Oriente Médio

Pela libertação da Palestina

A data de 29 de novembro foi declarada Dia Mundial de Solidariedade com o Povo Palestino em alusão à Resolução da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que há 67 anos indicou a criação de um estado palestino, ao defender o Plano de Partição da Palestina criando os Estados de Israel e da Palestina. Nosso colaborador Kháled Fayez Mahassen fez um emotivo pronunciamento na homenagem realizada na Câmara…

Síria e Iraque são também guerras pela água

E outras virão A situação de Turquia, Síria, Iraque não é a única guerra pela água que há hoje no mundo. Paquistão e Índia lutam pela Caxemira ocupada pela Índia, onde estão as nascentes do sistema do rio Indo. O Indo é a água que mantém vivo o Paquistão, e a Índia tem usado o controle que tem sobre a Caxemira para pressionar o Paquistão. A próxima guerra entre Índia…

Parlamentares apoiam a agressão de Israel

O périplo de Kátia Abreu, Humberto Costa, Jorge Vianna e cia -na foto em destaque- foi financiado por organizações lobistas israelenses que atuam no Brasil. Arturo Hartmann e Bruno Huberman* Na semana de 20 de fevereiro de 2017, embarcou para Israel um grupo de parlamentares brasileiros com a missão de fortalecer as relações políticas e econômicas entre os países e aprofundar-se no conhecimento a respeito do conflito Palestina/Israel. O resultado…

Brasil é um dos principais compradores de tecnologia militar israelense

Uma placa metálica com a foto de um menino magro decora a entrada do campo de refugiados de Aida, em Belém (Cisjordânia). Um texto curto explica, em inglês e árabe, que o garoto franzino era Aboud Shadi, apelido de Abed Al-Rahman Shadi Obeidallah. Ele foi assassinado por um soldado israelense no dia 15 de outubro de 2015, exatamente naquele local, quando tinha 13 anos. Aboud Shadi conversava com amigos. Júlia…

Papa Francisco adverte: a Palestina já é um Estado

O Papa Francisco adverte a Trump e Netanyahu e coloca um marco. Poucos dias antes da posse do novo presidente estadunidense, Donald Trump, o pontífice recebeu o líder palestino Mahmoud Abbas por ocasião da abertura da Embaixada da Palestina junto à Santa Sé, no dia 14 de janeiro. Um sinal claro de política internacional em vista da imprevidente decisão anunciada por Trump de querer transferir a embaixada dos Estados Unidos em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. #MundoDeTrump A reportagem é de Marco Politi, publicada no…

A Confissão de John Kerry

Editorial de O Diario.info Já se sabia, através de fontes confiáveis, que o governo de Obama tinha desempenhado um importante papel na criação e financiamento do Daesh, o auto intitulado Estado Islâmico e sua intervenção na Síria e no Iraque. Somente após a divulgação dos monstruosos crimes cometidos pela organização terrorista, os EUA simularam combatê-la. Notícia publicada pelo New York Times em 30 de Setembro de 2016 revelou pela primeira…

E se a Turquia lança sua bomba humana?

A rápida escalada da tensão política entre a União Europeia (UE) e a Turquia, embora silenciosa, deu uma virada perigosa nas últimas semanas. Será possível que Ancara lance uma “bomba humana” contra a Europa e abra suas fronteiras, permitindo a passagem de refugiados para a Grécia e outros países do bloco? Baher Kamal* A pergunta pode ser tudo, menos trivial, e, de fato, o assunto preocupa enormemente as agências humanitárias…

Koestler, um sionista que nega a origem judaica de Israel

Voltei a ler nos últimos meses alguns livros de Arthur Koestler. Quase esquecido, Koestler foi em meados do século passado um dos escritores mais famosos e polêmicos do mundo. Miguel Urbano Rodrigues* Nascido em Budapeste numa família de judeus, o seu interesse pelo sionismo levou-o a viajar para a Palestina aos 20 anos. Dessa experiência resultou, em 1946, o romance Os Ladrões da Noite (Thieves in the Night, no original…

Crise entre Arábia Saudita e Irã mascara disputa por hegemonia

0

O agravamento da tensão entre Arábia Saudita e Irã, que atingiu o ápice com o rompimento das relações diplomáticas entre os países, na última semana, era previsível. Intensificada com o bombardeio da embaixada iraniana no Iêmen no último dia 7, que o Irã atribui a Arábia Saudita, a crise mascara disputas por hegemonia no Oriente Médio e lança uma “cortina de fumaça” sobre os problemas que enfrenta a monarquia saudita Al Saud.…

Turquia cometeu ato de guerra, dizem especialistas

Sputnik/ Dmitriy Vinogradov* Segundo leis internacionais, derrubar um caça russo em espaço aéreo sírio é um ato de guerra por parte da Turquia, disse à Sputnik o especialista jurídico Alexander Mercouris. Derrubar o caça russo Su-24 no espaço aéreo sírio foi um ato agressivo que constitui ato de guerra sob leis internacionais, afirmou à Radio Sputnik o especialista jurídico Alexander Mercouris. “Se a aeronave estava em espaço aéreo sírio, então…

ONU condena ataque terrorista no Líbano

Segundo fontes da mídia, atentado matou mais de 40 pessoas e outras 230 ficaram feridas. O secretário-geral das Nações Unidas pede que responsáveis sejam levados à justiça. O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e sua representante especial no Líbano, Sigrid Kaag, condenaram na quinta-feira (12) o ataque terrorista no subúrbio de Burj al-Barajneh, na capital do Líbano, Beirute. Um duplo atentado suicida deixou mais de 40 mortos e 230 feridos.…

Plano de reconstrução de Gaza projetado para o fracasso

O entulho de concreto e de metal retorcido são cozidos sob o sol do Mediterrâneo em meio a uma onda de calor regional. Um ano após a operação militar de Israel, nem um único dos 11.000 casas destruídas em Gaza é reconstruído. Os restos de concreto e metal retorcido são cozidos sob o sol do Mediterrâneo no meio de uma onda de calor. Oito meses atrás, a devastação estrutural em…

O apartheid econômico e social na Palestina, onde existir é resistir

Leonardo Severo e Luiz Carvalho*  Em meio a abusos e violações de tratados por Tel-Aviv, ignorados por organismos internacionais, palestinos pregam boicote comercial como meio de conter ação expansionista de Israel em seu território Em uma casa no bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém, Nabeel al-Kurd, 71 anos, vive com a família de 12 pessoas. Quando chegou, há seis décadas, refugiado da Jordânia, não imaginou que seria também um estranho…

Duras críticas a Israel por maltratar crianças palestinas detidas

Mel Frykberg* O embaixador da Palestina nas Nações Unidas (ONU), Riyad Mansour, enviou carta ao Conselho de Segurança exigindo que se tomem medidas contra Israel por abuso contra crianças palestinas detidas pelas forças de segurança israelenses. “A cada dia e de inúmeras maneiras, as crianças palestinas são vítimas de violações de direitos humanos pelos israelenses. Nenhuma criança é considerada demasiadamente pequena para se salvar da repressão aplicada pelas forças de…

A irresistível atração pelo radicalismo islâmico

Roberto Savio, cofundador e ex diretor geral da agência IPS, rechaça a difundida tese de que o mundo islâmico e seus valores são intrinsicamente antiocidentais e expõe quatro causas históricas que explicam o conflito entre Islã e Ocidente, desde o período colonialista até a insurgência do Estado Islâmico.  Roberto Savio* O assalto ao parlamento canadense por um jovem que tinha se convertido ao islã a só um mês antes, deveria fomentar…

Os fundamentalistas na Europa

Antonio Caubi Ribeiro Tupinambá*  Os enclaves espanhóis, Ceuta e Melilla, localizados na África Setentrional, têm sido ponto de partida de uma “Jihad espanhola” materializada em território sírio e iraquiano. Trata-se de um reforço para bandos que se utilizam de ataques e ações  terroristas, a exemplo dos que ora perpetram os temidos extremistas do nomeado ISIS ou Grupo Estado Islâmico. Da Espanha têm sido exportados “soldados” para essa nova “guerra santa”.…

Europa muda radicalmente com relação a Síria e Iraque

Peter Custers* Seria esta uma dessas escassas ocasiões em que os responsáveis políticos da Europa fazem autocrítica para corrigir um erro gigantesco? Ou é uma fria volta radical guiada por puro interesse? Em 15 de agosto, os ministros de Relações Exteriores da União Europeia (UE) decidiram, em Bruxelas, que seus países terão liberdade para fornecer armas aos rebeldes curdos que combatem os extremistas sunitas do Estado Islâmico (EI) no norte…

Os «salvadores» do Iraque e «A arte da guerra»

Manlio Dinucci* Os primeiros caça-bombardeiros norte-americanos, que no Iraque atacaram, a 8 de agosto, objectivos na zona controlada pelo Emirado Islâmico, decolaram do porta-aviões batizado George HW Bush, em homenagem do presidente republicano, autor em 1991 da primeira guerra contra o Iraque. Copiado pelo seu filho, George W. Bush, que em 2003 atacou e ocupou o país, acusando para isso Saddam Hussein (com base em «provas» que mais tarde se…

Gaza: o gás na mira

Manilio Dinucci* Para encontrar uma das causas do ataque de Israel contra Gaza há que ir fundo porque essa causa se encontra exatamente 600 metros abaixo do nível do do mar e a 30 quilômetros da costa da franja de Gaza. Ali, nas águas territoriais palestina, encontra-se uma importante jazida de gás natural, o chamado Gaza Marine, estimada em 30 bilhões de metros cúbicos e valor de vários bilhões de…

Judeus sobreviventes do Holocausto condenam matança em Gaza

Uma carta de sobreviventes judeus do Holocausto nazista afirma “condenar inequivocamente o massacre de palestinos em Gaza e a ocupação em curso e colonização da Palestina histórica.” O texto foi publicado no website do Judaico Internacional Anti-sionista (International Jewish Anti -Zionist rede). “Condenamos também os Estados Unidos por fornecer financiamento para Israel realizar os ataques.” Como sobreviventes e descendentes de sobreviventes do genocídio nazista judeu, condenamos o massacre de palestinos em…

Morre Samih Al Qasem poeta da Resistência Palestina

O poeta palestino Samih al Qasem,  figura destacada da“poesia da resistência”, morreu ontem (21) aos 75 anos após uma longa batalha contra o câncer. A informação é de um amigo de sua família. Samih al Qasem faleceu no hospital Safed, localizado no norte de Israel. Padecia de um câncer de fígado há cerca de três anos, informou Isam Juri a AFP. Conhecido como o “poeta da resistência”, defendia com ardor os direitos da minoria árabe-israelense e dos descendentes…

Israel viola normas de guerra em Gaza e EUA olham para o outro lado

Gareth Porter* A ONU e as organizações de direitos humanos caracterizaram os ataques de Israel contra objetivos civis durante os enfrentamentos na Faixa de Gaza como violações das leis de guerra. Desde que começaram as hostilidades, em 8 de julho, os bombardeios de Israel mataram 1.300 civis, destruíram mais de dez mil moradias e danificaram outras 30 mil no assediado terreno palestino, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). As Forças…

Palestina 1 – Não posso mais

Winston Orrillo* Não Posso Mais… Não posso mais Me gaza a palavra Me fustiga Me esfola.   Era de ver-se O besta Que é a besta (Que tem Pele humana).   Esse gotejar O sangue Aos tropeções!   Esse Esfolar A luz Da Palestina!   Sulfatos Daquele gás Empoderado (Além das recentes Borbulhantes Armas de Biomorte: Novidades!)   Não posso respirar: Fósforo chega. Linguagem do Atroz ermo Que busca Transmutar…

Palestina 2 – Os mortos bombardeiam os mortos

Winston Orrillo* Um arcebispo grego Conta estupefato: Tanques israelitas Estavam bombardeando Dois cemitérios primos: Cristão e muçulmano.   Que lógica Vesânica! São os mortos Que agridem Os mortos! 69 Escolas Refúgios da ONU Para 100 mil Que dizem Se chamarem                “Deslocados”.   Foguetes contra Escolas E Hospitais (Um deles Al Agsa) e Mortos por toda parte. Os gazenses de hoje Tal como ratos…

Palestina: Misión sin ‘mi’ es Sión

De judeus errantes a judeus guerreantes, os sionistas são hoje donos de 90% do solo da Palestina Jorge Mansilla Torres* Missão cumprida terá dito Moisés depois de ler as Tábuas da Lei no Sinai, embora o profeta, no fim, comentasse estremecido: “Misión sin ‘mi’ es Sión”. Em 1897, o jornalista austríaco Teodoro Herzi  noticiou que o sionismo ia invadir a Palestina no século XX para criar um Estado. A lenda marcava…

A agressão de Israel à Palestina: um assunto feminista

Diante do soberbo e genocida ataque ininterrupto a Gaza não podemos permanecer caladas. Diante da política israelita do apartheid, que envergonha toda a humanidade, não podemos permanecer caladas. Diante da injustiça histórica e da violência cotidiana sofrida pelas mulheres e homens palestinos, não podemos permanecer caladas. A luta contra a ocupação israelita e a favor dos direitos de um povo ao território, à justiça e à igualdade é um assunto…

Em defesa da Palestina

A Rede em Defesa da Humanidade (REDH), diante dos trágicos acontecimentos que está vivendo o povo irmão palestino em Gaza, cumpre com seu dever de manifestar o seguinte: “Declaramos nossa adesão às palavras do companheiro Evo Morales, fundador da Rede em Defesa da Humanidade e presidente do Estado Plurinacional de Bolívia, que declara ser Israel um Estado terrorista. Manifestamos nossa absoluta repulsa ao genocídio que sofre o povo palestino em…

Ética e impunidade. O dever moral ante o povo palestino

Sara Beatriz Guardia* Em seu livro, Origens do totalitarismo, publicado em 1951, Hannah Arendt se refere à relação que existe entre modernidade, totalitarismo e filosofia, na análise do nazismo, os campos de concentração e o extermínio do povo judeu. Constitui, sem dúvida, um dos textos mais importantes de análise da sociedade moderna e da história da humanidade, em que a crueldade nazista não aparece como um produto da irracionalidade mas…

Sociedade civil palestina demanda boicote contra Israel

A Sociedade Civil Palestina demanda Boicote, Corte de Investimentos e Sanções contra Israel até que se cumpram a Lei Internacional e os Princípios Universais de Direitos Humanos. À luz das persistentes violações de Israel da legislação internacional, e Dado que, desde 1948, centenas de resoluções da ONU têm declarado ilegais as políticas coloniais e discriminatórias de Israel e demandaram medidas imediatas, adequadas e efetivas, e Dado que todas as formas de…

Por que EUA continua apoiando cegamente uma limpeza étnica?

O famoso musico inglês Brian Eno escreveu uma carta aberta a seus amigos estadunidenses em que se pergunta como pode EUA apoiar incondicionalmente a operação de Israel em Gaza que deixa tantas vítimas civis. “Estimados todos, Sinto que estou rompendo uma norma tácita com esta carta, porém não posso continuar calado por mais tempo”, começa o musico. “Hoje vi uma foto de um homem palestino chorando com um saco plástico  …

Mercosul pede um cessar fogo em Gaza

Os mandatários da Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela condenaram em forma enérgica o uso desproporcionado da força por parte do exército israelita na Faixa de Gaza, através de um Comunicado Especial na última reunião de Chefes e Chefas de Estado do MERCOSUL em Caracas. Este documento foi elevado e aprovado na reunião privada que os presidentes mantiveram na Casa Amarela, sede da chancelaria venezuelana, e que reuniu as posturas de…

Vizinhos Beligerantes

Jaime Leitão* O cineasta canadense Norman McLaren, um dos mais famosos criadores de filmes de animação do mundo, é autor do curta-metragem “Os vizinhos”, de 1952, considerado a sua obra-prima. Nesse filme, dois vizinhos vivem em perfeita harmonia entre si, sem cerca ou grade que os separe. Acontece que, em um determinado momento, uma flor nasce entre uma casa e outra, e aí começam as desavenças, que vão se agravando…

Israel começa a perder a guerra

Alipio Freire* A votação das Nações Unidas contra a ação de Israel em Gaza, na qual os Estados Unidos ficaram totalmente isolados, e as subsequentes iniciativas desse organismo internacional, foram – sem sombra de dúvida – graves derrotas políticas/diplomáticas do Governo de Jerusalém. No entanto, há um aspecto mais grave: a oposição progressista e de esquerda em Israel, que sempre tem se manifestado contra os sucessivos genocídios dos governos do…

Entidade denuncia 6 mil soldados estadunidenses, canadenses e europeus na Faixa de Gaza

Soldados mercenários estariam se juntando ao exército israelense contra os palestinos; médicos denunciam bloqueios na região que dificultam o atendimento dos feridos A Rede Euro-Mediterrânea de Direitos Humanos (REMDH) revelou que cerca de seis mil soldados, vindos principalmente dos Estados Unidos, Canadá e Europa estão participando do bombardeio de Israel contra os palestinos na Faixa de Gaza. O exército israelense já confirmou a morte de um soldado francês de 22 anos.…

Outra grande crise no Oriente Médio que certamente o mundo ignora

Thomas W. Lippman* O conflito aparentemente interminável no Oriente Médio desvia a atenção e os recursos da ameaça mais séria para toda a região a longo prazo, a crescente escassez de água. E a situação vai piorar antes de melhorar, se nada for feito. Anos de guerra, gestão descuidada das reservas de água, o crescimento populacional descontrolado, políticas agrícolas imprudentes e subsídios que incentivam o consumo transformou uma área estéril do mundo…

Pela paz

Rosemberg Cariri* Diante do quadro de horrores que sofre o povo palestino em Gaza, bombardeado por terra, ar e mar, podemos ver com clareza que vivemos uma crise civilizatória sem precedentes, mas sempre é possível fazer alguma coisa, posto que ainda nos restam fiapos de esperanças e de humanidade. Na hecatombe das bombas atômicas, que explodiram em Hiroshima e Nagasaki, o poeta turco Nazin Hickmet (um dos grandes poetas do mundo)…

A dor de ser e não ser judia

Natalia Keller Trajber* Há dias me sinto incomodada com um dos temas que, de tempos em tempos, emerge de maneira sangrenta, trazendo consigo dores intensas, dramas insuportáveis e, para mim, um sentimento imenso de impotência, injustiça, desumanidade e aparente abismo intransponível. Vou tentar explicar, mas peço paciência e, antes de mais nada, a suspensão dos apressados pré-julgamentos, pré-linchamentos e afins, ok?! Os que conhecem minha história sabem de minha origem…

Síria: Em Alepo só existe fome e o islã

No bojo da fragmentação da oposição armada na Síria, os moradoras da cidade de Alepo, no norte do país, foram convertidos em reféns dos esforços dos extremistas para impor o islã radical nos territórios que eles controlam. “Já ninguém está lutando contra o regime, os rebeldes estão combatendo entre si. Para muitos deles a prioridade não é depor o governo de Bashar al Assad, mas sim impor a “sharia” , relata…

Arábia Saudita: o silêncio branco e um coquetel de wahabismo e petróleo

Nazanín Armanian* Arábia Saudita – Dizia Jack London que enquanto o silêncio da escuridão é protetor, o silêncio branco – a luz do dia -, é aterrador. E assim se movem os xeiques sauditas pelo mundo, sigilosamente, apoiados pela cumplicidade da imprensa “democrática”, do Ocidente, que com tal de não prejudicar a imagem de seu reino de terror, ao lado de quem as demais ditaduras da região parecem democracias puras,…

Um candidato curdo contra todos os obstáculos

Karlos Zurutuza* Omar Karim tinha apenas seis anos quando perdeu suas duas pernas ao pisar em uma mina terrestre. Agora, perto dos 40 anos, pode ser converter no primeiro parlamentar deficiente da Região Autônoma Curda do Iraque, após as eleições do dia 21. “Quando sofri o acidente, não havia cadeira de rodas e minha mãe me levava nos ombros para a escola todos os dias”, contou. “As coisas mudaram, mas…

Interesses comuns podem ajudar em uma distensão entre Estados Unidos e Irã

Jasmin Ramsey* Os interesses comuns dos Estados Unidos e do Irã na Ásia podem servir de base para que os dois países trabalhem juntos para superar décadas de hostilidade. “Se Irã e Estados Unidos forem capazes de superar suas diferenças em relação ao programa nuclear iraniano, se começar a haver certo avanço nesse sentido, então vejo oportunidades de diálogo e cooperação sobre uma gama mais ampla de temas, incluídos os…

Caso Obama ataque, a tragédia síria será sua e não do Irã

Farideh Farhi* Depois do anuncio de que o governo dos Estados Unidos em breve poderia atacar a Síria, falta muito pouco para dizer. O fato de que o presidente Barack Obama seja um guerreiro renitente acrescenta peso a sua apologia ao ataque. Seguramente, há que considerar que um guerreiro renitente não utilizaria um desastre humanitário como cobertura. Também deveríamos levar em conta que diante da “linha vermelha” traçada por Obama…

Israel quer manter sua supremacia regional com ajuda dos EUA

Mitchell Plitnick* Assegurar a superioridade militar de Israel no Oriente Médio é o argumento central do lobby judeu em Washington que já começou a exigir do governo de Barack Obama um novo pacote de ajuda por 10 anos, que deveria entrar em vigor em 2017. O grupo de pressão israelense esgrime a Lei de Transferência de Navios de Guerra, aprovada pelo Congresso estadunidense em 2008. A norma estabelece que a…

Santa Catarina contra a invasão da Síria pelos Estados Unidos

Pela Paz, contra a agressão à Síria A Síria, o último país do Oriente Médio com plena liberdade religiosa, com mais de dez mil anos de civilização, berço do alfabeto mais antigo, que tem como capital uma das cidades mais antigas do mundo, Damasco, esta prestes a ser atacada militarmente pela potência bélica mais poderosa, letal e sem escrúpulos que a humanidade já conheceu: os Estados Unidos Há mais de…

São Paulo contra a agressão à Síria

Chamamos o governo brasileiro a condenar com firmeza qualquer agressão O Comitê de Solidariedade com o Povo Sírio, integrado por dezenas de entidades da sociedade civil brasileira, vem a público condenar o horrendo massacre premeditado acontecido no subúrbio de Damasco na Síria no dia 21 de agosto. O Comitê alerta sobre a campanha midiática orquestrada pela Arábia Saudita para incriminar o governo sírio na clara intenção de induzir a opinião…

Crescem as advertências sobre as consequências econômicas de uma agressão à Síria

Especialistas e analistas de organismos internacionais, inclusive dos meios de comunicação, tem advertido sobre as graves consequências econômicas de um ataque militar contra a Síria. Entre os efeitos, alguns já visíveis nos mercados internacionais, estão o incremento incontrolável dos preços do petróleo e do gás, tomando em conta que o Oriente Médio produz 40 por cento da produção mundial de hidrocarbonetos. Também se estima derrubada nas bolsas, retrocessos na recuperação…

Militar russo denuncia caráter fascista da agressão contra Síria

Jorge Petinaud* O ex chefe do Estado Maior das Forças Armadas russas, coronel general (reserva) Leonid Ivashov, assegura que a agressão contra Síria encabeçada pelos Estados Unidos e seus aliados confirma a imposição do fascismo no Ocidente. Encontramo-nos a beira de um desastre maior que devemos frear. Nem sequer os aliados de Washington podem negar que o fascismo regressou à civilização ocidental, afirmou o também vice-presidente da Academia russa de Problemas…

Mais uma guerra do Nobel da Paz

Jorge V. Jaime*  O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ganhador do Nobel da Paz em 2009, prepara-se hoje para sua segunda guerra com a mira apontada a Damasco e a bandeira do polêmico pretexto das armas químicas. Quando Obama recebeu seu prêmio em Oslo, Noruega, há cinco anos, tratou de explicar à opinião pública mundial que o merecia porque era “o chefe de estado de uma nação que se…

Palestinos cancelam negociação após mortes na Cisjordânia

As forças israelenses mataram três palestinos, incluindo um trabalhador da Organização das Nações Unidas (ONU), em um ataque realizado na madrugada de ontem contra o acampamento de refugiados de Qalandiya, na ocupada Cisjordânia. Como resposta, foram canceladas as conversações de paz. Fontes médicas disseram à rede de televisão árabe Al Jazeera que pelo menos 15 pessoas ficaram feridas, seis delas gravemente, nos enfrentamentos entre as forças israelenses e os palestinos,…

Contra o ataque ao povo sírio: basta de mortes e mentiras!

As articulações internacionais, movimentos sociais e entidades de diferentes âmbitos que abaixo assinamos, repudiamos energicamente as manobras imperialistas do Governo dos Estados Unidos e seus interesses econômicos, que uma vez mais está fazendo preparativos para invadir a um país com a desculpa de querer impor a paz. Não obstante sabemos, como jé demonstrou a história, que as invasões por parte dos Estados Unidos só geram mais mortes e miséria para…

Irmandade Muçulmana resiste encurralada no Egito

San Kimball* O Sol está a ponto de se pôr e ouve-se o chamado para as orações na mesquita Mostafa Mahmoud, no bairro Mohadiseen da capital egípcia, mas as ruas estão praticamente vazias. Há apenas uns poucos soldados ao lado de tanques de guerra. Poucos dias atrás, a praça e as ruas em torno da mesquita eram palco de uma maciça manifestação de protesto por parte de simpatizantes do deposto…

Mercenários na Síria: fenômeno em ascensão

Luis Brizuela Brínguez O papel cada dia mais preponderante dos mercenários dentro do conflito que abala a Síria já há mais de dois anos, desmente os esforços daqueles que insistem em qualifica-los como rebeldes e integrantes de uma suposta oposição armada. Desde o início das hostilidades, em março de 2011, as autoridades sírias veem denunciando a significativa percentagem de combatentes estrangeiros que eram induzidos a desembarcarem no país para combater…

Debate sobre a suspensão da ajuda militar ao Egito

Paulo Cannabrava Filho* Os Estados Unidos têm mantido ao longo dos últimos dez anos, uma ajuda militar ao Egito de 1.5 bilhão de dólares anuais e outros 500 milhões de ajuda aos programas de segurança. Com a matança massiva de manifestantes depois do golpe contra o governo de Mohamed Morsi, em julho, surgiu quem questionasse essa ajuda por razões éticas, mas não são essas razões as que se impõem e…

As revoluções árabes, um ano depois

Um ano depois das revoluções árabes, a despolitização tem sido fundamental para a ascensão do islamismo político. Esta despolitização não é, evidentemente, específica do Egito nasserista. Ela tem sido a prática dominante em todas as experiências nacionais populares do primeiro despertar do Sul, e até mesmo nos socialismos históricos, uma vez terminada a primeira fase de fervor revolucionário. O denominador comum tem sido a supressão da prática democrática, que não…

Por traz do alerta antiterrorista dos Estados Unidos

Nazanín Armanian* Numa ação sem precedentes, no dia 4 de agosto Estados Unidos fechou 22 de suas missões diplomáticas no Oriente Próximo e no Norte da África, coincidindo com o aniversário de Barack Obama. O motivo oficial era interceptar uma ameaça de Ayman al-Zawahri – o substituto de Bin Laden e o novo Homem de Paletó -, contra os interesses dos EUA, em vésperas do aniversário do 11 de setembro.…

Israel e Palestina reiniciam diálogo, mas com desconfiança

Mitchell Plitnick* Seis meses de esforços diplomáticos dos Estados Unidos conseguiram, finalmente, reiniciar as conversações entre israelenses e palestinos, embora persista o pessimismo sobre os resultados que possam alcançar. No dia 29 deste mês, negociadores dos dois lados se reuniram em Washington pela primeira vez desde a interrupção das negociações há três anos, quando Israel se negou a atender a reclamação palestina de suspender a construção em assentamentos judeus, que…

Desafios e oportunidades para o Irã de Rouhani

Djavad Salehi-Isfahani* A equipe de transição do presidente eleito no Irã, Hassan Rouhani, dedicou seus primeiros dias a sossegar as expectativas sobre uma rápida recuperação econômica deixando claro que a situação é muito pior do que se pensava. Ao mesmo tempo, o governo findo de Mahmoud Ahmadineyad pintava um quadro otimista do futuro para o líder supremo iraniano, Alí Jamenei. Deixando de lado a política, é difícil imaginar maiores dificuldades…

As armas no Egito provêm dos Estados Unidos

Thalif Deen* Quando se assente a poeira dos mortais enfrentamentos entre as forças armadas do Egito e os milhares de manifestantes islâmicos nas ruas do Cairo e de Alexandria, o principal ganhador será os Estados Unidos, graças à venda de armas. Mais de 50 manifestantes morreram e outros 400 ficaram feridos no Egito vítimas da rebelião militar enquanto a crise se aprofunda. As forças armadas e de segurança estão providas…

A verdadeira vítima do golpe no Egito

Emad Mekay* Depois que a junta militar do Egito, armada, equipada e financiada pelos Estados Unidos, realizou seu golpe de Estado contra o primeiro governo livremente eleito na história do país, haverá muitas vítimas. Entretanto, as principais não serão o derrubado presidente Mohammad Morsi, nem os islâmicos, que são bons sobreviventes por natureza. Serão a democracia e a fé popular nela em todo o mundo. A vítima será a única…

Egito dividido “entre egípcios e islamitas”

Hisham Allam* A Irmandade Muçulmana concretizou um sonho longamente cultivado quando chegou ao poder no Egito no ano passado. Tinha sido discriminada desde que Gamal Abdel Nasser assumiu a presidência em 1956 até o fim da era de Hosni Mubarak (1081-2011). Anwar el Sadat, presidente assassinado em 1981, deu certa liberdade à agrupação depois que assumiu o poder em 1970, mas essa medida teve um efeito bumerangue: os que o…

ONU pede moderação para a polícia turca

Roger Hamilton-Martin O secretario geral da ONU, Ban Ki-moon, e a alta comissária para os Direitos Humanos, Navi Pillay, aconselharam “máxima moderação” à polícia turca diante das informações na mídia sobre a violenta ofensiva policial contra manifestantes pacíficos no parque Gezi de Esstambul. “A atmosfera ainda é … altamente inflamável, é importante que as autoridades reconheçam que a resposta inicial aos protestos, extremamente severa que causou grande quantidade de feridos,…

Um outro olhar sobre o processo eleitoral no Irã

Ali Mohaghegh* A democracia é resultado de um contrato social que coordena as relações entre o indivíduo e a sociedade. Se determinado povo se comporta conforme orientações religiosas, neste caso, a religião exerce papel central no contrato social. Isso acontece na sociedade teocrata do Irã. O sistema da democracia religiosa no Irã não começou com a vitória da Revolução Islâmica de 1979, há 34 anos. A luta pela democracia tem…

Instabilidade política egípcia reflete na economia

Independente de quem é o responsável pela atual crise política no Egito, seja o governo islâmico de Mohamad Morsi ou a beligerante oposição secular, especialistas locais estão convencidos de ao menos uma coisa: as duras circunstâncias econômicas não melhorarão sem estabilidade. “A situação econômica no Egito está intrinsecamente ligada à política”, disse à IPS o analista econômico Hamdi Abdel Azim. “A estabilidade econômica não pode ser obtida em meio à…

Não à guerra, não a mentira

Contra a guerra e pela paz verdadeira. O presidente da Comissão de Segurança Nacional e Política Exterior da Assembleia Consultiva Islâmica do Irã, Alaedin Boruyerdi, manifestou o apoio incondicional de seu país à República Árabe de Síria para enfrentar as conspirações do império […]. Os Estados Unidos e a monarquia da Jordânia intensificaram a formação de mercenários da oposição síria com o fim de utilizá-los para estabelecer uma zona “tampão”…

Custos da guerra: vidas ou tesouros perdidos?

Robert Fisk* O que vale a vida de uma criança comparada com as antiguidades da Síria? Qualquer reflexão sobre os desastres arquitetônicos na Síria deve incluir esta pergunta. A criança, diria uma pessoa humanitária, vale todas as colunas de Palmira. Um historiados de sangue-frio talvez sugerisse que se poderia sacrificar a criança em troca da herança de todas as crianças futuras. Por desgraça, os dois são objeto de destruição…

Gaza arrasada

Eva Bartlett* Em 17 de novembro de 2012, em meio ao ataque de oito dias contra o território palestino de Gaza, o vice-primeiro ministro de Israel, Eli Yishai, exortou publicamente o exército de seu país a “arrebentar Gaza até deixá-la como na Idade Media, destruir toda a infraestrutura, incluindo caminhos e rede de abastecimento de água. No  dia seguinte, Gilad Sharon, filho do ex-primeiro ministro Ariel Sharon, chamou Israel a…

Agora Netanyahu necessita sua Cúpula de Ferro

Pierre Klochendler* JERUSALÉN, 22 nov (IPS) – Terminar a primeira operação militar israelita desde que a Primavera Árabe mudou o Oriente Médio dependeu tanto do esforço diplomático sobre Israel e o Hamas como do alcance dos golpes que trocaram. Para o primeiro ministro Benjamín Netanyahu, o cessar fogo deve durar pelo menos até sua reeleição. Embora tenha calculado muito bem seus tiros quando iniciou a operação Pilar de Defesa no…

ÚLTIMO DIA: Pela acusação de antissemitismo, rede de solidariedade pede adesões em defesa do cartunista Carlos Latuff

Na lista dos 10 mais antissemitas do mundo, o Centro Simon Wiesenthal colocou na terceira posição o chargista brasileiro Carlos Latuff, que em seus desenhos sempre manifestou solidariedade pela causa palestina e denunciou as arbitrariedades do governo Israelense. De acordo com o jornalista e escritor Mário Augusto Jakobskind, tal organização confundiu sionismo com semitismo e seguiu a lógica daqueles que consideram todos os críticos da política de Israel como opositores…

Ato contra Destruição da Palestina reúne intelectuais

Com coordenação de Osvaldo Coggiola, ato contra Destruição da Palestina será realizado no Anfiteatro de História, na Cidade Universitária (USP), nesta sexta-feira (30 de novembro), a partir das 17h, reunindo diversos professores e intelectuais, entre eles, Francisco Miraglia, Leonel Itaussu A. Mello, Ivan Akcelrud Seixas, Valter Pomar, Plinio de Arruda Sampaio Jr., José Arbex, Jorge Grespan, Vladimir Safatle, Zilda Iokoi, Marcos A. Silva, Antonio R. Espinosa, Lincoln Secco e Henrique…

A “Revolução líbia” e as gigantescas reservas de água da Líbia

<<publicado originalmente por Politaia.org>> A demonização de Gaddafi na Imprensa ocidental com o lema: “Um pouco de verdade misturada com um monte de mentiras” permite tirar conclusões nítidas de quem está por trás da “Revolução Líbia”. Depois que, devido ao suposto bombardeio da população pela força aérea de Gaddafi, os russos mais uma vez  podiam chamar de mentirosa a imprensa ocidental, não há mais duvidas que a “Revolução líbia” foi…

Gaza, por Eduardo Galeano

Eduardo Galeano* Para justificar-se, o terrorismo de estado fabrica terroristas: semeia ódio e colhe pretextos. Tudo indica que a carnificina de Gaza, que segundo seus autores quer acabar com os terroristas, conseguirá multiplicá-los. Desde 1948, os palestinos vivem condenados à humilhação perpétua. Não podem nem respirar sem permissão. Perderam sua pátria, suas terras, sua liberdade, seu todo. Nem sequer tem direito de eleger seus governantes. Quando votam em quem não…