Dialogando

Atahualpa Yupanqui / Caminito del indio

0

Los primeros éxitos de Atahualpa Yupanqui, dieron lugar a el “Camino del Indio”. Estas son grabaciones encontradas, grabadas en Buenos Aires entre 1942 y 1944. Aqui se juntan un puñado de composciciones de variados estilos, a saber: los tradicionales baguala ,vidala, gato o zambas. Así, también, como tratando de traducir los misteriosos silencios del altiplano encontramos formas como la canción…

Read More

A lógica perversa do capitalismo verde

Nem tudo o que é econômico é financeiro. Lamentavelmente, porém, tudo o que é financeiro é econômico. Amyra El Khalili* Para entender como e porque o capitalismo verde avança sobre os territórios indígenas e das populações tradicionais, é necessário reconhecer os paradoxos da água; ou seja, a água é vida e morte, liberdade e escravidão, esperança e opressão, guerra e…

Read More

Grândola, vila morena

“Grândola, Vila Morena” é a canção composta e cantada por Zeca Afonso que foi escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. A canção refere-se à fraternidade entre as pessoas de Grândola, no Alentejo, e teria sido banida pelo regime Salazarista como uma música do partido comunista de Moscovo Comunismo.…

Read More

Chico Buarque e a Revolução dos Cravos

“Tanto Mar” foi composta por Chico Buarque de Hollanda para homenagear o 25 de Abril de 1974, a Revolução dos Cravos, em Portugal. João Baptista Pimentel Neto* Enquanto o Brasil completava uma década (das duas que viveu) sob o regime da ditadura, em Portugal, o Estado Novo ditatorial instituído por Salazar (à época comandado por Marcelo Caetano) era derrubado. A…

Read More

Chico Buarque fala e canta o 25 de Abril

“Tanto Mar” foi composta por Chico Buarque de Hollanda para homenagear o 25 de Abril de 1974, a Revolução dos Cravos, em Portugal. Enquanto o Brasil completava uma década (das duas que viveu) sob o regime da ditadura, em Portugal, o Estado Novo ditatorial instituído por Salazar (à época comandado por Marcelo Caetano) era derrubado. A versão original foi editada…

Read More

Passeios pela água doce

0

A Terra é azul! exclamou o astronauta Yuri Gagarin ao avistar, do espaço, nosso planeta. Azul porque 3/4 do planeta são água. No entanto: menos de 3% de toda água da Terra é doce. Boa parte da água doce está em lugares de difícil acesso: calotas polares e subterrâneos. Adivinhou? A água doce é um tesouro! Fernanda Pompeu* 1 Água…

Read More

O efeito curador da arte

Uma infância carente de contato com disciplinas artísticas terá como resultado adultos incompletos. Em toda escola se deve ensinar arte, inclusive nas mais distantes do desenvolvimento. Carolina Vásquez Araya* Escrever, pintar, cantar, tocar um instrumento musical ou executar um passo de dança são formas de comunicação essenciais para o ser humano de qualquer lugar, etnia ou condição. É simplesmente uma…

Read More

Há 56 anos da vitória de Girón

0

A liberdade e o futuro do povo cubano estavam em jogo nas areais de Playa Girón, há 56 abris, quando Cuba esmagou, numa contra ofensiva relâmpago, a operação melhor preparada por Washington contra a América Latina. Marta Denis Valle* Nunca desaparecerá da vida cotidiano dos cubanos o significado da Vitória de Girón, em 19 de abril de 1961, sem a…

Read More

Vão terceirizar a vida?

A reforma da lei deve servir ao ser humano ou o ser humano deve servir à reforma? Flávio Tavares* A terceirização do contrato de trabalho – panaceia para uns, monstruosidade para outros – não é mera reforma da legislação laboral. Vai além: altera de tal forma a filosofia e a concepção do que seja o trabalho em si que pode…

Read More

Que outro mundo é possível?

0

O lema do V Fórum Social Mundial: “Outro mundo é possível” se agita no panorama da história, hoje, como uma formidável bandeira de esperança. Atrás dela as multidões vindas de muitas partes do mundo, marchando pelas ruas de Porto Alegre, animadas por um entusiasmo contagiante. Jorge Rendón Vásquez* Ali se entretiveram em mais de duas mil atividades distribuídas em onze…

Read More

Atualidade de Mariátegui

Em Lima tinham-me falado da importância de Mariátegui. Miguel Urbano Rodrigues* Dias depois, no Cusco, entrei numa livraria e vi numa estante os Siete Ensayos de Interpretación de la Realidad Peruana. Foi no início de Novembro de 1970. Comprei o livro e comecei a lê-lo no hotel; quase não dormi nessa noite. Senti algo próximo de deslumbramento. Recordo que ao…

Read More

Janaína de Almeida Teles: Esqueço não

Neste mês de abril, o golpe militar de 1964 completa 53 anos. Muito tempo passado, mas também muitas perguntas sem respostas Fernanda Pompeu* Janaína de Almeida Teles, nascida em 1967, tem pedigree político. É filha de Amelinha e César Teles – dois ativistas pelos direitos humanos de longa viagem. Sobrinha da Criméia de Almeida, sobrevivente da Guerrilha do Araguaia. Irmã…

Read More

A educadora Bia Cannabrava

Beatriz Cannabrava, a Bia, é uma das fundadoras da Rede Mulher de Educação e da Repem – Rede de Educação Popular entre Mulheres da América Latina e do Caribe. Durante a ditadura militar brasileira, ela e seu companheiro, o jornalista Paulo Cannabrava, viveram exilados no Peru, México, Cuba, Panamá. Fernanda Pompeu* Cantora, foi professora de música por muitos anos. Ao…

Read More

Guatemala: A bolha por trás das grades

As constantes crises que atualmente ocorrem na Guatemala trazem reminiscências de passadas ditaduras. Carolina Vásquez Araya* É muito lindo viver em democracia. Ter a suficiente liberdade de pensamento para opinar abertamente sobre qualquer coisa, desde uma banal piada até os temas profundos da sociedade; caminhar pelas ruas sem medo de sofrer uma morte não programada na agenda do dia e sobretudo…

Read More

A dignidade imprescindível do povo equatoriano

Nestes momentos de alegria e festa na América Latina pelo triunfo da Aliança País, é necessário recordar que tudo na história contemporânea teve início com o sonho de um “Ninõ Arañero” (1) (moleque bamba), vendedor de doces de mamão nas ruas de sua terra natal Venezuela. Resumo sua origem porque somos feitos de Memória Histórica e identidade. Meninos como Chávez…

Read More

Pós-Rio+20 – Reflexões sobre a “comoditização” dos bens comuns

A palavra inglesa commodities vem sendo usada há anos nos jornais e cadernos especializados em notícias econômicas, mas pouco se sabe efetivamente o que são commodities. Sempre grafada no plural -commodities- e raramente no singular -commodity-, após a Rio+20, a palavra-expressão tornou-se vedete dos debates socioambientais que a utilizam tanto no plural quanto no singular para se referir à “comoditização” dos…

Read More

A impunidade dos frigoríficos contra a saúde pública

0

“Verônica Benitez (41 anos), Casimiro Bordon Ibanez (55) e Elton Ferreira da Silva (26) são funcionários da JBS Friboi em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Em comum, além da convivência com a dor, alavancada pelas lesões por esforço repetitivo, um desejo enorme de justiça. Leonardo Wexell Severo* “Se não tão grande, pelo menos à altura da maior…

Read More

O 1º de Abril de 1964 e eu

Não te rendas jamais, nunca te entregues, foge das redes, expande teu destino. Eduardo Alves da Costa, poeta rebelde brasileiro Paulo Cannabrava Filho* Num dia 1 de abril, como hoje, há cinquenta e três anos, cheguei para trabalhar, na Última Hora de São Paulo, o jornal estava cercado por tropas. Tropas do II Exército, comandadas pelo general Kruel, compadre do presidente João Goulart…

Read More

Álvaro Lins

Encontrei pela primeira vez Álvaro Lins em São Paulo, em l960. Tinha-lhe escrito quando ele era embaixador em Lisboa e concedera asilo ao general Humberto Delgado. A decisão, tomada sem consulta a Brasília, desagradou ao Governo de Juscelino Kubitschek e enfureceu Salazar. Miguel Urbano Rodrigues* A sua resposta à minha carta comoveu–me. A empatia, quando o abracei pela primeira vez, foi…

Read More

#CineDiálogos / Leucemia, o filme da Anistia

0

LEUCEMIA (1978), direção Noilton Nunes. Premiado curta-metragem (8 minutos) que revive o episódio da separação entre mãe e filho, no aeroporto de Lisboa, em 1978. Maria das Graças Sena foi demitida do Instituto Brasileiro de Estudos Sociais, em virtude de haver participado de ações contra a ditadura no final dos anos 1970. Foi torturada e, por ser portadora de leucemia, obrigada…

Read More

Golpe no Brasil: juventude está farta de diagnósticos, é chegada a hora dos prognósticos!

Não basta indignar-se, é preciso rebelar-se; não basta rebelar-se, é preciso organizar-se. Paulo Cannabrava Filho* Foto: Glória Flugel “Nós ficamos aqui conversando e eles lá fazendo as leis, fazendo o que bem entendem, como lhes dá na gana, sem que nada aconteça. Se a gente protesta, vem repressão. Aliás, nem precisa protestar, basta divergir, basta sair para a rua para…

Read More

Meio século depois: Tolstoi e a Revolução

Percorrendo a estrada de muitos rencontros com autores que descobri na juventude, reli nas últimas semanas O Caminho dos Tormentos, de Alexei Tolstoi. Miguel Urbano Rodrigues* Lido em Conakry em l961, provocou em mim o terremoto interior que infletiu o rumo da minha vida. O choque emotivo e ideológico desencadeado pela trilogia de Alexei Tolstoi conduziu-me à opção comunista e…

Read More

Tempos Brutos

0

Desde garotinho preferiu o não ao sim, a tentativa à certeza. Esse temperamento não correspondia às fantasias dos pais e professores. Fernanda Pompeu* Ele era uma ave rara no meio de um rebanho rotineiro. De avós a netos, todos haviam encarado a vida como uma biblioteca de tramas já escritas. Na qual bastava estender a mão, colher um volume e…

Read More

As derradeiras palavras de Monteiro Lobato

0

No dia 2 de julho de 1948, Monteiro Lobato concedeu à rádio Record aquela que seria a última entrevista de sua vida, a qual encerrou com as palavras: “O Petróleo é Nosso”! Carlos Russo Junior* Dois dias após, “O Repórter Esso”, na voz de Herón Domingues, anunciou a morte de um grande brasileiro, desses que surgem poucos a cada geração:…

Read More

Carnaval de Oruro no México

Para muitos bolivianos o documentário de Sérgio Sanjinés “El carnaval de Oruro en Iztacalco” será uma revelação, como foi para mim. Alfonso Gumucio* Quem poderia acreditar que em um bairro dos mais tradicionais e antigos da gigantesca Cidade do México, seus habitantes organizam há mais de vinte anos uma versão do carnaval de Oruro e o fazem com uma devoção surpreendente…

Read More

Teixeira Gomes e o envelhecimento

“E a parte mais dolorosa da senilidade consiste em assistir, consciente mas impotente, à nossa própria ruína mental! (…) a vista já muito mal me serve e a minha memória é um vidro transparente onde logo se apaga tudo quanto nela se reflete”. Miguel Urbano Rodriguez* São palavras de Teixeira Gomes, anotadas em 1938 no quarto do hotel em Bougie…

Read More

O que está em jogo na “economia verde”?

Às vésperas da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável– Rio+20 (2012), fomos abordados por uma avalanche vinda dos ativistas internacionais que denunciavam os perigos da “economia verde” tão propalada pela mídia e pelas grandes Ongs ambientalistas, com a anuência de políticos ideologicamente alinhados, tanto com a direita quanto com a esquerda, neste continente latino-americano-caribenho. Amyra El Khalili* A economia…

Read More

Hugo Chávez e os peruanos

Há quatro anos, em 5 de março de 2013, os povos de nosso continente sofreram uma imensa perda: faleceu o comandante Hugo Rafael Chávez Frias, uma das figuras mais destacadas do processo emancipador latino americano e, talvez, seu principal inspirador. Gustavo Espinoza M.* Sua vida, foi um atuar constante e suas ideias e realizações políticas sensibilizaram o continente polarizando as…

Read More

Poderosas Mulheres

“Escuta, formosa filha do amor, as instruções da prudência, e permite que os preceitos da verdade penetrem profundamente em teu coração, assim os encantos de tua mente darão brilho à elegância de suas formas, e tua beleza, como a rosa a qual se assemelha, conservará sua doçura mesmo depois de murchada”. Olavo Câmara* Portanto, você mulher, mãe e amiga receba…

Read More

Le fil rouge – Una saga revolucionária

LE FIL Rouge** (O Fio Vermelho) é uma saga. Apresenta-se como romance, mas enquadra-se mal nesse gênero literário. Miguel Urbano Rodrigues* Gilda Landino Guibert escreveu um poema revolucionário em prosa que projeta os leitores para cenários de luta pela liberdade e pela transformação do mundo. O sujeito é simultaneamente individual, uma família, e coletivo, os italianos de aldeias da Toscana…

Read More

Os futuros líderes

As debilidades do sistema marginalizam e condenam a infância. Carolina Vásquez Araya* Imagine que nasceu onde a maioria das meninas e meninos neste planeta: uma choça humilde com chão de terra e um teto que sai voando a cada inverno. Uns pais frustrados, cansados e carentes das ferramentas educativas capazes de oferecer uma saída aos seus múltiplos problemas. Um sistema…

Read More

E as deportações realizadas pelo México?

0

As recentes rodadas de indocumentados nos Estados Unidos despertaram o interesse dos meios de comunicação, mas não porque se importem com os direitos humanos dos indocumentados, nem com as denúncias de abuso; fazem isso porque é pão quente e notícia fresca que pode ser aproveitada para uma infinidade de objetivos. Ilka Oliva Corado* Mas este aproveitamento não vem apenas dos…

Read More

Com Trump termina um ciclo

Poderíamos mudar o debate sobre Donald Trump e não nos concentrarmos no que ele faz, mas em sua importância histórica? Oxalá as seguintes reflexões sirvam para compreender que o presidente dos Estados Unidos representa, de fato, o final de um ciclo estadunidense e que estamos todos no mesmo barco. Roberto Sávio*  São necessárias umas quantas palavras, mas vale a pena…

Read More

As migrantes em trânsito

0

Saem de suas casas: em municípios, aldeias, casarios, arrabaldes… sem rumo fixo, como folhas secas arrastadas pelo vento, mortas em vida, caluniadas, golpeadas, abusadas, rechaçadas e estigmatizadas. Ilka Oliva Corado* Pouco se sabe delas: são invisibilizadas, o Estado as marginaliza, a sociedade as exclui, o classismo, o racismo e os resquícios do patriarcado. Seu país as obrigam ao abandono e…

Read More

Diversidade: Meu nome é existir

0

Então chega a segunda-feira. No cafezinho, a colega conta que a viagem com o noivo foi 10, ruim mesmo só a fila no aeroporto. O chefe diz que passou o domingão no sofá, ele e a mulher botaram em dia a pipoca e os capítulos atrasados do Homeland. O estagiário, deixando a timidez de lado, confidencia que conheceu uma garota…

Read More

Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade

Cinemateca Diálogos do Sul* O vídeo “Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade” traz depoimentos de mulheres que defendem os diretos femininos e apontam que a maioria dos meios de comunicação e da mídia no Brasil desvaloriza a mulher e a trata como mercadoria. O vídeo critica o modelo de publicidade brasileiro, a falta de democratização da comunicação e promove…

Read More

Villa-Lobos e a música brasileira

0

Heitor Villa-Lobos foi o principal responsável pela descoberta de uma linguagem peculiarmente brasileira em música de arte e o maior expoente musical do modernismo brasileiro. Carlos Russo Junior* Carioca, nascido em 3 de março de 1887, filho de Raul Villa-Lobos, um músico amador, foi  ele quem lhe deu as primeiras instruções e adaptou uma viola usada para que o pequeno…

Read More

As vozes silenciosas

De nada serve uma voz de alerta quando não há quem a escute nossas vozes. Carolina Vásquez Araya* Não sei em qual síndrome poderia encaixar, mas em minha mente surgem algumas cujas características incluem grande tolerância à dor, uma constante tendência ao ensimesmamento, diminuição da atenção, da memória e outras funções indispensáveis para o desempenho normal de uma pessoa ou…

Read More

Os intocáveis do Peru

No filme estadunidense de Brian de Palma, baseada numa novela publicada em 1957, “Os Intocáveis” constituíam uma equipe especial de agentes escolhidos por seu valor e por ser incorruptível. Eles foram organizados por Eliot Ness e sob seu comando resolveram acabar com a máfia de Al Capone, que operava em Chicago nos anos 1920, no século passado. Gustavo Espinoza M.*…

Read More

As mulheres em seu discurso histórico e a independência

Como é possível conhecer a participação das mulheres no movimento de independência se suas pegadas foram apagadas, ficaram esquecidas, minimizadas? Sara Beatriz Guardia* Até inícios do século XX, as mulheres que aparecem no discurso histórico são excepcionais por sua beleza, virtudes e heroísmo. Todas as demais não existem em uma história fundada em personagens da elite, batalhas e tratados…

Read More

Saúde ao meu pai: De filhas e pais

0

A última vez que eu o vi, me disse meu paizinho: “Preta, eu vou morrer”. Fria e direta como é natural em mim, eu respondi sem sentir pena: “paizinho, não fique chateado, todos nós vamos morrer”. Quase um mês depois ele faleceu, a notícia nos chegou de longe, na diáspora, a milhares de quilômetros da Guatemala, há apenas cinco dias.…

Read More

Equador: Especulações midiáticas uma forma de violência

0

O diário Expreso do Equador publicou, na terça-feira 13 de fevereiro, novamente uma reportagem “Sem”. Sem citar nomes, sem apresentar provas, sem entrevistar os supostos corruptos que integrariam um novo esquema de corrupção no governo da Revolução Cidadã. Tal qual a pantomímica novidade sobre a lista da Odebrecht, o ridículo de entrevistar o ex ministro foragido Carlos Pareja Yanuzzelli, que…

Read More

O sofrimento dos migrantes traz a sombra fascista

Longas filas de seres humanos a ponto de se congelarem nos campos europeus deixam claramente evidentes o pasmoso retrocesso no respeito e na preeminência dos direitos humanos no nível mundial, bem como a anulação prática e visível de qualquer tratado internacional firmado com o propósito de colocá-los em primeiro lugar nas prioridades dos Estados. Mulheres, homens e crianças deslocados de…

Read More

Em Paris pela última vez

Quando alguém tem uma profunda consciência histórica -como é o caso de Miguel Urbano- mesmo as reflexões mais íntimas e pessoais têm o cunho não apenas de um ser humano individual, mas o de um tempo comum. A sua história pessoal nunca foi e nunca é apenas pessoal. Miguel Urbano Rodrigues* Mais de uma vez ao longo da minha extensa…

Read More

Conservadorismo e rebeldia social

0

Aos reacionários de hoje e de sempre Escrevo essas notas com indignação. Reflexo ainda dos acontecimentos que cercaram a morte da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, poucos dias atrás. Não pretendo acirrar mais os ânimos, nem tampouco acusar ninguém. Muito menos desenvolver teses sobre o caráter da elite brasileira ou o conservadorismo atávico de nossa sociedade. Embora úteis, aqui…

Read More

Um futuro incerto para o Peru

Não deveria surpreender ninguém dizer que, no Peru, o futuro é incerto. Em geral, o futuro é sempre incerto em toda parte. Ninguém pode prever o que vai acontecer. Porém se está é uma verdade abstrata, resulta particularmente claro que no país a única certeza é de um futuro incerto. Gustavo Espinoza M.* Diversos acontecimentos ocorridos nas últimas semanas advogam…

Read More

É tempo das mulheres no setor rural

Uma caribenha, Josefina Stubbs, pode se converter na primeira mulher a presidir o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), cuja missão é erradicar a pobreza rural. O Fida é um órgão da Organização das Nações Unidas (ONU), criado em 1977 como instituição voltada ao investimento para beneficiar camponeses e camponesas pobres, que representam três quartos da pobreza e da subnutrição…

Read More

O Mundo de Trump: As linhas divisórias ao sul

Ordens executivas dedicadas aos países do Sul Carolina Vásquez Araya* A construção de muros na mente do presidente de Estados Unidos não se limita unicamente às portentosas cercas de concreto que pretende erguer na fronteiro com México. A abundante imaginação deste mandatário vai muito além disso ao reinventar as restrições para o ingresso de cidadãos de outros países por razões…

Read More

O Mundo de Trump: Mais uma da “esquerda trompista”

As pessoas relativamente simpáticas a Donald Trump, no campo progressista, gostam de afirmar que ele seria contrário à “globalização neoliberal”, por conta de medidas como a ruptura com o TPP e a denúncia do NAFTA. Breno Altman* Antes de mais nada, o conceito é frouxo. Mistura um fenômeno estrutural – globalização, sofisma inventado pela direita para imperialismo – com um…

Read More

Lucinha e As caras da violência

0

Maria Lúcia da Silva, a Lucinha, não transita pelos movimentos feminista e negro em brancas nuvens. Muito ao contrário. Ela é o tipo de pessoa que faz e reflete. Reflete e faz. Psicoterapeuta, especialista em mediação e trabalhos em grupos, com recortes de raça e gênero. É uma das fundadoras do Instituto AMMA – Psique e Negritude, ONG que trabalha…

Read More

Mulheres, nem uma a menos

3 milhões de mulheres nas ruas de Washington deram a pauta. Carolina Vásquez Araya* Os movimentos massivos de protesto converteram-se no único mecanismo possível de incidência para as minorias ao redor do mundo. Mesmo que nós, mulheres, sejamos maioria em termos demográficos, nossa presença nos espaços de tomada de decisões é mínima e muito poucas vezes determinante. Isso se reflete…

Read More

1957: A histórica entrevista que provou ao mundo e à ditadura Batista que Fidel Castro estava vivo

0

Uma grande notícia do jornalista estadunidense Herbert L. Matthews percorreu a imprensa internacional há 60 anos: Fidel Castro, oficialmente morto pelo regime batistiano, operava na Serra Mestre com seu destacamento guerrilheiro. Marta Denis Valle* No dia 17 de fevereiro de 1957, Matthews, do jornal The New York Times, entrevistou Fidel Castro, o que serviu para confirmar que estava vivo e…

Read More

Ensino de música é obrigatório nas escolas brasileiras

Todas as escolas públicas e privadas do Brasil devem incluir o ensino de música em suas grades curriculares. A exigência surgiu com a lei nº 11.769, sancionada pelo ex-Presidente Luís Ignácio Lula da Silva, em 18 de agosto de 2008, que determina que a música deve ser conteúdo obrigatório em toda a Educação Básica. O objetivo não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração dos alunos. Nas escolas, a…

Read More

Miguel Urbano Rodrigues: Istambul, cidade mágica

Tenho dificuldade em encontrar palavras para expressar o que senti ao chegar a Istambul pela primeira vez. A cidade, fundada há 25 séculos, fascinou-me. Transcorrido mais de sessenta anos, Istambul continua a ser para mim enfeitiçante. Miguel Urbano Rodrigues* Voltei agora em fevereiro para mais uma despedida. Passaram apenas cinco anos desde a última visita. A primeira surpresa foi rever Santa…

Read More

Os irresponsáveis no poder: desmontando o conto da dona de casa

0

Você provavelmente se sente perplexo frente à situação econômica do país. Está em boa companhia. Quem é que entende de resultado primário, de ajuste fiscal e outros termos que povoam os nossos noticiários? Ladislau Dowbor* A imensa maioria balança a cabeça de maneira entendida, e faz de conta. Pois vejam que realmente não é complicado entender, é só trocar em…

Read More

Peru: Pão e beleza como bandeira de luta

A gravidade da crise que sufoca hoje a toda sociedade peruana exige da esquerda e do movimento popular em seu conjunto, uma madura reflexão. Esta deveria partir de duas considerações essenciais: a corrupção não é consubstancial ao ser humano nem ocorre por desígnio divino. É consequência de um modelo social que decompõem os valores e impõe o consumismo e a…

Read More

Peru: O campeonato de corrupção

0

Três presidentes da República do Peru figuram na lista da Odebrecht, o grande corruptor (que poderia ser também o grande eleitor), com uns 29 bilhões de dólares. Nada mal. Com sua expressão latina, palavras evasivas e sua memória para lembrar o nome dos bancos e os números das contas que significavam presentes, nosso país se perfila, por fim, com alguma…

Read More

Eike Batista: O secreto X da questão

Todo despertar tardio traz em si o germe tresloucado do fanatismo. Flávio Tavares* A degradação da chamada “elite governante”, transformada em bando criminoso amparado na formalidade da política e do poder econômico-financeiro, fez-se tão visível que cabe, agora, identificar suas origens profundas. A recente prisão de Eike Batista, por exemplo, é apenas outro degrau da monumental escadaria de corrupção com…

Read More

A unidade dos revolucionários em Lenin e Mariátegui

Já faz 93 anos, em 21 de janeiro de 1924 morreu Vladimir Ilich Lenin. Vale recordá-lo  durante a celebração do centenário da Revolução Socialista de Outubro porque Lenin não morreu nessas circunstâncias mas sim vive no coração e na consciência dos povos. Gustavo Espinoza M.* Ao iniciar esta homenagem, cabe evocar a circunstância em que Lenin chegou até nós, peruanos.…

Read More

Roberto Savio “A imprensa tem perdido poder e dignidade”

0

Entrevista a Roberto Savio, jornalista e analista político italiano. Cristian Cabalin* Em 1964 fundou a Inter Press Service (IPS), uma das agências de notícias mais reconhecidas do mundo. Na agência Savio acompanhou os acontecimentos mais relevantes da história recente, enfatizando a necessidade de estender as fronteiras da comunicação, reivindicar a importância do jornalismo e, agora, frear a erupção de movimentos…

Read More

O muro de Trump contra América Latina

1

Sem ir muito longe, o muro que Trump pretende construir não vai deter a imigração forçada de latino-americanos porque ela se deve à política externa dos Estados Unidos e sua ingerência na América Latina. Primordialmente. O acosso constante, a intromissão em assuntos internos de outros países que toma como próprios. O saque impiedoso em terras que sempre vulnerou à sua…

Read More

Consequências do ambiente carcerário nos presídios brasileiros

O processo mental pelo qual passa o delinquente, desde o momento que comete o delito, é, como acentua, Sante de Sanctis, um verdadeiro “tumulto psicológico”. João Baptista Pimentel Junior* As atribulações do processo, a passagem pelas suas diversas etapas, trazem profundas transformações na personalidade do delinquente. Carregando as fortes impressões que deformam até o âmago do seu ser.. O condenado…

Read More

Cabras e ovelhas sustentam vida rural no semiárido

Ovelhas e carneiros conseguem se alimentar na Caatinga, bioma exclusivo do semiárido brasileiro, com sua vegetação aparentemente seca, após cinco anos de chuvas escassas. Mário Osava* “Quando eu era criança, as chuvas eram regulares, suficientes para a pecuária, que era forte aqui. As pessoas não gostavam de criar cabras e ovelhas”, recordou José Neto da Silva Costa, camponês de…

Read More

Quem tem medo de Donald Trump?

Reflexões sobre a vitória de Donald Trump e sua repercussão aqui e no mundo. Paulo Cannabrava Filho* Um dia desses, conversando com nossa equipe de jornalismo, riamos ao constatar que as notícias dominantes na mídia sobre Estados Unidos mais pareciam vir de uma república bananeira: as “Banana’s Republic”, Estados sem condições de estabilidade econômica e política devido à ingerência externa.…

Read More

Losurdo e a atualidade da luta de classes

Losurdo é um comunista hoje pouco comum. Decepcionado pelo defunto PCI e pela Rifondazione Comunista, aderiu ao jovem Partido dos Comunistas Italianos. Miguel Urbano Rodrigues* Rejeita qualquer modalidade de dogmatismo e revisionismo. Fiel aos ensinamentos de Marx e Lênin, distancia-se do reformismo e do dogmatismo subjetivista (bem caracterizado por Gyorgy Lukács) que durante décadas atingiu muitos partidos comunistas que, afirmando…

Read More

Meu crime: Educar para a liberdade

0

O pensamento de Rousseau constitui, sem dúvida, um dos marcos mais importantes da ilustração. Não em vão O Contrato Social se converteu em uma das obras mais lidas depois da Revolução Francesa. No entanto, esse ensaio foi eclipsado por Emílio (1762), que gozou de grande popularidade em sua época. Este escrito sobre educação escapa a uma fácil classificação em um gênero concreto. É…

Read More

Base Aeroespacial de Alcântara: A Constituição brasileira proíbe a venda de território

A Folha de São Paulo, em 15.1.2017 informa que o Presidente Temer – logo ele, um professor de Direito Constitucional – está pretendendo entregar para não-nacionais brasileiros a Base Aeroespacial de Alcântara, através do famigerado Acordo Sardenberg. Profa. Guilhermina Coimbra* A Base Aeroespacial de Alcântara não está à venda. A Base Aeroespacial de Alcântara não pode estar à venda. A…

Read More

Devemos resgatar a dignidade da política

0

Luiza Erundina* No dia 1º de fevereiro deste ano, estaremos assumindo mais um mandato parlamentar conferido democraticamente pelo povo nas últimas eleições. O que pensará o povo brasileiro a respeito de seus representantes que acabou de eleger?  Pelos comentários que se ouvem, é que somos uns oportunistas, carreiristas, arrivistas e descomprometidos com as promessas que fazemos durante as campanhas eleitorais.…

Read More

Arturo Corcuera III: A vertente ideológica

0

“…um acento pessoal e uma agudeza pouco frequente no encontro do símbolo; assim como também que a linguagem compõe uma textura de muito sutis associações formais e semânticas, e inclusive de elegante humorismo; tudo o que leva luz a um universo poético original, sem desmerecer a postura militante que Corcuera assume diante da realidade.” Alberto Escobar “Fábula do escaravelho” `Fogem-lhe…

Read More

Guatemala: Avanços e retrocessos

Um informe presidencial mais otimista que o razoável. Carolina Vásquez Araya* Um mandatário satisfeito, uma cerimônia sem brilho e acirradas críticas pelos resultados do primeiro ano de gestão deixarem um retrogosto amargo a uma cidadania decepcionada e incrédula. Apesar dos sorrisos e dos gestos pomposos do presidente da Guatemala, está claro que com um frágil 20 por cento de aprovação…

Read More

Vai-se o bom Obama, negro por gosto

1

Muitos acreditaram que por ser negro, Obama representaria uma mudança transcendente na política interna e externa dos Estados Unidos, mas o bom samaritano foi negro à toa. Um negro afim ao sistema e tão Ku Klux Klan como a própria Hillary Clinton e Trump. Ilka Oliva Corado* Não há ponto de comparação nem como ser humano, nem como político entre…

Read More

O que representa a condenação de Morales Bermúdez, ex-ditador peruano?

A decisão de uma Corte de Roma que sentencia a prisão perpétua a dois ex presidentes latino-americanos, entre eles o ex-ditador peruano Morales Bermúdez, e vários oficiais das forças armadas de diferentes países de Nossa América, alvoroçou o hospício. O argumento de fundo esgrimido pela justiça italiana foi  a Operação Condor com suas especificidades em prejuízo de cidadãos da Itália…

Read More

Operação Condor: Sentença de Tribunal italiano é decepcionante

0

“Deixar que a dor flua… são milhares de projetos de vida arrebatados, destruídos… vítimas, familiares, organizações e também autoridades anunciaram que apelarão de uma sentença plena de contradições” (Martín Almada). Segue a crônica da jornalista Nadia Angelucci, italiana especialista em América Latina: Nadia Angelucci* Uma raiva contida, uma indignação feroz, uma incredulidade dolorida, o silêncio acompanhou a leitura da sentença dada…

Read More

Insurgentes de Jorge Sanjinés na Comemoração do VIII Aniversario do Estado Plurinacional da Bolívia

O Consulado Geral da Bolívia no Rio de Janeiro e a Casa da América Latina realizam no próximo dia 25 de janeiro atividades comemorativas ao VIII Aniversário da criação do Estado Plurinacional da Bolívia. As atividades serão realizadas a partir das 18h30min no Auditório do Consulado Geral (Av. Rui Barbosa, 664/101 Flamengo). João Baptista Pimentel Neto* O Dia do Estado Plurinacional comemora…

Read More

Massacre da nação Mapuche na Argentina

Duas centenas de policiais armados com apetrechos de guerra, prendendo as pessoas, batendo nelas, arrastando pelo chão e algemando mulheres, meninos e meninas da pequena comunidade mapuche de Cushamen, circundada em um raio de muitos quilômetros para que ninguém pudesse se aproximar, concretizaram a ameaça que foi divulgada pela imprensa em 09/01). Horacio Verbitsky* Os que pensaram que se tratava…

Read More

A coragem de ser articulista nos EUA

0

Pelo menos uma vez por dia recebo mensagem de leitores que me fazem perguntas como esta: “não posso acreditar que escrevendo como escreve você viva nos EUA; deveria viver na América Latina”. Outros vêem com os dentes arreganhados: “claro, escreve na comodidade dos EUA”. Com isto, ambos os lados procuram desvirtuar minha atitude. Ilka Oliva Corado* Antes me preocupava muito,…

Read More

Odebrecht e os ratos peruanos

Quando os militares brasileiros da Escola Superior de Guerra –Olimpio Mourão de Minas Gerais, Castelo Branco, Amaury Kruel e outros- derrubaram João Goulart em abril de 1964, teve início uma nova etapa de expansão do capitalismo sub regional na América Latina. Gustavo Espinoza M.* O golpe deve claras conotações imperiais. A ação se desencadeou a partir de 13 de março…

Read More

Os povos da Ex URSS

O desaparecimento da União Soviética – URSS foi uma tragédia para a Humanidade. Foi acelerada pela traição de Gorbatchov e pela guerra não declarada do imperialismo norte-americano, mas numerosos outros fatores contribuíram para ela. Para a tentarmos entender, e também a para tentarmos entender a Rússia contemporânea é imprescindível, nomeadamente, um conhecimento mínimo da história dos povos que habitam o…

Read More

Guatemala: Ventos de Janeiro

A mudança de calendário sempre traz um alento de renovação. Carolina Vásquez Araya* As redes sociais, inevitavelmente, se converteram em termômetro do ambiente político e social. Não se escapa dessa força incontida da comunicação digital, avassaladora e impertinente. Está aí, metida nos mais recônditos rincões da geografia própria e alheia, transformando atitudes e colocando-nos na difícil posição de determinar quando…

Read More

A Revolução Cubana relembra seus heróis e mártires

O povo de Cuba presta homenagem permanentemente aos milhares de compatriotas, heróis ou mártires que sem poupar sacrifícios forjaram os caminhos que levaram ao triunfo da Revolução faz já 58 anos. Marta Denis Valle* Uns 20 mil cubanos e cubanas morreram assassinados ou caíram em combate e um número incalculável recebeu terríveis torturas a partir do golpe militar de Fulgêncio…

Read More

Moniz Bandeira: Um país que politiza a Justiça, acabou

“Para o mundo, o Brasil está na lata do lixo. Um Executivo desmoralizado, composto por políticos altamente corruptos, um Legislativo quase todo vendido e um Judiciário que politiza suas decisões. E ninguém mais tem ideologia”, resumiu Luiz Alberto Moniz Bandeira em entrevista ao GGN; para o cientista político, autor de mais de 20 obras, entre elas “A Segunda Guerra Fria…

Read More

Cinema de fronteiras na fronteira

0

As fronteiras são lugares permeáveis de intercâmbio, mas às vezes barreiras burocráticas intransitáveis. Gostaríamos que não existissem e que a livre circulação de bens culturais fosse possível. Algo disso acontece em Rio Branco, Estado do Acre, um dos mais pobres e afastados do Brasil onde Sergio de Carvalho e Marcelo Cordero inventaram, há sete anos, o Festival de Cinema Pachamama,…

Read More

De Eduard Bernstein ao novo reformismo-revisionismo

Após a proclamação do Império Alemão, Bismarck sentiu a necessidade de enfrentar sem repressão a combatividade da classe operária. Foram aprovadas leis que melhoravam sensivelmente a qualidade de vida dos trabalhadores. Miguel Urbano Rodrigues* O Partido Social Democrata alemão-SPD, que era marxista e uma referência para todos os partidos revolucionários da Europa, uma vez legalizado, cresceu muito numa época em…

Read More

No Peru, um debate nauseabundo

É claro que o tema educativo está profundamente enraizado na vida nacional. E que a crise do setor não constitui um elemento superficial nem anedótico. E é claro também que enquanto no Peru sejam aplicadas as “receitas” neoliberais, os problemas no setor não serão seriamente encarados, qualquer que seja o titular da pasta. Gustavo Espinoza M.* Hoje são registrados mais…

Read More

Carolina Vásquez Araya: Do Chile para Guatemala, uma história de lutas

Entrevista a Carolina Vásquez Araya: “para inspirar-se não há melhor entorno que nossos países em crise constante” Quisemos entrevistar outra colunista permanente de nossa mídia, a chilena Carolina Vásquez Araya Vásquez Araya, radicada na Guatemala há vários anos. Pressenza: Em que valores você se formou, quais são para você os temas mais importantes, inegociáveis, que buscam abrir passo através de…

Read More

Os crimes antissindicais do narcoestado peruano

0

Direitistas disputam na submissão aos interesses externos Leonardo Wexell Severo, de Lima-Peru Passada a sangrenta ditadura de Alberto Fujimori e o estelionato eleitoral de Ollanta Humala, o povo peruano enfrenta agora o desgoverno de Pedro Pablo Kuczynski (PPK) e um parlamento corrupto, controlado pelo narco-fascismo fujimorista. Uma feroz disputa entre direitistas para ver quem é mais submisso ao sistema financeiro…

Read More

A Odebrecht, a “delação do fim do mundo” e a jurisprudência da destruição

Responsável por ao menos dois dos programas estratégicos mais importantes do país, o da construção do submarino nuclear Álvaro Alberto, da Marinha e o do míssil ar-ar A-Darter, da Força Aérea, destinado a equipar os futuros caças Gripen NG-BR que estão sendo construídos com a Suécia, também sob estranha investigação do Ministério Público, a Odebrecht está pagando caro por…

Read More

Guatemala: As boas notícias

Guatemala continua em destaque entre os países menos desenvolvidos do mundo. Contrastando com sua boa posição em cifras macroeconômicas, a miséria em que soçobram as oportunidades de progresso futuro e os sonhos de suas novas gerações, demonstra sem sombra de dúvida a persistência de um sistema feudal de propriedade da terra, dos meios de produção, de uma legislação orientada a…

Read More

Fidel, Uma história que não pode ser escrita com palavras

Perdemos Fidel. Ganhamos uma história de exemplos e de sabedoria. João Pedro Stedile* A história de Fidel é indescritível, não podemos descrever apenas com palavras. Então gostaria apenas de dar um testemunho. Ele usou toda sua sabedoria, conhecimentos, liderança e dedicação para construir, ao longo de 60 anos, um povo unido e organizado, que se transformou imbatível, enfrentando as forças…

Read More

Mulheres: Cada coisa com seu nome

Um dos maiores obstáculos para o combate da violência contra meninas, adolescentes e mulheres adultas é um vazio conceitual cuja dimensão supera em muito qualquer esforço por desenvolver uma sociedade igualitária. A contraofensiva ante as denúncias de violência de gênero se apoiam em argumentos como “os homens também sofrem violência”, equivalente a comparar duas realidades opostas, uma das quais se…

Read More

Fidel demonstrou que sim, se pode construir o socialismo em Cuba; íntegra do discurso de Raúl Castro

Estimados chefes de Estado e de Governo; Personalidades proeminentes que nos acompanham; Compatriotas que estão aqui hoje representando as províncias orientais e Camaguey; Moradores de Santiago de Cuba; Querido povo de Cuba: Na tarde de hoje, após a chegada a esta cidade heroica do cortejo fúnebre com as cinzas de Fidel, que fez no sentido oposto à Caravana da Liberdade,…

Read More

Reflexões não ortodoxas sobre a vitória de Trump

Desde a cidade peruana de Cuzco, onde a cultura Inca foi subjugada pelos espanhóis, vendo como o mundo leva inexoravelmente a uma medida diferente da história. Diante da impossibilidade de escrever uma análise extensa, vão algumas observações dispersas. Roberto Savio* Antes é necessário fazer uma introdução. Em qualquer país do mundo, Hillary Clinton teria vencido a eleição depois de ter…

Read More