Bernardo Palmério*

História de Avá O Povo Invisível.2Documentário de curta metragem sobre os remanescentes da tribo indígena Avá Canoeiro, que no passado habitou extensamente o Cerrado goiano até o extermínio da última aldeia nos anos 70.

Após viverem por mais de 10 anos nas cavernas das montanhas da região, o pequeno grupo de sobreviventes apresentou-se para um morador que lhes encaminhou à Funai. Por fim, foram assentados próximos à construção da barragem de Serra da Mesa. E, por capricho do destino, acabaram sendo pivôs de uma grande discussão sobre progresso e preservação, que permanece em pauta até os dias de hoje. Na época, para não embargarem a obra, que claramente infringia determinações previstas na constituição de 1988, foram negociados ressarcimentos materiais e imateriais, como a localização de outros possíveis grupos de Avá Canoeiros isolados que poderiam ainda esta habitando a região, para recompor a sua nação.

O filme percorreu um grande circuito de festivais nacionais e internacionais conquistando diversos prêmios como Melhor Trilha Sonora em Gramado, Melhor Documentário em Salvador e Melhor Som em Recife.

HHistória de Avá O Povo Invisível.1jpgistórias de Avá – o Povo Invisível

Gênero: Documentário
Diretor: Bernardo Palmério 
Elenco: Bel Kutner
Duração: 19 min     Ano: 1998     Formato: 35mm
País: Brasil     Local de Produção:
Cor: Colorido

Sinopse: A história dos índios Avá-Canoeiro que estão ameaçados de extinção e narra o esforço na tentativa de preservar sua cultura.