço — nascida na então Transilvânia, Claudia naturalizou-se brasileira em 1955 — ela relembrou, em entrevista, os mais de 40 anos que passou visitando, vivendo e registrando os povos Yanomami. Andujar foi uma das…

Sábado Resistente lança livro sobre Honestino Guimarães

0

A obra “Paixão de Honestino” narra a trajetória do combatente, que a autora conheceu quando era estudante secundarista. Para elaboração do livro, esteve em contato com familiares, amigos e companheiros de luta de Honestino. Além de uma obra biográfica, o livro também é ferramenta de inspiração e aprendizados para os jovens que compõem a luta nos dias atuais.

Vala de Perus: militante de esquerda enterrado como indigente na ditadura é reconhecido

0

Veio de Saravejo, na Bósnia e Herzegovina, uma informação esperada há décadas, com a identificação da primeira ossada da vala clandestina de Perus, após a retomada dos trabalhos de investigação, em 2014. A instituição contratada confirmou o nome à Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP), que participa do esforço conjunto de análise das 1.048 ossadas encontradas no Cemitério Dom Bosco, em Perus, região noroeste de São Paulo, em setembro de 1990. Por Vitor Nuzzi e Luciano Velleda, na RBA O nome confirmado é o de Dimas Antônio Casemiro,…

Intervenção militar no Rio de Janeiro escancara o avanço do fascismo no Brasil

1

A intervenção federal militar na segurança do Rio de Janeiro e sua possível extensão a outros Estados marca uma nova etapa da escalada repressiva que avança no Brasil desde o golpe de 2016, configurando tecnicamente um Estado de Exceção. Por Carlos Eduardo Martins, no Blog da Boitempo Constitucionalmente, são três os níveis de Estado de Exceção: Intervenção Federal, Estado de Defesa e Estado de Sítio. Cumprimos com esta iniciativa o primeiro nível do Estado de Exceção: até o final de 2018, o Congresso terá suas prerrogativas reduzidas e, no Rio…

Denúncia: O mega esquema “criminoso” do Nióbio

2

Segundo o Dr. Antonio José Ribas Paiva, 98% das reservas conhecidas no mundo estão no Brasil e nosso país é responsável atualmente por mais de 90% do volume comercializado no planeta ou seja, se o Brasil parasse de produzir ou vender nióbio hoje, isso geraria certamente um caos.

Beija-Flor: Tropa de Elite na avenida (ou a campeã de 2013)

0

E o que vimos na avenida na última escola a desfilar? Uma enxurrada de problemas jogados como forma de “protesto”, mas sem uma interpretação. Quem é a “Pátria Amada”? “Somos filhos de quem”? Quando terminou o desfile de 2018 da Beija-Flor eu e meu companheiro nos entreolhamos com uma cara de “que coisa bizarra foi essa?”. Digo isso só pra marcar que o meu desconforto foi imediato. Durante o desfile, eu só conseguia lembrar do filme Tropa de Elite, por se tratar de uma obra igualmente artística que se desenrolou…

Brasil: Traumas e Desconfiança

0

Após assistir a tantos escândalos, ter sido assaltado por uma quadrilha de dez bandidos que me chamavam de vagabundo, olhar para o Brasil e ver governos mentirosos que, a cada momento aumentam os tributos em plena crise. Confiarei desconfiando, acreditarei desacreditando e com olhares maliciosos, assim me comportarei.

Desfile da Paraíso do Tuiuti é um marco na história do carnaval brasileiro

1

“Irmão de olho claro ou da Guiné Qual será o seu valor? Pobre artigo de mercado Senhor, eu não tenho a sua fé e nem tenho a sua cor Tenho sangue avermelhado O mesmo que escorre da ferida”. (Paraíso do Tuiuti. “Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?) Ângelo Cavalcante* Caramba… Não era só uma escola de samba; não foi apenas um enredo; não foi uma noite. O que a Paraíso do Tuiuti fez no desfile do carnaval do Rio de Janeiro já é o principal acontecimento artístico do ano. Mais…

Roberto Amaral: O poder do Judiciário e os dias piores que virão

0

O Judiciário concorre para o perigoso esvaziamento da democracia representativa e se transforma em instrumento de insegurança jurídica Enquanto Cármen Lúcia discursava na abertura do ano Judiciário, do lado de fora colegas magistrados protestavam por aumentos salariais. A velha direita pelos seus jornalões, e esses pelos seus editoriais e colunistas, revela-se, assim de repente, assustada com sinais de desobediência civil que seus sismógrafos estariam captando nas hostes da oposição e com o que identificam como “ameaças à ordem jurídica”. Em ambos os casos, trata-se de puro cinismo, pois nossa gárrula imprensa está…

Presos políticos da ditadura repudiam liberação de bloco de carnaval com apologia à tortura

1

“Decisão contribui para agressão ao estado democrático de direito, possibilitando disseminação de ódio nas ruas da capital paulista”, diz nota divulgada neste domingo (4) A juíza Daniela Pazzeto Meneghine Conceição, da 39ª Vara Cível de São Paulo, liberou, no último sábado (3), o desfile do bloco “Porão do Dops”, negando o pedido anterior feito pelo Ministério Público de impedir o evento que faz apologia à tortura. Da Redação Além do nome, que remete se refere ao Departamento de Ordem Política e Social (Dops), onde centenas de militantes foram presos e torturados…

Da América Latina à Europa, países enfrentam crise da democracia

0

“Nós estamos enfrentando uma crise latente na América Latina. Quando os especialistas se referem à decadência da democracia, se referem a eventos como tentativas de golpes, auto golpes, confronto entre governo e oposição, confronto com o Parlamento, com movimentos populares”, explicou a professora e cientista política Brigitte Weiffen, em sua apresentação no seminário Democracias em Crise? Experiências Europeias e Latino-Americanas, que aconteceu no Instituto de Estudos Aplicados (IEA) no dia 11 de outubro. Essas situações que identificam crise democrática citadas por ela aconteceram com certa frequência na América Latina em…

CPI da Previdência: relatório conclui que o sistema não tem déficit

1

O senador Paulo Paim (PT-RS) fala sobre os resultados a que chegou a CPI da Previdência e defende uma revisão e melhoria da estrutura de controle e fiscalização estatal e maior rigor na cobrança para a redução do rombo previdenciário.

Frei Betto: Ensina a teu filho que o Brasil tem jeito

5

Ensina a teu filho que neste país há políticos íntegros como Antônio Pinheiro, pai do jornalista Chico Pinheiro, que revelou na mídia seu contracheque de parlamentar e devolveu aos cofres públicos jetons de procedência duvidosa. Ensina teu filho a votar com consciência e jamais ter nojo de política.

Bloco “Porão do Dops” em SP vai celebrar torturadores da ditadura militar no carnaval

1

Atualizada em 03.fev, às 18h05 “É um ato lamentável contra os direitos humanos em apologia a crimes de lesa-humanidade” diz historiadora Por Rute Pina, no Brasil de Fato Um grupo de extrema direita quer celebrar, no carnaval paulistano, as torturas da ditadura militar. A convocação para o bloco “Porão do Dops” traz a imagem do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. A juíza Daniela Pazzeto Meneghine Conceição, da 39ª Vara Cível de São Paulo, liberou, neste sábado (3), o desfile do bloco, negando o pedido anterior feito pelo Ministério Público. Ana Paula Brito, doutoranda em História…

Será que a Globo escapa desta?

0

O PGP (Padrão Globo de Propina) está todo detalhado em três depoimentos. Além da documentação de J. Hawilla, a testemunha de acusação que virou delator, o argentino Alejandro Burzaco, disse que a TV Globo pagou US$ 15 milhões a Júlio Grondona, já para adquirir os direitos de transmissão das Copas de 2026 e 2030. Burzaco colocou a Globo ao lado da mexicana Televisa, que pagou a mesma quantia.

Stédile: “Os dez piores acontecimentos de 2017 que afetaram a vida do povo brasileiro”

0

A cada final de ano sempre se costuma fazer o balanço de avanços e atrasos na vida do povo. Mas neste 2017, cheio de acontecimentos memoráveis, está muito difícil selecionar. Sendo assim, sugiro que você também faça sua lista! Veja a minha lista, a ordem não importa muito. João Pedro Stédile.

PSDB: Antes que o muro despenque…

0

…pasmos com a volta das arcaicas expressões sobre se “caiu a ficha, ou não”; os cabeças brancas do psdb, tão obsoletas qto um orelhão depredado, fingem falsos debates no partido sobre o “fica-não-fica” na continuidade do golpe temerário… tt Catalão* …uns optam pelo pé na cova do Aécio por absoluta falta de opção, outros julgam q ainda há o q se oferecer como “alternativa segura”, mediana, de centro esclarecido, de nível blblablablavla…ao Sistema; este, já se adapta a fake-perfis dos velhos conceitos, porém com upgrade, sob maquilagem ardilosa e sedutora…

Elites brasileiras e o personagem Lula da Silva

0

Ditaduras não gostam de conviver com elites independentes, homens e mulheres dedicados à procura da verdade no sentido filosófico do termo, elites não subordinadas ao deus mercado, não conduzidas pela idiotice do custo-benefício à moda de Chicago. Ceci Juruá*

O Fundo Cívico e o IBAD e o IPES

0

Este Fundo Cívico proposto por Luciano Huck, para apoiar candidatos, com a intenção de eleger de 70 a 100 deputados federais na próxima eleição, é, na verdade, a reedição do Instituto Brasileiro de Ação Democrática (IBAD), criado em 1959, com o apoio de empresários e banqueiros nacionais e da Agência Central de Inteligência (CIA) americana,

A liberdade em tempos sombrios

0

Em um artigo publicado em 1944, A república do silêncio, Sartre escreveu que os franceses nunca foram tão livres quanto no tempo da ocupação alemã. Um chocante e brilhante paradoxo que só a grande Filosofia, como exercício de pensar fora do senso comum, é capaz de produzir.

O que Leonel Brizola faria?

0

Não por acaso, a Globo tudo fez para derrubar Brizola. Mesmo com sua força, nunca conseguiu pegá-lo num escândalo de corrupção, nem impedi-lo de se eleger duas vezes ao governo fluminense. Brizola diria hoje, como em 1992: “Se é bom para eles, não deve ser para nós. Nunca foi diferente, por que seria agora?”

Há um ano da tragédia da Chapecoense

0

O pano de fundo desse erro fatal foi o dinheiro. Para economizar uma parada, a empresa, que tinha o piloto como um dos donos, queria economizar uma aterrissagem e uma decolagem. Esse ato de segurança ocasiona uma série de gastos como mais combustível, taxa do aeroporto, etc. Insignificante quando se trata de vidas humanas.

Por que Temer prestigiou a Shell no pré-sal?

0

Beneficiada pelo lobby britânico que resultou em uma série de vantagens fiscais e concessões feitas pelo governo Temer, a Shell já é velha conhecida na indústria de petróleo por modus operandi que passam ao largo da lei. A Federação Única dos Petroleiros (FUP) divulgou nota sobre o histórico de atuação da empresa.

Pátria Livre lança filho de João Goulart como candidato a presidente

0

João Vicente Goulart, 60 anos, foi lançado pré-candidato pelo Partido Pátria Livre (PPL), à sucessão de Michel Temer em 2018. João Vicente é filho do ex-presidente João Goulart, deposto pelo golpe civil-militar de 1 de abril de 1964. Ato inicial da instauração de uma Ditadura Militar que “governou” o Brasil durante 21 anos.

Manobra militar inédita dos EUA no Brasil ameaça governos progressistas da América do Sul

2

A presença de militares estadunidenses na região amazônica supõem um tipo de intervenção, patrocinada por governos direitistas dos países latino-americano, com objetivo de se apropriar das riquezas naturais e é uma ameaça direta aos governos progressistas da Venezuela e Bolívia.

Projeto de soberania nacional exige diálogo com militares

0

A fala da deputada Jô Moraes (PCdoB/MG) ocorreu na reunião da Frente Brasil Popular que debateu a questão da soberania nacional e faz referência à declaração do general Antonio Hamilton Mourão, que afirmou que não descarta uma tomada do poder pelos militares como saída para a crise política. José Eduardo Bernardes*

Devemos ir além da pauta eleitoral, dizem movimentos populares

0

Entidades defendem necessidade de se construir um projeto de nação e fomentar o trabalho de base na resistência ao golpe Após o encerramento da caravana de Lula por Minas Gerais, movimentos populares avaliam que, se o objetivo do ato era ouvir a população e fomentar debates, ele foi bem-sucedido. Porém, ressaltam a importância da mobilização popular, do trabalho com as bases para a resistência ao golpe parlamentar que destitui a presidenta Dilma Rousseff em 2016 e da construção de um projeto de nação que vá além do tema eleitoral. Dirigentes dos…

É hora de virar o disco!

1

O fora este, fora aquele, só nos empurra cada vez mais para baixo. O amargor já cansou. O rancor já cansou. E, como consequência última do clima infernal engendrado por tanta negatividade, a impotência e a abulia que também já cansaram. É hora de virarmos o disco! Celso Lungaretti.*

Não há déficit da Previdência Social, conclui CPI

0

Instalada em abril, em seis meses, a CPI realizou 26 audiências públicas e ouviu mais de 140 pessoas entre representantes de órgãos governamentais, sindicatos, associações, empresas, além de membros do Ministério Público e da Justiça do Trabalho, deputados, auditores, especialistas e professores. Karine Melo*

O Manifesto das Pequenas Baixezas

0

Assim como saiu o Cunha e ficaram os por ele cunhados, assim não cai o Temer pq não saem seus tutores aliados mestres originais, mantem-se o crime, consolidado por omissão e conveniência, recebe aval para mais crimes…tt Catalão*

O que querem os militares brasileiros?

1

Outra indagação aos militares, que devemos sempre destacar, difundir e propagar, é se eles cumprirão com o sagrado dever de defender a pátria, a nação e a Constituição ou se serão guiados pelos gritos histéricos de um Bolsonaro. José Dirceu.*

Carta a Zarattini: amigo revolucionário e companheiro de luta

0

“Ricardo Zarattini dedicou toda sua vida ao Brasil e ao combate ao imperialismo, como ele fazia questão de destacar. Polêmico, mas sempre buscando a unidade, Zara era um companheiro corajoso, porém humilde, sempre solidário. Até mais Zara! É o Zé, teu camarada de luta!”. José Dirceu”.

“Tudo para os banqueiros, nada para os programas sociais”

1

“Na primeira página do jornal, o escárnio: tudo para os banqueiros, nada para os que dependem dos programas sociais. Um governo de nulos e uma elite selvagem comandam o sequestro, a serviço dos anseios totalitários da classe rentista”. Marcelo Manzano*