Dialogando

Venezuela: A reeleição de Maduro e a grande lição ao império

0

Muito temos que aprender no resto da América Latina, com esse povo venezuelano que deu uma lição ao mundo, novamente defendendo o sonho de democracia e livre arbítrio. Ilka Oliva Corado* Apoiando Maduro o povo venezuelano continua fiel ao sonho libertador do “Niño Arañero”. Não serviu para nada os milhões de dólares gastos pelos intervencionistas e pelas oligarquias latino-americanas em propaganda e notícias na mídia…

Morreu Alberto Dines para quem a “Mídia não é espetáculo”

0

A morte do jornalista Alberto Dines vai remeter ao seu testemunho profissional, humano e artístico que fundou no Brasil um jornalismo além das letrinhas impressas: Dines era comprometimento, artífice da língua, operador de linguagens e combatente da dignidade em uma profissão de risco (hoje, quase em extinção) lutava pelo fim do contraditório na mídia, o excesso mercantilista que faz do veículo produto e assim condiciona…

A revolução é cultural e florescerá nos desertos e subúrbios da América Latina

0

A gente pode ter essa ideia de amor romântico com a América Latina e falar da torrente de seus rios, das frondosas selvas tropicais, do colorido do folclore; a gente pode se enamorar perdidamente dos céus de outono e da névoa da primavera, mas a América Latina, além de senti-la também é preciso pensá-la a partir da análise sociopolítica e cultural. Uma América Latina que…

Enquanto Brasil afunda, mídia fala em incertezas. Qual a solução?

0

É incontestável que o país está afundando cada vez mais. Até o FMI já percebeu isso e projeta para 2019 ou 2020 dívida superior a 90% do PIB. Já está em 80%: R$ 4 trilhões. Crescimento? Insignificante: menos de 1% depois de anos de PIB negativo.

Fazer um livro artesanal é estar fora do sistema, diz Ilka Corado sobre sua editora

0

A escritora guatemalteca Ilka Oliva Corado, colaboradora da revista virtual Diálogos do Sul residente em Chicago, anunciou seu novo projeto: uma “editora artesanal”. Seu nome é Ilka Editorial. Consiste na edição e encadernação de seus próprio livros, utilizando recursos básicos, com o único objetivo de aproximar seus livros do leitor.

Predadores sexuais: “Papai, por que você me odeia?”

0

As crescentes revelações de casos de violação de bebês obrigam-nos a reagir. Os predadores sexuais são sujeitos normais, respeitados socialmente, amparados pelo sistema. Carolina Vásquez Araya* Algo muito ruim sucede com a espécie humana quando pais, irmãos, professores, líderes espirituais ou simples vizinhos são capazes de violar. Mas algo muito mais perverso se revela diante das agressões sexuais perpetradas contra seres tão indefesos como bebês, meninas…

Documento secreto dos EUA revela “Golpe de Mestre” já em curso contra Venezuela

4

Os Estados Unidos e seus sócios preparam, em silêncio, um brutal plano para “acabar com a ‘ditadura’ da Venezuela: o Golpe de Mestre”, que já está em marcha e cuja primeira parte começaria antes das próximas eleições venezuelanas, que serão realizadas no próximo domingo (20) e, se não tiverem êxito em derrocar o presidente Nicolás Maduro com a nova ofensiva, na qual utilizarão todo o…

O que o patriarcado deve a Evita Perón

0

Não há Perón sem Evita. Nem Perón nem o Peronismo existiriam sem Evita Perón. Evita é a poesia da rebelião dos povos. Ilka Oliva Corado* A história tem sido ultrajada desde a idade da humanidade por seres patriarcais, misóginos, homofóbicos, racistas, classistas, xenofóbicos, e no caso particular da América Latina, seres de mentes colonizadas têm se encarregado de invisibilizar mulheres como Evita, que nunca aceitaram o…

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade

2

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade. A irresponsabilidade na administração pública levou à quebra o Tesouro Nacional, ou seja, as contas a receber e a pagar do governo. Em termos empresariais, isso significa que o Estado faliu e deve mais de R$ 4 trilhões, quase 80% do PIB.

10 de Maio: Dia do Público e do Cineclubismo!

0

Hoje, 10 de maio, o movimento cineclubista internacional celebra em todo o mundo o Dia do Público! João Baptista Pimentel Neto* Diretamente vinculada à Campanha Mundial Pelos Direitos do Público, a criação e celebração desta efeméride resultou de proposta apresentada e aprovada pela FICC – Federação Internacional de Cineclubes pelo cineclubista brasileiro Felipe Macedo durante o VI EIAC / Encontro IberoAmericano de Cineclubes, organizado pelo CNC – Conselho Nacional de Cineclubes…

Documentário “O veneno está na mesa 2” questiona impacto do consumo de agrotóxicos

0

Diante da polêmica sobre as mudanças na Lei dos Agrotóxicos, propostas pela bancada ruralista, é fundamental assistir ao documentário “O Veneno Está na Mesa 2”, do cineasta Silvio Tendler, que joga luz e esclarece muitas questões relacionadas ao tema.

Povo informado é a arma mais poderosa, por isso recurso em desinformação é milionário

0

Os cidadãos têm a obrigação individual e coletiva de questionar, pesquisar, ler, divulgar e compartilhar informação uma e outra vez por vertentes diferentes, para que não se consiga apagar de uma só vez a Memória Histórica e para que sejam a memória individual e coletiva os eixos centrais da resistência dos povos que se negam a deixar-se enganar e pisotear. 

Os EUA já não são mais aquele… Até quando apoiaremos a maior força bélica da história?

3

costaOs Estados Unidos mantêm a maior força bélica jamais vista na história da humanidade. Forças terrestres, aéreas, navais, porta-aviões, bases militares, mísseis, foguetes, energia atômica e nuclear espalhadas pelo mundo. Para que serve tudo isso? A melhor pergunta é: quanto custa e como sustentar tudo isso? Paulo Cannabrava Filho* Eles são hoje o país capitalista que abriga o maior número de pobres, que tem o…

Contra ofensiva: A guerra é de pensamento

0

Ter melhores governos progressistas não é o fim desta história, mas uma oportunidade de completar condições que falta para empreender a próxima. Entre elas, rejuvenescer e fortalecer nossas capacidades para derrotar a contra ofensiva no campo da cultura política, o confronto ideológico e a comunicação persuasiva porque, como assinalou Martí: “é de pensamento a guerra maior que travamos, vamos ganha-la no pensamento”.

Dos campos às cabines de TV: as meninas também jogam (e entendem de) futebol

0

Eu cheguei nos Estados Unidos em novembro e nos primeiros dias de abril, quando começava a derreter a neve do inverno, saí para buscar trabalho nos campos de futebol. Levava comigo meu título de árbitra de futebol avalizado pela FIFA e uma carta de recomendação da Federação de Futebol da Guatemala.

Na América Latina, floresce uma primavera de milhões de Lulas 

4

Lula se encontra nos braços queimados dos que cortam cana de sol a sol, no lombo partido dos que carregam sacos nos mercados, nas mãos gretadas dos pedreiros, nas palavras dos diaristas. Nas mãos criadoras dos artistas de rua.

Stella Calloni: O assassinato da Justiça no Brasil. Um golpe no golpe?

1

Pode um Tribunal Superior Federal (STF) num país como o Brasil funcionar e julgar como se nada tivesse acontecido, depois de que pelo menos três generais, um deles o atual chefe do Exército, advertissem publicamente que se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não fosse preso, se veriam “obrigados” a dar um golpe militar?

Paulo Cannabrava Filho: Lula preso. E agora???

3

E agora? É o que todos perguntamos… Reagirá esse povo?
Vi esse povo chorar pelo Chico Viola (em 1952), vi esse povo chorar por Getúlio Vargas (em 1954) e não demorou muito para eu ver esse povo chorar por Tancredo Neves (1985). Agora, de novo, vejo esse povo chorar por Lula (e Lula não está morto) Será essa a sina de nosso povo: chorar por seus ídolos mortos, por presidentes mortos ou depostos?

A guerra comercial de Trump: a Volta do Cipó de Aroeira

0

A China hoje não é só a fábrica do mundo. É também o país mais rico do planeta. Esse país de cultura milenar, há séculos cultiva o hábito da poupança. Eles não precisaram de dinheiro externo para se desenvolver. Tem resistido até hoje às investidas do capital financeiro para entrar na economia. Sabem que isso seria danoso, pois tiveram a experiência da ocupação britânica, depois a japonesa. Estão vacinados.

Os juízes da Corte, a ditadura judicial e as eleições de 2018

2

Alguns vão dizer que o Toffoli, por ter sido nomeado por Lula, absolverá o réu. Outros dirão que é o plano estratégico da República de Curitiba para tomar o poder e transformar o país na primeira república causídica. Poderosos magistrados governando e legislando em causa própria. Uma ditadura judicial.

Os direitos dos demais, os humanos, e a condição fundamental da vida em democracia

0

O respeito pelos direitos humanos e todos os mecanismos para garantir sua proteção constituem um capítulo indispensável da vida de qualquer sociedade democrática na qual as ótimas condições de vida de seus membros representem um objetivo primordial para seus governantes.

Existir nesse mundo e a autenticidade de atrever-se a ser

0

Toda pessoa deve a si mesma a autenticidade de seu ser, de seu pronunciamento e das ações em sua vida e, com isso, da responsabilidade das consequências. Toda pessoa deve a si mesma a transparência de suas palavras embora a dor, a raiva, a urgência, a confusão, o desencanto, o transtorno e o vazio tratem de engoli-la para arrebatar nossa única e última resistência.

Do México ao Brasil, ofensiva neoliberal faz América Latina retroceder cem anos

2

As ingerências existirão sempre, e não serão apenas dos EUA e seus embaixadores, nem dos infiltrados de outros países; aqui a responsabilidade absoluta é dos traidores que vendem seu povo à melhor oferta. E é aos traidores que se deve julgar; e que apodreçam nas masmorras e sejam arrancados da memória coletiva.

21 fatos que provam a ocupação colonial das escolas brasileiras

1

Em complementação dos artigos anteriores sobre a recolonização do Brasil através dos grandes monopólios transnacionais, com a transformação da educação em mercadoria, aqui apontamos alguns exemplos de como se dá a ocupação das escolas pelos grandes monopólios e pelo capital estrangeiro

No Brasil, educação virou balcão de negócios com orientação do Banco Mundial e do BID

2

Educação deixou de ser direito humano e obrigação do Estado para ser negócio com objetivo de lucro. Esse novo mercado de educação básica, segundo o estudo da revista Época Negócios, “movimenta cerca de R$ 67 bilhões por ano, valor que ultrapassa a renda líquida do ensino superior, de R$ 55 bilhões.

Morre, aos 81 anos, Theotônio dos Santos, um dos criadores da Teoria da Dependência

0

O economista político e sociólogo brasileiro Theotônio dos Santos morreu nesta terça-feira (27), aos 81 anos, vítima de um câncer no pâncreas. Foi um dos formuladores da Teoria da Dependência, e um dos principais formuladores da Teoria do Sistema Mundo. Redação Natural de Carangola, interior de Minas Gerais, militou na Polop (Organização Revolucionária Marxista Política Operária). Foi um dos fundadores da Revista Diálogos do Sul e…

Brasil supera imperialismo dos EUA e volta a ser colônia – dos EUA

11

Já não se trata mais de ser contra o imperialismo ianque. Já foi ultrapassada essa fase. Agora, se trata de lutar contra uma ocupação colonial. Se trata, portanto, de desencadear uma luta de Libertação Nacional para conquistar uma verdadeira independência. Paulo Cannabrava Filho* Como ocorreu e, como ocorre, essa ocupação? É mesmo uma colonização? Foi um processo longo e paciente. Começou em 1964 com a…

Sociedades em decadência

0

A cada dia, apressadamente, com a urgência da destruição, característica principal da humanidade que conformamos, estamos nos convertendo em bagaço de uma sociedade em decadência. Por Ilka Oliva Corado* Acreditamos que somos superiores à natureza que nos criou e a atacamos constantemente buscando acabar com ela e eliminar da face da terra todo o vestígio staque sua existência. Cremos, absurdamente, que sobreviveremos sem ela e seu…

Nós, os trabalhadores, e a farsa do rombo da Previdência

2

Gente…. esse nosso país, país da piada pronta, é mesmo surreal. À margem de toda insegurança jurídica criada por um bando de advogados vende-pátria, está todo mundo calado diante da farsa montada em torno da Previdência Social. Farsa cujo único objetivo é privatizá-la, o que é o mesmo que acabar com a aposentadoria dos pobres. Não acreditam? Visitem o Chile… Paulo Cannabrava Filho* Agora, vejamos.…

Quando é que a esquerda latino-americana vai se unir?

0

A esquerda latino-americana deve reagir, deixar de lado esse machismo rançoso, deixar esse egocentrismo podre e buscar a unidade, ou ficar completamente de lado e não estorvar e deixar que aqueles que têm a capacidade, a coragem e o amor à terra ocupem seu lugar. Porque já não se trata de protagonismos, se trata de resistência, de salvar as juventudes do decaimento e de recuperar a soberania de uma região que está sendo devorada pelas aves de rapina.

PSDB: Antes que o muro despenque…

0

…pasmos com a volta das arcaicas expressões sobre se “caiu a ficha, ou não”; os cabeças brancas do psdb, tão obsoletas qto um orelhão depredado, fingem falsos debates no partido sobre o “fica-não-fica” na continuidade do golpe temerário… tt Catalão* …uns optam pelo pé na cova do Aécio por absoluta falta de opção, outros julgam q ainda há o q se oferecer como “alternativa segura”,…

Choque entre Leis e Justiça

0

Caso houvesse honestidade não seria necessário a aprovação de tantas leis. Há milhares de leis no Brasil, considerando as leis municipais, estaduais e federais, além de decretos, normas, portarias e regulamentações. Há leis inúteis! Por exemplo, alguém já foi punido porque atravessou fora da faixa de pedestre?

Pagu, a Patrícia Galvão

0

Pagu tinha um aguçado instinto de independência. Também era dona de uma fantástica cabeça multimídia, mais de meio século antes dessa palavra fazer sentido. Pagu pensava com palavras, imagens, gestos e muita ação. Pagu desenhava, Pagu escrevia, Pagu agitava. Fernanda Pompeu*

América Latina, rebelde e resistente

0

Porque a América Latina é milenar: com raiz de carvalho, guanacaste e cacaueiro. Com frutos de memória, consciência e dignidade. Mesmo que os traidores afirmem o contrário, América Latina, originária é fogo de lenha em casa de operário. É a foice, a enxada e o facão do lavrador. Ilka Corado*

Ciberguerra

0

“São muitos os autores que conformam um quase consenso de que a crise atual, mais que una crise sistêmica, é una crise civilizatória. Chega-se a essa conclusão pelo somatório das interpretações da conjuntura global. A crise é sistêmica e cíclica porque se esgotaram os paradigmas. A crise é moral porque se perdeu o sentido ético nas relações humanas. É assim que eu a entendo, o…

Ara San Juan 8: O povo quer saber

0

“O trágico desaparecimento do submarino ARA San Juan coloca dois aspectos chaves: um, a busca contra o tempo quando existe a mínima possibilidade de uma “sobrevivência extrema” da tripulação e saber o que é que aconteceu de verdade. Também deverão responder se estavam sendo realizadas as manobras Cormorán”. Stella Calloni*

A farsa do dia de Ação de Graças

1

Amparados numa história falsa, escrita pelos genocidas que invadiram estes territórios e exterminaram os nativos do norte do continente, celebra-se a cada novembro o Dia da Ação de Graças. Esse dia deveria ser lembrado como o Dia do Genocídio Caucasiano contra os nativos norte americanos. Ilka Oliva Corado*

Pelo Dia Nacional da Consciência Negra

0

Alguém dirá que todo dia é também dia de branco, mas, também de branco-negro-índio, ou de índio-negro-branco, ou negro-branco-índio como bem definiu o nosso povo latino-americano o peruano estudioso da cultura negra Nicomedes Santa Cruz. Contudo, o dia é da consciência negra e é sobre isso que devemos refletir.

É primavera, Madá!

0

Isso me fez lembrar um personagem de Jô Soares, Sebastien, “o último exilado” em Paris. Em um programa de televisão, já nos estertores da ditadura, ele ligava para sua mulher no Brasil, Madá querendo saber como estava o país.

O encantamento do Che

0

Brilham seus olhos quando falo do Che, com só ver os sapatos que tinha no dia de sua captura, da pra compreender a grandeza imortal de um ser humano que era mais avançado que a época que lhe tocou viver, e que deixou tudo para ir em busca da liberdade dos povos.

O Manifesto das Pequenas Baixezas

0

Assim como saiu o Cunha e ficaram os por ele cunhados, assim não cai o Temer pq não saem seus tutores aliados mestres originais, mantem-se o crime, consolidado por omissão e conveniência, recebe aval para mais crimes…tt Catalão*

Quando sempre temos que usar o hífen

0

O Acordo Ortográfico entrou em vigor em 2009. Seu objetivo é unificar a ortografia (o modo como se escrevem as palavras) entre os 8 países que usam o português. São eles, Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste. Fernanda Pompeu*

A Soberania Nacional violada e ninguém protesta

0

Defender a soberania é defender em primeiro lugar o povo pois não existe nação sem povo, e sem povo se perde o conceito de nacional. Para recuperar a soberania é preciso devolver às pessoas a capacidade de pensar criticamente, formar os quadros com consciência nacional. Paulo Cannabrava Filho*

Brasil: Nem a plutocracia aguenta mais

0

Reflexões sobre a proposta da Frente Parlamentar Mista de Defesa da Soberania Nacional do Brasil. Paulo Cannabrava Filho* O vetusto “Estadão” (O Estado de São Paulo) diário da oligarquia transformado em porta-voz do pensamento único, em editoriais de sábado e de domingo, lasca o pau nos erros cometidos pelo supremo procurador geral Rodrigo Janot. “Açodamento” no acordo com Batista, “ação descuidada atrapalhou a vida de…

Teremos 1964 de novo?

2

Uma Frente em Defesa da Soberania Nacional e do Estado de Direito, para ser verdadeiramente ampla tem que contar com o apoio e participação ativa dos militares. Se a esquerda e os democratas não forem capaz de se unir para salvar o país, estamos fritos e a culpa será nossa.

José Dirceu, preso político

1

“José Dirceu não seria condenado sequer a uma pena alternativa, mas no caso do “mensalão” foi condenado com base num numa incabível e deformada “teoria do domínio do fato”. afirma o jurista José Roberto Batochio.

Proibida

0

a fome deveria ser proibida, a exploração censurada, a mentira banida, a traição desmascarada a mídia desmentida a estima recuperada a riqueza dividida a natureza recuperada a ousadia absolvida a hipocrisia quebrada a fraternidade acolhida a omissão ensacada a boa nova renascida a maldição despachada…. . …a quadrilha q sequestrou o brasil, destituida…e toda canalha… enjaulada… tt Catalão!

Em carta à OEA, Stella Calloni dá aula sobre América Latina

0

A jornalista e escritora argentina Stella Calloni escreveu uma carta aberta ao Secretário Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, uma verdadeira aula de história sobre Nossa América, que deve ser lida por todos os que vivem nesta região e não aceitam a manipulação da informação diária produzida pela mídia comercial conservadora.

O neocolonialismo no Panamá

0

La Estrella de Panamá, o jornal mais antigo do país e um dos mais antigos de Nossa América, teve sua morte decretada por Washington mas resiste e requer a solidariedade continental. Trata-se de um jornal tradicionalmente de centro que nunca negou espaço para o pensamento de esquerda.

A guerra dos EUA contra a Venezuela

0

“O sistema de poder estadunidense se vale de sanções unilaterais extraterritoriais, financiamento econômico de organizações na Venezuela com fins terroristas, bloqueio financeiro, ameaças de intervenção militar, entre outros”.

Reforma trabalhista na Espanha e no Brasil

0

A reforma trabalhista que está sendo imposta aos trabalhadores brasileiros pela dupla Temer/Meirelles tem como modelo a reforma elaborada pelos dirigentes da OCDE e que, com aprovação do FMI, foi aplicada na Espanha. Tanto lá como cá, a reforma tem apenas um objetivo fortalecer a ditadura do capital financeiro e ampliar os ganhos dos rentistas. Todo o resto não passa de falácias. Paulo Canabrava Filho*

O Marxismo de José Carlos Mariátegui

0

Nesse momento em que a perplexidade domina grande parte da intelectualidade e movimento sociais, inclusive dos partidos que se consideram de esquerda ou democráticos e progressistas, que parecem perdidos diante da conjuntura, Sara Beatriz Guardia nos brinda com uma clara síntese do pensamento de José Carlos Mariátegui. Publicamos e recomendamos sua ampla difusão como contribuição ao debate necessário para a retomada de um pensamento de…

Democracia ou Plutocracia?

0

Plutocracia, segundo o Aurélio 1 – Poder da riqueza e do dinheiro 2 – Dominação dos homens ricos Democracia, no mesmo dicionário 1 – governo em que o povo exerce a soberania, direta ou indiretamente 2 – Partido democrático 3 – O povo (em oposição a aristocracia) Ditadura – 1 – governo de ditador. 2 – Absorção do poder legislativo pelo poder executivo Paulo Cannabrava…

O Planeta não cabe no Mundo de Trump

0

Sim, o “Planeta não cabe no mundo de Trump”! João Baptista Pimentel Neto* – com a fundamental colaboração da arte e do ativismo de Vanderlei Dos Santos Catalão (tt Catalão). Foi uma semana marcada por fatos que comprovam definitivamente que “O planeta não cabe no mundo de Trump”. É isso ao menos que indicam as reações nacionais e internacionais às atitudes e patetices verbais praticadas por Donald Trump. De…

Miguel Urbano Rodrigues, 02/08/1925 – 27/05/2017

0

ODiario.info comunica aos seus leitores e amigos a morte do seu fundador e editor Miguel Urbano Rodrigues. Nascido em Moura, Alentejo, em 1925, filho de pai jornalista e escritor, no seio de uma família de agricultores abastados de tradição republicana, experimentou a implantação da ditadura do “Estado Novo”, enquanto colhia a influência e inspiração das gentes insubmissa de sua terra. Miguel Urbano Rodrigues cursou a…

Frente à terceirização total, cabe aos trabalhadores a tomada do Estado

0

Em um contexto de globalização financeira, a precarização da mão-de-obra é determinada a partir da ofensiva sobre os direitos trabalhistas, com mais exigências feitas aos trabalhadores, sem que isso corresponda a maiores ganhos, melhores condições de trabalho ou ainda menor jornada. Uma das facetas mais cruas de tal precarização se define com a terceirização, sobretudo das chamadas atividades-fim.

O papel desonesto da OEA

0

Da Venezuela ao México e ao Brasil. Nils Castro* Na quarta-feira, 24 de maio, milhares de brasileiros ocuparam Brasília reclamando a renúncia do presidente de fato Michel Temer e a convocação imediata de eleições diretas para eleger um sucessor. O mesmo ocorre há várias semanas em todas as cidades importantes do país. O novo agora foi que por trás da imensa repressão policial contra os…

América Latina: Militarização continental viola soberania

1

Argentina está se armando até os dentes. Para que? Para reprimir o povo. Não se trata de intenção de ir à guerra, posto que não tem inimigos externos e está sob a proteção das potências imperiais. Além do mais, o que estão comprando é puro ferro-velho estadunidense e israelense. Materiais descartáveis utilizados nas agressões e conquistas territoriais de Estados Unidos e Israel. Paulo Cannabrava Filho*…

A família tradicional como imposição

0

Desde o princípio dos dias, o sistema patriarcal nos impôs até a forma como devemos andar ou sentar, tudo a respeito do papel de gênero e sem falar de comportamentos, que vêm por categorias dependendo dos estereótipos e preconceitos; que vêm por padrões de criação ou que nós, até mesmo antes de aprender a falar optamos por patenteá-los como próprios ou convenientes. Ilka Oliva Corado*…

Vergonha do jornalismo nacional

0

Vergonha do jornalismo nacional. Chegar a quase 60 anos de profissão e assistir o massacre da ética no jornalismo é demasiado triste. Paulo Cannabrava Filho Em nome de uma pretensa liberdade de imprensa cometem as mais deslavadas violações da ética profissional, de preceitos constitucionais, de direitos cidadãos. Estão cometendo um verdadeiro linchamento mediático e isso é crime. Pré Julgaram e julgaram a cidadãos violando preceito…

MIDTOX – A Série

0

“É óbvio que há exceções, mas a regra asfixia algumas boas intenções”. tt Catalão* vacine-se proteja-se resguarde-se exorcize-se defenda-se preserve-se cuide-se guarde-se liberte-se respeite-se MIDTOX – a série desde Maio 68/Paris… só vê o q interessa só pública o q pagam só ouve o q controla só fala o q encomendam (é óbvio q há exceções, mas a regra asfixia algumas boas intenções) *tt Catalão,…

França: Lá como aqui, c’est tout la même chose

0

Nas eleições da França ganhou Macron, o menos pior. O povo vai ter que comer o pão que o diabo amassou. Desemprego, empobrecimento da classe média, aumento da marginalização social nas periferias urbanas e, pior, o avanço do pensamento único imposto pelo capital financeiro. O banqueiro chegou agora ao cume do poder. Paulo Cannabrava Filho* O que ocorre na França, já foi dito aqui por…

Deus criou o mundo, o diabo criou a cerca…

0

..não é “sessão da tarde” de um faroeste barato onde entre pipocas e refris uns torcem pelos “bandidos” outros pelo “mocinho”…é vero…a nuvem não era pajelança era gás lacrimejante… ….aconteceu nos gramados de Brasília, foi mais um confronto explícito na cara das lentes e alimentado pela omissão do Estado (esse choque foi registrado embora, todo dia, aconteça o extermínio longe das cameras)…. …enquanto isso, em…

Paulo Cannabrava: jornalismo contra o pensamento único

0

Havana, 02 maio (Prensa Latina) – Os meios alternativos e as redes sociais constituem o único respiro à asfixia midiática imposta pelos grandes meios de comunicação, afirmou o jornalista e analista brasileiro Paulo Cannabrava, em visita a Havana. Jorge Luna* Entrevistado pela Prensa Latina, lembrou que a grande mídia, que abarca rádios, redes de televisão, jornais e revistas, foram transformados em porta-vozes do pensamento único imposto pelo capital financeiro. O diretor…

Insegurança jurídica e a estratégia do caos

0

Dias sombrios nos esperam. O que esperar de um judiciário que é o mais caro do mundo? O que esperar de um legislativo que é o mais caro do mundo? Paulo Cannabrava Filho* Desde os tempos coloniais, passando pelos tempos em que isto aqui foi reino e império, atravessando a república dos coronéis dos latifúndios até a nova e a novíssima República, advogados e juízes…

Galeano por tt Catalão

0

Existem os dentes, e não se juntam na boca? Existem os dedos, e não se juntam na mão? Juntamos: e não apenas para defender o preço de nossos produtos, mas também, e sobretudo, para defender o valor de nossos direitos. Estão juntos, embora de vez em quando simulem rixas e disputas, os poucos países ricos que exercem a arrogância sobre todos os demais. … Sua…

Atualidade de Mariátegui

0

Em Lima tinham-me falado da importância de Mariátegui. No limiar do século XXI a própria direita peruana reconhece a dimensão de grandeza do autor dos Siete Ensayos. E os comunistas da América Latina vêem nele o introdutor do marxismo no Continente. Miguel Urbano Rodrigues*

A dignidade imprescindível do povo equatoriano

0

Nestes momentos de alegria e festa na América Latina pelo triunfo da Aliança País, é necessário recordar que tudo na história contemporânea teve início com o sonho de um “Ninõ Arañero” (1) (moleque bamba), vendedor de doces de mamão nas ruas de sua terra natal Venezuela. Resumo sua origem porque somos feitos de Memória Histórica e identidade. Meninos como Chávez nascem um a cada quinhentos…

O 1º de Abril de 1964 e eu

6

Não te rendas jamais, nunca te entregues, foge das redes, expande teu destino. Eduardo Alves da Costa, poeta rebelde brasileiro Paulo Cannabrava Filho* Num dia 1 de abril, como hoje, há cinquenta e três anos, cheguei para trabalhar, na Última Hora de São Paulo, o jornal estava cercado por tropas. Tropas do II Exército, comandadas pelo general Kruel, compadre do presidente João Goulart que estava sendo deposto. Este…

Álvaro Lins

0

Encontrei pela primeira vez Álvaro Lins em São Paulo, em l960. Tinha-lhe escrito quando ele era embaixador em Lisboa e concedera asilo ao general Humberto Delgado. A decisão, tomada sem consulta a Brasília, desagradou ao Governo de Juscelino Kubitschek e enfureceu Salazar. Miguel Urbano Rodrigues* A sua resposta à minha carta comoveu–me. A empatia, quando o abracei pela primeira vez, foi imediata. E evoluiu rapidamente para…

Golpe no Brasil: juventude está farta de diagnósticos, é chegada a hora dos prognósticos!

1

Não basta indignar-se, é preciso rebelar-se; não basta rebelar-se, é preciso organizar-se. Paulo Cannabrava Filho* Foto: Glória Flugel “Nós ficamos aqui conversando e eles lá fazendo as leis, fazendo o que bem entendem, como lhes dá na gana, sem que nada aconteça. Se a gente protesta, vem repressão. Aliás, nem precisa protestar, basta divergir, basta sair para a rua para reivindicar alguma coisa que vem…

Meio século depois: Tolstoi e a Revolução

0

Percorrendo a estrada de muitos rencontros com autores que descobri na juventude, reli nas últimas semanas O Caminho dos Tormentos, de Alexei Tolstoi. Miguel Urbano Rodrigues* Lido em Conakry em l961, provocou em mim o terremoto interior que infletiu o rumo da minha vida. O choque emotivo e ideológico desencadeado pela trilogia de Alexei Tolstoi conduziu-me à opção comunista e ao combate político pelo socialismo.…

Teixeira Gomes e o envelhecimento

0

“E a parte mais dolorosa da senilidade consiste em assistir, consciente mas impotente, à nossa própria ruína mental! (…) a vista já muito mal me serve e a minha memória é um vidro transparente onde logo se apaga tudo quanto nela se reflete”. Miguel Urbano Rodriguez* São palavras de Teixeira Gomes, anotadas em 1938 no quarto do hotel em Bougie onde faleceu em 1941. Tinha…

Água e Cooperação

0

TT Catalão* Quem ainda acha que esse papo “alarmista” de meio ambiente é coisa de “eco-chatos”, saiba que há pensadores e artistas no Brasil além da denúncia que praticam ações na vida real das políticas e técnicas e na vida simbólica da arte e cultura pode baixar o livro-pdf  em CLIC AQUI! Livro Água e Cooperação – v.a. (port-engl) reflexões, experiências e alianças em favor…

Le fil rouge – Una saga revolucionária

0

LE FIL Rouge** (O Fio Vermelho) é uma saga. Apresenta-se como romance, mas enquadra-se mal nesse gênero literário. Miguel Urbano Rodrigues* Gilda Landino Guibert escreveu um poema revolucionário em prosa que projeta os leitores para cenários de luta pela liberdade e pela transformação do mundo. O sujeito é simultaneamente individual, uma família, e coletivo, os italianos de aldeias da Toscana que se bateram contra o…

As mulheres em seu discurso histórico e a independência

1

Como é possível conhecer a participação das mulheres no movimento de independência se suas pegadas foram apagadas, ficaram esquecidas, minimizadas? Sara Beatriz Guardia* Até inícios do século XX, as mulheres que aparecem no discurso histórico são excepcionais por sua beleza, virtudes e heroísmo. Todas as demais não existem em uma história fundada em personagens da elite, batalhas e tratados políticos; uma história que registra…

Valeu, Raduan

0

em meu ultimo esforço d lucidez coercitiva – a alguns minutos antes d mergulhar na anarcogreve geral d momo – tt.Catalão* recorro aos mentores do éterespaço para uma conversa ectoplasmática com Camões (involuntariamente citado na premiação d Raduan sob constrangedor laudatório golpista)… eis o recado do mestre a Raduan Nassar o escritor q não se calou (raro) e o zap recebido do Ministério… …

Em Paris pela última vez

0

Quando alguém tem uma profunda consciência histórica -como é o caso de Miguel Urbano- mesmo as reflexões mais íntimas e pessoais têm o cunho não apenas de um ser humano individual, mas o de um tempo comum. A sua história pessoal nunca foi e nunca é apenas pessoal. Miguel Urbano Rodrigues* Mais de uma vez ao longo da minha extensa vida, na despedida de uma…

Miguel Urbano Rodrigues: Istambul, cidade mágica

0

Tenho dificuldade em encontrar palavras para expressar o que senti ao chegar a Istambul pela primeira vez. A cidade, fundada há 25 séculos, fascinou-me. Transcorrido mais de sessenta anos, Istambul continua a ser para mim enfeitiçante. Miguel Urbano Rodrigues* Voltei agora em fevereiro para mais uma despedida. Passaram apenas cinco anos desde a última visita. A primeira surpresa foi rever Santa Sofia, hoje  museu. Tinha esquecido…

Eike Batista: O crime do colarinho é branco

0

Quantos Eikes o povo carrega sem saber? tt Catalão* onde vai dar esse bonde? pra cada eike pego uma rede de eikes se esconde O crime do colarinho é branco pois é: na terra em q os infames porões dos navios negreiros se multiplicam em prisões infectas, injustas e desumanas…. …saibam q o perfumado crime bilionário do colarinho É BRANCO: geralmente impune ou acobertado pelo…

Quem tem medo de Donald Trump?

1

Reflexões sobre a vitória de Donald Trump e sua repercussão aqui e no mundo. Paulo Cannabrava Filho* Um dia desses, conversando com nossa equipe de jornalismo, riamos ao constatar que as notícias dominantes na mídia sobre Estados Unidos mais pareciam vir de uma república bananeira: as “Banana’s Republic”, Estados sem condições de estabilidade econômica e política devido à ingerência externa. Primeiro sintoma: a unanimidade da…

Losurdo e a atualidade da luta de classes

0

Losurdo é um comunista hoje pouco comum. Decepcionado pelo defunto PCI e pela Rifondazione Comunista, aderiu ao jovem Partido dos Comunistas Italianos. Miguel Urbano Rodrigues* Rejeita qualquer modalidade de dogmatismo e revisionismo. Fiel aos ensinamentos de Marx e Lênin, distancia-se do reformismo e do dogmatismo subjetivista (bem caracterizado por Gyorgy Lukács) que durante décadas atingiu muitos partidos comunistas que, afirmando ser marxistas-leninistas, negavam na práxis…

Certas lágrimas

0

tt Catalão* Certas lágrimas abateu-se sobre o brasil um pesar produzido cirúrgico – pêsames induzido… certas lágrimas, da dor apócrifa, soam como lâminas hipócritas Réus e Juízes pelo poder eles levam tudo às últimas inconsequências *Vanderlei Dos Santos Catalão, (tt Catalão) é poeta, artista visual e artivista cultural. Colabora com a Diálogos do Sul*

Os povos da Ex URSS

0

O desaparecimento da União Soviética – URSS foi uma tragédia para a Humanidade. Foi acelerada pela traição de Gorbatchov e pela guerra não declarada do imperialismo norte-americano, mas numerosos outros fatores contribuíram para ela. Para a tentarmos entender, e também a para tentarmos entender a Rússia contemporânea é imprescindível, nomeadamente, um conhecimento mínimo da história dos povos que habitam o seu gigantesco território. Miguel Urbano…

De Eduard Bernstein ao novo reformismo-revisionismo

0

Após a proclamação do Império Alemão, Bismarck sentiu a necessidade de enfrentar sem repressão a combatividade da classe operária. Foram aprovadas leis que melhoravam sensivelmente a qualidade de vida dos trabalhadores. Miguel Urbano Rodrigues* O Partido Social Democrata alemão-SPD, que era marxista e uma referência para todos os partidos revolucionários da Europa, uma vez legalizado, cresceu muito numa época em que a Alemanha se tornara…

Vovó Serafina revela TôPasma!

0

As pasmices de vovó serafina (a série) tt Catalão* Vovó Serafina esta pasma perplexa apoplética abduzida chocada com a declaração do Gilmaudades Mendes q alega ser ilegal o vazamento da odebrecht sobre o pmdbesta e os q se acham psdbest… Santa Carupita! Vovó Serafa: “gravaram uma presidenta legitimamente eleita em plena vigência do cargo e gilmauzinho calou-se con-ve-ni-en-te- mente…e como mente, esse moço!” vovó sarafina envia…

Fidel Castro: Se fue el compañero

0

Creio que o maior legado de Fidel Castro é ter ensinado ao mundo o que é ser companheiro. Paulo Cannabrava Filho* Mal interpretado por muitos, talvez o único que realmente bem interpretou Fidel Castro foi ele mesmo. E deixou isso muito bem explícito em sua obra. Em discurso em Santa Clara, por exemplo, em comemoração à batalha decisiva travada pelos guerrilheiros contra o exército de…

Geddel ou Operação Vista Grossa – IPHAN resiste

0

ahh! cultura quem te atura? sempre ela a incomodar o coro dos contentes, logo ela maltratada, contingenciada, desesperada para pagar um edital, atrasada para honrar compromissos com as bases, relegada a segundo plano pelos núcleos duros d decisão dos poderes… tt Catalão* #forageddel …mas aí está ela…na vanguarda contra o cinismo golpista q fica mais explícito a cada dia: uma quadrilha assaltou o poder sob…

Converter indignação social em militância política

0

A atual ofensiva da direita evidencia o fiasco da ideia de somar forças mediante a conciliação com elementos da direita econômica e seus representantes políticos. O que faz recordar que o poder do Estado se busca para vencer a classe dominante, não para dormir com ela. Desenvolver um processo revolucionário implica transformar indignações sociais em movimentos políticos; isto requer a formação de novos contingentes de…

Esquerda e nacionalidade na América Latina e Caribe

0

De Bolívar uma sentença para os séculos: “Divididos seremos fracos, menos respeitados… a união fará nossa força e seremos todos formidáveis”. No livro “Esquerda e nacionalidade na América Latina e Caribe”, lançado em Porto Rico por Nils Castro, pensador panamenho e colaborador de Diálogos do Sul. Rubén Berríos Martínez* Neste livro, Nils Castro coloca a serviço dessa grande verdade seu amplo conhecimento das diversas lutas…

Daniel Ortega traiu a Revolução sandinista

0

A trajectória pessoal e política de Ortega, agora reeleito presidente da Nicarágua, é um caso de estudo. De dirigente da luta armada anti-somozista a possuidor de uma fortuna pessoal que supera a que o próprio Somoza extorquiu ao seu povo, de lutador pelo socialismo a patriarca de uma família de oligarcas, o sucesso de Ortega é o insucesso da libertação do seu povo. Miguel Urbano…