Dialogando

Os deuses das trevas: Kissinger, Pinochet e Banzer

0

Martin Almada*  À luz dos fatos, percebe-se que houve, na execução da “Operação Condor”, uma divisão de trabalho. 1) O ideólogo do plano criminoso foi Henry Kissinger, então secretário de Estado norte americano; 2) Coube a Pinochet a tarefa de limpeza comunista do aparelho de estado, sociedade civil e política. E, dentro desta concepção, dar apoio solidário aos outros países do Cone…

Read More

Como não ser político?

O Brasil passa hoje por uma de suas piores crises políticas. A descoberta dos esquemas milionários de financiamento de campanhas eleitorais, trouxe aos olhos de todos quanto está atrasada a relação eleitor e candidato, e como o dinheiro é fundamental em mais de 90% das vitórias. Roberto Casseb* Esse cenário surreal na verdade levou o povo a uma revolta e uma…

Read More

Pagamentos por serviços ambientais favorece mercado financeiro

A Lei nº 2.308, de 22 de outubro de 2010, do Estado do Acre, que cria o Sistema Estadual de Incentivos a Serviços Ambientais (SISA), o Programa de Incentivos por Serviços Ambientais (ISA), Carbono e demais Programas de Serviços Ambientais e Produtos Ecossistêmicos parece já manifestação da economia verde, antes que este conceito fosse badalado na Rio+20. Amyra El Khalili…

Read More

Marielos e os dinossauros

Não é um regresso aos anos 70. Em realidade, eles nunca foram plenamente superados. Carolina Vásquez Araya* As estratégias de intimidação contra quem trabalha por avanços tão importantes como o estabelecimento de um melhor sistema de justiça e contra a impunidade, nunca desapareceram. Pelo contrário, parecem se intensificar na medida em que começam a ser vistos os primeiros resultados do…

Read More

O Marxismo de José Carlos Mariátegui

Nesse momento em que a perplexidade domina grande parte da intelectualidade e movimento sociais, inclusive dos partidos que se consideram de esquerda ou democráticos e progressistas, que parecem perdidos diante da conjuntura, Sara Beatriz Guardia nos brinda com uma clara síntese do pensamento de José Carlos Mariátegui. Publicamos e recomendamos sua ampla difusão como contribuição ao debate necessário para a…

Read More

Reestruturação da Operação Condor

Não importa quem seja o presidente de turno, o sistema capitalista é o mesmo. A cada mudança de administração são realizados reajustes, provocados mais pelo ego de cada presidente, porém a Operação Condor é a mesmas, não se move de lugar, está instalada de forma permanente. O que ocorre são reajustes de acordo ao tabuleiro político do neoliberalismo e do…

Read More

Guatemala: Nem com água benta se limpam as manchas

Só se pode melhorar a imagem governamental adotando as decisões corretas. Carolina Vásquez Araya* A campanha de imagem que o governo da Guatemala contratou de uma empresa estrangeira, na realidade é uma medida desesperada para manejar à grave crise de credibilidade da atual administração. Aparentemente, trata-se de uma estratégia para consolidar laços entre o governo e as instâncias legislativas estadunidenses,…

Read More

Curuguaty: Após 5 anos, paraguaios retomam luta por Justiça

0

Manifestantes condenam desgoverno Cartes e defendem imediata libertação dos presos políticos. Leonardo Wexell Severo, de Assunção especial para Diálogos do Sul* “Camponês sem terra não é camponês. Queremos plantar feijão, mandioca e milho, para que todos tenham o que comer. Graças às pessoas que nos apoiam frente à injustiça, não conseguiram e nem conseguirão matar nossos sonhos. Nós somos presos…

Read More

Trump/Cuba: Discurso demagogo e idiotizado quando o rabo está preso

Trump em Miami fez o discurso idiotizado, demagogo e notadamente midiático, para desviar a atenção de seu rabo preso com suas ações de impedir as investigações internas, que vem sendo realizadas pelo Congresso Americano e que poderá leva-lo ao Impeachment. João Vicente Goulart* Em um ambiente altamente favorável as suas bravatas, com exilados anticastristas em Miami, Trump declara cancelado o…

Read More

Cracolândia: Viciados não se combate com repressão

Fico preocupado com o ser humano quando ouço coisas do tipo “Bêbado e Drogado não prestam. São todos bandidos. Deviam ser presos”, etc, etc, entre outras bobagens. Roberto Casseb* Conheço alcoólatras, usuários de drogas, já fui a reuniões dos Alcoólicos Anônimos, visitei centros de recuperação de usuários de drogas, ouvi histórias tristes e a luta dessas pessoas para saírem desse…

Read More

Resistir, resistir, resistir

0

Teria sido tão fácil para a Cristina no dia seguinte ao fim do seu mandato agarrar suas coisas e viajar para o exterior; já havia cumprido o que lhe correspondia como chefe de governo. A mesma coisa podia ter feito Dilma quando lhe deram o golpe de Estado, o que era mais fácil: ir embora sem olhar para trás. Mas…

Read More

Fernando Haddad: A versão dos fatos

0

O longo artigo que o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, publicou na revista Piauí sob o título “Vivi na pele o que aprendi nos livros” (1) merece ser lido e comentado, pois suscita diversas questões. Ricardo Carlos Gaspar* Em primeiro lugar, pois Haddad figura entre as novas e promissoras – infelizmente escassas – lideranças do país. Sua postura pública tem…

Read More

Um laivo de esperança no Peru

A crise do socialismo nos anos 1990 trouxe catastróficas consequências em todos os países. O Peru não foi uma exceção. Surgiram vozes, inclusive no interior das filas do PCP que asseguraram que o Partido Comunista tinha sido “criação de Ravines”, a quem consideraram o expoente do “seguidismo”. Gustavo Espinoza M.* Reivindicaram então que a crise nos obrigava a “voltar à…

Read More

Os indocumentados na administração Trump

0

Qualquer forma de lucrar a custas do suor dos imigrante indocumentados é uma pechincha. É um negócio rentável como o de tráfico de pessoas para exploração sexual, trabalho escravo ou tráfico de órgãos. Por isso são os que mais sofrem, são os párias. Quem os defende? Ilka Oliva Corado* É uma ingratidão o que fazem os meios de comunicação ao…

Read More

Economia Verde: O sub prime ambiental

Nenhum problema pode ser resolvido pelo mesmo estado de consciência que o criou. É preciso ir mais longe. Eu penso 99 vezes e nada descubro. Deixo de pensar, mergulho num grande silêncio e a verdade me é revelada. (Albert Einstein) Amyra El Khalili* O sistema financeiro internacional está em crise, enfrentando sérios problemas de credibilidade por fraudes e corrupções denunciadas…

Read More

Democracia ou Plutocracia?

Plutocracia, segundo o Aurélio 1 – Poder da riqueza e do dinheiro 2 – Dominação dos homens ricos Democracia, no mesmo dicionário 1 – governo em que o povo exerce a soberania, direta ou indiretamente 2 – Partido democrático 3 – O povo (em oposição a aristocracia) Ditadura – 1 – governo de ditador. 2 – Absorção do poder legislativo…

Read More

O controle versus o descontrole dos negócios públicos

Os residentes no Brasil estão horrorizados com os vergonhosos escândalos e a roubalheira dos políticos brasileiros. Profa. Guilhermina Coimbra* Os políticos brasileiros demonstraram em cadeia nacional e internacional – exibida pelas TVs brasileiras para o mundo – a forma como vêm ocupando o tempo de trabalho nas respectivas legislaturas. Quase sem exceção, fazem conchavos, pactos, acertos, como modo e formas…

Read More

A difícil reinvenção da democracia frente ao fascismo social

Entrevista especial com Boaventura de Sousa Santos Ricardo Machado* A democracia tornou-se uma daquelas palavras vazias de sentido. Como é usada para descrever tudo aquilo que não é um regime político autoritário, tendemos a não ver os tons de cinza entre o branco e negro. “Para uns, a democracia realmente existente está de tal modo descaracterizada que só por inércia ou…

Read More

Eleitores jovens se afastam da democracia tradicional

0

Em quase todos os países os eleitores mais jovens não comparecem às urnas, isso cria as distorções que elegeram Donald Trump nos EUA e retiram a Inglaterra da União Européia Roberto Savio* Após a votação do Brexit, milhares de jovens protestaram nas ruas de Grã-Bretanha expressando seu desacordo em sair da União Europeia. No entanto, segundo as pesquisas, se os…

Read More

A esquerda confusa

0

Existe na América Latina uma esquerda confusa. Antes das eleições presidenciais no Equador, essa mesma esquerda reafirmava que o ciclo progressista estava por chegar ao fim. Amauri Chamorro* São os mesmo que saem de perto na hora de defender o legítimo governo do presidente Nicolás Maduro que está a enfrentar uma nova ofensiva da direita assassina Venezuelana. A esquerda confusa…

Read More

O Planeta não cabe no Mundo de Trump

Sim, o “Planeta não cabe no mundo de Trump”! João Baptista Pimentel Neto* – com a fundamental colaboração da arte e do ativismo de Vanderlei Dos Santos Catalão (tt Catalão). Foi uma semana marcada por fatos que comprovam definitivamente que “O planeta não cabe no mundo de Trump”. É isso ao menos que indicam as reações nacionais e internacionais às atitudes e patetices verbais…

Read More

A cultura do verbo

Que fácil é opinar para resguardar a si próprio e despedaçar o alheio. Carolina Vásquez Araya* Uma das minhas experiências mais dolorosas foi observar através da televisão as horrendas cenas em que aparecem os corpos queimados de 41 meninas em um refúgio para menores administrado pelo Estado da Guatemala. Então eu penso em quem viveu de perto, nesses policiais e…

Read More

Miguel Urbano Rodrigues, 02/08/1925 – 27/05/2017

ODiario.info comunica aos seus leitores e amigos a morte do seu fundador e editor Miguel Urbano Rodrigues. Nascido em Moura, Alentejo, em 1925, filho de pai jornalista e escritor, no seio de uma família de agricultores abastados de tradição republicana, experimentou a implantação da ditadura do “Estado Novo”, enquanto colhia a influência e inspiração das gentes insubmissa de sua terra.…

Read More

PSDB, PMDB: o enroque de proteção ao rei

O movimento no tabuleiro de xadrez feito através do enroque, possibilita ao jogador movimentar duas peças em uma jogada só, protegendo o “rei” no canto esquerdo do tabuleiro de xadrez. João Vicente Goulart* Serraglio, apesar de completamente inoperante como ministro, foi sacrificado, ou melhor diríamos premiado para um novo ministério, a CGU (Controladoria Geral da República), de onde Temer traz…

Read More

A verdade atrás de uma máscara

“Todos os truques para dissimular, enganar ou convencer, revelam uma mentira.” Carolina Vásquez Araya* Quando um governante se sente encurralado pelo fracasso de sua gestão, sua primeira reação é insultar, atacar ou ameaçar a Imprensa e depois -como um ato absolutamente contraditório- buscar apoio de especialistas em estratégias de comunicação para iniciar uma campanha capaz de restaurar sua empobrecida imagem…

Read More

As commodities ambientais e a métrica do carbono

De acordo com o Ministério da Agricultura, em 2013 o agronegócio brasileiro atingiu a cifra recorde de 99,9 bilhões de dólares em exportações. Soja, milho, cana ou carne ganham os mercados externos na forma de commodities: padronizadas, certificadas e atendendo a determinados critérios e valores regulados internacionalmente. Amyra El Khalili* No entanto, as monoculturas extensivas não deveriam ser a única…

Read More

Envelhecer é o quê?

0

“Faz nove anos recebi o crachá de velha. Aconteceu na linha verde do metro paulistano. Uma mocinha, sentada no assento preferencial, ao me ver se levantou prontamente cedendo o lugar para mim. Meu impulso bem-educado pensou em dizer: Obrigada pela gentileza, mas com os meus 52 anos ainda não ganhei o direito de sentar no banco preferencial, que é líquido…

Read More

Frente à terceirização total, cabe aos trabalhadores a tomada do Estado

Em um contexto de globalização financeira, a precarização da mão-de-obra é determinada a partir da ofensiva sobre os direitos trabalhistas, com mais exigências feitas aos trabalhadores, sem que isso corresponda a maiores ganhos, melhores condições de trabalho ou ainda menor jornada. Uma das facetas mais cruas de tal precarização se define com a terceirização, sobretudo das chamadas atividades-fim.

Read More

O papel desonesto da OEA

0

Da Venezuela ao México e ao Brasil. Nils Castro* Na quarta-feira, 24 de maio, milhares de brasileiros ocuparam Brasília reclamando a renúncia do presidente de fato Michel Temer e a convocação imediata de eleições diretas para eleger um sucessor. O mesmo ocorre há várias semanas em todas as cidades importantes do país. O novo agora foi que por trás da…

Read More

América Latina: Militarização continental viola soberania

Argentina está se armando até os dentes. Para que? Para reprimir o povo. Não se trata de intenção de ir à guerra, posto que não tem inimigos externos e está sob a proteção das potências imperiais. Além do mais, o que estão comprando é puro ferro-velho estadunidense e israelense. Materiais descartáveis utilizados nas agressões e conquistas territoriais de Estados Unidos…

Read More

Um Brasil sem rumo

Decreto convocando as forças armadas, Congresso apático e ministro da justiça inoperante, mostra um Brasil sem rumo. João Vicente Goulart* Brasília manifestando seu repudio ás reformas de um presidente conspirador, golpista e ainda por cima sob inquérito de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução de justiça pela Procuradoria Geral da República, observa atônita a possibilidade de promulgação de um decreto…

Read More

Outro golpe contra a trabalhismo

A reforma do acordado contra a determinação da Lei. João Vicente Goulart* O que vemos hoje nesta proposta de “reforma trabalhista”, nada mais é que o assalto a estes direitos, fruto de um golpe, fruto da traição do Congresso Nacional, do Judiciário e de covardes agentes a serviço das elites que se prestam ao boicote da conspiração contra a nossa…

Read More

Guatemala: As alturas do Olimpo

Nunca estão mais evidentes as distâncias sociais como quando se crê nas diferenças. Carolina Vásquez Araya* Quando, recém-chegada à Guatemala, fui convidada para um jantar e decidi que o melhor para agradar meus anfitriões seria vestir uma linda roupa bordada por uma mulher do altiplano, região em que havia admirado o esbanjamento de cores e delicadeza dos tecidos indígenas, logo…

Read More

Temer sai do sufoco

1

Gravação que incrimina Temer é uma fraude! Celso Lungaretti* O castelo de cartas d’O Globo, do procurador-geral Rodrigo Janot e do ministro do Supremo Edson Fachin desabou de vez: o diálogo entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer não foi igual ao que os ventos levaram até a redação do jornal carioca e depois o relator do…

Read More

A família tradicional como imposição

0

Desde o princípio dos dias, o sistema patriarcal nos impôs até a forma como devemos andar ou sentar, tudo a respeito do papel de gênero e sem falar de comportamentos, que vêm por categorias dependendo dos estereótipos e preconceitos; que vêm por padrões de criação ou que nós, até mesmo antes de aprender a falar optamos por patenteá-los como próprios…

Read More

Amelinha Teles vermelha e lilás

0

Faz exatos 53 anos, o Brasil engatinhou ditadura. Essa época entrou para a história como Golpe Militar de 1964. Por mais de duas décadas, o mando da República esteve à força não de projetos e contraditórios, mas de repressão, censura, opacidade, medo. Milhões de brasileiros tiveram suas vidas marcadas a partir do Golpe, bem próximas a mim, meu pai e…

Read More

Almagro, soldado da invasão

0

Aventureiro colonialista, Diego de Almagro chegou ao Peru em 1530 com seus sócios Francisco Pizarro e o clérigo Hernando de Luque, os três firmantes do Contrato de Panamá (1527), um pacto para repartirem em partes iguais as riquezas a acumular no império incaico. Em seu plano invasor do Novo Mundo, fizeram-se seguir de centenas de espanhóis sicários e ambiciosos como eles. Sem…

Read More

Vergonha do jornalismo nacional

Vergonha do jornalismo nacional. Chegar a quase 60 anos de profissão e assistir o massacre da ética no jornalismo é demasiado triste. Paulo Cannabrava Filho Em nome de uma pretensa liberdade de imprensa cometem as mais deslavadas violações da ética profissional, de preceitos constitucionais, de direitos cidadãos. Estão cometendo um verdadeiro linchamento mediático e isso é crime. Pré Julgaram e…

Read More

França: Lá como aqui, c’est tout la même chose

Nas eleições da França ganhou Macron, o menos pior. O povo vai ter que comer o pão que o diabo amassou. Desemprego, empobrecimento da classe média, aumento da marginalização social nas periferias urbanas e, pior, o avanço do pensamento único imposto pelo capital financeiro. O banqueiro chegou agora ao cume do poder. Paulo Cannabrava Filho* O que ocorre na França,…

Read More

10 de Maio, Dia do Público!

Hoje, 10 de maio, o movimento cineclubista internacional celebra em todo o mundo o Dia do Público! João Baptista Pimentel Neto* Diretamente vinculada à Campanha Mundial Pelos Direitos do Público, a criação e celebração desta efeméride resultou de proposta apresentada e aprovada pela FICC – Federação Internacional de Cineclubes pelo cineclubista brasileiro Felipe Macedo durante o VI EIAC / Encontro IberoAmericano de Cineclubes, organizado pelo CNC…

Read More

Perdeu-se o rumo e a empatia

A perda de valores e de sensibilidade humana é o maior dos problemas da humanidade. Carolina Vásquez Araya* Quando à solidariedade e à empatia se antepõem o interesse pessoal, a preeminência de um sistema de crenças políticas ou religiosas e a busca do sucesso –expressado fundamentalmente em termos materiais– resulta indefectível a perda de sensibilidade humana ante os outros, dado…

Read More

Filho de João Goulart deixa o PDT

Aos companheiros trabalhistas do PDT; É com tristeza que escrevo esta, para comunicar a vocês, meus companheiros de partido, minha desfiliação dessa nossa querida agremiação (o PDT), que com tanta luta, ajudei a construir nos momentos mais difíceis, e onde sempre estive presente; na expulsão de nosso fundador Leonel Brizola do Uruguai em 1977, em Portugal onde fui signatário da…

Read More

Paulo Cannabrava: jornalismo contra o pensamento único

Havana, 02 maio (Prensa Latina) – Os meios alternativos e as redes sociais constituem o único respiro à asfixia midiática imposta pelos grandes meios de comunicação, afirmou o jornalista e analista brasileiro Paulo Cannabrava, em visita a Havana. Jorge Luna* Entrevistado pela Prensa Latina, lembrou que a grande mídia, que abarca rádios, redes de televisão, jornais e revistas, foram transformados em porta-vozes do pensamento único imposto…

Read More

A Greve geral e o discurso único

Vendida por alguns meios de comunicação como parcial e totalmente dependente da paralisação do transporte público, a greve geral conseguiu paralisar a maior parte das cidades brasileiras na última sexta-feira. Mauro Santayana* Não faltaram – como costumeiramente – a violência, muitas vezes iniciada pela própria policia, e a infiltração de vândalos convenientemente vestidos de vermelho, cujo papel, todos sabemos -…

Read More

Atahualpa Yupanqui / Caminito del indio

0

Los primeros éxitos de Atahualpa Yupanqui, dieron lugar a el “Camino del Indio”. Estas son grabaciones encontradas, grabadas en Buenos Aires entre 1942 y 1944. Aqui se juntan un puñado de composciciones de variados estilos, a saber: los tradicionales baguala ,vidala, gato o zambas. Así, también, como tratando de traducir los misteriosos silencios del altiplano encontramos formas como la canción…

Read More

A lógica perversa do capitalismo verde

Nem tudo o que é econômico é financeiro. Lamentavelmente, porém, tudo o que é financeiro é econômico. Amyra El Khalili* Para entender como e porque o capitalismo verde avança sobre os territórios indígenas e das populações tradicionais, é necessário reconhecer os paradoxos da água; ou seja, a água é vida e morte, liberdade e escravidão, esperança e opressão, guerra e…

Read More

Grândola, vila morena

“Grândola, Vila Morena” é a canção composta e cantada por Zeca Afonso que foi escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. A canção refere-se à fraternidade entre as pessoas de Grândola, no Alentejo, e teria sido banida pelo regime Salazarista como uma música do partido comunista de Moscovo Comunismo.…

Read More

Chico Buarque e a Revolução dos Cravos

“Tanto Mar” foi composta por Chico Buarque de Hollanda para homenagear o 25 de Abril de 1974, a Revolução dos Cravos, em Portugal. João Baptista Pimentel Neto* Enquanto o Brasil completava uma década (das duas que viveu) sob o regime da ditadura, em Portugal, o Estado Novo ditatorial instituído por Salazar (à época comandado por Marcelo Caetano) era derrubado. A…

Read More

Chico Buarque fala e canta o 25 de Abril

“Tanto Mar” foi composta por Chico Buarque de Hollanda para homenagear o 25 de Abril de 1974, a Revolução dos Cravos, em Portugal. Enquanto o Brasil completava uma década (das duas que viveu) sob o regime da ditadura, em Portugal, o Estado Novo ditatorial instituído por Salazar (à época comandado por Marcelo Caetano) era derrubado. A versão original foi editada…

Read More

Passeios pela água doce

0

A Terra é azul! exclamou o astronauta Yuri Gagarin ao avistar, do espaço, nosso planeta. Azul porque 3/4 do planeta são água. No entanto: menos de 3% de toda água da Terra é doce. Boa parte da água doce está em lugares de difícil acesso: calotas polares e subterrâneos. Adivinhou? A água doce é um tesouro! Fernanda Pompeu* 1 Água…

Read More

O efeito curador da arte

Uma infância carente de contato com disciplinas artísticas terá como resultado adultos incompletos. Em toda escola se deve ensinar arte, inclusive nas mais distantes do desenvolvimento. Carolina Vásquez Araya* Escrever, pintar, cantar, tocar um instrumento musical ou executar um passo de dança são formas de comunicação essenciais para o ser humano de qualquer lugar, etnia ou condição. É simplesmente uma…

Read More

Há 56 anos da vitória de Girón

0

A liberdade e o futuro do povo cubano estavam em jogo nas areais de Playa Girón, há 56 abris, quando Cuba esmagou, numa contra ofensiva relâmpago, a operação melhor preparada por Washington contra a América Latina. Marta Denis Valle* Nunca desaparecerá da vida cotidiano dos cubanos o significado da Vitória de Girón, em 19 de abril de 1961, sem a…

Read More

Vão terceirizar a vida?

A reforma da lei deve servir ao ser humano ou o ser humano deve servir à reforma? Flávio Tavares* A terceirização do contrato de trabalho – panaceia para uns, monstruosidade para outros – não é mera reforma da legislação laboral. Vai além: altera de tal forma a filosofia e a concepção do que seja o trabalho em si que pode…

Read More

Que outro mundo é possível?

0

O lema do V Fórum Social Mundial: “Outro mundo é possível” se agita no panorama da história, hoje, como uma formidável bandeira de esperança. Atrás dela as multidões vindas de muitas partes do mundo, marchando pelas ruas de Porto Alegre, animadas por um entusiasmo contagiante. Jorge Rendón Vásquez* Ali se entretiveram em mais de duas mil atividades distribuídas em onze…

Read More

Atualidade de Mariátegui

Em Lima tinham-me falado da importância de Mariátegui. Miguel Urbano Rodrigues* Dias depois, no Cusco, entrei numa livraria e vi numa estante os Siete Ensayos de Interpretación de la Realidad Peruana. Foi no início de Novembro de 1970. Comprei o livro e comecei a lê-lo no hotel; quase não dormi nessa noite. Senti algo próximo de deslumbramento. Recordo que ao…

Read More

Janaína de Almeida Teles: Esqueço não

Neste mês de abril, o golpe militar de 1964 completa 53 anos. Muito tempo passado, mas também muitas perguntas sem respostas Fernanda Pompeu* Janaína de Almeida Teles, nascida em 1967, tem pedigree político. É filha de Amelinha e César Teles – dois ativistas pelos direitos humanos de longa viagem. Sobrinha da Criméia de Almeida, sobrevivente da Guerrilha do Araguaia. Irmã…

Read More

A educadora Bia Cannabrava

1

Beatriz Cannabrava, a Bia, é uma das fundadoras da Rede Mulher de Educação e da Repem – Rede de Educação Popular entre Mulheres da América Latina e do Caribe. Durante a ditadura militar brasileira, ela e seu companheiro, o jornalista Paulo Cannabrava, viveram exilados no Peru, México, Cuba, Panamá. Fernanda Pompeu* Cantora, foi professora de música por muitos anos. Ao…

Read More

Guatemala: A bolha por trás das grades

As constantes crises que atualmente ocorrem na Guatemala trazem reminiscências de passadas ditaduras. Carolina Vásquez Araya* É muito lindo viver em democracia. Ter a suficiente liberdade de pensamento para opinar abertamente sobre qualquer coisa, desde uma banal piada até os temas profundos da sociedade; caminhar pelas ruas sem medo de sofrer uma morte não programada na agenda do dia e sobretudo…

Read More

A dignidade imprescindível do povo equatoriano

Nestes momentos de alegria e festa na América Latina pelo triunfo da Aliança País, é necessário recordar que tudo na história contemporânea teve início com o sonho de um “Ninõ Arañero” (1) (moleque bamba), vendedor de doces de mamão nas ruas de sua terra natal Venezuela. Resumo sua origem porque somos feitos de Memória Histórica e identidade. Meninos como Chávez…

Read More

Pós-Rio+20 – Reflexões sobre a “comoditização” dos bens comuns

A palavra inglesa commodities vem sendo usada há anos nos jornais e cadernos especializados em notícias econômicas, mas pouco se sabe efetivamente o que são commodities. Sempre grafada no plural -commodities- e raramente no singular -commodity-, após a Rio+20, a palavra-expressão tornou-se vedete dos debates socioambientais que a utilizam tanto no plural quanto no singular para se referir à “comoditização” dos…

Read More

A impunidade dos frigoríficos contra a saúde pública

0

“Verônica Benitez (41 anos), Casimiro Bordon Ibanez (55) e Elton Ferreira da Silva (26) são funcionários da JBS Friboi em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Em comum, além da convivência com a dor, alavancada pelas lesões por esforço repetitivo, um desejo enorme de justiça. Leonardo Wexell Severo* “Se não tão grande, pelo menos à altura da maior…

Read More

O 1º de Abril de 1964 e eu

Não te rendas jamais, nunca te entregues, foge das redes, expande teu destino. Eduardo Alves da Costa, poeta rebelde brasileiro Paulo Cannabrava Filho* Num dia 1 de abril, como hoje, há cinquenta e três anos, cheguei para trabalhar, na Última Hora de São Paulo, o jornal estava cercado por tropas. Tropas do II Exército, comandadas pelo general Kruel, compadre do presidente João Goulart…

Read More

Álvaro Lins

Encontrei pela primeira vez Álvaro Lins em São Paulo, em l960. Tinha-lhe escrito quando ele era embaixador em Lisboa e concedera asilo ao general Humberto Delgado. A decisão, tomada sem consulta a Brasília, desagradou ao Governo de Juscelino Kubitschek e enfureceu Salazar. Miguel Urbano Rodrigues* A sua resposta à minha carta comoveu–me. A empatia, quando o abracei pela primeira vez, foi…

Read More

#CineDiálogos / Leucemia, o filme da Anistia

0

LEUCEMIA (1978), direção Noilton Nunes. Premiado curta-metragem (8 minutos) que revive o episódio da separação entre mãe e filho, no aeroporto de Lisboa, em 1978. Maria das Graças Sena foi demitida do Instituto Brasileiro de Estudos Sociais, em virtude de haver participado de ações contra a ditadura no final dos anos 1970. Foi torturada e, por ser portadora de leucemia, obrigada…

Read More

Golpe no Brasil: juventude está farta de diagnósticos, é chegada a hora dos prognósticos!

Não basta indignar-se, é preciso rebelar-se; não basta rebelar-se, é preciso organizar-se. Paulo Cannabrava Filho* Foto: Glória Flugel “Nós ficamos aqui conversando e eles lá fazendo as leis, fazendo o que bem entendem, como lhes dá na gana, sem que nada aconteça. Se a gente protesta, vem repressão. Aliás, nem precisa protestar, basta divergir, basta sair para a rua para…

Read More

Meio século depois: Tolstoi e a Revolução

Percorrendo a estrada de muitos rencontros com autores que descobri na juventude, reli nas últimas semanas O Caminho dos Tormentos, de Alexei Tolstoi. Miguel Urbano Rodrigues* Lido em Conakry em l961, provocou em mim o terremoto interior que infletiu o rumo da minha vida. O choque emotivo e ideológico desencadeado pela trilogia de Alexei Tolstoi conduziu-me à opção comunista e…

Read More

Tempos Brutos

0

Desde garotinho preferiu o não ao sim, a tentativa à certeza. Esse temperamento não correspondia às fantasias dos pais e professores. Fernanda Pompeu* Ele era uma ave rara no meio de um rebanho rotineiro. De avós a netos, todos haviam encarado a vida como uma biblioteca de tramas já escritas. Na qual bastava estender a mão, colher um volume e…

Read More

As derradeiras palavras de Monteiro Lobato

0

No dia 2 de julho de 1948, Monteiro Lobato concedeu à rádio Record aquela que seria a última entrevista de sua vida, a qual encerrou com as palavras: “O Petróleo é Nosso”! Carlos Russo Junior* Dois dias após, “O Repórter Esso”, na voz de Herón Domingues, anunciou a morte de um grande brasileiro, desses que surgem poucos a cada geração:…

Read More

Carnaval de Oruro no México

Para muitos bolivianos o documentário de Sérgio Sanjinés “El carnaval de Oruro en Iztacalco” será uma revelação, como foi para mim. Alfonso Gumucio* Quem poderia acreditar que em um bairro dos mais tradicionais e antigos da gigantesca Cidade do México, seus habitantes organizam há mais de vinte anos uma versão do carnaval de Oruro e o fazem com uma devoção surpreendente…

Read More

Teixeira Gomes e o envelhecimento

“E a parte mais dolorosa da senilidade consiste em assistir, consciente mas impotente, à nossa própria ruína mental! (…) a vista já muito mal me serve e a minha memória é um vidro transparente onde logo se apaga tudo quanto nela se reflete”. Miguel Urbano Rodriguez* São palavras de Teixeira Gomes, anotadas em 1938 no quarto do hotel em Bougie…

Read More

O que está em jogo na “economia verde”?

Às vésperas da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável– Rio+20 (2012), fomos abordados por uma avalanche vinda dos ativistas internacionais que denunciavam os perigos da “economia verde” tão propalada pela mídia e pelas grandes Ongs ambientalistas, com a anuência de políticos ideologicamente alinhados, tanto com a direita quanto com a esquerda, neste continente latino-americano-caribenho. Amyra El Khalili* A economia…

Read More

Hugo Chávez e os peruanos

Há quatro anos, em 5 de março de 2013, os povos de nosso continente sofreram uma imensa perda: faleceu o comandante Hugo Rafael Chávez Frias, uma das figuras mais destacadas do processo emancipador latino americano e, talvez, seu principal inspirador. Gustavo Espinoza M.* Sua vida, foi um atuar constante e suas ideias e realizações políticas sensibilizaram o continente polarizando as…

Read More

Poderosas Mulheres

“Escuta, formosa filha do amor, as instruções da prudência, e permite que os preceitos da verdade penetrem profundamente em teu coração, assim os encantos de tua mente darão brilho à elegância de suas formas, e tua beleza, como a rosa a qual se assemelha, conservará sua doçura mesmo depois de murchada”. Olavo Câmara* Portanto, você mulher, mãe e amiga receba…

Read More

Le fil rouge – Una saga revolucionária

LE FIL Rouge** (O Fio Vermelho) é uma saga. Apresenta-se como romance, mas enquadra-se mal nesse gênero literário. Miguel Urbano Rodrigues* Gilda Landino Guibert escreveu um poema revolucionário em prosa que projeta os leitores para cenários de luta pela liberdade e pela transformação do mundo. O sujeito é simultaneamente individual, uma família, e coletivo, os italianos de aldeias da Toscana…

Read More

Os futuros líderes

As debilidades do sistema marginalizam e condenam a infância. Carolina Vásquez Araya* Imagine que nasceu onde a maioria das meninas e meninos neste planeta: uma choça humilde com chão de terra e um teto que sai voando a cada inverno. Uns pais frustrados, cansados e carentes das ferramentas educativas capazes de oferecer uma saída aos seus múltiplos problemas. Um sistema…

Read More

E as deportações realizadas pelo México?

0

As recentes rodadas de indocumentados nos Estados Unidos despertaram o interesse dos meios de comunicação, mas não porque se importem com os direitos humanos dos indocumentados, nem com as denúncias de abuso; fazem isso porque é pão quente e notícia fresca que pode ser aproveitada para uma infinidade de objetivos. Ilka Oliva Corado* Mas este aproveitamento não vem apenas dos…

Read More

Com Trump termina um ciclo

Poderíamos mudar o debate sobre Donald Trump e não nos concentrarmos no que ele faz, mas em sua importância histórica? Oxalá as seguintes reflexões sirvam para compreender que o presidente dos Estados Unidos representa, de fato, o final de um ciclo estadunidense e que estamos todos no mesmo barco. Roberto Sávio*  São necessárias umas quantas palavras, mas vale a pena…

Read More

As migrantes em trânsito

0

Saem de suas casas: em municípios, aldeias, casarios, arrabaldes… sem rumo fixo, como folhas secas arrastadas pelo vento, mortas em vida, caluniadas, golpeadas, abusadas, rechaçadas e estigmatizadas. Ilka Oliva Corado* Pouco se sabe delas: são invisibilizadas, o Estado as marginaliza, a sociedade as exclui, o classismo, o racismo e os resquícios do patriarcado. Seu país as obrigam ao abandono e…

Read More

Diversidade: Meu nome é existir

0

Então chega a segunda-feira. No cafezinho, a colega conta que a viagem com o noivo foi 10, ruim mesmo só a fila no aeroporto. O chefe diz que passou o domingão no sofá, ele e a mulher botaram em dia a pipoca e os capítulos atrasados do Homeland. O estagiário, deixando a timidez de lado, confidencia que conheceu uma garota…

Read More

Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade

Cinemateca Diálogos do Sul* O vídeo “Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade” traz depoimentos de mulheres que defendem os diretos femininos e apontam que a maioria dos meios de comunicação e da mídia no Brasil desvaloriza a mulher e a trata como mercadoria. O vídeo critica o modelo de publicidade brasileiro, a falta de democratização da comunicação e promove…

Read More

Villa-Lobos e a música brasileira

0

Heitor Villa-Lobos foi o principal responsável pela descoberta de uma linguagem peculiarmente brasileira em música de arte e o maior expoente musical do modernismo brasileiro. Carlos Russo Junior* Carioca, nascido em 3 de março de 1887, filho de Raul Villa-Lobos, um músico amador, foi  ele quem lhe deu as primeiras instruções e adaptou uma viola usada para que o pequeno…

Read More

As vozes silenciosas

De nada serve uma voz de alerta quando não há quem a escute nossas vozes. Carolina Vásquez Araya* Não sei em qual síndrome poderia encaixar, mas em minha mente surgem algumas cujas características incluem grande tolerância à dor, uma constante tendência ao ensimesmamento, diminuição da atenção, da memória e outras funções indispensáveis para o desempenho normal de uma pessoa ou…

Read More

Os intocáveis do Peru

No filme estadunidense de Brian de Palma, baseada numa novela publicada em 1957, “Os Intocáveis” constituíam uma equipe especial de agentes escolhidos por seu valor e por ser incorruptível. Eles foram organizados por Eliot Ness e sob seu comando resolveram acabar com a máfia de Al Capone, que operava em Chicago nos anos 1920, no século passado. Gustavo Espinoza M.*…

Read More

As mulheres em seu discurso histórico e a independência

Como é possível conhecer a participação das mulheres no movimento de independência se suas pegadas foram apagadas, ficaram esquecidas, minimizadas? Sara Beatriz Guardia* Até inícios do século XX, as mulheres que aparecem no discurso histórico são excepcionais por sua beleza, virtudes e heroísmo. Todas as demais não existem em uma história fundada em personagens da elite, batalhas e tratados…

Read More

Saúde ao meu pai: De filhas e pais

0

A última vez que eu o vi, me disse meu paizinho: “Preta, eu vou morrer”. Fria e direta como é natural em mim, eu respondi sem sentir pena: “paizinho, não fique chateado, todos nós vamos morrer”. Quase um mês depois ele faleceu, a notícia nos chegou de longe, na diáspora, a milhares de quilômetros da Guatemala, há apenas cinco dias.…

Read More

Equador: Especulações midiáticas uma forma de violência

0

O diário Expreso do Equador publicou, na terça-feira 13 de fevereiro, novamente uma reportagem “Sem”. Sem citar nomes, sem apresentar provas, sem entrevistar os supostos corruptos que integrariam um novo esquema de corrupção no governo da Revolução Cidadã. Tal qual a pantomímica novidade sobre a lista da Odebrecht, o ridículo de entrevistar o ex ministro foragido Carlos Pareja Yanuzzelli, que…

Read More

O sofrimento dos migrantes traz a sombra fascista

Longas filas de seres humanos a ponto de se congelarem nos campos europeus deixam claramente evidentes o pasmoso retrocesso no respeito e na preeminência dos direitos humanos no nível mundial, bem como a anulação prática e visível de qualquer tratado internacional firmado com o propósito de colocá-los em primeiro lugar nas prioridades dos Estados. Mulheres, homens e crianças deslocados de…

Read More

Em Paris pela última vez

Quando alguém tem uma profunda consciência histórica -como é o caso de Miguel Urbano- mesmo as reflexões mais íntimas e pessoais têm o cunho não apenas de um ser humano individual, mas o de um tempo comum. A sua história pessoal nunca foi e nunca é apenas pessoal. Miguel Urbano Rodrigues* Mais de uma vez ao longo da minha extensa…

Read More

Conservadorismo e rebeldia social

0

Aos reacionários de hoje e de sempre Escrevo essas notas com indignação. Reflexo ainda dos acontecimentos que cercaram a morte da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, poucos dias atrás. Não pretendo acirrar mais os ânimos, nem tampouco acusar ninguém. Muito menos desenvolver teses sobre o caráter da elite brasileira ou o conservadorismo atávico de nossa sociedade. Embora úteis, aqui…

Read More

Um futuro incerto para o Peru

Não deveria surpreender ninguém dizer que, no Peru, o futuro é incerto. Em geral, o futuro é sempre incerto em toda parte. Ninguém pode prever o que vai acontecer. Porém se está é uma verdade abstrata, resulta particularmente claro que no país a única certeza é de um futuro incerto. Gustavo Espinoza M.* Diversos acontecimentos ocorridos nas últimas semanas advogam…

Read More