economia

Destaque 1
0

Editorial | Jogos e cassinos no Brasil: liberar geral ou proibir totalmente?

Vira e mexe ataca nos governantes a vontade de legalizar os jogos e cassinos, hoje ilegais no país. Tramita na Câmara dos Deputados, desde 1991, projeto (PL442), do ex deputado Renato de Mello Viana (PMDB-SC), e no Senado (PLS 186), desde 2014, do senador Ciro Nogueira (PP-PI), que estão sempre à disposição para serem votados.

Brasil
0

Editorial | A quem servem os escândalos midiáticos e a nova disparada do dólar?

Quando a mídia faz escândalo em torno de algum tema, fiquemos de olho, porque algo mais está por trás. Há que perguntar sempre: quem se beneficia? E lembrar do velho ensinamento dos mestres do jornalismo: corra atrás do dinheiro que você descobre.

Destaque 1
0

Uberização da economia faz de trabalhadores os servos dos tempos modernos

Um motorista de táxi de Nova York de 65 anos, de Queens, Nicanor Ochisor, enforcou-se na sua garagem em 16 de março, dizendo, numa nota que nos deixou, que empresas como a Uber e a Lyft haviam tornado impossível ganhar o suficiente para viver. Foi o quarto suicídio de um motorista de táxi em Nova York nos últimos quatro meses, incluindo em 5 de fevereiro, o motorista de carros de aluguel, Douglas Schifter, de 61…

Brasil
0

Nem todos os fogos são de artifício…

…junho promete… Vanderlei Dos Santos Catalão* …uma copa bestial; um desgoverno abestado; mídia-judiciário-empresas “arrependidos” por terem alimentado a besta; bolsões de boçais pedindo intervenção militar; o pmdbosta de sempre aliado do falido q se acha psdbest…besteiras com ares soft e cult; bastas desgastados; bestificado consumo; ….não adianta enfeitar com bandeirinhas, nem disfarçar o quentão pq a fogueira q arde não é a de são joão… …cumpre-nos declarar por dever de ofício: nem todos os fogos…

Brasil
0

Quarta, 30 de maio, é dia nacional de luta

As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo lançaram uma nota chamando para atos nesta quarta-feira (30) contra a política de preços da Petrobras, pela demissão do presidente da estatal, Pedro Parente, em defesa da queda do preço dos combustíveis; pela saída do governo ilegítimo de Michel Temer da presidência e a convocação de eleições limpas. Leia a íntegra: Pela redução do preço do gás e do combustível, Frentes convocam dia nacional de luta. O…

Brasil
0

“Em todo o mundo, austeridade é uma máquina de produzir desigualdades”

Compreender as múltiplas dimensões da desigualdade no Brasil requer levar em conta os profundos desajustes nas cargas tributárias, isso porque a política tributária se caracteriza por ser intensamente regressiva. O que isso significa? Que os mais pobres pagam mais impostos, à medida que a taxação nos produtos compromete mais a renda que das populações mais abastadas, cujo rendimento financeiro é, proporcionalmente, menos taxado. Ricardo Machado, no IHU online  “O Brasil já teve uma tributação mais progressiva, entretanto, desde os governos militares as alíquotas máximas de imposto de…

Carlos Russo Junior
0

Sociedades de consumo: Alguns dos dilemas da democracia nos dias de hoje

“O fato é que uma sociedade de consumo não pode absolutamente saber como cuidar de um mundo e das coisas que não pertencem de modo exclusivo ao espaço das aparências mundanas, visto que sua atitude central ante todos os objetos, a atitude do consumo, condena à ruína tudo o que toca.” (H.Arendt). Carlos Russo Jr.* Nas sociedades democráticas contemporâneas a liberdade foi perdida em meio a um sistema que deixou de representar os anseios dos…

Amyra El Khalili
0

O que são commodities ambientais e como podem ajudar o desenvolvimento sustentável?

Commodities ambientais são muito mais do que um modelo alternativo para o desenvolvimento sustentável. São o resgate de princípios e valores universais, em que se busca a inclusão social sem o assistencialismo e a dependência sobejamente conhecidos no modelo tradicional. Amyra El Khalili* As commodities ambientais são mercadorias originárias de recursos naturais, produzidas em condições sustentáveis e constituem os insumos vitais para a indústria e a agricultura. Estes recursos naturais se dividem em sete matrizes:…

Brasil
0

Degradação ambiental e criminalização: o impacto da Vale para os povos indígenas

“Com a mineração, a destruição é muito mais brutal porque não é só implantação de capim, é a destruição que se dá no solo, que se dá com a poluição das águas. Isso nós vimos aqui, e a desestruturação das comunidades, isso nós percebemos, com a implantação da ferrovia pela Vale”. Lilian Campelo, no Brasil de Fato Quando o trem carregado de minério passava por dentro de Santa Rita, no Maranhão, a diversão de Mateus…

Carolina Vásquez Araya
0

Na Guatemala, pobreza de 3 em cada 4 pessoas é decisão dos que monopolizam a riqueza

É preciso repetir, a Guatemala é um país de riqueza inesgotável, mas a maior parte de sua população é pavorosamente pobre. Esse, paradoxalmente, foi o destino que o condenou a se converter no que é hoje: uma terra de miséria e injustiça, de desigualdades e abusos. Carolina Vásquez Araya* É difícil ver como um país tão rico e cheio de possibilidades de desenvolvimento afunda na ignomínia política, administrativa e econômica pelo simples fato de haver…

Argentina
0

8 problemas da Argentina de Macri que te dizem que só acontecem na Venezuela

Na Argentina, durante a campanha eleitoral, o direitista Mauricio Macri repetiu diversas vezes em seus discursos, em referência ao governo de Cristina Kirchner, para amedrontar o povo: “estivemos muito próximos de nos tornar a Venezuela”. Martín Fernández Lorenzo*, em Socialista Morena A ironia é que, apenas três anos depois de Macri chegar ao poder, os argentinos estão mais próximos de “ser a Venezuela” do que os brasileiros imaginam. Confira: 1. Presos políticos Nem bem Mauricio…

Economia
0

Vaticano: “Que a política não esteja a serviço das finanças”

Que a política não esteja a serviço das finanças. É a advertência do Vaticano contida no documento Oeconomicae et pecuniariae quaestiones, que critica duramente a especulação financeira. Francesco Antonio Grana* O texto, aprovado pelo Papa Francisco, oferece algumas “considerações para um discernimento ético sobre alguns aspectos do atual sistema econômico-financeiro”, como diz o subtítulo, e foi elaborado pela Congregação para a Doutrina da Fé e pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral. O…

Argentina
0

Governo Macri: A Argentina e o efeito orlof

Na Argentina, o governo Macri procurou o FMI ameaçado por uma corrida ao dólar, em um país traumatizado, como o Brasil, pela superinflação. A desvalorização foi, contudo, somente o gatilho. Nesse contexto precisamos compreender que o FMI já voltou à Argentina e tem um plano. A desvalorização acentuada do peso argentino levou o governo a procurar um empréstimo de US$ 30 bilhões. Valerio Arcary* O dinheiro é um meio e não um fim. A fortuna…

Brasil
0

Privatizar Eletrobras é mau negócio: perde a engenharia nacional e a sociedade em geral

Fracassada a intenção de aprovar a reforma da Previdência, sob o argumento de necessidade de fazer caixa, o governo federal agora tenta emplacar a privatização da Eletrobras. “Frustrada aquela tentativa, [o governo] voltou suas metralhadoras para o grupo”, atesta José Antonio Latrônico Filho, representante da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) nas negociações coletivas com a holding e presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas (Abee). Para tanto, aparentemente, vale tudo: conforme divulgado pela Agência Sportlight,…

Destaque 1
1

Acre: Comunidades denunciam projeto de compensação de carbono Envira REDD+

O Projeto Envira Amazônia é um dos três empreendimentos de compensação de carbono florestal (REDD+) que a empresa estadunidense CarbonCo LLC está desenvolvendo no estado brasileiro do Acre. Jutta Kill O projeto abrange quase 40 mil hectares de floresta amazônica e faz parte de uma enorme área de 200 mil hectares, dos quais a empresa JR Agropecuária e Empreendimentos EIRELI alega ser proprietária. Porém, essa propriedade é contestada. Famílias de seringueiros vivem naquelas terras há…

Brasil
2

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade

A União está quebrada em todos os sentidos e, em todos, por irresponsabilidade. A irresponsabilidade na administração pública levou à quebra o Tesouro Nacional, ou seja, as contas a receber e a pagar do governo. Em termos empresariais, isso significa que o Estado faliu e deve mais de R$ 4 trilhões, quase 80% do PIB.

Agronegócio
0

Documentário “O veneno está na mesa 2” questiona impacto do consumo de agrotóxicos

Diante da polêmica sobre as mudanças na Lei dos Agrotóxicos, propostas pela bancada ruralista, é fundamental assistir ao documentário “O Veneno Está na Mesa 2”, do cineasta Silvio Tendler, que joga luz e esclarece muitas questões relacionadas ao tema.

Caderno C
1

Inteligência Artificial: a grande revolução do século 21

Há dez anos observávamos que “enquanto as universidades inventavam robôs que se parecem cada vez mais aos seres humanos, não só pela inteligência comprovada, mas também por suas habilidades de se expressar e perceber emoções, os hábitos consumistas nos estão transformando cada vez mais similares aos robôs” Jorge Majfud* Na semana passada, publicamos umas breves reflexões sobre “A grande crise do século 21”. Um problema menor é que nos acusem de dramáticos, grandiloquentes ou apocalípticos.…

#PlanetaÁgua
1

A grande crise do século 21: entre a acumulação e a degradação ecológica

Acumulação ou degradação? Tanto faz, quaisquer dessas duas bombas de tempo que exploda primeiro fará com que exploda a outra. Então, veremos uma catástrofe mundial sem precedentes. Talvez a maior degradação ecológica de todos os tempos. Jorge Majfud* Sendo que o passado está lá na frente e o futuro lá atrás, só podemos ver com certa precisão o primeiro, e apenas sentir o segundo, às vezes como uma brisa outras como um vendaval. Se pelo…

Brasil
0

Os impactos iniciais dos primeiros seis meses da reforma trabalhista

Em mais um 1º de Maio, o trabalhador tem pouco ou quase nada a comemorar – e muito ou por quase tudo a lutar. Seja pelo persistente flagelo do desemprego, que voltou a crescer em plena “recuperação”(sic) econômica, como anunciou o IBGE no dia 27/04/2018[i]– e com ele a dura realidade da miséria, que só aumenta e se consolida[ii]. Seja, para aqueles que possuem a estranha sorte de estar na máquina de moer do capital,…

América do Norte
2

Guerra comercial de Trump mira tecnologia e desenvolvimento da China, diz analista

O presidente estadunidense, Donald Trump, anunciou no início de março tarifas de 25% e 10% sobre a exportação de aço e alumínio, respectivamente, para os Estados Unidos. A tensão entre os EUA e a China eleva a ameaça de uma guerra comercial.

Economia
3

Qual o projeto econômico do esquerdista AMLO, líder das pesquisas no México?

Em 1º de julho serão realizadas as eleições presidenciais no México. Entre os candidatos encontra-se Andrés Manuel López Obrador (AMLO), ex-chefe de governo da Cidade de México que, acompanhado pela equipe do partido Morena (Movimento de Regeneração Nacional) e pela frente “Juntos Faremos História” tem boas possibilidades de chegar à presidência, como mostram as pesquisas eleitorais.

África do Sul
0

África do Sul: Milhares fazem greve contra salário mínimo abaixo da linha da pobreza

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras aderiram nesta quarta-feira (25) a uma paralisação na África do Sul chamada pela Federação Sul-Africana de Sindicatos (South African Federation of Trade Unions – SAFTU) e movimentos sociais contra a proposta do governo de alterar as leis trabalhistas do país.

Manchete
3

Os EUA já não são mais aquele… Até quando apoiaremos a maior força bélica da história?

costaOs Estados Unidos mantêm a maior força bélica jamais vista na história da humanidade. Forças terrestres, aéreas, navais, porta-aviões, bases militares, mísseis, foguetes, energia atômica e nuclear espalhadas pelo mundo. Para que serve tudo isso? A melhor pergunta é: quanto custa e como sustentar tudo isso? Paulo Cannabrava Filho* Eles são hoje o país capitalista que abriga o maior número de pobres, que tem o maior déficit orçamentário e a maior dívida externa. Você verá…

#Releituras
0

Contra ofensiva: A guerra é de pensamento

Ter melhores governos progressistas não é o fim desta história, mas uma oportunidade de completar condições que falta para empreender a próxima. Entre elas, rejuvenescer e fortalecer nossas capacidades para derrotar a contra ofensiva no campo da cultura política, o confronto ideológico e a comunicação persuasiva porque, como assinalou Martí: “é de pensamento a guerra maior que travamos, vamos ganha-la no pensamento”.

Brasil
2

Desmonte do setor nuclear é irresponsável e prejudica defesa estratégica do Brasil

O Brasil — junto com os Estados Unidos e a Rússia — é parte do seleto grupo de nações que possui em seu território minérios nucleares, geradores de energia e domina o ciclo do combustível nuclear de modo autossuficiente para a geração de energia elétrica.

Brasil
0

Delfim Netto, o queridinho da direita e da pseudoesquerda

Antonio Delfim Netto é um sedutor. Dom nato. E conseguiu com isso se transformar, ao mesmo tempo, no queridinho da direita e da pseudo-esquerda. Com espaço na revista Carta Capital e na Folha de S. Paulo. A primeira vinculada ao lulismo. A segunda, que foi diário oficial da ditadura, e aderiu à abertura democrática quando percebeu que o regime militar tinha fracassado e estava com seus dias contados

Brasil
2

Após defender fim de universidades públicas, Banco Mundial quer reduzir salário no Brasil

Depois de ter sugerido o fim do ensino superior gratuito, o Banco Mundial agora defende a redução dos salários no Brasil e a abertura ainda maior da economia do país para o capital e o comércio internacionais. De acordo com a entidade, o salário mínimo brasileiro é “alto” e incentiva a informalidade.

Brasil
0

Cortes de Temer comprometem vida das mulheres; verba caiu 63% desde gestão Dilma

Os cortes no Orçamento realizados desde 2015, mas muito aprofundados na gestão Michel Temer, atingiram em especial as mulheres. Em condição de maior vulnerabilidade que os homens, elas são as mais afetadas com a redução de verbas para políticas públicas em qualquer área

América Latina
0

Declaração do Fórum Feminista frente ao Livre Comércio e a Grande Assembleia Feminista

O Fórum Feminista frente ao Livre Comércio e a Grande Assembleia Feminista realizou-se no marco da Cúpula dos Povos “Fora OMC, construindo soberania” entre os dias 11, 12 e 13 de dezembro em Buenos Aires, Argentina, frente à realização da 11º Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio nesta cidade.

Brasil
2

No Brasil, educação virou balcão de negócios com orientação do Banco Mundial e do BID

Educação deixou de ser direito humano e obrigação do Estado para ser negócio com objetivo de lucro. Esse novo mercado de educação básica, segundo o estudo da revista Época Negócios, “movimenta cerca de R$ 67 bilhões por ano, valor que ultrapassa a renda líquida do ensino superior, de R$ 55 bilhões.

Brasil
0

Leonardo Boff: a crise capitalista e o golpe

Há uma crise sistêmica em todo o mundo. A crise brasileira tem um componente geopolítico. Nós somos a sétima economia do mundo, um país populoso e líder da América Latina. É óbvio que houve interesses do capital e do governo estadunidense no golpe perpetrado.

Destaque 2
0

Com mudanças na Lei de Zoneamento de São Paulo, Prefeitura vai deixar de arrecadar R$ 150 mi por ano

As alterações na Lei de Zoneamento da cidade de São Paulo farão com que a Prefeitura deixe de arrecadar, aproximadamente, cerca de R$ 150 milhões por ano. De acordo com as mais de cem organizações que assinam a carta aberta endereçada ao prefeito João Doria, a medida vai favorecer o setor imobiliário.

América Latina
0

Criptomoeda Petro: a aposta venezuelana para sair da crise é a nova contradição do capitalismo?

O Secretário de Estado Norte-Americano, Rex Tillerson — também conhecido como “T Rex” — o mesmo que celebrou as evidências que apontavam para um recente aumento na miséria extrema da Coreia do Norte como um sinal de que as sanções impostas pelos Estados Unidos estariam funcionando[1], deu ainda outra típica declaração de paz, desta vez sobre a Venezuela, na qual afirmava que uma intervenção direta dos Estados Unidos no país não se fazia necessária uma…

Brasil
3

Denúncia: O mega esquema “criminoso” do Nióbio

Segundo o Dr. Antonio José Ribas Paiva, 98% das reservas conhecidas no mundo estão no Brasil e nosso país é responsável atualmente por mais de 90% do volume comercializado no planeta ou seja, se o Brasil parasse de produzir ou vender nióbio hoje, isso geraria certamente um caos.

#PlanetaÁgua
0

Em Davos, Temer tenta entregar a água do Brasil

Estranhamente, o segundo evento oficial em que Temer participaria – um debate público com a participação do Prefeito de São Paulo João Dória, do Presidente do Bradesco, do CEO do Itaú-Unibanco e do CEO da Nestlé Paul Bulcke – desapareceu da agenda do Fórum.

#PlanetaÁgua
1

Água como fator de desestabilização política

Do total de água que existe no mundo, só 3% é água doce e dela apenas 1% é de superfície e de fácil acesso. O resto são glaciais. Lamentavelmente as poucas fontes de água do planeta, uma vez utilizadas, são convertidas em depósitos de dejetos orgânicos.

#NósSóQueremosJustiça
0

“Ninguém aprendeu nada com o desastre de Mariana”

A história do projeto Minas-Rio começa com o sonho grande de Eike Batista e sua MMX, a mineradora do Grupo X que deu o pontapé inicial na operação, em 2006. As minas seriam conectadas ao porto de Açu, no Rio Janeiro, por um mineroduto que corta 33 municípios mineiros e fluminenses, um total de 529 quilômetros.

Portugal
0

Salário mínimo é de 2.300 reais…em Portugal

Para vergonha da maioria dos Congressistas Brasileiros que no final de 2017 aprovaram um Salário Mínimo que não chega sequer a míseros 1.000 reais, em Portugal, a partir desta segunda feira (1/1/2018) o salário mínimo nacional subiu de 557 para 580 euros, o que equivale a cerca de 2.300 reais.

Economia
0

Crescimento da América Latina e Caribe será positivo em 2017

Os países da América Latina e do Caribe crescerão em média 1,1% em 2017 após dois anos consecutivos de contração, graças a um contexto internacional que apesar dos riscos geopolíticos apresenta melhores expectativas de crescimento, e uma melhora nos preços das matérias-primas que a região exporta,

Europa
0

Uber: Tribunal Europeu confirma que se pode exigir licenças

A decisão desta instância surge num contexto em que a Uber tem sido alvo de contestação por taxistas em vários países europeus e é mais um elemento que pode incentivar os estados-membros a obrigar a Uber a cumprir as mesmas regras que outras entidades que praticam o transporte individual de passageiros.

Peru
0

Batalha para muito fôlego no Peru

Os documentos entregues à imprensa pela Comissão Lava Jato incrementaram a confusão em um amplo setor da cidadania que ainda tinha dúvidas sobre a honradez de seus governantes e que hoje olha com desencanto para o presidente do Peru. O regime neoliberal se fez crise, do mesmo modo que o aprismo de Alan e a máfia fujimorista.

Comunicação
0

Agência estadunidense decreta fim da neutralidade de rede

Os procuradores-gerais de Nova Iorque, Eric Schneiderman, e de Washington, Bob Ferguson, anunciaram a intenção de entrar na Justiça com um pedido de anulação da votação na FCC. Também parlamentares do Partido Democrata informaram que levarão a disputa para o Congresso.

Manchete
0

Reforma agrária está no epicentro da crise no Zimbábue, após 17 anos de implantada

O Zimbábue se destaca neste contexto por ter implementado uma reforma agrária, a primeira a ocorrer após o fim da Guerra Fria, que redistribuiu 85% das terras do país. Em entrevista ao Brasil de Fato, Paris Yeros, fala sobre o modelo de desenvolvimento adotado pelo país africano.

Argentina
0

Argentina Secreta: “os 562 conspiradores”

“São 562 o número de pessoas que estimamos estão operando nesse momento para que eu não possa terminar meu mandato. Esses grupos estão conformados por juízes, empresários, jornalistas e, como não podia deixar de ser, por políticos. Todos eles estão trabalhando na sombra, ativamente, para desestabilizar este governo eleito e consagrado democraticamente”.

Petrobrás
0

Por que Temer prestigiou a Shell no pré-sal?

Beneficiada pelo lobby britânico que resultou em uma série de vantagens fiscais e concessões feitas pelo governo Temer, a Shell já é velha conhecida na indústria de petróleo por modus operandi que passam ao largo da lei. A Federação Única dos Petroleiros (FUP) divulgou nota sobre o histórico de atuação da empresa.

Economia
0

Economia: Para onde vai todo o excedente?

Graças à divulgação dos chamados Paradise Papers e das investigações adicionais conduzidas por Gabriel Zucman, Thomas Tørsløv e Ludvig Wier, sabemos que uma grande parte do excedente capturado pelas corporações é artificialmente transferido para paraísos fiscais de todo o mundo.

#Releituras
0

Socialismo, Terra e Banking: 2017 vs 1917

Neste artigo, o professor Michael Hudson, da Universidade de Missouri, em Kansas, demonstra, com sucessão de fatos históricos, como e porque o capitalismo hegemonizado pela ditadura do capital financeiro, além de pôr em risco a natureza, está pondo em risco o próprio capitalismo.

Manchete
0

Morre na Alemanha Moniz Bandeira

O historiador, cientista político e colaborador da Diálogos do Sul, Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira era especialista em política exterior e relações internacionais. Foi autor de várias obras, publicadas no Brasil e em outros países, inclusive na China, onde suas obras têm tido expressivas edições nos últimos anos.

Manchete
0

“Lava Jato: Vender o país não é corrupção? Trair a Pátria não é crime?”

Nunca na história do Brasil de um presidente ser denunciado por corrupção durante o exercício do mandato. Não apenas ele. Todo o entorno foi indigitado e denunciado. Mas nunca um presidente da República desbaratou o patrimônio nacional de forma tão açodada, irresponsável e suspeita, mas, para os lavajatinos, isso não vem ao caso.

Argentina
0

Reforma trabalhista argentina é contra o trabalho

O sentido e a ideologia do projeto está imbuído do neoliberalismo próprio da gestão de Macri, particularmente no sentido de desregular ou reduzir normas de caráter imperativo estabelecidas em proteção do trabalhador e promover a liberação das forças da produção e trabalho, de todos os mecanismos regulatórios.

#VenezuelaSobAtaque
0

O Império tenta separar a “meia lua” da Venezuela

Qualquer tentativa separatista na Venezuela terá como eixo fundamental o estado de Zulia, não só por seus antecedentes separatistas, mas pelo fato de que esse estado conta com reservas certificadas de cerca de 26 bilhões de barris de petróleo e de cerca de 18 trilhões de pés cúbicos de gás. Carlos E. Lupo*

Brasil
0

Não há déficit da Previdência Social, conclui CPI

Instalada em abril, em seis meses, a CPI realizou 26 audiências públicas e ouviu mais de 140 pessoas entre representantes de órgãos governamentais, sindicatos, associações, empresas, além de membros do Ministério Público e da Justiça do Trabalho, deputados, auditores, especialistas e professores. Karine Melo*

Economia
0

“O ajuste feito no Brasil é totalmente equivocado”, afirma Belluzo

Em entrevista a Patrícia Fachim, Luiz Gonzaga Belluzo declarou que “a insistência na austeridade está sendo muito ruim para os mais pobres e que hoje existe um “trololó” no Brasil de que as economias europeia e americana estão crescendo. Porém, tal crescimento tem apenas ampliado as desigualdades”.

Brasil
1

O que querem os militares brasileiros?

Outra indagação aos militares, que devemos sempre destacar, difundir e propagar, é se eles cumprirão com o sagrado dever de defender a pátria, a nação e a Constituição ou se serão guiados pelos gritos histéricos de um Bolsonaro. José Dirceu.*

Direitos Humanos
0

A síndrome de Estocolmo afeta boa parte da humanidade

A expressão Síndrome de Estocolmo apareceu em 1973, na Suécia, quando uma das reféns durante um assalto a um banco preferiu ficar ao lado de seu captor em vez de ir com a polícia. Hoje a expressão é utilizada para casos de sequestros, maltrato de gênero, dentro das empresas e em outros casos. Gabriela Amaya*

Brasil
1

“Tudo para os banqueiros, nada para os programas sociais”

“Na primeira página do jornal, o escárnio: tudo para os banqueiros, nada para os que dependem dos programas sociais. Um governo de nulos e uma elite selvagem comandam o sequestro, a serviço dos anseios totalitários da classe rentista”. Marcelo Manzano*

Entrevistas
0

“O capitalismo converte os recursos naturais em mercadoria”

“Os retrocessos são sempre possíveis sobretudo quando os avanços são alcançados, como é o caso da integração latino-americana, a partir de governos. Por isso é importante que esse processo seja acompanhado pela integração dos povos, mútuo reconhecimento e intercâmbio cultural.”

Ecologia
1

Ser ou não ser mercadoria – Eis a questão!

O debate sobre a “descomoditização” é antigo. Começou bem antes da fundação do Movimento Via Campesina (1992) e do slogan cunhado pelo ativista campesino José Bové — “O mundo não é uma mercadoria” (1999).

Brasil
1

Moniz Bandeira: Um país que politiza a Justiça, acabou

“Para o mundo, o Brasil está na lata do lixo. Um Executivo desmoralizado, composto por políticos altamente corruptos, um Legislativo quase todo vendido e um Judiciário que politiza suas decisões. E ninguém mais tem ideologia”, resumiu Moniz Bandeira.

Manchete
0

Brasil: Nem a plutocracia aguenta mais

Reflexões sobre a proposta da Frente Parlamentar Mista de Defesa da Soberania Nacional do Brasil. Paulo Cannabrava Filho* O vetusto “Estadão” (O Estado de São Paulo) diário da oligarquia transformado em porta-voz do pensamento único, em editoriais de sábado e de domingo, lasca o pau nos erros cometidos pelo supremo procurador geral Rodrigo Janot. “Açodamento” no acordo com Batista, “ação descuidada atrapalhou a vida de todos os brasileiros intimidando todo e qualquer movimento de recuperação…

Brasil
0

Frente Parlamentar em Defesa da Soberania será lançada no Rio

Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional já foi lançada em diversas capitais do país. Mariana Pitasse* Depois de ser lançada em diversas capitais do país, chegou a vez da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional ser discutida no Rio de Janeiro na próxima segunda-feira (2). A ideia é apresentar a proposta do grupo, formado por políticos de diferentes partidos e integrantes da sociedade civil, que se coloca contra a maneira como…

Manchete
2

Teremos 1964 de novo?

Uma Frente em Defesa da Soberania Nacional e do Estado de Direito, para ser verdadeiramente ampla tem que contar com o apoio e participação ativa dos militares. Se a esquerda e os democratas não forem capaz de se unir para salvar o país, estamos fritos e a culpa será nossa.

Argentina
0

Monsanto e latifundiários argentinos semeiam o horror

A Monsanto é tão poderosa que nenhum país consegue expulsá-la depois que se instala, porque o dinheiro oferecido pela transnacional é sempre muito tentador, tanto para as pessoas comuns como para aqueles que deveriam analisar e aprovar esses produtos.

Brasil
0

Comunicação no Brasil está totalmente controlada por transnacionais

Até o recém-lançado satélite brasileiro de comunicação e defesa – o SGDC –, a partir de setembro, segundo proposta da Telebrás, terá grande parte dos seus canais de comunicação entregues para essas mesmas operadoras.

Cinemateca Diálogos do Sul
0

Alerta aos que querem roubar o Brasil!

A Carta de Advertência da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, presidida pelo senador Roberto Requião, contra a entrega da Amazônia às mineradoras internacionais e a razia privatista anunciada pelo governo federal já está no Avaaz.org, para assinaturas de adesão.

Ecologia
1

Economia Socioambiental e um novo modelo econômico

A RECOS atua na construção de um novo modelo econômico socioambiental e de empoderamento dos movimentos sociais focados na preservação e conservação ambiental, contribuem para a segurança pública e concorrem para a geração de emprego, ocupação e renda. Amyra El Kalili.*

Brasil
0

Brasil em liquidação

Sem chance de retomar o desenvolvimento do Brasil, o governo de Michel Temer providência a venda de ativos, empresas rentáveis em funcionamento, as florestas e as riquezas do subsolo, tudo a preço vil, continuando a desmontagem do país iniciada por Fernando Henrique Cardoso, e ainda paralisando os investimentos o que coloca em risco as próximas gerações.

Peru
0

A justa causa dos professores peruanos

O governo resolveu declarar “ilegal” a greve do magistério e todos insistem em proclamar que a solução dos problemas está no diálogo. Porém, na realidade é o governo quem não quer dialogar. Gustavo Espinoza M*

Brasil
0

Eletrobras é uma luz trabalhista que se apaga

A ELETROBRAS, obstaculizada pelas poderosas empresas americanas Light e outras, não pôde ser implantada no governo do Presidente Vargas, mágoa esta que o levou ao túmulo. Porém, o sonho de Vargas foi concretizado mais adiante no governo de Goulart, dez anos depois.

América Latina
0

Crianças e adolescentes migrantes: carne de canhão

Conseguiram seu objetivo, militarizaram a região e com isso os próprios governos, que trabalham na impunidade, são os encarregados de sequestrar, violentar e assassinar migrantes em trânsito, com o pretexto de combater o tráfico de pessoas e o narcotráfico.

Ecologia
0

Créditos de Carbono para Quem?

Quando lidamos com meio ambiente não podemos tratar deste direito fundamental como se fosse um produto empresarial, uma mercadoria, negociado com base em contratos e regras determinados a portas fechadas em reuniões entre pares.

Brasil
1

Quanto mais rico, menos imposto

Pedro Rafael Vilela* No Brasil, apenas 71 mil pessoas concentram 22% de toda a riqueza declarada. Sistema tributário preserva esse privilégio. A Receita Federal divulgou recentemente os dados das declarações do imposto de renda das pessoas físicas, entre 2008 e 2014. As informações escancaram a impressionante desigualdade econômica da população brasileira. O número de contribuintes com renda mensal acima de 160 salários mínimos (ou que ganham mais de R$ 1,3 milhão de reais por ano)…

Entrevistas
0

“Os atuais governantes não percebem que o mundo está mudando”

Segundo a pesquisadora, o mundo está passando por um grande projeto reestruturação que tem impacto muito grande para a América Latina. “Ao invés de se adaptar, o que a América Latina está fazendo mais uma vez é reproduzir a relação de dependência com os países do norte”, afirma.

Mundo
0

A decadência da democracia passa despercebida

Talvez seja a hora de olhar para a política com novos olhos. O que aprendemos das eleições dos últimos anos? Por que seguimos considerando que eleições equivalem a democracia? Porque assim é como a população pensa.

Economia
0

A Era do Capital Improdutivo

Como abordar a luta pela emancipação social na Era do Capital Improdutivo? O economista Ladislau Dowbor destoa tanto do pensamento econômico tradicional quanto de grande parte dos economistas de esquerda, autolimitados pelo mito segundo o qual “não há orçamento” para atender às demandas sociais. Antonio Martins*

Manchete
0

Reforma trabalhista na Espanha e no Brasil

A reforma trabalhista que está sendo imposta aos trabalhadores brasileiros pela dupla Temer/Meirelles tem como modelo a reforma elaborada pelos dirigentes da OCDE e que, com aprovação do FMI, foi aplicada na Espanha. Tanto lá como cá, a reforma tem apenas um objetivo fortalecer a ditadura do capital financeiro e ampliar os ganhos dos rentistas. Todo o resto não passa de falácias. Paulo Canabrava Filho*

Manchete
0

Henrique Meirelles, o presidente invisível

Henrique Meirelles já declarou, de público, que se o presidente Temer “sair” ele continua e todos os jornais repetem isto, com o apoio de economistas variados e empresários, como Roberto Setúbal, presidente do Itaú.

Sem categoria
0

A cidade-mercadoria e os limites da reforma urbana

A agenda da Reforma Urbana viveu um ciclo no período da redemocratização e da Nova República que parece ter se esgotado. E os caminhos e instrumentos que construímos não conseguiram nos levar a cidades mais justas e sustentáveis.

Brasil
0

Projeto Brasil Nação continua recebendo apoio

“Privatizar e desnacionalizar monopólios serve apenas para aumentar os ganhos de rentistas nacionais e estrangeiros e endividar o país. O desmonte do país só levará à dependência colonial e ao empobrecimento dos cidadãos, minando qualquer projeto de desenvolvimento”. Manifesto Brasil Nação Maior movimento já criado contra o governo Michel Temer e em prol do desenvolvimento do País, o manifesto Brasil Nação já reúne mais de 8 mil assinaturas de personalidades de diferentes áreas, como o…

Cinemateca Diálogos do Sul
0

Requião e General Villas Boas debatem ameaças a soberania nacional

“Nós estamos num projeto de globalização que no mundo hoje é suportado pelo domínio absoluto do capital financeiro, fundamentado num tripé, que é o tripé que eu vejo funcionar no Brasil hoje, e daí minha preocupação com a soberania nacional. O primeiro apoio deste tripé é a precarização do Poder Executivo que passa a subordinar a um Banco Central independente ligado as necessidades do capital financeiro. O segundo apoio é a precarização do Parlamento com o…

Manchete
0

O que é que a direita quer?

O diplomata brasileiro, Samuel Pinheiro Guimarães, em artigo especial para o Brasil de Fato, faz uma análise da crise no Brasil, o avanço da direita e o papel do governo federal; bem como aponta as saídas e desafios das forças progressistas. A ofensiva conservadora e as crises Samuel Pinheiro Guimarães* 1. A sociedade brasileira está diante de uma ofensiva conservadora que se aproveita de entrelaçadas crises na economia, na política, nas instituições do Estado, na imprensa…

Sem categoria
0

O mundo é do Google e do Facebook, nós só vivemos nele

Acabei de ler um livro muito interessante: “Move Fast and Break Things”, de Jonathan Taplin. O subtítulo resume bem a tese defendida pelo autor: “Como Facebook, Google e Amazon encurralaram a cultura e o que isso significa para nós”. André Barcinski* Taplin tem quase 70 anos, mas não é um ludita que vive numa caverna e acha que a Internet é obra do diabo. Pelo contrário: é um pioneiro do uso da tecnologia e da…