França

Macron e Le Pen no segundo turno

Emmanuel Macron (23,7%) e Marine Le Pen (22%) vão enfrentar-se na segunda volta das eleições presidenciais francesas, no dia 7 de Maio. Os resultados não surpreenderam. Em terceiro e quarto lugares, com percentagens levemente inferiores a 20% ficaram François Fillon, ex primeiro-ministro, e Jean-Luc Mélenchon, o líder da coligação de esquerdas, apoiada pelo PCF e por organizações trotskistas. Benoit Hamon,…

Read More

Jornalista denuncia tortura e detenção ilegal após apoiar refugiados do campo de Calais, na França

“Passei mais de 40 horas de prisão provisória em uma cela de menos de quatro metros quadrados, em condições terríveis, humilhantes e indignas da condição humana: insalubridade extrema (sangue e excrementos que sujam as paredes e o chão), privação de sono (luz acesa 24 horas), proibição de beber água durante várias horas”. O relato é de Mikaël Doulson, jornalista e…

Read More

Charlie Hebdo: Um olhar profundo sobre o atentado

Nem islamofobia, nem esquerdistas permissivos Um olhar profundo sobre o atentado Slavoj Žižek* O filósofo esloveno Slavoj Žižek realizou uma leitura crítica sobre o atentado, mas também sobre as reações posteriores. Tanto daqueles que escolhem justificar as ações terroristas, como dos próprios fundamentalistas. Agora, quando estamos em um estado de choque depois da matança na redação do Charlie Hebdo, é…

Read More

Os assassinatos de Paris: uma armadilha mortal

Roberto Savio* É triste ver como um continente que foi berço de uma civilização marcha cegamente para uma armadilha: a de uma guerra santa contra o Islã. Para isso bastaram três terroristas muçulmanos e um ataque assassino ao semanário parisiense Charlie Hebdo. É preciso sair da compreensível onda do “todos somos Charlie Hebdo” para examinar os fatos e entender que…

Read More

Na falta de De Gaulle, a França busca um Putin

FC Leite Filho* O governo caiu, depois de menos de cinco meses de existência. Não, não estamos falando da IV República (1947-1958), quando a queda de 25 gabinetes provocou o golpe branco do general Charles De Gaulle. Herói da guerra e refratário ao domínio da Inglaterra e Estados Unidos, De Gaulle restaurou a dignidade, a soberania e a grandeur da…

Read More

Artistas e intelectuais franceses sob o domínio nazista

0

Carlos Russo Jr* Ao contrário do que se possa pensar, para a maioria dos burgueses parisienses, a ocupação nazista que durou quatro anos (1940 /1944) não foi tão má quanto poderia parecer, afirma Gerassi, o biógrafo mais importante de Sartre. O metrô funcionava bem, os teatros faziam sucesso, os bares e os restaurantes viviam cheios. É bem verdade que o…

Read More

Os franceses sob o domínio nazista

0

Carlos Russo Jr* Em 1939, quando a URSS invadiu a Finlândia, anexando dez por cento do território que lhe era fronteiriço, a apenas dezessete quilômetros de distância de Leningrado, os deputados burgueses franceses sentiram-se autorizados a cassarem seus colegas comunistas legitimamente eleitos, o que para muitos desses significou o encarceramento. Em março de 1940, tropas alemãs atravessaram a Dinamarca e derrotaram…

Read More