Sara Beatriz Guardia

O Marxismo de José Carlos Mariátegui

Nesse momento em que a perplexidade domina grande parte da intelectualidade e movimento sociais, inclusive dos partidos que se consideram de esquerda ou democráticos e progressistas, que parecem perdidos diante da conjuntura, Sara Beatriz Guardia nos brinda com uma clara síntese do pensamento de José Carlos Mariátegui. Publicamos e recomendamos sua ampla difusão como contribuição ao debate necessário para a retomada de um pensamento de vanguarda para as esquerdas latino-americanas,…

As mulheres em seu discurso histórico e a independência

Como é possível conhecer a participação das mulheres no movimento de independência se suas pegadas foram apagadas, ficaram esquecidas, minimizadas? Sara Beatriz Guardia* Até inícios do século XX, as mulheres que aparecem no discurso histórico são excepcionais por sua beleza, virtudes e heroísmo. Todas as demais não existem em uma história fundada em personagens da elite, batalhas e tratados políticos; uma história que registra e interpreta os diferentes processos…

Democracia e participação política das mulheres na América Latina

Sara Beatriz Guardia* Introdução Apesar da proclamação de conquistas e um papel aparentemente mais notório, a representação política das mulheres na América Latina se manteve praticamente estagnada nos últimos anos. A questão feminina, longe de estar superada, continua em um nível de permanente confronto. Existem grandes diferenças no acesso à educação, uma prática não igualitária na divisão social do trabalho e dos postos de direção; também nas funções e tarefas…

Mulheres peruanas: O outro lado da história

Edda O. Samudio A.*  A quinta e lúcida edição da obra Mujeres peruanas. El otro lado de la historia de Sara Beatriz Guardia (Quinta Edição,  Lima, CEMHAL, 2013) se enquadra nessa nova forma de trabalhar a história, a considerada nova história, que emerge na escola Los Annales, com um de seus mais destacados representantes: Fernando Braudel, nascidos nos albores do século passado. Este historiador francês, o mais credenciado nos cenários acadêmicos do…

Ética e impunidade. O dever moral ante o povo palestino

Sara Beatriz Guardia* Em seu livro, Origens do totalitarismo, publicado em 1951, Hannah Arendt se refere à relação que existe entre modernidade, totalitarismo e filosofia, na análise do nazismo, os campos de concentração e o extermínio do povo judeu. Constitui, sem dúvida, um dos textos mais importantes de análise da sociedade moderna e da história da humanidade, em que a crueldade nazista não aparece como um produto da irracionalidade mas…

Sara Beatriz Guardia e o outro lado da história

Manuel Lasso* A quinta edição do livro de Sara Beatriz Guardia, Mujeres peruanas. El otro lado de la historia (2013), constitui um valioso aporte à pesquisa social. Dá outro sentido à história habitual para mostrar em um perfil anverso a situação da mulher nas sociedades peruanas durante os últimos cinco séculos. Vai desde a arqueologia e as primeiras crônicas e outros documentos que demonstram a evolução da condição da mulher,…

Exclusão de gênero nos processos de Independência da América Latina

Sara Beatriz Guardia* A exclusão de gênero e etnia está na base e na gênese do sistema de organização social e econômica que os espanhóis e portugueses impuseram na América Latina a partir do século XVI. No entanto, a exclusão como ideologia não mudou com a independência no fim do domínio colonial. A concentração do poder em governos fracos, dominados pelo caudilhismo, não assegurou o fim das guerras civis nem…