Benedito Tadeu Cesar

estabilidade Benedito Tadeu Cesar

Brasil – Quando a estabilidade é o melhor negócio

Benedito Tadeu César* Aparentemente, o bom senso começa a ser restabelecido no país. A direita e a esquerda brasileiras precisam entender uma verdade histórica: quem mantém ou não qualquer governo no capitalismo é sempre, em última instância, o capital. Ainda que, para isto, ele precise semear sua posição junto à opinião pública. Todos nós, cidadãos comuns, podemos esbravejar a favor ou contra qualquer governo, mas quem manda mesmo no resultado final é o humor do capital.…

Reeleição e novos desafios para o PT e Dilma Rousseff Benedito Tadeu Cesar

Reeleição e novos desafios para Dilma

Benedito Tadeu Cesar* Um novo Brasil sai das urnas. Dividido quase ao meio, com uma vantagem de apenas 3,28 pontos percentuais para o lado eleitoralmente vitorioso, o país conhece, pela primeira vez em sua história, o estabelecimento de dois grandes campos político-ideológicos clara e abertamente em disputa. A divisão social, que sempre existiu, assume, agora, uma dimensão política. A oposição sai fortalecida, com condições de impor enormes dificuldades ao novo governo de Dilma Rousseff. Aécio…

eleiçoes2014 Benedito Tadeu Cesar

Divisor de águas é a questão social

Benedito Tadeu Cesar* Se é verdade que foi a política, em oposição ao salvacionismo, a grande vencedora do primeiro turno das eleições deste ano, é também verdade que foram os segmentos político-ideológicos mais conservadores os que saíram mais fortalecidos das urnas em 5 de outubro. A baixa taxa de renovação nas Assembleias Legislativas em todos os estados brasileiros e também na Câmara Federal e no Senado destacou-se como resultado das eleições, em um primeiro momento,…

Eleições 2014 democracia Benedito Tadeu Cesar

A política foi a grande vitoriosa

Benedito Tadeu Cesar* Marcada pelas reviravoltas, a campanha eleitoral de 2014 revelou surpresas e, no encerramento do primeiro turno de votações, contrariou algumas verdades aparentes, constantemente repetidas e aceitas em todo o país. Se foi surpreendente, no âmbito da disputa para a Presidência da República, a ascensão e a queda meteóricas de Marina Silva e a consequente recuperação de Aécio Neves e sua ida ao segundo turno, foi igualmente surpreendente, no âmbito da disputa para…

Levy Fidelix e Luciana Genro protagonizaram o momento mais eletrizante do debate dos presidenciáveis na Rede Record Benedito Tadeu Cesar

Ridículos homofóbicos, judiciário e políticos

Levy Fidelix e Luciana Genro protagonizaram o momento mais eletrizante do debate dos presidenciáveis na Rede Record, na noite do último domingo (28). As trocas de acusações entre Dilma Rousseff, Aécio Neves e Marina Silva, que já se tornaram habituais e que substituem a apresentação de propostas e o debate aprofundado de questões importantes sobre a condução do país, foram ofuscadas pela resposta preconceituosa e homofóbica de Fidelix à pergunta de Luciana Genro. Luciana, com…

Marina-caiu-da-rede Benedito Tadeu Cesar

A importância dos partidos políticos e o declínio eleitoral de Marina Silva

Benedito Tadeu César* Há quem diga, e são muitos, que não existem partidos políticos efetivos no Brasil e que os partidos políticos existentes não têm relevância e não mais representam os anseios da população. Grande engano, que é diuturnamente alimentado pela grande mídia e pelos autoproclamados “novos políticos”. Surgidos no século XIX, nos EUA e na Europa, e atingindo o auge de sua relevância até os anos 70 do século XX na maior parte do…

eleiçoes Benedito Tadeu Cesar

Denuncismo, vitimização e disputa de projetos

Benedito Tadeu César* Em uma disputa marcada pelo inusitado, como a que está em curso, é cedo, ainda, para avaliar as chances eleitorais dos principais candidatos à Presidência da República. Faltando apenas 15 dias para a votação em primeiro turno, o vira e revira de posições, iniciado com a morte trágica de Eduardo Campos, pode não ter se encerrado. Dilma Rousseff, que chegou a ser ultrapassada por Marina Silva, recuperou a dianteira. Marina Silva perdeu impulso…

Balão cara2a Benedito Tadeu Cesar

A ideologia do voto e a estratégia eleitoral de Dilma Rousseff

Benedito Tadeu César* Há, sim, uma ideologia no voto e a pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada no domingo (7), o comprova. Outras pesquisas, principalmente as realizadas por André Singer (SINGER, A. V. Esquerda e direita no eleitorado brasileiro. São Paulo: Edusp, 2000. v. 1700. 203 p.), já haviam detectado este fenômeno. O eleitor tem “lado”, mesmo que não tenha partido, e sabe escolher seu candidato de acordo com sua inclinação ideológica. Ainda que possam ser…

images-cms-image-000390747 Benedito Tadeu Cesar

“É tudo contra um mal maior que é o PT”

Benedito Tadeu Cesar* O título deste artigo reproduz uma frase de autoria de Agripino Maia, senador do DEM e coordenador-geral da campanha de Aécio Neves. Sua frase foi proferida em uma entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, publicada no primeiro dia de setembro, e fortemente criticada pela direção do PSDB no dia seguinte. Sua declaração completa, segundo o mesmo jornal, foi a seguinte: “O sentimento que nos move e nos mantêm unidos – PSDB,…

classe média destaque Benedito Tadeu Cesar

As “novas classes médias” brasileiras, os erros de avaliação do PT e do PSDB

Benedito Tadeu Cesar* Surpreendidos pelo avanço de Marina Silva na pesquisa de intenção de voto realizada pelo Ibope e divulgada na terça-feira (26), a imensa maioria dos analistas e, principalmente, dos militantes e simpatizantes petistas, ainda atônita, tenta entender a arrancada eleitoral de Marina, que não apenas confirmou a dianteira (já detectada pela pesquisa do Datafolha) sobre Aécio Neves (PSDB), abrindo agora dez pontos percentuais sobre ele, como também se colocou nove pontos à frente…

marina-silva-720x265-720x265 Benedito Tadeu Cesar

Marina Silva: predestinação e incertezas

Benedito Tadeu César* Como já se poderia antever, a campanha de Marina Silva começou a sofrer perdas. Não entre o seu eleitorado, que ainda está em êxtase com sua ascensão à cabeça de chapa e consequente candidatura à Presidência da República, mas entre seus apoiadores e nos partidos que a acolhem. Messiânica, Marina Silva parece julgar-se escolhida por deus para ser candidata à Presidência da República e, quem sabe, se eleger. Ela parece acreditar que…

Vem prá urna Benedito Tadeu Cesar

Beto Albuquerque: voo nacional e tarefa hercúlea

Benedito Tadeu César* Começou agora, de fato, a campanha eleitoral de 2014. Tudo o que aconteceu antes do início do Horário Eleitoral Gratuito no Rádio e na TV foi, como já costuma ocorrer em todos os pleitos, apenas o aquecimento para a disputa. Neste momento, porém, a morte de Eduardo Campos e sua substituição por Marina Silva impõe um recomeço na disputa, uma redefinição do posicionamento dos candidatos frente a seus adversários. Com consequências nacionais…

marinasilva100525_f_006 Benedito Tadeu Cesar

Com Marina, mudam o cenário político e todas as campanhas eleitorais

Benedito Tadeu César* Marina Silva será mesmo a candidata substituta de Eduardo Campos. O PSB já decidiu apoiá-la e o fará sem exigir que ela desista de fundar a Rede Sustentabilidade. Beto Albuquerque, deputado federal pelo Rio Grande do Sul, presidente do PSB-RS e candidato a senador, só não será o vice na chapa de Marina Silva se o partido avaliar que a manutenção de um nome do nordeste será fundamental para impedir que os…

eleições 2014 Benedito Tadeu Cesar

Eduardo Campos: Tragédia, perplexidade e redefinição de caminhos

Benedito Tadeu César* Perplexidade é a palavra que se repete em todas as bocas e em todas as rodas de conversa e que expressa o sentimento que dominou o país na manhã desta quarta-feira (13). Morreu Eduardo Campos, candidato a Presidente da República pelo PSB, vítima da queda de seu avião de campanha. Muito além do sentimento popular decorrente da perda de Eduardo Campos, perplexidade é a sensação que invade também os meios políticos brasileiros…

golpe-de-1964 Benedito Tadeu Cesar

Golpe e Ditadura

Benedito Tadeu Cesar* Há 50 anos atrás, no dia de hoje, eu estava em casa, com hepatite. Tinha 10 anos e 10 meses. Ouvi os rumores do golpe, contados por pela minha tia Rachel, irmã de minha mãe, e corri para ligar o rádio, para ouvir as notícias. Acompanhei o noticiário e a queda de João Goulart. Dias depois, enquanto meus pais almoçavam na copa e eu comia no quarto, pois hepatite exige repouso, vi,…