Poster Grito de Mujer RD 2014 (promo pequenito)Sob o lema “Somos heroínas!” será realizado no próximo dia 1º de março de 2014, no Centro Cultural das Telecomunicações do INDOTEL (CCT), no Centro Histórico de Santo Domingo, República Dominicana, o recital que abrirá os eventos do 4º Festival Internacional de Poesia Grito de Mulher. Este ano, o Festival fará uma homenagem especial levada a cabo pelo Movimento Mulheres Poetas Internacional MPI, Inc., às heroínas dominicanas de todos os âmbitos, que fundaram com seu esforço a nação.

Ao recital se somarão mais de 20 vozes de distintas gerações poéticas nacionais e internacionais em conjunto com artistas de teatro, artes plásticas, música e dança, homenageando heroínas tais como: Salomé Ureña, María Trinidad Sánchez, Concepción Bona, As Mulheres do 16, Emma Tavárez Justo, Piki Lora, Aniana Vargas, Juana Saltitopa, Rosa Duarte, Ercilia Pepín, Baltazar de los Reyes, Mamá Tingó, as irmãs Mirabal, Aida Cartagena Portalatín, a dra. Evangelina Rodríguez, entre outras.

Entre as poetas participantes se destacarão mulheres provenientes do México, Cuba, Rússia, Porto Rico, Estados Unidos, Nicarágua e República Dominicana. A novidade será a integração de uma sessão especial com poetas masculinos, que serão os responsáveis por levar a mensagem de: “Para nós também importa esta causa”.

O evento conta com o apoio do CCT, da Tertúlia Poética Eduardo Gautreau de Windt, da Fundação Literária Aníbal Montaño, Inc., do Ministério da Cultura, entre outras iniciativas e empresas patrocinadoras que têm se somado em apoio à causa. 36 países do mundo participam do Festival Grito de Mulher 2014, com uma cadeia de mais de 100 eventos simultâneos celebrados durante todo o mês de março, graças à iniciativa nascida na República Dominicana já há quase quatro anos. O ato será aberto a todo público, e com entrada gratuita.

Os interessados podem conhecer a trajetória do Festival Internacional de Poesia Grito de Mulher, fotos, notícias e vídeos de eventos na República Dominicana e no mundo visitando sua página www.gritodemujer.com ou acompanhando suas distintas redes sociais.