Donald Trump

HT-confederate-statue-protest-jt-170514_12x5_1600 O Mundo de Trump

O Retorno do Klan, um sinal de alarme

O reaparecimento do Klan intranquiliza mas não surpreende: diante do estímulo que para a ultra direita nacionalista dos EUA representou o triunfo de Donald Trump, era previsível que os grupos segregacionistas, discriminatórios e anti-imigrantes retomassem as atividades que lhes tornaram tristemente famosos, com o KKK em primeiro lugar.

ditadura350 Comunicação

Internet: Virão as ditaduras digitais

Como bem disse o sociólogo, politólogo pesquisador e docente da Universidade de Buenos Aires, Atílio Borón: “o lugar mais povoado do planeta é o Facebook com um bilhão 860 milhões de usuários”. E, “a batalha mais importante do Império é a dos meios. Batalha que leva a cabo de maneira extraordinariamente exitosa, porque esse é seu principal teatro de operações e do qual nunca o descuidou”. Isso é correto, posto…

trump João Vicente Goulart

Trump/Cuba: Discurso demagogo e idiotizado quando o rabo está preso

Trump em Miami fez o discurso idiotizado, demagogo e notadamente midiático, para desviar a atenção de seu rabo preso com suas ações de impedir as investigações internas, que vem sendo realizadas pelo Congresso Americano e que poderá leva-lo ao Impeachment. João Vicente Goulart* Em um ambiente altamente favorável as suas bravatas, com exilados anticastristas em Miami, Trump declara cancelado o acordo EUA-CUBA, realizado pela administração anterior de Barack Obama. Retoma…

WikiLeaks-TiSA-cartoon 950pix WEB Manchete
0

Eleitores jovens se afastam da democracia tradicional

Em quase todos os países os eleitores mais jovens não comparecem às urnas, isso cria as distorções que elegeram Donald Trump nos EUA e retiram a Inglaterra da União Européia Roberto Savio* Após a votação do Brexit, milhares de jovens protestaram nas ruas de Grã-Bretanha expressando seu desacordo em sair da União Europeia. No entanto, segundo as pesquisas, se os jovens fossem em massa às urnas, e não apenas 37%…

O planeta não cabe no mundo de trump3destaque João Baptista Pimentel Neto

O Planeta não cabe no Mundo de Trump

Sim, o “Planeta não cabe no mundo de Trump”! João Baptista Pimentel Neto* – com a fundamental colaboração da arte e do ativismo de Vanderlei Dos Santos Catalão (tt Catalão). Foi uma semana marcada por fatos que comprovam definitivamente que “O planeta não cabe no mundo de Trump”. É isso ao menos que indicam as reações nacionais e internacionais às atitudes e patetices verbais praticadas por Donald Trump. De Pittsburgh à Tóquio. De Bonn…

100 dias2 Entrevistas

Balanço dos 100 dias de Trump II

O professor titular do Centro de Estudos Hemisféricos sobre Estados Unidos da Universidade de La Habana, Luis René Fernández, em entrevista ofereceu uma análise sobre os primeiros 100 dias de Donald Trump na Casa Branca. Jorge Petinaud Martínez* Observa-se, ao concluir o primeiro trimestre, uma grande consistência entre suas ações e as promessas de campanha. Luis René Fernández: Não obstante, é preciso levar em conta a complexidade do governo estadunidense…

trumpautoriza O Mundo de Trump

Ao bombardear a Síria Trump ameaça a humanidade

Ao bombardear a Síria, os EUA colocam  a Humanidade à beira de uma guerra apocalíptica cujo desfecho poderia ser o fim da humanidade. O ataque com mísseis contra uma base aérea síria na província de Homs foi lançado a partir de navios da US Navy baseados na base naval de Rota, na Espanha. O presidente sírio Bashar Al Assad já tinha negado qualquer responsabilidade no bombardeamento de um hospital com armas…

Eua-e-a-América-Latina O Mundo de Trump

O Império em guerra contra Nossa América

No terceiro mês deste novo ano, a crise econômica e política no mundo, e no Peru, se agrava. Na verdade não é uma mera crise. É, simplesmente, um sistema de dominação mundial -o capitalismo- que se desmantela e gera violentas convulsões. Vejamos o que diz o coletivo do Cedis – Centro de Estudos Democracia, Independência e Soberania, com sede em Lima, Peru. O Império conduz a guerra contra nosso continente…

Trump democracia e diplomacia O Mundo de Trump

Diplomacia e democracia nos EUA de Trump

Decorrido o primeiro mês da administração do presidente Trump estamos em melhores condições para avaliar as políticas e a direção do novo presidente. Um exame da política externa e interna, particularmente de uma perspectiva histórica e comparativa, proporcionará antevisões sobre se a América está a avançar para uma catástrofe como afirmam as mídias corporativas ou rumo a maior realismo e racionalidade. James Petras* Assim, examinaremos se Trump prefere a diplomacia…

trump1 O Mundo de Trump

O dispositivo Clinton para desacreditar Trump

David Brock é considerado como um dos mestres da agit-prop (agitação & propaganda) do século 21. Personalidade sem escrúpulos, tanto pode defender uma causa como destruí-la, segundo as necessidades do seu empregador. Ele está à cabeça de um império da manipulação de massas. Thierry Meyssan* Este artigo é uma advertência : em Novembro de 2016, um vasto sistema de agitação e de propaganda foi montado para destruir a reputação e…

Republican U.S. presidential candidate Donald Trump speaks during a campaign rally at the Treasure Island Hotel & Casino in Las Vegas, Nevada June 18, 2016.   REUTERS/David Becker - RTX2GYKG Geopolítica

Com Trump termina um ciclo

Poderíamos mudar o debate sobre Donald Trump e não nos concentrarmos no que ele faz, mas em sua importância histórica? Oxalá as seguintes reflexões sirvam para compreender que o presidente dos Estados Unidos representa, de fato, o final de um ciclo estadunidense e que estamos todos no mesmo barco. Roberto Sávio*  São necessárias umas quantas palavras, mas vale a pena dedicar a elas alguns minutos a mais. Primeiro, gostando ou…

4 O Mundo de Trump

Donald Trump: a receita para o nacionalismo é o protecionismo

Donald Trump conseguiu a simpatia de setores antagônicos: uma Esquerda fundamentalmente anti-imperialista (não aquela formada por jovens afetados e que só se importam com Obama segurando um guarda-chuva ou dando as mãos para a primeira dama) e uma Direita essencialmente politicamente incorreta. Com um discurso e propostas totalmente contrárias ao establishment atual, cercado pela mídia e demonizado pelas principais estrelas de Hollywood (e com uma oposição que o subestimou profundamente),…

EUA e ONU Flags grd O Mundo de Trump

Trump vai tirar os EUA da ONU?

Apenas 48 horas depois de Trump ter assumido a presidência de Estados Unidos soube-se que no início do mês entrou no Congresso estadunidense um projeto de lei para tirar o país da Organização das Nações Unidas, a ONU. Baher Kamal* Segundo o portal do Congresso na Internet, o projeto H.R,193 –conhecido como a Lei de Restauração da Soberania Estadunidense- foi apresentado à Câmara de Representantes em 3 de janeiro e…

muro Carolina Vásquez Araya

O Mundo de Trump: As linhas divisórias ao sul

Ordens executivas dedicadas aos países do Sul Carolina Vásquez Araya* A construção de muros na mente do presidente de Estados Unidos não se limita unicamente às portentosas cercas de concreto que pretende erguer na fronteiro com México. A abundante imaginação deste mandatário vai muito além disso ao reinventar as restrições para o ingresso de cidadãos de outros países por razões de religião, cultura e origem étnica com a desculpa de…

esquerda trumpista Breno Altman

O Mundo de Trump: Mais uma da “esquerda trompista”

As pessoas relativamente simpáticas a Donald Trump, no campo progressista, gostam de afirmar que ele seria contrário à “globalização neoliberal”, por conta de medidas como a ruptura com o TPP e a denúncia do NAFTA. Breno Altman* Antes de mais nada, o conceito é frouxo. Mistura um fenômeno estrutural – globalização, sofisma inventado pela direita para imperialismo – com um ciclo conjuntural, qual seja, aquele marcado pelas políticas neoliberais. Além…

Vicenç Navarro1 Espanha

Vicenç Navarro: A despolitização do político

A frivolidade do suposto futuro sem trabalho Vicenç Navarro foi Catedrático de Economia aplicada na Universidade de Barcelona. Atualmente é Catedrático de Ciências Políticas e Sociais, Universidade Pompeu Fabra (Barcelona, Espanha). Este artigo analisa o estado de choque produzido no establishment político e mediático de Estados Unidos pelas políticas neoliberais e como juntamente com o triunfo de Donald Trump isso repercute na Espanha. Uma visão objetiva que explica a perplexidade…

hoyla-usa-es-donald-trump-un-fascista-20160315 O Mundo de Trump

Trump: O fascismo continua sendo o fascismo

Por conta de uma análise nossa que circulou dia 23 de janeiro pela Internet, com título “Donald Trump e Adolf Hitler”, alguém comentou que isso era um anacronismo, uma comparação um tanto quanto arbitrária. Pois bem, vamos aprofundar um pouco no tema, inspirados nos primeiros decretos do novo Manda-Chuva gringo. Néstor Francia* Naquela análise advertimos: “o discurso de posse de Trump recorda os inícios da liderança de Hitler na Alemanha…

la-na-north-dakota-pipeline-20160907-snap O Mundo de Trump

Tribo Sioux de Standing Rock adverte Trump

Os índios Sioux de Standing Rock advertem a Trump: “criar outro oleoduto não fará os Estados Unidos grande outra vez. Amy Goodman e Denis Moynihan* Desde que assumiu, e já não só através do Twitter, o presidente Donald J. Trump não deixou de emitir ordens executivas e memorandos presidenciais. Na quarta-feira se pronunciou sobre os oleodutos de Keystone XL e Dakota Access. Ambos projetos foram rechaçados ou atrasados pelo governo…

trump1 Ilka Oliva Corado
1

O muro de Trump contra América Latina

Sem ir muito longe, o muro que Trump pretende construir não vai deter a imigração forçada de latino-americanos porque ela se deve à política externa dos Estados Unidos e sua ingerência na América Latina. Primordialmente. O acosso constante, a intromissão em assuntos internos de outros países que toma como próprios. O saque impiedoso em terras que sempre vulnerou à sua vontade. Ilka Oliva Corado* Se especificarmos a migração de centro-americanos…

636210643314556656 (1) Geopolítica

Quem tem medo de Donald Trump?

Reflexões sobre a vitória de Donald Trump e sua repercussão aqui e no mundo. Paulo Cannabrava Filho* Um dia desses, conversando com nossa equipe de jornalismo, riamos ao constatar que as notícias dominantes na mídia sobre Estados Unidos mais pareciam vir de uma república bananeira: as “Banana’s Republic”, Estados sem condições de estabilidade econômica e política devido à ingerência externa. Primeiro sintoma: a unanimidade da mídia em torno de um…

Papa Francisco adverte Trump O Mundo de Trump

Papa Francisco adverte: a Palestina já é um Estado

O Papa Francisco adverte a Trump e Netanyahu e coloca um marco. Poucos dias antes da posse do novo presidente estadunidense, Donald Trump, o pontífice recebeu o líder palestino Mahmoud Abbas por ocasião da abertura da Embaixada da Palestina junto à Santa Sé, no dia 14 de janeiro. Um sinal claro de política internacional em vista da imprevidente decisão anunciada por Trump de querer transferir a embaixada dos Estados Unidos em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. #MundoDeTrump A reportagem é de Marco Politi, publicada no…

Weeklycomic O Mundo de Trump

Trump na Casa Branca

«Hoje é primeiro dia da III Guerra» #MundoDeTrump Essa a manchete do artigo de Nicolau Santos que abriu ontem a edição do jornal português «Expresso Curto». O título resume bem a histeria coletiva dos media europeus horas antes de Donald Trump tomar posse como presidente dos Estados Unidos. O discurso de Trump, muito breve, foi uma peça oratória de estilo retórico e populista, que desmentiu as previsões pela moderação. Semeado…

Trump 1 Geopolítica

O Isolamento dos EUA, por Noam Chomsky

Noam Chomsky reflete sobre Israel, Trump e a Nova Ordem Mundial, uma aliança entre estados autoritários que se parece estar a estruturar. Noam Chomsky* A 23 de dezembro de 2016, o Conselho de Segurança da ONU passou a Resolução 2334 por unanimidade, com a abstenção dos EUA. A Resolução reafirma “que a política e práticas de Israel em estabelecer colonatos na Palestina e outros territórios Árabes ocupados desde 1967 não…

Demonstrators march along the Las Vegas Strip in protest against the election of Republican Donald Trump as President of the United States, in Las Vegas, Nevada, U.S. November 12, 2016.  REUTERS/David Becker - RTX2TENK Diálogos do Sul

Crise constitucional e golpe para impedir que Donald Trump chegue à Casa Branca?

Por Michel Chossudovsky Por mais que Trump tenha montado um gabinete de direita, de “reacionários” que em grande medida correspondem à base do Partido Republicano, a “entente cordiale” do bipartidarismo norte-americano está em crise. Os poderosos interesses corporativos que apoiaram a candidatura Clinton permanecem ativos, decididos a impedir que Trump chegue à Casa Branca. O capitalismo global absolutamente não é monolítico. O que está em cena são rivalidades fundamentais dentro…

1478792107_maxresdefault O Mundo de Trump

Reflexões não ortodoxas sobre a vitória de Trump

Desde a cidade peruana de Cuzco, onde a cultura Inca foi subjugada pelos espanhóis, vendo como o mundo leva inexoravelmente a uma medida diferente da história. Diante da impossibilidade de escrever uma análise extensa, vão algumas observações dispersas. Roberto Savio* Antes é necessário fazer uma introdução. Em qualquer país do mundo, Hillary Clinton teria vencido a eleição depois de ter recebido o maior número de votos. Não obstante, Estados Unidos…

CHICAGO, IL - MAY 01:  Demonstrators participate in a May Day march on May 1, 2013 in Chicago, Illinois. Hundreds of protestors participated in the two-mile march from the city's West side into the Loop. The majority of the marchers were protesting for immigration reform.  (Photo by Scott Olson/Getty Images) Ilka Oliva Corado
0

Chegou a vez dos indocumentados (2)

Na primeira parte deste artigo tratei de detalhar as razões das migrações forçadas de latino-americanos para os Estados Unidos, nas quais os tratados de livre comércio têm, muito a ver, e as constantes renovações do Plano Condor com suas agendas regionais. Mas, o que acontece com os migrantes que logram cruzar as fronteiras da morte e chegar a este país? O que os espera? Ilka Oliva Corado* Não varia muito…

Cuba observa sin sobresaltos victoria de Trump O Mundo de Trump

Cuba observa sem sobressaltos a vitória de Trump

Talvez pelo costume de tratar com onze presidentes de Estados Unidos, de Eisenhower à Obama e enfrentar ameaças nas 15 campanhas eleitorais nos últimos 56 anos, o triunfo de Donald Trump não provocou trauma para os cubanos. Luís Manuel Arce* Também porque havia em Cuba uma avaliação bastante exata das potencialidades dos dois candidatos, suas formas de expressar e de se projetar, bem como do que cada um poderia significar…

Trump_president Estados Unidos

Sete propostas de Trump que a mídia censurou e que explicam sua vitória

O jornalista espanhol Ignacio Ramonet analisa a vitória do republicano à Presidência dos EUA. Ignácio Ramonet* A vitória de Donald Trump (como o Brexit no Reino Unido ou a votação pelo ‘no’ na Colômbia) significa, primeiro, mais uma gigantesca derrota dos grandes meios de comunicação dominantes e dos institutos de pesquisas de opinião. Mas significa também que toda a arquitetura mundial estabelecida após a Segunda Guerra Mundial está sendo transformada…

Tranfusão Vitor Teixeira Petrobrás

Para os gringos, o filé, para a Petrobras os ossos

Entre os aspectos mais perversos da atual retirada nacional, baseada filosófica e administrativamente na diminuição do papel do Estado e das empresas estatais e paraestatais como instrumentos de aumento da competitividade e do desenvolvimento do Brasil em sua natural disputa com outros países do mesmo porte territorial e demográfico, um dos mais abjetos, pelo cinismo com que tem sido levado a cabo, é o que envolve o acelerado e proposital…

9127020782_64d8a93c70_k Ilka Oliva Corado
0

Chegou a hora para nós, os indocumentados

As migrações de centro-americanos para Estados Unidos tiveram início na década de 1980, quando invadiram o território para aplicar o Plano Condor e a agenda regional das ditaduras e o que chamaram de Conflito Armado interno, mas que na Guatemala deixou um genocídio e terra arrasada. Ilka Oliva Corado* Nesse contexto, milhares se viram obrigados a deixar a América Central para salvar suas vidas e buscar refúgio no México e,…

Republican presidential candidate Donald Trump speaks during a campaign stop Monday, May 2, 2016, in South Bend, Ind. (AP Photo/Charles Rex Arbogast) Flavio Tavares

Trank iú, Trump

O eleitor votou ‘pela mudança’ e, sem saber, escolheu mudar para o passado. Flávio Tavares* O espanto, a perplexidade e a dor se misturam numa confusão tão absurda, tola e perigosa que a única resposta é o velho lugar-comum que nada revela: inexplicável. O odioso confesso, o racista, intolerante e atrasado Donald Trump será presidente dos EUA e já antecipou que pretende reeleger-se. Potência econômica, financeira, tecnológica e militar (pátria…

TRump Manchete

Trump na Casa Branca

Não há precedente na pátria de Jefferson para uma campanha eleitoral tão sórdida e recheada de insultos como a última. Donald Trump tomará posse em Janeiro como 45º Presidente dos Estados Unidos da América. Obama foi um mau presidente. Trump será muito pior. As sondagens até final davam Hillary como vencedora. Mas foram desmentidas nas urnas. Trump ganhou e por uma margem relativamente confortável. Donald Trump fez desde o início…

a-sistema O Mundo de Trump

Trump deixa golpistas brasileiros de saia justa

Os golpistas brasileiros estão de saia justíssima depois da vitória espetacular de Trump contra a onda neoliberal americana. Cesar Fonseca A direita e o jornalismo acrítico que ela alimenta se dizem surpresos com o desempenho eleitoral do vitorioso magnata republicano. O que faltou, porém, foi, justamente, jornalismo. A lei número um do jornalismo, de ouvir as duas partes, algo não seguido por William Waack, por exemplo, foi descumprida nos isteites.…

trump190 América Latina

Trump não significa o fim do ciclo progressista na América Latina

No último ano, falar do “fim do clico progressista” virou moda na América Latina. Uma das possibilidades para tão temida e infundada tese era a continuidade das políticas de livre comércio e de globalização comercial impulsionadas por Washington desde os tempos de Bill Clinton e que seus admiradores pensavam que seriam continuadas por sua esposa Hillary para outorgar sustento às tentativas de recomposição neoliberal em curso na Argentina e no…

trump_3-9 Manchete

Não será fácil para Trump nem para os EUA

Eu acreditava que Hillary Clinton ganharia as eleições e escrevi isso assim que confirmaram sua candidatura sem medo de errar. Observando e estudando esse país por décadas, constatei que é um país muito previsível, posto que a população é exageradamente ingênua e manipulada pelos meios de comunicação e o centro do poder dominado por uma oligarquia que há séculos sabe o que quer e o que fazer. Paulo Cannabrava Filho*…

trump-2 Ilka Oliva Corado
0

Trump, reflexo de nossa miséria

Não há muito que analisar sobre os resultados das votações. Não nos deve surpreender a vitória de Trump. Ele é reflexo do que somos como humanidade: patriarcal, misógina, machista, homofóbica, xenófoba, racista, sexista e fascista. Isso explica que dera uma surra em Hillary Clinton e varrerá com as eleições. Com isso não quero dizer que ela é uma fruta em compota nem que a defenda. Estados Unidos não está preparado…

636137128989997834w Estados Unidos

Os candidatos dos Estados Unidos e suas alianças na América Latina

Ninguém deve duvidar: existem grandes coincidências entre o Partido Democrata e Republicano que se materializam no vínculo entre estes e as diversas organizações internacionais e latino-americanas Por Silvina M. Romano, do Celag O Partido Republicano é membro da União de Partidos Latino-Americanos (UPLA), criada em 1992, integrada entre outros, pelo Partido Conservador da Colômbia, partido Proposta Republicana (PRO) da Argentina, o Movimento Social Democrata da Bolívia, o Partido Conservador da Nicarágua,…

o-juiz-federal-sergio-moro-durante-palesta-no-wilson-center-em-washintong-estados-unidos Brasil

Moro faz o jogo de Washington

Moniz Bandeira: Moro é parte imprescindível da estratégia de Washington de acelerar desordem mundial no Brasil Cesar Fonseca* Se a grande mídia está a favor, se ela está enchendo a bola de alguém, cuide-se, melhor ficar do outro lado. A história de Sérgio Moro, mais que um Savonarola brasileiro, como destacou o escritor Rogério Cerqueira Leite, é, na verdade, repetição, como farsa, de Silvério dos Reis, traidor que entregou os…

ARGENTINA-ABORTO-759x394 Direitos Humanos

Liberdade para Ana Belén!

Ana Belén Montes, a porto-riquenha presa nos Estados Unidos sob condições extremas desde 2001 por seus atos de solidariedade e compromisso com o povo cubano, acaba de receber um diagnóstico de câncer de mama. A informação que ela divulgou a seus familiares e advogados é limitada, devido ao hermetismo que caracteriza seu caso. Mesmo assim sabe-se que Ana Belén se submeterá a uma mastectomia do seio direito dentro de pouco…

obama soldiers Mundo

Obama satisfeito com sua açao na Líbia

Apesar da guerra contra a Yamahiriya Árabe Líbia ter sido realizada com o pretexto de proteger a população civil, hoje ninguém se atreve a negar que Estados Unidos empreendeu essa agressão para impor uma mudança de regime. As cidadanias dos Estados democráticos apoiaram a operação e por conseguinte compartilham a responsabilidade pelo que ocorre. Porém, até que ponto? Valentin Vasilescu* Em uma entrevista publicada em 10 de março de 2016…

NOVI SAD
FOTO:DARKO DOZET Manchete

A via da guerra é um perigo enorme

Milosevic e a atualidade Jorge Cadima* Seguindo o guião usual, o presidente (repetidamente eleito) Milosevic fora pessoalmente demonizado e caluniado como prelúdio à destruição do seu país. Pela calada, o ICTY (Tribunal Criminal Internacional para a ex Iugoslávia, sigla inglês) acaba agora de reconhecer a falsidade das calúnias (ilibando os mortos para condenar os vivos). Importa romper as barreiras de silêncio cúmplice da comunicação social de regime sobre este reconhecimento…

colonizac3a7c3a3o-inglesa Europa

Inglaterra pretede deixar a União Européia. E nós com isso?

Inglaterra pretende deixar a União Europeia e tem aprovação de boa parte da população em plebiscito. Se sair, deixa de pertencer a um mercado comum europeu que tem garantido sua sobrevivência para ser uma mera colônia dos Estados Unidos. Se não sair, tampouco muda muito essa situação de cada vez maior dependência e submissão a sua ex-colônia. Paulo Cannabrava Filho* A velha Inglaterra, saindo ou permanecendo no Tratado de Maastricht…

Hillary Estados Unidos

Hillary Clinton, a rainha do caos

São poucos os escritores progressistas norte-americanos cujos livros denunciam a estratégia de dominação planetária dos EUA como ameaça à Humanidade. Miguel Urbano Rodrigues* Diana Johstone é quase uma exceção. Não é marxista nem revolucionária e acredita nos valores da democracia ocidental. O que critica é o funcionamento da engrenagem do poder, a ambição, a perversidade, a irresponsabilidade, o belicismo da elite oligárquica que no seu país controla o sistema e define…

9803338254_8a08e0471e_h Estados Unidos
0

Eleições e indocumentados nos Estados Unidos

Em qualquer país do mundo, em qualquer circunstância, os migrantes indocumentados sempre são as maiores vítimas do sistema. Invisíveis como pessoas e visíveis como espólio. Ilka Oliva Corado*  Dos migrantes indocumentados se aproveita o país de origem que os obriga a migrar;  em troca dessa ingratidão recebe as remessas que eles enviam e que são as que mantêm o país à tona. Aproveita-se o país de traslado que desrespeita seus direitos…