Dialogando

Brasil
0

Nem todos os fogos são de artifício…

…junho promete… Vanderlei Dos Santos Catalão* …uma copa bestial; um desgoverno abestado; mídia-judiciário-empresas “arrependidos” por terem alimentado a besta; bolsões de boçais pedindo intervenção militar; o pmdbosta de sempre aliado do falido q se acha psdbest…besteiras com ares soft e cult; bastas desgastados; bestificado consumo; ….não adianta enfeitar com bandeirinhas, nem disfarçar o quentão pq a fogueira q arde não é a de são joão… …cumpre-nos declarar por dever de ofício: nem todos os fogos…

#NósSóQueremosJustiça
0

Editorial: Finalmente temos uma greve política

Arre! Até que enfim temos trabalhadores mobilizados numa greve política. Pois são reivindicações políticas tanto a paralisação dos caminhoneiros como a dos petroleiros. E não vamos esquecer dos professores, invisibilizados pela mídia.

Alfonso Gumucio
0

“Não sei, não lembro”: García Meza, o ditador boliviano que perdeu a memória

As novas gerações sabem pouco sobre o ditador boliviano García Meza (julho 1980 – agosto 1981). Talvez tenham escutado que foi o responsável pelo assassinato do Marcelo Quiroga[1] e dos dirigentes do Movimento da Esquerda Revolucionária (MIR) massacrados em uma casa da Rua Harrington. Ou das negociatas de La Gaiba e o tráfico de cocaína. Alfonso Gumucio* Inclusive para as pessoas do MAS que governam atualmente, García Meza é demasiado remoto. Eles não lutaram contra…

Carlos Russo Junior
0

Sociedades de consumo: Alguns dos dilemas da democracia nos dias de hoje

“O fato é que uma sociedade de consumo não pode absolutamente saber como cuidar de um mundo e das coisas que não pertencem de modo exclusivo ao espaço das aparências mundanas, visto que sua atitude central ante todos os objetos, a atitude do consumo, condena à ruína tudo o que toca.” (H.Arendt). Carlos Russo Jr.* Nas sociedades democráticas contemporâneas a liberdade foi perdida em meio a um sistema que deixou de representar os anseios dos…

#NósSóQueremosJustiça
0

Editorial: Nossos supremos juízes e a (não) renovação nas eleições de outubro

Enquanto nossos supremos juízes estraçalham a Constituição, o país se torna ingovernável. Delfim Neto, professor da USP, foi secretário estadual em São Paulo, serviu a todos os governos militares, seja como embaixador, ministro de Planejamento, da Fazenda, deputado federal de 1987 a 2007… É justo pensar que se trata de alguém com muita experiência e manejo nas esfera de poder. Pois bem. Delfim escreve na revista semanal Carta Capital e tem manifestado preocupação com “o…

Amyra El Khalili
0

O que são commodities ambientais e como podem ajudar o desenvolvimento sustentável?

Commodities ambientais são muito mais do que um modelo alternativo para o desenvolvimento sustentável. São o resgate de princípios e valores universais, em que se busca a inclusão social sem o assistencialismo e a dependência sobejamente conhecidos no modelo tradicional. Amyra El Khalili* As commodities ambientais são mercadorias originárias de recursos naturais, produzidas em condições sustentáveis e constituem os insumos vitais para a indústria e a agricultura. Estes recursos naturais se dividem em sete matrizes:…

Crônicas
0

Um percurso pelas ideias de Karl Marx, esse gigante da história

O que é que a humanidade deve a ele? O que é que os trabalhadores devem a Karl Marx? Muito. Sem suas ideias, sem a pressão desencadeada por essas ideias, os trabalhadores não teriam direitos sociais, nem haveria a esperança de uma nova sociedade socialista, sem exploração do homem pelo homem. Jorge Rendón Vásquez* Há duzentos anos, Karl Marx nasceu em Trier, uma pequena cidade da Alemanha, às margens do rio Mosel e perto do rio…

Cultura
0

A revolução é cultural e florescerá nos desertos e subúrbios da América Latina

A gente pode ter essa ideia de amor romântico com a América Latina e falar da torrente de seus rios, das frondosas selvas tropicais, do colorido do folclore; a gente pode se enamorar perdidamente dos céus de outono e da névoa da primavera, mas a América Latina, além de senti-la também é preciso pensá-la a partir da análise sociopolítica e cultural. Uma América Latina que seja sentida em cada poro da pele, mas também no…

Conceição Evaristo, escritora Caderno C
1

“Se é direito, quero concorrer”, diz Conceição Evaristo sobre Academia Brasileira de Letras

Apesar de escrever e contar histórias desde sempre, Conceição Evaristo diz que se viu escritora quando teve seu nome publicado pela primeira vez nos Cadernos Negros, do Quilombhoje, nos anos 1990. Aos 44 anos, no poema Vozes-Mulheres, ela ecoava vozes ancestrais do passado e de sua descendência sobre a vida de mulher negra no Brasil. Fernanda Canofre, no Sul21 A minha voz ainda ecoa versos perplexos com rimas de sangue e fome. Inaugurava ali o…

#NósSóQueremosJustiça
0

História do Brasil é marcada por laços entre Justiça e donos do dinheiro

Se aprofundássemos mais nossa própria história, a História do Brasil, e citássemos menos os autores estrangeiros, talvez pudéssemos estar mais preparados para as desventuras que nos perseguem através de tribunais e de representantes de um poder judiciário sob controle de centros imperiais. Ceci Juruá* Laços entre juristas e a gente do ouro e da moeda -a banca- são antigos, formam pilares históricos do capitalismo e constituem um elemento que lhe é consubstancial. Quando o Brasil…

#VenezuelaSobAtaque
6

Documento secreto dos EUA revela “Golpe de Mestre” já em curso contra Venezuela

Os Estados Unidos e seus sócios preparam, em silêncio, um brutal plano para “acabar com a ‘ditadura’ da Venezuela: o Golpe de Mestre”, que já está em marcha e cuja primeira parte começaria antes das próximas eleições venezuelanas, que serão realizadas no próximo domingo (20) e, se não tiverem êxito em derrocar o presidente Nicolás Maduro com a nova ofensiva, na qual utilizarão todo o aparato propagandístico e midiático, além de ações violentas em “defesa…

Argentina
0

O que o patriarcado deve a Evita Perón

Não há Perón sem Evita. Nem Perón nem o Peronismo existiriam sem Evita Perón. Evita é a poesia da rebelião dos povos. Ilka Oliva Corado* A história tem sido ultrajada desde a idade da humanidade por seres patriarcais, misóginos, homofóbicos, racistas, classistas, xenofóbicos, e no caso particular da América Latina, seres de mentes colonizadas têm se encarregado de invisibilizar mulheres como Evita, que nunca aceitaram o jugo patriarcal e jamais dormiram sob o ronrom das delícias…

Destaque 1
0

Bicentenário de Karl Marx: em memória de um dirigente revolucionário do proletariado

Era, assim, o homem de ciência. Mas isto não era sequer metade do homem. A ciência era para Marx uma força historicamente motora, uma força revolucionária. Por mais pura alegria que ele pudesse ter com uma nova descoberta, em qualquer ciência teórica, cuja aplicação prática talvez ainda não se pudesse encarar — sentia uma alegria totalmente diferente quando se tratava de uma descoberta que de pronto intervinha revolucionariamente na indústria, no desenvolvimento histórico em geral.…

Agronegócio
0

Documentário “O veneno está na mesa 2” questiona impacto do consumo de agrotóxicos

Diante da polêmica sobre as mudanças na Lei dos Agrotóxicos, propostas pela bancada ruralista, é fundamental assistir ao documentário “O Veneno Está na Mesa 2”, do cineasta Silvio Tendler, que joga luz e esclarece muitas questões relacionadas ao tema.

Brasil
0

Ano eleitoral: vamos debater a corrupção e os maus costumes

Ano eleitoral. Moralidade, a corrupção, é tema principal, dizem pesquisas. E repetem candidatos a presidente, governos, legislativos. E juízes, procuradores… Bob Fernandes* Muitos recebem auxílio-moradia mesmo morando na cidade onde trabalham… Enquanto punem a imoralidade alheia. O que é certo ou errado, correto ou não? O que deve ou não ser respeitado em nome do bem comum? Esse debate deve mirar autoridades, obviamente. Mas não só. E não só, no topo dos maus costumes, a…

#NósSóQueremosJustiça
0

Comparato: “Temos duas Constituições e uma democracia incompleta no Brasil”

Desde 1824, pouco depois que se instaura a independência do Brasil, o país passa a ser regido por duas Constituições e isso atravessa toda a monarquia e os períodos de regime republicano, chegando aos dias de hoje. É o que acredita o jurista Fábio Konder Comparato.

Audiovisual
0

A loucura de Diego Rísquez, pioneiro do cinema venezuelano

Em sua loucura, eu achava Diego Rísquez parecido com Klaus Kinski (alter ego de Werner Herzog) em Aguirre ou em Fitzcarraldo (e em outros de seus desmesurados filmes) porque tratava como ele de vencer grandes barreiras para plasmar a aventura ou o caminho percorrido em filmes transcendentes. Alfonso Gumucio* Sempre pensei que Diego Rísquez estava possuído por uma febre de grandeza. Enquanto os demais “superoiteiros”— cineastas pioneiros do Super 8 como instrumento para fazer cinema…

Caderno C
1

Inteligência Artificial: a grande revolução do século 21

Há dez anos observávamos que “enquanto as universidades inventavam robôs que se parecem cada vez mais aos seres humanos, não só pela inteligência comprovada, mas também por suas habilidades de se expressar e perceber emoções, os hábitos consumistas nos estão transformando cada vez mais similares aos robôs” Jorge Majfud* Na semana passada, publicamos umas breves reflexões sobre “A grande crise do século 21”. Um problema menor é que nos acusem de dramáticos, grandiloquentes ou apocalípticos.…

Caderno C
0

Um adeus à fotógrafa e cineasta boliviana Julia Vargas

Julia Vargas era minha amiga há mais de cinco décadas, dessas amizades que se herdam dos pais. O meu costumava me contar com admiração a história dos jovens socialistas, Jorge Bartos e Juan Barga, que chegaram à Bolívia para ficar e se converteram em empresários de sucesso. Alfonso Gumucio* A respeito do meu artigo sobre a situação da Catalunha, Julia Vargas me escreveu: “’Estou totalmente de acordo com o teu comentário’… O tema catalão é…

#PlanetaÁgua
1

A grande crise do século 21: entre a acumulação e a degradação ecológica

Acumulação ou degradação? Tanto faz, quaisquer dessas duas bombas de tempo que exploda primeiro fará com que exploda a outra. Então, veremos uma catástrofe mundial sem precedentes. Talvez a maior degradação ecológica de todos os tempos. Jorge Majfud* Sendo que o passado está lá na frente e o futuro lá atrás, só podemos ver com certa precisão o primeiro, e apenas sentir o segundo, às vezes como uma brisa outras como um vendaval. Se pelo…

Brasil
0

Os impactos iniciais dos primeiros seis meses da reforma trabalhista

Em mais um 1º de Maio, o trabalhador tem pouco ou quase nada a comemorar – e muito ou por quase tudo a lutar. Seja pelo persistente flagelo do desemprego, que voltou a crescer em plena “recuperação”(sic) econômica, como anunciou o IBGE no dia 27/04/2018[i]– e com ele a dura realidade da miséria, que só aumenta e se consolida[ii]. Seja, para aqueles que possuem a estranha sorte de estar na máquina de moer do capital,…

Comunicação
0

Povo informado é a arma mais poderosa, por isso recurso em desinformação é milionário

Os cidadãos têm a obrigação individual e coletiva de questionar, pesquisar, ler, divulgar e compartilhar informação uma e outra vez por vertentes diferentes, para que não se consiga apagar de uma só vez a Memória Histórica e para que sejam a memória individual e coletiva os eixos centrais da resistência dos povos que se negam a deixar-se enganar e pisotear. 

Destaque 2
0

Combate à corrupção na Guatemala e os tempos melhores que podem vir

A fraude estava cantada desde o momento em que os dirigentes da máxima organização do empresariado da Guatemala decidiram colaborar com a campanha da governista Frente de Convergência Nacional (FCN), tendo à frente um ator de terceira categoria, o presidente Jimmy Morales. Desde esse momento, os grandes consórcios entraram no jogo para demonstrar, uma vez mais, que seu inveterado costume de incidir a partir das sombras nos destinos do país buscando apoiar quem lhes garanta a sua já histórica hegemonia, sempre funciona.

Caderno C
0

Os primatas dentro de nós: razão, emoção e o uso que fazemos de nossa inteligência

Lendo de Waal, esse vai e vem entre comportamento humano e o de outros primatas, em particular dos bonobos que no geral preferem fazer amor do que guerra, é imensamente instrutivo. Temos sempre essa forte tendência a encobrir o que há de mais podre no nosso comportamento por meio de discursos moralizantes, inclusive, como vimos, apelando erradamente para Darwin. Mas o fato é que as raízes dos comportamentos estão profundamente ligadas às nossas emoções, e aqui o paralelo com o comportamento dos primatas é muito rico. Mas é tão mais fácil insuflar o ódio!

Chicotadas
0

Escola Sem Partido: Cuide do presente para que seu filho tenha futuro

Escola sem partido. O que é isso. Eles querem calar a boca e amarrar as mãos dos que olham crítica e criativamente à realidade. Caso seja aprovado, a nova lei, por exemplo, estimulará qualquer professor à anonimamente denunciar um colega se achar que ele violou a Lei. Quem e com quais critérios se avaliará uma avaliação crítica da realidade? Os critérios e punições serão aplicáveis aos professores que praticarem o proselitismo religioso?  

Brasil
10

Presente de Grego? Estados Unidos doam Tanques de Guerra ao Brasil

O Brasil já foi, na década de 1980, um dos três maiores produtores de tanques no mundo. A Engesa desenvolveu os tanques blindados nacionais Cascavel e o Urutu, que foram exportados para América Latina, África e Oriente Médio. A doação recente dos EUA leva o Brasil à dependência estadunidense quanto à reposição de equipamentos e peças, fator intolerável em tempos de guerra.

Educação
2

Deputado Aldo Demarchi (DEM) quer impor “Escola Sem Partido” a toda educação de SP

Precursor e quiçá inspirador do movimento ideológico denominado “Escola Sem Partido”, o Projeto de Lei 655 de autoria do Deputado Estadual Aldo Demarchi tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo desde 2015 e visa proibir “a prática do proselitismo político no Sistema Educacional do Estado de São Paulo”.

#Releituras
0

Contra ofensiva: A guerra é de pensamento

Ter melhores governos progressistas não é o fim desta história, mas uma oportunidade de completar condições que falta para empreender a próxima. Entre elas, rejuvenescer e fortalecer nossas capacidades para derrotar a contra ofensiva no campo da cultura política, o confronto ideológico e a comunicação persuasiva porque, como assinalou Martí: “é de pensamento a guerra maior que travamos, vamos ganha-la no pensamento”.

Destaque 1
1

Boaventura: passos para a unidade das esquerdas

No contexto atual de asfixiante doutrinação neoliberal, a construção e implementação de alternativas, por mais limitadas, têm, quando realizadas com êxito, além do impacto concreto e benéfico na vida dos cidadãos, um efeito simbólico decisivo que consiste em desfazer o mito que os partidos de esquerda só servem para protestar e não sabem negociar e muito menos assumir as complexas responsabilidades da governação.

América Latina
1

Estaremos diante de novas ditaduras na América Latina?

As atuais ditaduras da América Latina têm todas as características para apresentar uma imagem civil com aparência de respeito pelos preceitos constitucionais, mantendo um calendário eleitoral com pluralidade de partidos e os demais traços de um regime democrático de acordo com as regras ocidentais.

Brasil
0

Mulheres pretas, como Marielle, são menos de 1% nas Câmaras de Vereadores do Brasil

O gargalo para a participação delas na política já pode ser percebido na entrada para a disputa, quando se observa o números de candidatas. Nas eleições municipais de 2016, quando Marielle se saiu vitoriosa, como a quinta mais votada, apenas 14,5% do total de candidatos para inscritos para os cargos de vereador, prefeito ou vice-prefeito eram mulheres eram negras. Dessas, menos de 3% eram pretas.

América Latina
0

Dos campos às cabines de TV: as meninas também jogam (e entendem de) futebol

Eu cheguei nos Estados Unidos em novembro e nos primeiros dias de abril, quando começava a derreter a neve do inverno, saí para buscar trabalho nos campos de futebol. Levava comigo meu título de árbitra de futebol avalizado pela FIFA e uma carta de recomendação da Federação de Futebol da Guatemala.

Brasil
4

Na América Latina, floresce uma primavera de milhões de Lulas 

Lula se encontra nos braços queimados dos que cortam cana de sol a sol, no lombo partido dos que carregam sacos nos mercados, nas mãos gretadas dos pedreiros, nas palavras dos diaristas. Nas mãos criadoras dos artistas de rua.

#NósSóQueremosJustiça
5

“Lula é hoje um preso de Cármen Lúcia”, afirma Reinaldo Azevedo

Diante do contexto criado pela ilegal decretação da ordem de prisão do ex Presidente Luiz Ignácio Lula da Silva, Reinaldo Azevedo afirmou que agora “o Supremo terá que votar as ADCs ou até quando a Carmem Lucia pretende (adiar esta votação). Vejam bem, a partir de hoje Carmem Lucia passa a ter um presidiário privado. Lula é hoje um preso de Carmem Lucia. Atenção! Repito: Lula é hoje um preso de Carmem Lucia”.

Destaque 2
0

Dilma diz que prisão de Lula pode ser prenúncio de adiamento das eleições

A presidenta Dilma concedeu esta entrevista numa sala do 2º andar do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ao lado de onde estava o ex-presidente Lula. Dilma disse que ontem havia chorado. E que isso nunca acontecia com ela mesmo nos períodos duros da ditadura militar. Apesar disso, estava tranquila e confiante na força de Lula para resistir. Conversamos por mais de 1h. E 36 minutos com o gravador ligado e que resultaram nesta entrevista que você…

Brasil
0

Diálogo para deter a violência política

A escalada de violência política, deflagrada desde as jornadas pela deposição da presidenta Dilma Rousseff, tem se intensificado progressivamente no país e chegou ao seu ápice nas últimas semanas, com as execuções da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, em plena vigência da intervenção militar no Rio de Janeiro.

América Latina
0

“Elites da América Latina não querem democracia”, diz Lula em entrevista a Correa

Na nova edição do programa de entrevista “Conversando com Correa”, no canal RT en Español, o ex-presidente do Equador dialoga com Lula da Silva, o ex-presidente progressista do Brasil e principal líder do Partido dos Trabalhadores. A conversa entre ambos aborda as dificuldades históricas e políticas que afetaram a América Latina — especialmente em sua relação com os Estados Unidos — e sua necessidade de seguir lutando para manter a dignidade social diante de qualquer tentativa de submissão.

América Latina
0

“Não há guerra entre cartéis, é o Exército que está matando no México”, denuncia jornalista

Conversa com Federico Mastrogiovanni, jornalista italiano radicado no México. Leiam com atenção, pois o México de hoje nos mostra o que será o Brasil amanhã, a continuar a militarização, a entrega das riquezas naturais, destruição do sistema público de educação, a violência resultante de tudo isso. É a militarização que causa a violência, não o contrário como diz a mídia, diagnostica o sociólogo e jornalista ítalo-mexicano e arremata: o jornalismo tem que ser crítico!

Catalunha
0

Catalunha, onde bandeiras representam a rebeldia e o desejo de independência

O sentimento em favor da independência da Catalunha é amplo, a julgar pelas bandeiras que estão penduradas nos bairros da cidade. São inconfundíveis as listas amarelas e vermelhas da senyera catalã, mas também da bandeira estrelada com o triângulo azul e uma estrela branca.

Destaque 2
0

Mulheres: Sólidas como o diamante

As mulheres de todas as latitudes têm sido butim de guerra, objeto de abuso sexual, trabalhista e jurídico, têm sido vassalas de um patriarcado imposto a força para dobrar seus intentos de independência. Como qualquer sistema ditatorial: só que muito mais sutil, muito mais solapado. Já basta de ensinar-lhe quais são as fronteiras de sua liberdade. Carolina Vázquez Araya*

América Latina
2

Do México ao Brasil, ofensiva neoliberal faz América Latina retroceder cem anos

As ingerências existirão sempre, e não serão apenas dos EUA e seus embaixadores, nem dos infiltrados de outros países; aqui a responsabilidade absoluta é dos traidores que vendem seu povo à melhor oferta. E é aos traidores que se deve julgar; e que apodreçam nas masmorras e sejam arrancados da memória coletiva.

Caderno C
0

Villa-Lobos e a música brasileira

Heitor Villa-Lobos foi o principal responsável pela descoberta de uma linguagem peculiarmente brasileira em música de arte e o maior expoente musical do modernismo brasileiro. Carlos Russo Junior* Carioca, nascido em 3 de março de 1887, filho de Raul Villa-Lobos, um músico amador, foi ele quem lhe deu as primeiras instruções e adaptou uma viola usada para que o pequeno Heitor iniciasse seus estudos de violoncelo. Aos 12 anos, pobre e órfão do pai, Villa-Lobos…

Brasil
2

No Brasil, educação virou balcão de negócios com orientação do Banco Mundial e do BID

Educação deixou de ser direito humano e obrigação do Estado para ser negócio com objetivo de lucro. Esse novo mercado de educação básica, segundo o estudo da revista Época Negócios, “movimenta cerca de R$ 67 bilhões por ano, valor que ultrapassa a renda líquida do ensino superior, de R$ 55 bilhões.

Caderno C
0

Papa Francisco exorta jornalistas a praticarem um “Jornalismo de Paz”

Segundo o Papa, “o melhor antídoto contra as falsidades não são as estratégias, mas as pessoas: pessoas que, livres da ambição, estão prontas a ouvir e, através da fadiga dum diálogo sincero, deixam emergir a verdade; pessoas que, atraídas pelo bem, se mostram responsáveis no uso da linguagem”.

Brasil
3

Denúncia: O mega esquema “criminoso” do Nióbio

Segundo o Dr. Antonio José Ribas Paiva, 98% das reservas conhecidas no mundo estão no Brasil e nosso país é responsável atualmente por mais de 90% do volume comercializado no planeta ou seja, se o Brasil parasse de produzir ou vender nióbio hoje, isso geraria certamente um caos.

Brasil
0

Brasil: Traumas e Desconfiança

Após assistir a tantos escândalos, ter sido assaltado por uma quadrilha de dez bandidos que me chamavam de vagabundo, olhar para o Brasil e ver governos mentirosos que, a cada momento aumentam os tributos em plena crise. Confiarei desconfiando, acreditarei desacreditando e com olhares maliciosos, assim me comportarei.

Brasil
1

CPI da Previdência: relatório conclui que o sistema não tem déficit

O senador Paulo Paim (PT-RS) fala sobre os resultados a que chegou a CPI da Previdência e defende uma revisão e melhoria da estrutura de controle e fiscalização estatal e maior rigor na cobrança para a redução do rombo previdenciário.

América Latina
0

Na Guatemala, governo combate a feroz ameaça que é ter um povo educado

O desenvolvimento de um país é impossível sem um povo educado e consciente da importância de sua participação na vida pública. Para que isso se torne possível, todo o esforço do Estado deve se concentrar em proporcionar as condições ideais para dar acesso às escolas a toda população infantil

América Latina
1

Mesmo preso, Fujimori tenta reestruturar poder no Peru

Mais qualificada que as mobilizações de 2011 em torno do Programa Nacionalista proposto originalmente por Ollanta Humala, do qual se distanciou depois. E mais forte que a Marcha anti Keiko de 29 de maio de 2016 que travou a marcha da máfia ao poder.

Cultura
0

Dança, identidade e guerra

No Brasil, em 1979, as danças étnicas árabes foram introduzidas pela mestra armênio-palestina Shahrazad Shahid Sharkid, que então iniciava um trabalho único no mundo, pela Raks el Chark. A meta de seu trabalho era a pesquisa e o estudo minucioso do corpo feminino pelo registro das mutações ocorridas a partir da aplicação de exercícios de sua criação.

Espiritualidade
0

Migrantes e refugiados em busca da paz

Mensagem do Papa para a 51a Jornada Mundial da Paz celebrada no dia 1o de janeiro de 2018, sobre o tema “Migrantes e refugiados: homens e mulheres que procuram a paz”. O Papa recorda aos mais de 250 milhões de migrantes no mundo, dos quais 22 milhões e meio são refugiados.

Comunicação
0

O PSDB, a TV Cultura e o Movimento #TvSemPartido

Para além de indignado, lembrando a genial frase de Vó Serafina o Marv@da C@rne ficou “Pasmô” com a explícita e desavergonhada orientação ideológica/partidária das pautas e conteúdos apresentados pelo Jornal da Cultura e pelas “análises” feitas pelos comentaristas contratados pela emissora pública.

Audiovisual
0

“Dom Hélder Câmara, O Santo Rebelde”

“Dom Helder Câmara, O Santo Rebelde” foi o documentário escolhido para o lançamento do Circuito de Exibição CNC & ABD ocorrido no dia 27 de setembro de 2005, quando foi exibido simultaneamente em 33 pontos de exibição alternativa espalhados por todo o país. João Baptista imentel Neto*

América Latina
0

Quando é que a esquerda latino-americana vai se unir?

A esquerda latino-americana deve reagir, deixar de lado esse machismo rançoso, deixar esse egocentrismo podre e buscar a unidade, ou ficar completamente de lado e não estorvar e deixar que aqueles que têm a capacidade, a coragem e o amor à terra ocupem seu lugar. Porque já não se trata de protagonismos, se trata de resistência, de salvar as juventudes do decaimento e de recuperar a soberania de uma região que está sendo devorada pelas aves de rapina.

Peru
0

Cambalache no Peru

O segundo significado de “cambalache” é a que melhor se adequa ao que ocorreu no Peru em vésperas das festas natalinas. De fato, se trata de um “intercâmbio de coisas materiais ou imateriais, feito com malícia ou com afã de lucro”. A verdade é que não há precedente porque nunca houve casos parecidos. Gustavo Espinoza M.*

Destaque 2
0

Uma bela entrevista com Pepe Mujica

O ex-presidente do Uruguai Jose Pepe Mujica lamenta a interrupção dos avanços obtidos na integração sul-americana e faz uma defesa vigorosa do ex-presidente Lula e de sua candidatura. “Lula, para mim, é um homem muito importante. É um capital do povo brasileiro. Aliás, de toda a América Latina”.

Uruguay
0

Pepe Mujica: Assim pensamos os do Sul

A tolerância é o fundamento de poder conviver em paz, e entendendo que no mundo somos diferentes. O combate à economia suja, ao narcotráfico, à burla, à fraude e à corrupção, pragas contemporâneas, perfilhadas por esse anti valor, esse que afirma que somos felizes se enriquecermos seja como for. Jose Pepe Mujica.

Audiovisual
0

Peru: Soberania Audiovisual

Uma das características do audiovisual que constrói soberania cultural é o exercício do direito à comunicação e a noção de que no processo de produção de um filme, o que importa é o próprio processo mais que os resultados. A perspectiva de longo prazo e a busca de linguagens e formatos próprios garante o processo e apropriação das próprias comunidades.

Peru
0

Batalha para muito fôlego no Peru

Os documentos entregues à imprensa pela Comissão Lava Jato incrementaram a confusão em um amplo setor da cidadania que ainda tinha dúvidas sobre a honradez de seus governantes e que hoje olha com desencanto para o presidente do Peru. O regime neoliberal se fez crise, do mesmo modo que o aprismo de Alan e a máfia fujimorista.

Destaque 1
0

Jovens: “Somos muitos, somos diversos e cruzamos fronteiras”

Outro fato marca a visibilidade dos jovens latino-americanos migrantes. A significativa presença das mulheres nas correntes migratórias latino-americanas para o território espanhol revelou dinâmicas familiares complexas, que punham em relevo mudanças estruturais e simbólicas nas relações de gênero e geracionais no interior das famílias.

Brasil
0

PSDB: Antes que o muro despenque…

…pasmos com a volta das arcaicas expressões sobre se “caiu a ficha, ou não”; os cabeças brancas do psdb, tão obsoletas qto um orelhão depredado, fingem falsos debates no partido sobre o “fica-não-fica” na continuidade do golpe temerário… tt Catalão* …uns optam pelo pé na cova do Aécio por absoluta falta de opção, outros julgam q ainda há o q se oferecer como “alternativa segura”, mediana, de centro esclarecido, de nível blblablablavla…ao Sistema; este, já…

Dialogando
0

Choque entre Leis e Justiça

Caso houvesse honestidade não seria necessário a aprovação de tantas leis. Há milhares de leis no Brasil, considerando as leis municipais, estaduais e federais, além de decretos, normas, portarias e regulamentações. Há leis inúteis! Por exemplo, alguém já foi punido porque atravessou fora da faixa de pedestre?

Caderno C
0

Pagu, a Patrícia Galvão

Pagu tinha um aguçado instinto de independência. Também era dona de uma fantástica cabeça multimídia, mais de meio século antes dessa palavra fazer sentido. Pagu pensava com palavras, imagens, gestos e muita ação. Pagu desenhava, Pagu escrevia, Pagu agitava. Fernanda Pompeu*

Brasil
0

A liberdade em tempos sombrios

Em um artigo publicado em 1944, A república do silêncio, Sartre escreveu que os franceses nunca foram tão livres quanto no tempo da ocupação alemã. Um chocante e brilhante paradoxo que só a grande Filosofia, como exercício de pensar fora do senso comum, é capaz de produzir.

Mulheres
0

Feminicídios: Uma carga muito pesada

Para as mulheres, a condenação implícita no comentário do cardeal é uma carga muito pesada sobre seus ombros. É tão injusta como irresponsável, sobretudo quando esse prelado exerce sua missão em um dos países com os maiores índices de feminicídio do mundo. Um país, além disso, onde a maioria da população é profundamente crente e necessita um guia fortemente comprometido com os direitos humanos.

Cinemateca Diálogos do Sul
0

O Dia em que Dorival Encarou a Guarda

O Dia em que Dorival Encarou a Guarda é um clássico do curta-metragem brasileiro. Dirigido pelos gaúchos Jorge Furtado e José Pedro Goulart, o curta é uma adaptação do oitavo episódio do livro O Amor de Pedro por João, de Tabajara Ruas. Vale a pena assistir. João Baptista Pimentel Neto.

Brasil
0

O que Leonel Brizola faria?

Não por acaso, a Globo tudo fez para derrubar Brizola. Mesmo com sua força, nunca conseguiu pegá-lo num escândalo de corrupção, nem impedi-lo de se eleger duas vezes ao governo fluminense. Brizola diria hoje, como em 1992: “Se é bom para eles, não deve ser para nós. Nunca foi diferente, por que seria agora?”

Entrevistas
0

Horacio Sívori: Quem é o inimigo?

O fantasma conservador que percorre o mundo não é o que parece, nem que o que se vê a um simples olhar. O antropólogo Horacio Sívori reflete sobre quem são, como operam e como enfrentar esta neo direita que combina ultraliberalismo econômico, moral conservadora e um uso criativo das redes sociais.

Argentina
0

Ara San Juan 8: O povo quer saber

“O trágico desaparecimento do submarino ARA San Juan coloca dois aspectos chaves: um, a busca contra o tempo quando existe a mínima possibilidade de uma “sobrevivência extrema” da tripulação e saber o que é que aconteceu de verdade. Também deverão responder se estavam sendo realizadas as manobras Cormorán”. Stella Calloni*

Argentina
0

Argentina Secreta: “os 562 conspiradores”

“São 562 o número de pessoas que estimamos estão operando nesse momento para que eu não possa terminar meu mandato. Esses grupos estão conformados por juízes, empresários, jornalistas e, como não podia deixar de ser, por políticos. Todos eles estão trabalhando na sombra, ativamente, para desestabilizar este governo eleito e consagrado democraticamente”.

Honduras
0

Honduras sacrificada pelo Triângulo Norte

O que está ocorrendo em Honduras é uma lição para as gerações da desmemória. Os golpes suaves, golpes de Estado e golpes preventivos só servem para manter o sistema intacto e dar continuidade ao saqueio e à opressão. Por isso a imprensa internacional continua sabotando com sua linguagem dúbia e manipulada, a ditadura que está no país.

Artes Plásticas
0

Rina Mamani entre a liberdade e o mercado

A mostra aberta desde quinta-feira na Galeria Altamira (San Miguel) não tem nome porque a própria Mónica é de opinião de que o que ganhou em versatilidade pode perder em unidade. Predominam as paisagens de La Paz: “Me agradam, porque há lugares que parecem de outra parte, a gente nunca termina de conhecer esta cidade.

Mulheres
0

O mito da civilização

Nosso conceito de civilização, essa palavra tão ambígua como enganosa, é algo muito diferente de seu significado real, o qual aludia ao conjunto de ideias, crenças, artes e costumes característicos de um conjunto humano determinado. Na realidade, seu significado variou para a capacidade de enriquecimento de uns a partir da exploração de outros.

Honduras
0

Golpe contra Nasralla em Honduras

Há anos Honduras se enchia de indignados manifestando com tochas. A longa noite hondurenha se enchia de luz, de resistência, de povo desperto, de utopias e vontade. O povo hondurenho tem a força, a dignidade, a honradez e o amor para resistir e não permitir que os abutres da exploração, da manipulação e do extermínio governem.

Caderno C
1

A farsa do dia de Ação de Graças

Amparados numa história falsa, escrita pelos genocidas que invadiram estes territórios e exterminaram os nativos do norte do continente, celebra-se a cada novembro o Dia da Ação de Graças. Esse dia deveria ser lembrado como o Dia do Genocídio Caucasiano contra os nativos norte americanos. Ilka Oliva Corado*

Espiritualidade
0

Acabar com a pobreza: apelo do Papa

“Que os pobres estejam no centro de nossas comunidades não só em momentos como este, mas sempre; porque eles estão no coração do Evangelho, neles encontramos a Jesus que nos fala e nos interpela através de seus sofrimentos e suas necessidades”, augurou o Papa, recordando especialmente as populações que vivem uma dolorosa pobreza.

Manchete
0

Pelo Dia Nacional da Consciência Negra

Alguém dirá que todo dia é também dia de branco, mas, também de branco-negro-índio, ou de índio-negro-branco, ou negro-branco-índio como bem definiu o nosso povo latino-americano o peruano estudioso da cultura negra Nicomedes Santa Cruz. Contudo, o dia é da consciência negra e é sobre isso que devemos refletir.

Guatemala
0

Guatemala: Oasis da incoerência e do oportunismo

Na Guatemala os absurdos em matéria de Direitos Humanos se contam até o infinito, já é costume que populações inteiras de indígenas sejam despojadas de suas terras, tenham suas casas queimadas, e sejam assassinadas pelos braços armados dos bandos de criminosos que pululam no governo. Ilka Corado*

#Releituras
0

Socialismo, Terra e Banking: 2017 vs 1917

Neste artigo, o professor Michael Hudson, da Universidade de Missouri, em Kansas, demonstra, com sucessão de fatos históricos, como e porque o capitalismo hegemonizado pela ditadura do capital financeiro, além de pôr em risco a natureza, está pondo em risco o próprio capitalismo.

Caderno C
0

É primavera, Madá!

Isso me fez lembrar um personagem de Jô Soares, Sebastien, “o último exilado” em Paris. Em um programa de televisão, já nos estertores da ditadura, ele ligava para sua mulher no Brasil, Madá querendo saber como estava o país.

Guatemala
0

Os excessos do poder

Uma das consequências do monopólio do poder em um círculo de corrupção e privilégios, somado à ausência de qualidade da gestão pública, é a marginalização da infância e da juventude como uma estratégia de dominação. A táctica de privar esse sector de acesso à educação. Carolina Vásquez Araya.*

Manchete
0

Morre na Alemanha Moniz Bandeira

O historiador, cientista político e colaborador da Diálogos do Sul, Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira era especialista em política exterior e relações internacionais. Foi autor de várias obras, publicadas no Brasil e em outros países, inclusive na China, onde suas obras têm tido expressivas edições nos últimos anos.

Brasil
0

Projeto de soberania nacional exige diálogo com militares

A fala da deputada Jô Moraes (PCdoB/MG) ocorreu na reunião da Frente Brasil Popular que debateu a questão da soberania nacional e faz referência à declaração do general Antonio Hamilton Mourão, que afirmou que não descarta uma tomada do poder pelos militares como saída para a crise política. José Eduardo Bernardes*

Guatemala
0

Guatemala: Como avaliar um país

No relatório nacional da Guatemala correspondente a 2017, elaborado e apresentado pela Rede Menina Menino, focada na situação da infância e adolescência na Guatemala, se observa uma vez mais o estado de abandono desse setor e como o enorme potencial da infância se perde. Carolina Vásquez Araya.*

Caderno C
0

O encantamento do Che

Brilham seus olhos quando falo do Che, com só ver os sapatos que tinha no dia de sua captura, da pra compreender a grandeza imortal de um ser humano que era mais avançado que a época que lhe tocou viver, e que deixou tudo para ir em busca da liberdade dos povos.

Brasil
1

É hora de virar o disco!

O fora este, fora aquele, só nos empurra cada vez mais para baixo. O amargor já cansou. O rancor já cansou. E, como consequência última do clima infernal engendrado por tanta negatividade, a impotência e a abulia que também já cansaram. É hora de virarmos o disco! Celso Lungaretti.*

Economia
0

“O ajuste feito no Brasil é totalmente equivocado”, afirma Belluzo

Em entrevista a Patrícia Fachim, Luiz Gonzaga Belluzo declarou que “a insistência na austeridade está sendo muito ruim para os mais pobres e que hoje existe um “trololó” no Brasil de que as economias europeia e americana estão crescendo. Porém, tal crescimento tem apenas ampliado as desigualdades”.

Educação
0

Escolas ou presídios: o desafio de Darcy Ribeiro

“Darcy Ribeiro sempre viu longe e certo. Profeta falou aos peixes e os homens não o ouviram. Poderemos recomeçar, para não ter outros vinte anos perdidos?” Luiz Alberto Gómez de Souza* Depois da chacina no presídio de Manaus, “um acidente pavoroso”, no dizer do sempre inapropriado Temer, o governo cambaleante improvisa e fala de construir cadeias, que estarão cada vez mais entupidas de pessoas em condições infra-humanas. Nenhuma menção a escolas. Como no “Alienista”, conto…

Brasil
1

O que querem os militares brasileiros?

Outra indagação aos militares, que devemos sempre destacar, difundir e propagar, é se eles cumprirão com o sagrado dever de defender a pátria, a nação e a Constituição ou se serão guiados pelos gritos histéricos de um Bolsonaro. José Dirceu.*

Manchete
0

Conservadorismo impede que militares identifiquem reais inimigos do país

Em entrevista ao Brasil de Fato, o coronel-aviador reformado da Força Aérea, Sued Castro Lima falou sobre diversas temáticas relacionadas às Forças Armadas e ressalta as condições históricas que levam os militares brasileiros a manifestarem agora o mesmo padrão de comportamento do passado. Vanessa Martina Silva.

Mulheres
0

Mulheres: A canoa contra o rochedo, quem quebra?

Por um breve momento, as mulheres próximas do novo poder chegaram perto do amor livre, do divórcio, do aborto, da dissolução do casamento, da coletivização do cuidado das crianças, das cozinhas e lavanderias. Fernanda Pompeu*

#Releituras
0

Thomas Mann e um grito de alerta antifascista

“No nazismo a violência opunha-se à verdade! Pregava-se um abismo entre a verdade e a força, a verdade e a vida, a verdade e a coletividade. Já a democracia se realiza efetivamente em cada um de nós, visto que a política se tornou um negócio de todas as gentes. Ninguém pode afastar-se dela”. Carlos Russo Jr*

Brasil
0

Carta a Zarattini: amigo revolucionário e companheiro de luta

“Ricardo Zarattini dedicou toda sua vida ao Brasil e ao combate ao imperialismo, como ele fazia questão de destacar. Polêmico, mas sempre buscando a unidade, Zara era um companheiro corajoso, porém humilde, sempre solidário. Até mais Zara! É o Zé, teu camarada de luta!”. José Dirceu”.

Catalunha
0

Catalunha independente

É portanto, execrável a atitude do governo peruano que expressou seu repúdio a qualquer ato ou declaração unilateral de independência da Catalunha por ser “uma ação abertamente contrária à Constituição e as leis espanholas”. Jorge Rendón Vásquez*

Caderno C
0

Mensagem de Rosa Luxemburgo ao século 21

“Uma nova biografia (agora em quadrinhos) destaca Rosa Luxemburgo: a revolucionária que defendeu a liberdade com paixão, criticou a esquerda endurecida, viu potência no feminismo e nos índios e entregou-se ao amor, ao sexo e à arte”. Isabel Louveiro*