Veja bem: não são os bancos e financeiras que estão no poder? Pois bem, a Receita diz que os bancos se omitiram nas questões levantadas pela Lava Jato nos contratos de câmbios usados para lavar dinheiro. O que é isso? Descobriram a pólvora?

Caramba! Nossos avós já sabiam que não se faz um ilícito no mundo sem a participação de um banco. E não é qualquer banco, não. São os maiores.

Publicidade

E, por que será que os bancos fizeram os Paraísos Fiscais? Ou será que é pra pensar que são produtos de governos corrompidos? É só procurar quais são os principais centros de lavagem de dinheiro conhecidos como Paraísos Fiscais: Londres, Bahamas, Lichtstein, Mônaco, Las Vegas, Ilhas Virgens, Hong Kong enquanto foi colônia inglesa, e outros tantos espalhados pelo mundo, sem esquecer da Suíça, a grande matriz do dinheiro escondido.

Já falamos aqui, às vezes somos levados a pensar que a república de Curitiba e afins são de um bando de comunistas que querem acabar com o capitalismo. Mas quando a gente recorda que o capitalismo sequer amadureceu aqui, do que se trata mesmo é de realizar a estratégia de implantação do caos, tão cara aos Estados Unidos.

Há farta literatura sobre as diferentes táticas, desenhadas para as peculiaridades de cada geografia, sobre como os aparatos de inteligência estadunidense vem desenvolvendo a estratégia do caos mundo afora.

E todos sabemos que os juízes da Lava Jato foram instruídos, receberam material colhido pela espionagem, e inclusive têm sido homenageados em diferentes foros nos Estados Unidos e na Europa. Velha tática ianque… desde que aprovaram travar uma guerra de conquista através da cultura e dos meios de comunicação.