O Instituto Pólis convida para o debate sobre a pesquisa da Fundação Perseu Abramo. A pesquisa qualitativa trata do imaginário social dos moradores da periferia de São Paulo. Fenômenos como o avanço do consumo, do neo pentecostalismo e do empreendedorismo popular foram objetos de análise. 

PolisA pesquisa demonstra uma intensa presença dos valores liberais do “faça você mesmo”, do individualismo, da competitividade e da eficiência. Como resultado geral, pode-se encontrar uma população que tendencialmente acredita na política, mas não crê em partidos; reconhece a importância da coletividade, mas almeja crescer individualmente; busca transformações, mas é pouco afeita a rupturas; anseia por novas ideias, mas é também pragmática. Em suma, esse novo caldo cultural exigirá renovações tanto na forma como se realiza a política partidária quanto no conteúdo das políticas públicas que se implementam.

A mistura entre valores do liberalismo, do individualismo, da ascensão pelo trabalho e do sucesso pelo mérito, com valores mais solidários e coletivistas relacionadas à atuação do Estado, à universalização de direitos, à ampliação da inclusão social, permeiam a visão de mundo e o imaginário dessa nova classe trabalhadora das periferias de São Paulo.

Conversa e café: Percepções e valores políticos nas periferias de São Paulo

Quando? Terça-feira, 11 de julho, às 18h.
Onde? Auditório do Instituto Pólis. Rua Araújo, 124. República, São Paulo.
Entrada gratuita – não é necessário realizar inscrição. Acesso ao auditório por ordem de chegada.
Haverá transmissão online